Tag Archives: revista de tiradentes

Cidades

Tiradentes completa 304 nesta quarta e celebração terá transmissão online

Uma das cidades mais charmosas e mais ricas de história de Minas Gerais, Tiradentes, completa 304 anos nesta quarta, 19 de janeiro. E para celebrar a data, a Prefeitura do município preparou uma programação especial e que vai seguir todas as medidas de segurança sanitárias contra a Covid-19.

A cerimônia acontece nesta quarta, direto do  Largo do Sol, no centro histórica, a partir das 10h, e vai contar com várias autoridades como o prefeito de Tiradentes Nilzio Barbosa, o presidente da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP), Jefferson da Fonseca Coutinho, o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira,  e o secretário adjunto de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Bernardo Silviano Brandão.

A cerimônia, na verdade, comemora os 304 anos de elevação à Villa de São José Del Rei, hoje Tiradentes. A celebração será transmitida pelas redes sociais da Prefeitura de Tiradentes.  

Em homenagem aos 304 anos de emancipação política, foi gravado o clipe “Seresta em Tiradentes”. A música é de autoria de Diana Dalva Santos e Alexandre Pinheiro Neto, e foi produzida pela Oficina de Teatro Entre & Vista e dirigida por Amaury Bassi.

Fonte: https://barrosoemdia.com.br/

Cultura

Tiradentes: Cidade dá inicio ao Natal Iluminado 2021. Confira a programação!

Tiradentes inaugurou na noite da sexta-feira (05) o Natal Iluminado 2021. Até o dia 26 de dezembro, a cidade vai estar iluminada e decorada para receber os visitantes. A iniciativa é feita por empresários tiradentinos, com o apoio da Prefeitura Municipal de Tiradentes, que visa o desenvolvimento do turismo local após um período conturbado para a cidade em decorrência da pandemia da Covid-19.

De acordo com a organização do Natal Iluminado 2021, para evitar maiores aglomerações e respeitando os protocolos sanitários em prevenção à Covid-19, as projeções que antes era exibidas na Capela do Senhor Bom Jesus da Pobreza nas últimas edições, serão transferidas para a Igreja das Mercês. Neste ano, a projeção será de uma história inédita entre uma pastorinha e um cozinheiro.

O evento é organizado pela equipe do grupo Praça em Movimento, formado pelos empresários Luiz César Costa, Marcos Barbosa e Gabriela Barbosa, que visam o desenvolvimento do turismo local a partir da preservação dos espaços públicos e da promoção de eventos culturais na cidade histórica.

Programação

O Papai Noel ficará na Casa Aimorés de quinta a segunda, entre 16h e 22h, recebendo todas as cartinhas das crianças. A Mamãe Noel vai se juntar a nós na Casa Aimorés onde serão realizadas oficinas com quitandeiras locais para a confecção de biscoitos, pães e bolos. Sempre às sextas e aos sábados, às 15h, com capacidade máxima de dez pessoas por sessão.

As projeções vão acontecer na Igreja das Mercês e apresentarão uma história inédita entre uma pastorinha e um cozinheiro. As projeções serão feitas nos dias 07, 11, 14, 18, 21, 25 e 28 de novembro e nos dias 02, 05, 10, 12, 17, 19, 23, 24 e 25 de dezembro.
Em todos os dias as projeções terão início às 20h00.

Além dessas atrações, o tradicional presépio estará disponível para a visitação no Largo das Mercês. A organização do Natal Tiradentes ressalta que a programação pode ser alterada sem aviso prévio.

Como participar

Para participar do Natal do Chef e das Quitandas da Mamãe Noel, os interessados podem se inscrever gratuitamente no site nataltiradentes.com.br. Essas e as demais atrações do Natal Iluminado serão transmitidas pelo perfil oficial no Instagram Natal Tiradentes.

