Tag Archives: revista de viçosa

Cultura

Festival de Teatro de Viçosa terá edição on-line

Evento premiará melhores atuações nas apresentações realizadas entre os dias 4 e 7 de novembro

Festival de Teatro de Viçosa terá edição on-line
Foto: arquivo/PMV

Estão abertas as inscrições para o FESTEVI – Festival de Teatro de Viçosa que acontece no mês que vem, entre os dias 04 e 07 de novembro, em formato virtual. O evento, realizado pela Secretaria de Cultura, Patrimônio Histórico e Esportes, por meio do Departamento de Cultura, chega, em 2021, à sua terceira edição consecutiva, já fazendo parte do calendário oficial do município.

Neste ano, serão realizadas duas mostras:

  • OFICIAL, de caráter competitivo, para qual serão selecionados 12 espetáculos teatrais nas categorias infantil, adulto e monólogo;
  • PARALELA, não competitiva, que contará com a participação de espetáculos em qualquer linguagem cênica, compondo até 300 minutos na grade do Festival.

Atores e grupos de todas as localidades podem inscrever suas peças teatrais de forma gratuita, até o dia 24 de outubro, por meio dos formulários online, se atentando aos critérios de seleção descritos no regulamento do 3º FESTEVI.

Os espetáculos inscritos serão analisados por uma Comissão de Seleção composta por profissionais especialistas na área teatral, a qual divulgará a lista de selecionados no dia 29 de outubro.

“É com muita satisfação que lançamos a terceira edição deste que já é um festival de teatro de renome nacional, já tendo passado por aqui mais de 120 artistas, 29 espetáculos, 18 cidades e 6 estados. Não é pouco! E nossa intenção é sermos cada vez mais abrangentes e democráticos”, comenta o chefe do Departamento de Cultura, Marcelo Augusto, que também é ator e diretor de teatro.

PREMIAÇÃO

O espetáculo vencedor de cada uma das três categorias da mostra competitiva receberá a premiação de R$ 2.000. Nesta edição também haverá duas novas premiações em dinheiro: R$ 500 para o melhor ator e R$ 500 para a melhor atriz.

O troféu deste ano leva o nome de Jeane Doucas, em uma homenagem ao trabalho e à arte da grande atriz, diretora e multiartista de Viçosa.

O regulamento do festival pode ser conferido por este LINK.

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/

Educação

UFV classificada entre as 20 melhores instituições de ensino da América Latina

UFV classificada entre as 20 melhores instituições de ensino da América Latina

UFV classificada entre as 20 melhores instituições de ensino da América Latina
Foto: Michael Uhebe

Num ranking inédito, intitulado “Top 10.000 Scients”, a Universidade Federal de Viçosa obteve destaque. A qualidade da UFV foi evidenciada, após 115 pesquisadores da instituição serem classificados de acordo com a relevância de suas pesquisas. O resultado foi divulgado pelo AD Scientific Index que a classificou como 16ª melhor instituição da América Latina.

Além disso, a UFV conquistou a segunda colocação em Minas Gerais, a 13ª no Brasil, como demonstrado pela publicação que considerou 186 países de todo o mundo, 11.700 universidades e quase um milhão de acadêmicos.

Segundo a UFV, o AD Scientific Index é o primeiro e único estudo que mostra os coeficientes de produtividade total e dos últimos cinco anos de cientistas baseados em valores do índice i10 (número de publicações com no mínimo dez citações de um pesquisador), índice h (resultado do equilíbrio entre o número de publicações e o número de citações de um pesquisador) e pontuações de citação no Google Scholar.

Por exemplo, se o índice h de um pesquisador é 50, significa que ele tem pelo menos 50 artigos publicados, cada um deles com pelo menos 50 citações.

