Tag Archives: São João del-Rei

Educação

UFSJ OFERECE AULAS GRATUITAS DE XADREZ

Aulas gratuitas na UFSJ – inscrições abertas para segunda turma

Como o Xadrez pode contribuir para melhorar a qualidade de vida | GPET  Física

Perdeu o prazo de inscrições para as primeiras aulas gratuitas de xadrez na UFSJ? Deu aquela passadinha no Campus Santo Antônio, em São João del-Rei, e ficou com vontade de participar? Boa notícia: o projeto continua crescendo e, mesmo com a alta procura, está organizando a segunda turma. Para se inscrever (até 16 de maio) é bem fácil: 

Pelo Instagram: mandar mensagem para a página www.instagram.com/xadreznascomunidades, citando nome completo, data de nascimento, escola (se for o caso) e disponibilidade (dias/turnos).

Pelo e-mail xadrez@ufsj.edu.br: enviar nome completo, data de nascimento, escola (se for o caso) e disponibilidade (dias/turnos).

Pelo formulário do link bit.ly/3KySK9w: preencher e aguardar contato.

Assim como na primeira turma, o projeto Xadrez nas Comunidades promoverá uma sequência de três aulas gratuitas, individualizadas – cada aluno terá um orientador para personalizar seu aprendizado. Podem se inscrever pessoas de todas as idades, mas a preferência, em caso de vagas insuficientes, será para crianças e adolescentes. 

As aulas são presenciais, no Campus Santo Antônio, em São João del-Rei, com duração de uma hora cada. Podem se inscrever jogadores de qualquer nível, especialmente iniciantes e aqueles que ainda não conhecem as regras do jogo. Os alunos e alunas devem seguir o protocolo de conduta da UFSJ na pandemia, que inclui o uso de máscara. No caso de crianças, devem comparecer acompanhadas do/a responsável. Não é necessário levar tabuleiro ou peças – apenas um caderno para anotações.

A equipe de professores de xadrez é formada pelos membros do projeto Xadrez nas Comunidades, que incluem profissionais de Comunicação, de Educação Física e alunos de diversas áreas da graduação da UFSJ.

Fonte: Alessandro Andrade
Assessoria de Comunicação
Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ
Telefone: (32)3379-5808 / Celular: (32)9.9932-8475

Educação

UFSJ está entre as 30 melhores do Brasil, aponta ranking internacional

As universidades federais de Viçosa (UFV), Juiz de Fora (UFJF) e São João del-Rei (UFSJ) estão entre 30 as melhores instituições de ensino superior do país. A informação é do ranking Center for World University Rankings (CWUR) – Centro de Rankings Universitários Mundiais, que avaliou mais de 19 mil instituições ao redor do globo.

A UFSJ, aparece em 1.156º lugar no ranking mundial, enquanto no ranking nacional a instituição ocupa o 28º lugar. Além disso, a instituição apresentou uma pontuação geral de 69,3.

A UFV ocupa o 919º lugar no ranking mundial, enquanto no ranking nacional, a instituição ocupa o 16º lugar. Além disso, a instituição apresentou uma pontuação geral de 70,7.

A UFJF também está entre as mil melhores instituições de ensino superior do mundo. No ranking, a instituição ocupa a 995º posição. Ainda segundo o levantamento, a UFJF está classificada como a 23ª instituição melhor avaliada no Brasil e apresentou uma pontuação geral de 70,3, mantida nos 3 últimos anos.

De todas as universidades brasileiras avaliadas na pesquisa, a Universidade de São Paulo (USP) é a melhor colocada, seguida pela Universidade de Campinas (Unicamp) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). No ranking mundial, as instituições ficaram em 103º, 346º e 361º, respectivamente.

Já no ranking estadual, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aparece em primeiro, ocupando a 500º posição entre as melhores universidades do mundo.