Com informações: Natal Iluminado Tiradentes
Fonte: https://barrosoemdia.com.br/

Educação

2ª edição da Feira Literária de Tiradentes acontece em outubro presencialmente

Espaços da cidade contarão com programação literária. A escritora mineira Paula Pimenta o ilustrador Roger Mello lançam novas obras e são os homenageados deste ano

 De 14 e 17 de outubro, a cidade de Tiradentes promove a segunda edição de sua feira literária -  (crédito: Divulgação)
De 14 e 17 de outubro, a cidade de Tiradentes promove a segunda edição de sua feira literária – (crédito: Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, a cidade de Tiradentes (MG) é palco de sua própria festa da literatura, a Feira Literária de Tiradentes (FLITI). O evento acontece entre os dias 14 e 17 de outubro e é uma oportunidade para a população e para os visitantes conhecerem as novidades editorais e dialogar com autores reconhecidos, além de participarem de atividades lúdicas e literárias para todas as idades. Ao todo, são 50 autores convidados.

Na edição do ano passado, a feira homenageou os 40 anos do Menino Maluquinho. Este ano, as condecorações estão destinadas à escritora infantojuvenil Paula Pimenta e ao ilustrador Roger Melloo.

Paula abordará questões sobre sua trajetória como escritora até o processo de publicação. O outro homenageado, Roger Mello, apresentará seu último livro Enreduana. Virtualmente, também participa da Fliti a jornalista, escritora, repórter e apresentadora Thalita Rebouças. A autora lança o quarto livro da tetralogia Confissões, a obra Confissões de Um Garoto Inteligente, Purpurinado e Intimamente Discriminado.

Das 10h às 20h estão previstos momentos para autógrafos, lançamentos de livros, encontros com os autores, oficinas de leitura, ciclos de palestras, contação de histórias, apresentações culturais e eventos artísticos.

Antes do início do evento, estarão disponível na cidade o Ônibus-Biblioteca. A biblioteca sobre rodas  visitará comunidades escolares, como a Escola Municipal João Pio, no Bairro Água Santa, Escola Municipal Prof. Alice Lima Barbosa, no Bairro Santíssima Trindade e a Pré-escola Municipal Padre Lourival, no Bairro Várzea. Os estudantes terão acesso a um acervo com 2.000 livros. O veículo funcionará como um espaço de leitura e empréstimo de livros para os alunos da rede pública de ensino e para os moradores da região, tudo isso de maneira gratuita.

Sobre os homenageados

Paula Pimenta – escritora brasileira principalmente conhecida por suas séries de livros “Fazendo Meu Filme”, lançado em 2008 e “Minha Vida Fora da Série”. Natural de Minas, onde mora, se formou em Publicidade pela PUC (MG) e iniciou sua carreira como escritora, com obras voltadas para o público adolescente. E 2001, lançou seu livro de poemas “Confissões”. Também foi colunista na revista Veja e no jornal O Tempo.

Roger Mello – Escritor, dramaturgo e ilustrador, Roger nasceu em Brasília e foi vencedor do Prêmio internacional Board on Books for Young People (IBBY), considerado o Prêmio Nobel da literatura infantojuvenil, entre outros prêmios na sua trajetória. Formado pela Escola Superior de Desenho Industrial, Roger iniciou sua carreira no desenho animado, ao lado de Ziraldo, na Zappin.

Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/

Cultura

CONCERTO DE ÓRGÃOS EM IGREJAS DE TIRADENTES E FRANÇA É A ATRAÇÃO DO HARMONIA, DA REDE MINAS, NESTE DOMINGO (02)

Programa de música clássica da emissora pública mineira exibe especial com o organista brasileiro Robson Bessa e o francês Jean-Luc Ho

O que Tiradentes, em Minas Gerais, e Fresnes, na França, têm em comum? As duas cidades guardam em suas igrejas relíquias instrumentais. Órgãos barrocos espanhóis, do século XVIII, ditam a melodia que impera nesses cenários e criam uma harmonia perfeita entre o patrimônio e a música. O programa Harmonia, da Rede Minas, conduz o público para esses locais mostrando concertos com organistas renomados que executam obras de grandes compositores. O passeio musical, que vai do Brasil à França, faz parte do último episódio da série “Baroque in Rio”, que a atração exibe em comemoração aos 16 anos do programa, neste domingo (02).

ep. Órgãos Ibéricos viajantes – Foto: Instituto Música Brasilis

Quem assume as teclas em Tiradentes é o organista e pós-doutor em musicologia Robson Bessa. Do órgão da Matriz de Santo Antônio, ambos patrimônios nacionais, ele executa obras de Pablo Bruna (1611-1679), Manuel Rodrigues Coelho (1555 – 1635), Alessandro Scarlatti (1660-1725) e Carlos Seixas (1704-1742). Som e história soam dos tubos do instrumento de 1785. Encomendado pelo organista português Simão Fernandes Coutinho, o órgão sem trombetas e pedais tem uma sonoridade cheia de contrastes, refletindo o brilho e a variedade da escola ibérica. A riqueza histórica é também contextualizada pelo jornalista e escritor Angelo Oswaldo, que foi presidente do Iphan e é conhecido como um dos grandes especialistas em barroco mineiro. Na atração, ele fala sobre a produção artística durante o ciclo do ouro.