Assim, o ranking considerou que o alto número da utilização de artigos como referências para outros autores demonstra o valor e a extensão da contribuição dos pesquisadores do ranking para a comunidade científica. A classificação foi feita a partir de 12 áreas:

  • Agricultura e Silvicultura, Artes, Design e Arquitetura;
  • Negócios e Gestão;
  • Economia;
  • Educação;
  • Engenharia e Tecnologia;
  • História, Filosofia e Teologia;
  • Direito e Estudos Jurídicos;
  • Medicina e Ciências da Saúde;
  • Ciências Naturais;
  • Ciências Sociais e Outros.

PESQUISADORES EM DESTAQUE

Ao todo 453 instituições latino-americanas aparecem no ranking, sendo que, no Brasil, 7.656 cientistas foram destacados. Para o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFV, Raul Guedes, ter 115 pesquisadores da Universidade entre os citados “representa um resultado consistente com o que temos observado nos rankings internacionais tradicionais, no que se refere à projeção da UFV”.

Ele ressaltou, ainda, que a instituição estar entre tantas universidades brasileiras de porte significativamente maior e com mais docentes só evidencia a qualidade da UFV e o potencial dos seus pesquisadores no cenário internacional.

Todas informações do ranking podem ser conferidas neste SITE, que fornece, além de dados globais, números por continentes incluindo África, Ásia, Europa, América do Norte, América Latina e Oceania.

A lista com os 10 mil pesquisadores da América Latina considerados pode ser conferida neste arquivo anexo.

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/

Cidades

UFV disponibiliza coleção de cartões postais em homenagem aos 150 anos de Viçosa

Mais de 100 cartões postais estão disponíveis para visualização on-line. Eles retrataram diferentes épocas e lugares da cidade entre 1998 a 2002

UFV disponibiliza coleção de cartões postais em homenagem aos 150 anos de Viçosa
Foto: Arquivo Central e Histórico da UFV (ACH-UFV)

Para celebrar o aniversário de Viçosa, o Arquivo Histórico da UFV divulgou mais de 100 imagens do município. As fotografias circularam na cidade entre 1998 e 2002, por meio de cartões-postais, e retratam a paisagem, a estrutura e a beleza de Viçosa, suas principais instituições, praças e edificações ao longo do século XX.

As imagens, produzidas por fotógrafos e produtores que residiram ou atuaram na cidade, ficaram disponíveis no comércio local e foram adquiridas e conservadas por Valéria Maria Vidigal Felipe, aluna egressa da UFV, formada em agronomia em 1974, e residente em Viçosa. A doação ocorreu por intermédio da pesquisadora Aline Soares Martins, que, em 2018, ao produzir sua dissertação no Mestrado Profissional em Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania na UFV, teve contato com a colecionadora.

As imagens dos cartões estão disponíveis na plataforma de acesso, descrição e difusão do patrimônio documental da UFV e podem ser acessadas AQUI.

Parte da coleção e de acervos de outros munícipes ainda estão disponibilizados no blog cidadeemmovimento.blogspot.com, também resultante da dissertação Cidade em movimento: Um estudo sobre as significações da paisagem do centro urbano de Viçosa (MG) por meio de memórias, representações e vivências (1916-2018), defendida por Aline.

Vale lembrar que os interessados em colaborar com a descrição das imagens ou realizar doações de fotografias podem entrar em contato pelo e-mail arquivo.historico@ufv.br.

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/

Esporte

Mulheres no ciclismo

Grupo de ciclistas de Viçosa é inspiração para o esporte

Esporte, aventura, interação, novas amizades e incentivo, esse é o objetivo do grupo de ciclistas “Clipadas”, de Viçosa, Minas Gerais. Ele surgiu com um número reduzido de meninas. Mas, com a chegada da pandemia do coronavírus, em março de 2020, a procura pelo esporte cresceu. Hoje, são 150 mulheres que, por meio da bike, enfrentam seus medos e se superam a cada dia, fazendo novas amizades, divertindo e se aventurando.

“O mais bacana de tudo é incentivar as pessoas. Cada menina tem o seu propósito. O grupo Clipadas tem esse cuidado e carinho com as iniciantes. Muitas meninas têm a bicicleta, mas não têm coragem de iniciar. E nosso objetivo é esse, encorajá-las”, enfatiza Cíntia Fontes Ferraz, 43, uma das fundadoras do grupo.