Fonte: https://barrosoemdia.com.br/

Tecnologia

Alunos SESI são destaque no FIRST Championship

Equipe Atombot, da Escola SESI São João del-Rei, é premiada por Excelência de Engenharia

Fotos: Izabela Lopes Giannetti Horta

A equipe de robótica Atombot, da Escola SESI São João del-Rei, conquistou o 1º lugar na categoria Excelência de Engenharia e a 5ª colocação geral no Desempenho do Robô no FIRST Championship, torneio mundial de robótica educacional. O evento foi realizado em Houston, nos Estados Unidos, entre os dias 20 e 23 de abril.

“A participação do FIRST Championship é o resultado de um ano de trabalho e de dedicação da Atombot”, afirma Izabela Lopes Giannetti Horta, analista de Projetos Educacionais do SESI-MG e coordenadora estadual de Robótica. “Todo esse envolvimento dos alunos culminou com a experiência e oportunidade de vivenciar a ‘copa do mundo’ da robótica. Foi uma experiência emocionante! O brilho nos olhos dos alunos é indescritível!”, ressaltou.

A competição internacional reuniu 108 equipes e foi marcada pela cordialidade e bom relacionamento entre os participantes, comportamentos que refletem os valores do torneio e que são premiados pela organização. Júlia Meneses, 12 anos, e Estela Terzi, 14 anos, da Atombot, receberam bottons Woodie Flowers. O item, que tem edição limitada, é entregue aos participantes que são destaques em valores da FIRST, como o trabalho em equipe, empatia e competição amigável.

“É um bottom que precisa ser conquistado, pois é um core values“, conta Terzi, pontuando, que antes da competição ela e Meneses cumprimentaram as demais equipes e desejaram boa sorte. “Também fomos até a mesa do SESI CLP e falamos: ‘vai dar Brasil!'”, relembra a estudante.


Conteúdo – Jornalismo 
FIEMG – Federação das Indústrias de Minas Gerais 
55 (31) 3263-4444 I 7753 I 4555 I 4512 I 4449 
jornalismo@fiemg.com.br
 

A FIEMG não se responsabiliza por quaisquer falhas, inclusive omissões, existentes na mensagem ou que decorram de sua transmissão, bem como prejuízos provenientes de qualquer alteração do conteúdo. Tais ocorrências são da responsabilidade de seu autor e não refletem a opinião da empresa.
FIEMG is not responsible for any failure, including omission, contained in the message or resulting from its transmission, as well as losses arising from any change in content. Such occurrences are of the author’s liability and do not reflect the opinion of the company.

Cultura

Museu Regional de São João del-Rei inaugura exposição “Sagrado: Arte e Devoção”

Inaugurada no último sábado, dia 26 de março, no Museu Regional de São João del-Rei, a exposição temporária “Sagrado: Arte e Devoção”, em homenagem à celebração da tradicional Semana Santa. A exposição acontece na Sala de Curta Duração da instituição e pode ser visitada gratuitamente até o início de maio.

Ainda com os andares superiores fechados, o Museu segue plano de retorno gradual e disponibiliza diversas peças do acervo na parte térrea do imóvel, incluindo o jardim interno.

Na Sala de Curta Duração, estão dispostas mais de 20 peças relacionadas à tradição religiosa cristã, entre esculturas, oratórios, imagens sacras e obras em óleo sobre tela.

A mostra fica aberta aos visitantes até 8 de maio.

Mediações com o Núcleo Educativo podem ser agendadas pelo telefone (32) 33717663 ou através do e-mail –mrsjdr.educativo@museus.gov.br.

Período de visitação: 26 de março a 8 de maio de 2022

Terça-feira à sexta-feira de 10h às 17h.

Sábados, domingos e feriados de 12h às 16h.