Robson Bessa – Foto: Instituto Música Brasilis

Já na França o destino é a igreja de Saint-Éloi, do século XII. É lá onde está o órgão espanhol de 1768. Encomendado para um convento em Castilla – La Mancha, foi desmontado durante a reforma, que restaurou as características medievais. Desde 2014 está instalado na igreja de Fresnes. Para mostrar o instrumento, o organista francês Jean-Luc Ho executa obras de Antonio de Cabezón (1510-1566) e Johann-Sebastian Bach (1685-1750).

Jean-Luc Ho – Foto: Instituto Música Brasilis

A série “Baroque in Rio” com o tema “Órgãos ibéricos viajantes” foi produzida pelo Instituto Musica Brasilis e é exibida em comemoração ao aniversário do programa Harmonia, da Rede Minas. A atração vai ao ar neste domingo (02), às 14h. O público pode acompanhar pela TV e também, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

Como sintonizar:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

Acesse as redes sociais:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

Atendimento ao público:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
+55 31-3254-3431

Turismo & Lazer

Tiradentes: Um destino para os amantes da Cozinha Mineira

Apaixone-se pela história e pelos sabores de Tiradentes

Tiradentes é uma das cidades mais reconhecidas do estado. Um destino que oferece aos turistas uma mistura de cores, histórias, religiosidade, cultura e, é claro, um dos maiores redutos gastronômicos de Minas Gerais.

Um Pouco de História

Fundada por volta de 1702, com a descoberta do ouro nas encostas da Serra de São José, a cidade, inicialmente um arraial chamado Santo Antônio do Rio das Mortes acabou se tornando uma das mais importantes cidades históricas mineiras. Em 1718 o arraial foi elevado à vila, com o nome de São José, em homenagem ao príncipe D. José, Futuro rei de Portugal, passando em 1860, à categoria de cidade.

A importância histórica da cidade se deve ao nome, em homenagem ao que talvez seja o mais expressivo herói da inconfidência mineira, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. 

O Conjunto da cidade foi tombado em 20 de abril de 1938  pelo então Serviço do patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), sendo conservado de forma quase integral. 

É um destino que sem sombra de dúvidas representa a riqueza histórica, cultural e até mesmo arquitetônica do estado. Além disso, a cidade é um deleite para os olhos, rendendo roteiros imperdíveis. 

Os Sabores de Tiradentes


Com tanta riqueza histórica e cultural, Tiradentes se destaca também por seus sabores. Sejam esses tipicamente mineiros ou releituras dos grandes pratos tradicionais, a cidade é um dos berços da criatividade na nossa cozinha. 


Rota do Queijo Terroir Vertentes

A cidade é um dos deliciosos destinos da Rota do queijo Terroir Vertentes, roteiro dedicado a visitar queijarias da região do Campo das Vertentes , uma das regiões certificadas para a produção do tradicional Queijo Minas Artesanal. 

Além de vivenciar o roteiro, o turista tem a oportunidade de experimentar alguns dos melhores queijos do país. É bom separar um espaço na mala, porque quem experimenta uma vez quer levar, e é claro, voltar. 

Espaço que une a ruralidade e a alta gastronomia

Além dos queijos, Tiradentes se destaca por ser um destino predominantemente rural. Um refúgio da urbanidade, e isso é claro, significa muito afeto e carinho na cozinha. Nossos ingredientes típicos dominam a gastronomia local: frango, quiabo, queijo, ora pro nobis são alguns dos maiores exemplos da mineiridade na cozinha de Tiradentes. 

Além dos ingredientes a cidade é famosa também pelas quitandas, bolos e broas, cujas receitas são passadas entre gerações e o cheiro atravessa as janelas, um convite tentador!