Os pedais, em sua maioria, acontecem nos finais de semana. As integrantes exploram diversos lugares como cachoeiras, serras, pontos turísticos, mirantes etc., tornando o esporte mais atrativo e divertido.

Além disso, todo sábado tem encontros para as iniciantes, com o intuito de apoiar quem está chegando, iniciar as meninas no esporte, buscar afinidades e trabalhar a convivência. As integrantes são de diversas regiões próximas de Viçosa, como Cajuri, Coimbra, Paula Cândido, Canaã, entre outras.

Como o grupo é grande, foi criado um perfil no Instagram com o intuito de divulgar os pedais, fazer fotos dos locais visitados e divulgar os níveis que as meninas estão — intermediário ou iniciante.

Competição e superação

As mulheres hoje estão conquistando seu espaço, e o “Clipadas” tem integrantes com essa garra e determinação. Um exemplo é a ciclista Lídia Bittencourt, de 34 anos, que participou em Carandaí, dos dias 2 a 4 de julho, da CIMTB Michelin. Ela ficou em primeiro lugar na categoria Open Feminino!

Lídia iniciou no esporte há 2 anos e conta que começou pelo lazer e saúde. “Aos poucos, fui me apaixonando e me envolvendo e comecei a competir e a treinar firme. A competição para mim é meu combustível e gosto muito da adrenalina que ela me proporciona. Mas não é fácil, tem que ter muita disciplina, concentração e foco. Ser ciclista é estar de bem com a vida e com a natureza. Amo esse esporte”, revela. 

A cada dia uma história diferente de superação impulsiona e emociona o grupo. Algumas venceram a obesidade, outras prezam pela saúde mental e pelo lazer, cada uma com seu foco. Maria Luiza Carvalho, de 15 anos, era muito asmática, por exemplo, e hoje consegue praticar o esporte perfeitamente.

Texto: Nathália Coelho

Cultura

UFV recebe mais de 100 obras de arte doadas pela Receita Federal

O funcionário da Receita Federal, Rodrigo Despontin, a assessora cultural da PEC, Daniela Sant’Anna, e a museóloga da UFV, Chirle Gomes foram responsáveis pelos repasses das obras para a instituição

UFV recebe mais de 100 obras de arte doadas pela Receita Federal

A Receita Federal do Brasil, por intermédio do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) doou 124 obras de artes para o Museu Histórico da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Todas foram apreendidas por importação irregular no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A partir de agora, elas integram o acervo da Pinacoteca da UFV, que já conta com 490 obras.

O brasileiro Rubem Robierb, o australiano Peter Link e a polonesa Véronique Ziminski estã entre os artistas que as sinam as 124 peças. As obras são de pintura com técnicas variadas, mas há também fotografias e uma peça tridimensional.

A expectativa é a de que o público possa conhecer todas elas no próximo ano, em exposições temporárias que a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC) pretende realizar na Pinacoteca e no hall da Biblioteca Central do campus da UFV.

Para a pró-reitora de Extensão e Cultura, “a incorporação dessas obras ao acervo da Pinacoteca amplia ainda mais a importância da UFV junto ao seleto grupo de universidades brasileiras dotadas de museus com acervo de qualidade internacional, potencializando sua capacidade de promoção das artes e das culturas”.

Dos trabalhos recém-chegados à instituição, 13 são apresentados no vídeo produzido pela Diretoria de Comunicação Institucional para celebrar os 35 anos do Museu Histórico da UFV, que funciona junto com a Pinacoteca. O vídeo integra as ações comemorativas do aniversário de 95 anos da UFV e pode ser conferido pelo canal UFV, no Youtube.