Fonte: https://barrosoemdia.com.br/

Cultura

MUSIK-EXPEDITION 2022: Expedição Musical Digital | 7ª edição
Pode ser uma imagem de texto que diz "MUSIK MU EXP DITION 10.MAR A 05.MAI RECITAIS PALESTRAS CONCERTOS WORKSHOPS SÃO JOÃO DEL REI MG BRASIL 2022 REALIZAÇÃO REALI &Martius PARCERIA APOIO 心 OUTVRAE PATROCÍNIO MINAS GERAIS EFICIENTE"

Já está acontecendo a sétima edição da MUSIK-Expedition: Expedição Musical. Entre 10 de março e 05 de maio de 2022, de segunda a quinta-feira sempre às 19 horas, o festival promove dezenas de apresentações musicais, palestras e workshops. Além de musical, a Expedição este ano é virtual e você pode embarcar nessa viagem sem sair de casa.

Como sempre, a participação em todos os eventos é gratuita, mediante inscrição. Embarque nessa Expedição Musical!

O festival MUSIK-Expedition promove o intercâmbio com músicos , instituições estrangeiras, sendo uma grande integração entre as instituições musicais de ensino e membros das Orquestras locais e regionais. Este projeto visa transformar São João del-Rei em uma referência em intercâmbio acadêmico e residência artística no Brasil e no mundo.

É um programa que estimula o turismo acadêmico e cultural na cidade, valorizando as principais vocações do nosso território: uma cidade rica em patrimônio musical, cultural, histórico, arquitetônico e natural.

Uma Expedição é uma viagem de longa duração que tem o objetivo de aprender algo novo enquanto conhece pessoas, culturas, idiomas e lugares antes desconhecidos…

A MUSIK-Expedition: Expedição Musical é um festival internacional de música fruto do intercâmbio acadêmico, musical e cultural entre São João del-Rei, a América Latina e a Alemanha. Neste ano, em sua sétima edição, o evento conta com recursos do Fundo Estadual de Cultura e apoio da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais.

Confira a programação completa no site do Instituto e faça já sua inscrição, pois as vagas são limitadas.

Site do evento: https://institutospixmartius.com.br/

Não percam!

Fonte: http://www.culturaeturismosjdr.com.br/

Cultura

Oficinas Contando Sua História Através dos Quadrinhos
Pode ser uma imagem de texto que diz "APOIO TA Cultura_Turismo REALIZAÇÃO ARTES PÁTRIA AMADA tunarte SECRETARIA ESPECIAL DA MINISTÉRIODO BRASIL CULTURA TURISMO "Este projeto foi contemplado pelo Prêmio Funarte Artes Visuais Periferias Interiores OFICINAS GRATUITAS 2021/2022" CONTANDO SJDR A SUA HISTORIA ATRAVES DOS QUADRINHOS ACESSE suahistoriaemquadrinhos.com 22 >03 a ERCAS E QUINTAS MANHÃ OU TARDE MARÇO MAIO 垂"

A Funarte e o Espaço Nave, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizam em São João del-Rei as oficinas Contando Sua História Através dos Quadrinhos.

Serão 2 turmas com aulas gratuitas de março a abril onde os participantes vão aprender a fazer quadrinhos para difundir suas histórias. Durante as oficinas vamos criar juntos uma HQ e conhecer todas as etapas de produção e publicação dos quadrinhos.

As oficinas Contando Sua História Através dos Quadrinhos apresentarão de forma clara e descontraída o potencial da linguagem dos quadrinhos para a construção e compartilhamento de saberes e histórias, tanto pessoais como de um coletivo. Através de demonstrações e exemplos, o instrutor Afa Vasquez mostrará diversas maneiras de contar histórias através dos quadrinhos para que, a partir de exercícios práticos, os participantes das oficinas possam construir coletivamente um trabalho utilizando essa mídia.

Mais do que simplesmente ensinar sobre como fazer quadrinhos, a oficina pretende emular uma editora de quadrinhos, para que o participante conheça todas as partes que compõem a produção e publicação dos quadrinhos, criando a compreensão sobre a importância de trabalhar coletivamente. Ao final da oficina o grupo verá o resultado do seu trabalho através da história em quadrinhos que será impressa e distribuída na cidade de São João del-Rei.