Tantos sabores diversos tornaram o município um dos principais destinos do país, sendo berço  de um dos mais tradicionais festivais gastronômicos do Brasil e do mundo!

Gastronomia e Cultura

Unindo atrações digitais e presenciais, o festival de gastronomia e cultura de Tiradentes é um dos principais festivais do ramo, visando promover e premiar a cadeia produtiva do setor, incentivando o turismo e fomentando a economia local através dos sabores tradicionais do lugar. 

Uma pedida imperdível para os amantes da boa cozinha mineira e de paisagens de tirar o fôlego, Tiradentes é sem sombra de dúvidas um destino apaixonante. Vale a pena demais conhecer e se encantar pelas delícias da cidade!

Texto: Luís Carneiro
Fonte: https://minasgerais.com.br/

Gastronomia

Festival Gastronômico de Tiradentes 2021 vai começar!

Festival Gastronômico de Tiradentes 2021 acontecerá entre os dias 18 e 26 de setembro e vai combinar atrações digitais e experiências físicas

Foto: Instagram Fartura Brasil

Tiradentes é uma cidade histórica de Minas Gerais e está a aproximadamente 191 km da capital Belo Horizonte.

A cidade costuma surpreender em todos os sentidos, pois oferece ao visitante não só lindas paisagens das construções antigas como também é uma região onde a cultura, religião e natureza estão muito presentes.

Para os amantes da natureza o local é muito atraente, pois existem diversas cachoeiras e trilhas na região. Um verdadeiro convite para se aventurar ou relaxar.

No entanto desde 1997 a cidade tem presenteado moradores locais e turistas com um evento que ganhou destaque no circuito gastronômico do país e do mundo. É o tradicional Festival de Cultura e Gastronomia que, esse ano, está na sua 24ª edição.

A história do Festival é bem interessante, pois muitos acreditam que ele foi impulsionado pelo grande destaque que a comida mineira tem. Porém  a criação foi motivada  por influência do teatro e cinema.

Em 1997 Tiradentes já era uma cidade admirada e com boa estrutura, todavia ainda pouco conhecida. Nesse período uma apresentação da peça “Um Moliére Imaginário”  do grupo Galpão ganhou notoriedade nacional e foi foco das pautas de Cultura.

Iniciava-se assim a Criação da Mostra de Cultura e Cinema de Tiradentes que logo em seguida incentivou também a ideia do Festival de Cultura e Gastronomia. Ficou conhecido como um evento pioneiro nesse formato ao ar livre sendo que os que já existiam naquela época eram realizados no eixo Rio – São Paulo e eram realizados em locais fechados.

A fórmula foi um sucesso e até hoje atrai visitantes e amantes da cultural local e culinária regional e internacional. A cidade se transforma e claro como boa mineira que é, acolhe a todos com atenção, boas conversas e excelente infraestrutura.

O Festival é, certamente, um orgulho para a cidade e um marco que valoriza a culinária e os tão ricos ingredientes nacionais.

Nesse ano ele acontecerá entre os dias 18 e 26 de setembro de 2021 e será em formato híbrido combinando atrações digitais e experiências físicas por toda a cidade.

As experiências físicas serão conduzidas por chefs em restaurantes da cidade, servindo pratos e oferecendo menus criados especialmente para o evento com ingredientes locais.

Já as atrações digitais vão reunir conteúdos especiais e inéditos, produzidos em Tiradentes, com transmissão online e gratuita para todo o Brasil, na plataforma da Fartura.

Ressaltamos ainda que o evento faz parte do Projeto Fartura – Comidas do Brasil, que tem como premissa mapear a cadeia produtiva da gastronomia, da origem ao prato.

Nesse sentido os temas estão bem envolventes. Citaremos alguns;

Atrações físicas

  • Tour Gastronômico Origem Minas – Receitas especiais com ingredientes especiais
  • Fartura de Amor – Os chefs do festival preparam refeições para quem precisa
  • Tour Gastronômico – A tradição: receitas especiais
  • Mercearia – A valorização do produtor e da cultura de Minas
  • Música – O melhor da música instrumental brasileira

Atrações online

  • Música – O melhor da música instrumental brasileira
  • Mercearia Fartura – Compre online produtos de pequenos produtores
  • Dicas de Chef – Aprenda os segredos culinários que farão toda a diferença nas suas receitas

Atrações não faltarão nesse que é um dos mais reconhecidos Festivais Gastronômicos do país.