COMO SE DEU O PROCESSO DE DOAÇÃO

De acordo com a notícia institucional publicada no site da UFV, esta foi a primeira vez que a UFV pleiteou o recebimento de obras de arte por meio de expediente legal, no qual o Ibram é notificado pela Receita Federal sobre mercadorias ou objetos apreendidos sob pena de perdimento, quando há indícios de que se trata de bem de valor cultural, artístico ou histórico. Ao serem informados sobre a apreensão, os museus federais com registro no Instituto podem manifestar interesse em participar do processo de destinação.

O processo de doação teve início no segundo semestre de 2019, quando uma equipe da PEC esteve no aeroporto de Viracopos para retirar os objetos. A conclusão do processo se deu no último mês de junho, com a efetiva transferência para o acervo da Universidade. As obras agora estão em fase final de avaliação técnica, documentação e catalogação de patrimônio, bem como de conservação e pesquisa.

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/

Esporte

Corrida dos 150 anos de Viçosa abre inscrições

Evento será realizado no último fim de semana de setembro, véspera do aniversário da cidade

Corrida dos 150 anos de Viçosa abre inscrições

Estão abertas as inscrições para a “Corrida dos 150 anos de Viçosa”. O evento será realizado nos dias 25 e 26 de setembro, sábado e domingo e faz parte das comemorações do aniversário do município, comemorado no dia 30 deste mês.

O percurso será em um circuito de 1 km traçado no centro da cidade, partindo da Estação Hervé Cordovil (em frente ao Itaú), parte baixa do Balaústre; retorno na agência dos Correios, parte alta do Balaústre; retorno no Bradesco; e encerrando no Itaú (local de partida).

Os interessados poderão se inscrever em uma das três modalidades:

  • 3 km (3 voltas) – Percurso para participantes iniciantes, idosos e pessoas que treinam há pouco tempo;
  • 5 km (5 voltas) – Percurso para participantes experientes e atletas de nível profissional de nossa cidade e região;
  • 10 km (10 voltas) – Percurso para participantes experientes e atletas de nível profissional de nossa cidade e região.

As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas por meio de formulário online, até o dia 22/09. Poderão se inscrever pessoas com idade igual ou superior a 15 anos.

> CLIQUE AQUI PARA PREENCHER O FORMULÁRIO

A prova não possui caráter competitivo e tem como objetivo incentivar a prática do esporte ao ar livre, seguindo todos os protocolos sanitários vigentes. A inscrição para a Corrida dos 150 Anos de Viçosa dará ao corredor o direito a uma medalha de participação, retirada imediatamente após a conclusão do percurso.

Os participantes, depois de inscritos, serão divididos em largadas separadas em grupos menores, sendo obrigatório o uso de máscara durante toda a prova.

Datas e horários das largadas:

  • SÁBADO (25/09, 16h) – Participantes inscritos na corrida de 3 km divididos em grupos de 10 pessoas a cada largada;  
  • SÁBADO (25/09, 17h) – Participantes inscritos nos 5 km (parte 1);  
  • DOMINGO (26/09, 07h30) – Participantes inscritos nos 10 km;
  • DOMINGO (26/09, 09h) – Participantes inscritos nos 5 km (parte 2).

Acesse também o REGULAMENTO da prova e o TERMO DE AUTORIZAÇÃO para menores de idade.

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/

Educação

Pesquisadores da UFV recebem prêmio por desenvolver a melhor tese de doutorado do Brasil

As Comissões a seleção das melhores teses de doutorado defendidas em 2019

Pesquisadores da UFV recebem prêmio por desenvolver a melhor tese de doutorado do Brasil

A pesquisa do doutor em Física pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), Ismael da Silva Carrasco (à direita na foto) alcançou o prêmio de melhor tese do país, pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), na área de Física Estatística e Computacional.

Ismael, graduado e mestre pela UFV, é autor do trabalho intitulado “Efeitos das condições iniciais na dinâmica de crescimento de interfaces”, defendido em 2019, com a orientação do professor da Universidade Tiago José de Oliveira (à esquerda na foto). A premiação visa estimular e valorizar os trabalhos de excelência e padrão internacional em 12 categorias de diferentes áreas da Física.