Período: De 22 de março a 03 de maio de 2022, às terças e quintas.
Turma 1 – Manhã de 09h às 11h
Turma 2 – Tarde de 14h30 à 16h30
Local: Centro Cultural de Referência do Patrimônio Material Fábio Nelson Guimarães. Rua Padre José Maria Xavier, 174 – Centro.
São João del-Rei

Para participar basta acessar o site: https://www.suahistoriaemquadrinhos.com. e se inscrever gratuitamente até o dia 15 de março. Não percam!

Fonte: http://www.culturaeturismosjdr.com.br/

Educação

UFSJ adia início do semestre letivo para 21 de março

Nova data se ajusta à agenda do SiSu

Reunido nesta manhã, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSJ (Conep) aprovou alterações no calendário letivo dos cursos de graduação da UFSJ para este ano. O primeiro semestre, agendado para começar no dia 7 de março, foi adiado para o dia 21 do mesmo mês. Dessa maneira, o primeiro semestre se estenderá até 23 de julho, enquanto o segundo está marcado para o período entre 15 de agosto e 23 de dezembro.

O motivo principal da mudança se deve ao fato de que o calendário do SiSu, que é nacional, determina que a matrícula dos estudantes selecionados na chamada regular seja feita até 8 de março, a lista de espera sendo publicada dois dias depois, o que traria certas dificuldades ao controle acadêmico da UFSJ e prejuízo aos calouros, que começariam o semestre em outra data. Com apoio e por sugestão da Congregação, que reúne os cursos de graduação da Universidade e está ligada à Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proen), os conselheiros apoiaram as mudanças no calendário da graduação.

No Conep, o tema foi relatado pela professora Rejane Rocha (Demat), que definiu a mudança aprovada como uma “postergação em 14 dias” no calendário anterior. A relatora também destacou que o novo calendário prorroga os prazos da inscrição periódica.

A  versão atualizada do calendário letivo 2022 da UFSJ será publicada em breve,  neste link.

Homenagem póstuma

Ao abrir a reunião do Conselho, o reitor da UFSJ e presidente do Conep, professor Marcelo Andrade, convidou os participantes a um minuto de silêncio em memória da ex-vice-reitora da UFSJ, professora Magda Mara Assis, que faleceu ontem em São João del-Rei. Marcelo enalteceu o papel da educadora na consolidação da Universidade, e disse que seu exemplo deve servir a todos, na construção de uma sociedade baseada no diálogo e na fraternidade.

Alessandro Andrade
Assessoria de Comunicação
Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ
Telefone: 032 3379 5808Celular: (32) 99932 8475

Saúde

Teste do pezinho é tema de cartilha lançada pela Medicina UFSJ

O teste do pezinho é um dos primeiros exames que a criança faz ao nascer, responsável pelo diagnóstico precoce de inúmeras doenças. Sabendo da importância desse teste, alunos do curso de Medicina da UFSJ (Campus Dom Bosco), sob coordenação da professora Marcia Reimol de Andrade, escreveram, em conjunto, cartilha informativa sobre o exame.

Produzido como parte da atividade Prática de Integração Ensino, Serviço e Comunidade (PIESC), as informações foram organizadas por Giovanna Almeida Vital, Giulia Ferreira Mattar Abdo, Isadora Rover de Carvalho, Luísa Werneck Grillo, Mardoché Kikana Mubidila, Thales Bajur Alves Miranda e Thayrine Meirelles Castro, estudantes do quarto período do curso (na foto, com a enfermeira Pauliana Almeida Resende).