Por Lu Ferreira
@janaelutraveldesigners
Fonte: https://mundoela.uai.com.br/

Gastronomia

Chef mineiro inova na gastronomia de Tiradentes

Luiz César Costa é chef de cozinha há 7 anos e idealizador do projeto “Chef no Pedal”

A cidade mineira de Tiradentes encanta quem chega até lá, principalmente por causa das suas charmosas ruas de pedras, igrejas, praças e seu centro histórico. Mas os atrativos não param por aí, afinal, a cidade também é mundialmente conhecida pelos seus festivais de gastronomia e culturais internacionais, o que fez com que o lugar se tornasse ainda mais visitado.

Foi a partir daí que Luiz César, chef de cozinha do Luth Bistrô, teve a ideia de fazer um projeto inovador, que agregasse valor aos alimentos produzidos na cidade. O “Chef no Pedal”, como foi intitulado, teve início em 2019 e tem como objetivo principal divulgar a gastronomia e o turismo de Tiradentes. Junto da esposa Elizabeth Cruz — que completa o nome da empresa (LUiz e ElizabeTH) —, o bistrô prima por fusão gastronômica, combinando culinária mineira, francesa e italiana, mas sempre valorizando os ingredientes locais.

E como ele funciona? Luiz vai até aos pequenos produtores da cidade com sua bicicleta e vê como são produzidos os queijos, manteigas, cachaças, cafés, entre outros produtos. Em seguida, são selecionados os produtos e levados até aos restaurantes de Tiradentes, onde são finalizados em diversos pratos.

“É uma ideia simples, mas que agrega valor e divulga a gastronomia da cidade e os pequenos produtores, pois eles também ajudam a girar a economia e a mostrar que Tiradentes tem esse outro lado, no qual o turista pode vir de bicicleta e explorar vários lugares”, enfatiza o chef.

Um produto muito usado por ele dentro do projeto é o ora-pro-nobis. Luiz conta que vai até à casa da Dona Célia, que fica na Serra São José, para buscar o produto e finalizar no prato do Bistrô, em que trabalha com a famosa costelinha de porco, uma referência no local há dois anos.

Texto: Nathália Coelho

Tecnologia

Materiais compósitos na América do Sul: parceria UFSJ-UFMG

Em agosto de 2022, a UFSJ promove, em parceria com a UFMG, o 6th Brazilian Conference on Composite Materials (BCCM), tendo como organizadores os professores Carlos Alberto Cimini Jr., da Federal de Minas Gerais, e Túlio Panzera, do Departamento de Engenharia Mecânica e Produção da UFSJ (Demep). 

O evento, realizado de dois em dois anos, vai acontecer em Tiradentes, onde vão se reunir pesquisadores dos principais centros de pesquisa na área de compósitos do Brasil e do exterior. A 5ª edição, adiada devido à pandemia, ocorreu on-line, em janeiro deste ano. 

O BCCM vem sendo considerado o maior evento sobre materiais compósitos da América do Sul, pelas projeções de público da academia e da indústria, principalmente dos setores aeronáutico, automotivo, construção civil e áreas afins. A cada edição, o número de participantes aumenta substancialmente. A expectativa para 2022 é que a conferência possa ser realizada presencialmente, com número recorde de inscritos, pelo apelo turístico da região, num aguardado momento pós-pandemia.

O professor Túlio Panzera, chairman do BCCM, destaca que o encontro permitirá divulgar e expandir as relações nacionais e internacionais de pesquisa nas duas universidades, principalmente aquelas desenvolvidas no Centro de Inovação e Tecnologia em Compósitos (Citec) da UFSJ. ”Além de ser uma excepcional oportunidade para os alunos de graduação e pós-graduação experimentarem um evento de grande abrangência como esse”, comenta. 

O maior destaque, porém, ficará com o elevado nível de qualidade dos trabalhos submetidos ao BCCM, prevê Túlio, recentemente indicado editor chefe do periódico canadense Journal of Research Updates in Polymer Science.