A tese premiada envolveu simulações computacionais de modelos de crescimento de filmes finos, que são essenciais na fabricação de componentes microeletrônicos, como os encontrados em computadores e celulares, além de englobarem a dinâmica de interfaces dos mais variados contextos, como depósitos de gelo, propagação de rachaduras em meios heterogêneos, crescimento de colônias de bactérias e tumores.

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/

Turismo & Lazer

Um passeio pela arquitetura de Viçosa!

Conhecida principalmente como uma cidade universitária, Viçosa possui um índice de alfabetização de 92%. Além da importante faculdade Universidade Federal de Viçosa, existem muitas outras instituições de ensino renomadas por lá. A economia local se baseia essencialmente no ensino, agricultura, pecuária e prestação de serviços.

Mas hoje abordaremos de maneira especial suas edificações e ambientes que remetem ao passado do país. Viçosa possui belíssimas obras arquitetônicas, carregadas de emoção e história, vale ressaltar suas belas ruas planejadas. Dentre elas, destacam-se:

  • Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia – Uma imensidão de espaço, além de importância histórica, é um grande símbolo da arquitetura nacional.
  • Museu Histórico da UFV – muitos importantes atrativos culturais da cidade se encontram na Universidade Federal de Viçosa, sendo um deles o Museu Histórico da UFV. Com acervo relacionado à construção da UFV, bem, mobiliário original, peças de laboratório entre outros.
  • Casa Arthur Bernardes – a casa tombada pelo IEPHA/MG em 1995, foi construída em 1922, e em 1926 era casa de férias para o ex-Presidente da República, do Dr. Arthur da Silvia Bernardes.
  • Museu de Zoologia João Moojen – Além de um atrativo turístico e cultural, leva o nome de seu fundador o Prof. João Moojen. O local possui mais de 20 mil peças zoológicas, incluindo peixes, fósseis, répteis, maioria coletados em Viçosa. Sem dúvida uma experiência fascinante.
  • Parque da Ciência UFV – Sem dúvida mais outro atrativo cultural localizado na UFV, lá você encontra o Mirante Belvedere que propicia uma bela vista.

Se você é apaixonado por ciência, arquitetura e natureza, venha viver uma incrível experiência em Viçosa!

Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia – Viçosa / MG

Museu Histórico da UFV

Casa Arthur Bernardes

Museu de Zoologia João Moojen UFV

Parque da Ciência UFV

Fonte: https://telasguara.com.br/obras-publicas/ufv-universidade-federal-de-vicosa-mg/

Fonte: https://arqmariana.com.br/busca-paroquias/

Fonte: http://www.museudezoologia.ufv.br/images/foto2.htm

Fonte: http://www.iepha.mg.gov.br/institucional/legislacao/76

Fonte: https://www.tripadvisor.com.br/ShowUserReviews-g1733776-d4377739-r613852260-Museu_Historico_da_UFV-Vicosa_State_of_Minas_Gerais.html

Educação

“Grandes Escritores Brasileiros” chega a 16ª edição

Em 2018, Zuenir Ventura e seu filho Mauro protagonizaram um encontro de Grandes Escritores, em Viçosa, e tiveram como mediador Amauri Mota Rocha proponente do projeto. Agora, o trio se reencontrou para a live no Youtube que foi transmitida de São João Nepomuceno.

“Grandes Escritores Brasileiros” chega a 16ª edição

O Programa Grandes Escritores Brasileiros, executado através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, proporciona encontros, conversas e palestras com os maiores nomes da literatura brasileira, beneficiando diversas classes sociais e promovendo o estímulo ao hábito da leitura.

Totalmente gratuito, o programa já reuniu nomes como Adélia Prado, Adriana Falcão, Affonso Romano de Sant’Anna, Frei Betto, Marina Colasanti, Maria Adelaide Amaral, Martha Medeiros, Nelson Motta, Hélio Gaspari, Ignácio de Loyola Brandão, Laurentino Gomes, Luis Fernando Veríssimo, Ziraldo e Zuenir Ventura. Alguns destes grandes nomes da nossa literatura continuam participando desta iniciativa e em 2021, devido à pandemia, as ações serão online, em plataformas digitais.