De acordo com Marcia Reimol, a iniciativa partiu dos próprios alunos. “No grupo que coordenei, no Núcleo Materno Infantil e na ESF da Colônia do Marçal, eles perceberam que havia doenças pouco conhecidas, tidas como raras que, muitas vezes, precisavam de  suporte em ambulatório de referência. Pensamos em fazer alguma orientação por escrito, eu sugeri que fosse em formato de cartilha, que trouxesse informação rápida e precisa”, explica. 

A cartilha traz informações pontuais sobre o exame, como o período e locais em que deve ser realizado. Também relaciona algumas doenças que identifica: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita, deficiência de Biotinidase, entre outras. 

Gratuito e preventivo

O teste do pezinho é um exame gratuito, que deve ser feito entre o terceiro e o quinto dia de vida do bebê. A professora afirma a necessidade da realização do procedimento. “O teste do pezinho é importante demais, porque detecta algumas doenças que são determinadas geneticamente e que, se não tratadas precocemente, podem levar a alterações do desenvolvimento da criança. Um exemplo é o hipertireoidismo congênito, que pode levar a déficit cognitivo e atraso de desenvolvimento”, esclarece Marcia. 

Inicialmente, as cartilhas serão distribuídas em algumas unidades básicas de São João del-Rei: a Estratégia Saúde da Família (ESF) da Cohab, do Bonfim, da Colônia e no Núcleo Materno Infantil. Além disso, o material também estará disponível on-line, no site do Departamento de Medicina da UFSJ. 

Marcia Reimol ainda reforça a contribuição dos estudantes nas Unidades Básicas de Saúde. “Todo semestre, um grupo de alunos vai para as unidades e, sob orientação, retorna para os usuários alguma coisa em troca do aprendizado que recebem, o que não deixa de ser uma atividade extensionista”, declara a coordenadora.

Alessandro Andrade
Assessoria de Comunicação
Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ
Telefone: (32) 3379-5808 / Celular: (32) 99932-8475

Cultura

Companhias de teatro de São João del-Rei representam Minas Gerais em projeto no Distrito Federal

Duas companhias de São João del-Rei, sendo elas: Afoita Teatro e Cia Mineira de Teatro, vão representar o estado de Minas Gerais no projeto Circulação das Artes – Edição Centro-Oeste da FUNARTE. “Em câmbio: Cenas de Minas” vai levar os espetáculos Morada e Outono para apresentações no mês de março, no Teatro Plínio Marcos, em Brasília.

O projeto foi empreendido pelos atores-produtores Júnio de Carvalho e Priscila Natany e busca fomentar a circulação das obras criadas e garantir que o trabalho alcance mais espectadores

Espetáculo Outono. Foto Jardel Santos

Tratam-se de espetáculos cujos temas são apresentados de forma criativa, lançando mão do lúdico e do lírico e trazendo elementos que ampliam a visão da realidade.

“São duas obras que partem do modo de produção de teatro de grupo, valorizando a tradição e a artesania do teatro mineiro. Morada fala sobre relações familiares, convida a plateia para um café, traz a música ao vivo.  Já Outono aposta em uma linguagem mais ousada e reflete sobre esses tempos de polaridades que estamos vivendo”, garante Priscila Natany.

“Para nós é muito gratificante voltar aos palcos por meio da FUNARTE. Pois trata-se de uma legitimação do nosso trabalho e de um passo grande dessas duas jovens companhias, que buscam expandir seus caminhos para além das montanhas mineiras nos últimos anos. ” conclui Júnio de Carvalho.

A Afoita Teatro foi criada em 2016 e além de Priscila e Júnio também é composta pelos seguintes integrantes: Alessandra Silva, Kaike Barto, Marcos Fonseca, Natália Vargas e Roger Xavier. Já a Companhia Mineira de Teatro surgiu em 2018 e é gerida por Lucimélia Romão, Júnio de Carvalho e Priscila Natany.