Confira o vídeo promocional do congresso:

Alessandro Andrade
Assessoria de Comunicação
Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ
Telefone: (32)3379-5808 Celular: (32)9.9932-8475

Turismo & Lazer

Vai viajar no inverno? Busque destinos seguros!

Que Minas Gerais é uma ótima opção para viajar durante o ano inteiro não podemos negar, por isso quando a temperatura cai, logo buscamos as melhores opções no interior do estado para curtir o friozinho. Não faltam destinos de montanha, ou aqueles mais aconchegantes, pequenas vilas, para uma viagem romântica que renda boas memórias. É possível viajar de maneira segura mesmo em meio à pandemia, por isso listamos algumas opções que se encontram estabilizadas no momento, mas é essencial que o turista siga os cuidados necessários.

Lavras Novas – O pequeno distrito de Ouro Preto encanta cada vez mais turistas, por sua tranquilidade, rodeado por montanhas e cachoeiras, sendo um refúgio para relaxar. As noites por lá pedem um bom vinho e uma boa companhia para conhecer seus bares e restaurantes!

Santana dos Montes – Com um grande número de fazendas tombadas pelo IEPHA, o destino é uma ótima opção de turismo rural com várias trilhas, cachoeiras, e uma produção de bebidas artesanais como cerveja, cachaça e vinho, sendo uma opção para relaxar!

Tiradentes – Por lá se encontram inclusive várias casas de chocolate deliciosos, além de belas atrações culturais, e gastronomia variada ao som de uma boa música ao vivo, as noites na cidade são propícias para um bom vinho.

Monte Verde – Conhecida como a Suíça Brasileira, o distrito de Camanducaia é um charme só. Seja nas trilhas, mirantes, ou montanhas, outra opção é curtir a noite tranquila e apreciar a gastronomia local em um passeio romântico.  

Villa do Tanque Hotel Fazenda – Santana dos Montes
Fonte
https://www.hotelvilladotanque.com.br/

Visite Minas Gerais!

Foto principal: https://muitaviagem.com.br/

Cultura

Casa dos Contos homenageia Yara Tupynambá com exposição de 10 artistas

Batizada de “Vivências Poéticas”, a coletiva de artes plásticas, com curadoria de Fátima Mirandda, reúne pinturas em acrílico sobre tela e será inaugurada no dia 27 de maio para convidados

A Casa dos Contos, premiado restaurante, reduto dos amantes da gastronomia de qualidade na capital mineira e que tem na sua essência o estímulo à arte e à cultura, abre suas portas, no próximo dia 27 de maio, das 17 às 18 horas, para homenagear uma ilustre convidada: Yara Tupynambá.  A artista, que recentemente completou 89 anos de idade e 70 de trajetória, ganhará o tributo “Vivências Poéticas – Diálogos com Yara Tupynambá”.

Diego Mendonça

Em formato de exposição e curadoria de Fátima Mirandda, a coletiva reúne 10 obras de artistas com formação eclética, propondo um diálogo com as diferentes fases da obra de Yara Tupynambá.  Participam desta homenagem: Canuta Duque, Cely Ferreira, Diego Mendonça, Fátima Mirandda, Leo Maciel, Letícia Pinto, Luiz Chaves, Marcelo Albuquerque, Márcia Valadares e Willi de Carvalho. “São pinturas em acrílico sobre tela, de 70 centímetros por 90 centímetros, que se comunicam e apresentam percepções diversas desses 10 artistas em relação a diferentes fases da trajetória de Yara. Eles foram escolhidos a dedo pela própria artista, com quem já tiveram vivência, seja como aluno ou participante de oficinas”, destaca a curadora Fátima Mirandda.

Até o dia 29 de junho deste ano, a mostra ficará em cartaz na Casa dos Contos, local em que abrigou as obras de Yara Tupynambá nos idos anos 80, quando o restaurante já despontava como um dos mais tradicionais em Belo Horizonte. De acordo com a artista, o Edmar (falecido Antônio Edmar Roque, responsável pela consolidação da Casa dos Contos) vendia suas obras e o clima no restaurante era de uma alegria genuína, porque as pessoas iam lá também para comprar arte.