Segundo os organizadores, para manter o impacto tradicional do projeto virtualmente, as principais cidades participantes sediarão os encontros com os escritores, com o objetivo de se manter o contato direto, reforçando a interatividade e a diversificação das ações dos Grandes Escritores. Os encontros serão no Canal do YouTube Projeto Grandes Escritores “Grandes Escritores Brasileiros” chega a 16ª edição e no Instagram @pgescritores.

Para o 16º ano, estão previstos encontros com os grandes escritores, oficinas literárias e Encontro das Academias de Letras. Os oito encontros com grandes escritores ocorrem de 1º de julho à 19 de agosto, sempre às quintas-feiras, às 19 horas. O tema dos encontros aborda a vida e a obra dos participantes, além de atualidades da vida literária, podendo atingir público de todo o Brasil.

Já as oficinas literárias terão os seguintes temas: Oficina de Contadores de Histórias; Oficina de Escrita Criativa e Tecnologia e Oficina de Leitura no Ambiente Virtual, que serão ministradas por Débora Sant’Anna, arte educadora e pedagoga viçosense que executa oficinas literárias há mais de dez anos, principalmente no interior de Minas Gerais.

O Encontros das Academias de Letras do interior de Minas Gerais visa promover o intercâmbio entre Academias de Letras, estimulando a troca de experiências e ideias. Serão realizados encontros virtuais com representantes de três academias diferentes, em duas edições. O encontro vai girar em torno da literatura contemporânea, seus autores de destaque e os projetos e ações que cada academia desenvolve. Os organizadores informaram ao Folha da Mata que nesta edição, o evento terá participação das Academias de Letras de Araxá, Divinópolis, Leopoldina, Muriaé, Uberaba e Viçosa.

A programação teve início na última quinta-feira, 1º, quando pai e filho, os escritores Zuenir Ventura e Mauro Ventura, estiveram em São João Nepomuceno (MG). Na terça-feira, 6, ocorreu o primeiro Encontro de Academias de Letras envolvendo as entidades de Leopoldina, Viçosa e Uberaba. Viçosa sediará o encerramento da 16ª edição, no dia 19 de agosto, com o encontro dos grandes escritores Tony Belloto & Rafael Montes. 

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/

Saúde

Pesquisadora da UFV é destaque nacional

Raquel Rainier desenvolveu um dispositivo que identifica a Samonella em apenas 20 minutos

Pesquisadora da UFV é destaque nacional

A engenheira de alimentos Raquel Rainier desenvolveu um biossensor mais rápido e preciso para detectar bactérias na comida. O projeto fez parte do mestrado da pesquisadora, que começou na Universidade Federal de Viçosa e foi concluído na Universidade Estadual de Iowa, nos Estados Unidos.

Na pesquisa, Rainier usou biossensores eletroquímicos específicos para encontrar bactérias do gênero Salmonella. O biossensor é colocado na comida e, se houver bactérias ali, elas vão grudar nos anticorpos. O processo demora só 20 minutos.

A pesquisa foi destaque na coluna #MulherCientista, da revista Superinteressante. Rainier ganhou um prêmio do International Life Sciences Institute (ILSI) do Brasil, uma ONG que promove a integração entre academia e indústria. A pesquisadora mineira continua trabalhando com grafeno em seu doutorado nos Estados Unidos, mas pretende voltar a fazer pesquisa no Brasil.

SALMONELLA

A Salmonella é um tipo de bactéria que pode ser transmitida através do consumo de alimentos contaminados com fezes de animais. O método mais comum é colocar amostras de comida em placas de Petri (aqueles vidrinhos redondos que aparecem em fotos de laboratório) e esperar até 48 horas para ver o que acontece. Se crescer uma colônia de microrganismos, significa que o alimento está contaminado. A pesquisa desenvolvida na UFV reduz – e muito – o tempo de identificação.

Fonte: https://www.folhadamata.com.br/