Tag Archives: som plural

Cultura

Músicos de Itabirito se aquecem para o festival Som Plural

1Nos dias 29 e 30 de abril, Itabirito será palco de um festival de música que promete agitar a cidade. O Som Plural, evento organizado pelo grupo Un Music, contará com a participação de artistas do meio musical de todo o país. Alguns músicos de Itabirito se inscreveram para o evento e a expectativa de que o prêmio fique por aqui é grande.

O Som Plural contará com a participação de Erasmo Carlos, no dia 30. Além disso, jurados experientes e renomados irão compor o júri. É o caso do produtor musical Carlos Eduardo Miranda, conhecido por sua participação em programas de TV como Ídolos e Astros. Aluizer Malab, produtor cultural responsável pela realização de grandes shows nacionais e internacionais em Belo Horizonte e, atualmente, presidente da Belotur, também assume o posto de jurado. O jornalista, publicitário, DJ e produtor Rodrigo James também irá compor a mesa.

Ao todo, 13 mil reais em prêmios serão distribuídos aos vencedores em diversas categorias. Cada músico pôde inscrever três canções e irá concorrer apenas com uma. O evento terá entrada gratuita.

Saiba mais: Som Plural promete mover a cena musical em Itabirito

Retomada aos tempos áureos

A Holofote Cultural, empresa de produção cultural de Itabirito, junto ao Portal dos Antenados são os idealizadores do Festival Som Plural. “Superamos as expectativas. Há uma grande quantidade de artistas renomados, tanto da cidade quanto de outras regiões, inscritos em nosso festival”, afirma o fundador da empresa Holofote Cultural, Gilson Fernandes

O secretário de Patrimônio Cultural e Turismo, Ubiraney Figueiredo, acredita que o festival irá atrair turistas, além de promover a arte itabiritense. “Vamos resgatar o ritmo de festivais musicais que Minas Gerais vivenciou de forma significativa na década de 80 e 90, além de abrir portas para novos músicos que produzem e não têm uma vitrine para mostrar seu trabalho”, pontua.

2
Pirulito da Vila (foto) acredita que o festival pode ser uma importante vitrine para os músicos itabiritenses (Sanderson Pereira)

 

Expectativa local

Cantores de diferentes estilos musicais já se inscreveram e estão com grandes expectativas em suas participações no festival. É o caso do cantor e compositor itabiritense, Pirulito da Vila. “Já ouvi falar dos festivais que aconteciam na cidade, mas quando comecei a compor, esses festivais não mais existiam. Por isso, a expectativa inicial é que estes festivais voltem à cidade. Para o compositor daqui é importante apresentar o trabalho para a população e para pessoas de outras cidades”, declara.

Luís Fernando Sabino, guitarrista da banda Policromático corrobora a fala de Pirulito sobre a importância do festival para Itabirito. “É um festival novo no cenário de Itabirito e, se for algo recorrente na região, vai contribuir para o crescimento da formação dos músicos, no sentido de registro de canções e concretização de carreira”, afirma.

O músico ainda comenta sobre a expectativa quanto a participação da banda. “Acredito que o festival terá um parâmetro muito duro de seleção, mas confio no trabalho da nossa banda, acho que podemos despertar o interesse dos jurados, podemos fazer olhinhos deles brilharem”.

 

Serginho Barbosa (foto) espera que novos talentos da cidade se tornem conhecidos com o festival (Divulgação)
Serginho Barbosa (foto) espera que novos talentos da cidade se tornem conhecidos com o festival (Divulgação)

 

Já o músico de Itabirito Serginho Barbosa, experiente em festivais, espera o surgimento de novos talentos da cidade. “Já participei de vários festivais e estou confiante. As expectativas são de que surjam novos talentos. O festival é mais do que uma concorrência, é uma troca de experiência. Itabirito tem grande possibilidade de ficar com o primeiro lugar, pois existem vários artistas talentosos dentro da cidade”, esclarece o músico.

Serginho ainda complementa. “Os itabiritenses reclamam muito da falta de eventos como esse e, quando surge a possibilidade, temos que colocar para fora o talento que temos. Sou de uma geração que nasceu em festival e parabenizo a iniciativa”, conclui.

Fonte : http://sounoticia.com.br