“Quando as exposições começaram na Casa dos Contos, a Yara (Tupynambá) já estava lá, apresentando seu trabalho e vendendo suas telas. Essa história tem um início muito bonito, afetivo e que simboliza o apoio da Casa dos Contos à cultura. Eu cresci lendo e estudando sobre as obras de Yara Tupynambá e sua importância como referência artística. A exposição é uma homenagem carinhosa para ela”, relata Maria Leonor Xavier Cunha Roque, proprietária da Casa dos Contos que cederá três telas de seu acervo pessoal para se juntar à exposição.

Yara Tupynambá, que recentemente tomou as duas doses da vacina para se proteger da Covid-19, disse que está ansiosa para receber a homenagem. “Eu estou me sentindo muito amada, honrada e poderosa com essa exposição na Casa dos Contos. Primeiramente, porque é raro uma artista receber esse carinho de seus colegas, os quais considero amigos, homenageando a minha obra. Isso para mim é um orgulho e também a certeza de que eu trabalhei muito e fiz muito à medida das minhas possibilidades”, afirma Yara, enquanto acabara de lavar vasilhas e já se preparava para voltar ao ateliê para pintar.

“Pintar para mim é mais que um desejo, é uma válvula de escape, um encontro comigo mesma. Praticamente todos os dias visito o meu ateliê e realizo um trabalho. Se eu não pinto, fico chata com todo mundo. A arte é uma prática que me eleva, fico conversando com meus próprios pensamentos. Não sou uma artista que tem impulso e pinta em duas horas uma tela. Eu levo uma semana cozinhando as cores, usando três, quatro camadas de tintas diferentes para criar um novo tom”, emenda a artista.

De acordo com Fátima, a mostra “Vivências Poéticas” seria apresentada no mês passado deste ano, por ocasião do aniversário de Yara, no dia 2 de abril, mas teve que ser adiada por causa das restrições impostas pelo decreto municipal sobre a pandemia de novo coronavírus. “A Casa dos Contos sempre foi um ponto de encontro apreciado pelos artistas, que se servem não só da boa gastronomia, como vislumbram o restaurante como local de troca de experiências e ideias. Estou realizando um desejo da Maria Leonor (Xavier Cunha Roque, atual proprietária da Casa dos Contos) e prestigiando a Yara com essa exposição”, orgulha-se Fátima.

SERVIÇO

Exposição:  VIvências Poéticas – Diálogos com Yara Tupynambá (coletiva de artes plásticas)

Curadoria: Fátima Mirandda

Abertura para convidados: 27/05

Período: 28/05 a 29/06/2021

Local: Restaurante Casa dos Contos

Endereço: Rua Rio Grande do Norte, 1065, Savassi – (31) 3261-5853

Horário: De segunda-feira a sábado: das 11h às 19h. (Seguindo as determinações da PBH).

Visitação gratuita, sob agendamento.

Sobre Yara Tupynambá

Uma das artistas plásticas mineiras mais conceituadas da atualidade celebra 70 anos de carreira e 89 anos de idade. Sua trajetória artística perpassa a pintura, gravura, desenho e muralismo, além do ensino de arte. Com extenso currículo, incluindo grandes mestres como Guignard e Goeldi, uma bolsa no renomado Pratt Institute (Nova York), participação em bienais, livros e numerosas mostras nacionais e internacionais, além de prêmios e condecorações, entre eles o de “Artista do Ano”, concedido pela ABCA (2011), Yara é uma artista completa e consagrada pelo público. Toda a obra de Tupynambá tem como fonte de Inspiração a história, cultura e paisagens mineiras. De modo singular, Yara revela habilidades e saberes.

Casa dos Contos

Prestes a completar 46 anos de história, a Casa dos Contos se tornou um dos restaurantes mais consagrados e tradicionais da cidade, sendo durante seis anos consecutivos (2014 a 2019) condecorado com o prêmio de Melhor Restaurante Tradicional de Belo Horizonte. O concurso é organizado pela Revista Encontro Gastrô. O ambiente familiar, pratos clássicos já conhecidos do público mineiro e seu notório incentivo a arte e a cultura A Casa é destino certo dos amantes da boa gastronomia e, desde sempre, recebe turistas, autoridades, intelectuais, artistas, celebridades e formadores de opiniões. Em sua ambientação, que integra adega, salão amplo e varanda, prevalece o charme e o forte clima cultural.