Espetáculo Morada. Foto Marlon de Paula

Sobre os espetáculos

MORADA

Sinopse:
Morada é, antes de tudo, uma ação de convívio, um fluxo cênico cujo tema permeia as relações familiares. Uma peça que esmaece os limites entre palco e plateia e articula um circuito de situações que leva o espectador para dentro da cena. Tudo isso a partir do jogo dos atores partilhando de (in)cômodos inexoráveis a toda e qualquer possibilidade de composição familiar. Como mote: a urgência de se repensar a ideia de estrutura familiar, posto que a definição de família tradicional não compreende a realidade e a multiplicidade da nossa sociedade. A obra tem como princípio o modo de produção de teatro de grupo, valorizando a artesania e tradição teatral mineira.

Fonte: Priscila Natany

Educação

Aluna da UFSJ é a mais nova Jovem Exploradora da National Geographic

A National Geographic anunciou, recentemente, a seleção dos jovens que farão parte da equipe Young Explorers 2021 (Jovens Exploradores 2021). Entre eles, oito latino-americanos, nos quais se inclui Ana Luísa Teixeira, do bacharelado em Geografia da UFSJ.

Essa trajetória começou logo no início da graduação, quando a estudante percebeu sua afinidade com a disciplina de Cartografia. Ao longo do curso, Ana Luísa foi monitora da matéria, ministrou minicursos e participou de projetos de extensão e de iniciação científica como bolsista.

Líder do projeto Unificar Ações e Informações Geoespaciais (UAIGeo), da rede universitária internacional YouthMappers, ela relembra: “No final de 2020, a professora Sílvia Ventorini foi chamada a fundar um projeto da Youth na UFSJ, e me convidou para liderar a equipe. Desde que começamos com o UAIGeo, pude entender que essa profissão é muito maior do que eu imaginava.”

Os Jovens Exploradores trabalham em projetos conjuntos, que visam preservar e conscientizar diversas comunidades ao redor do mundo sobre cuidados com o planeta. Ana Luísa soube da oportunidade por meio da vice-diretora da YouthMappers, que recomendou o encaminhamento de seu projeto à seleção mundial. Depois de algumas reuniões com integrantes da National Geographic e adaptações na proposta inicial, foi selecionada para fazer parte do time, percebendo o quanto se pode extrapolar barreiras. 

O plano da jovem exploradora brasileira é seguir na mesma linha do projeto que já realiza no UAIGeo: o mapeamento de comunidades ribeirinhas em Tefé, município do estado do Amazonas. “O projeto investe também na formação de alunos de graduação da Universidade do Estado do Amazonas, para que eles possam utilizar plataformas livres de mapeamento em sala de aula, ensinando aos alunos da escola básica que podem ser multiplicadores desse conhecimento em pautas de reivindicação dos direitos de suas comunidades”, explica. 

National Geographic

A National Geographic nasceu como revista em 1888, publicada pela National Geographic Society. Seu principal objetivo era proporcionar conhecimento geográfico para todas as pessoas. Hoje em dia, a equipe conta com cientistas, jornalistas, fotógrafos, cineastas e outros profissionais que produzem conteúdos para diversas mídias, como televisão, redes sociais e plataformas digitais, livros, e a própria revista. 

Para Ana Luísa, estar entre as duas brasileiras escolhidas para fazer parte dessa equipe tradicional e internacional, é uma grande emoção. “Quando fui selecionada, fiquei apreensiva por representar o Brasil. Porém, ao ver o quanto essa participação somaria na minha vida pessoal e profissional, me senti realizada.”

A participação da Universidade nessa conquista será sempre destacada. “Gostaria de agradecer à UFSJ por ter me dado toda a infraestrutura até agora; à professora Silvia, por ter me orientado e continuar me orientando nessa nova fase; e à rede YouthMappers, por me permitir expandir meus horizontes”, declara. 

Fonte: Alessandro Andrade
Assessoria de Comunicação
Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ
Telefone: 032 3379 5808Celular: 032 99932 8475