Tag Archives: revista de congonhas

Cultura

Congonhas promoverá Semana Municipal de Valorização do Patrimônio

A Prefeitura de Congonhas, em parceria com a Diretoria de Patrimônio, Fumcult, Museu de Congonhas, Instituto Histórico e Geográfico de Congonhas, realizará a Semana Municipal de valorização do Patrimônio Histórico e Cultural de Congonhas com ações que vão de 25 a 28 de outubro.

O trabalho começará nas escolas para que os alunos conheçam seus ícones culturais e patrimoniais e, a partir do resgate da memória, seja possível criar afetividade e pertencimento ao patrimônio material e imaterial de Congonhas. 

O encontro de abertura será no Museu de Congonhas, na segunda-feira (25). Na entrada, poderão apreciar a mostra “Portais Barroco de Congonhas”, de Hernando Rocha Vitor e alunos do projeto Arte na Escola. Músicos do Arte na Escola também participarão da solenidade.

Programação

Programação começa na segunda-feira
Programação começa na segunda-feira

Após a abertura oficial, os convidados assistirão ao filme Jubileu, cedido pelo Centro Técnico Audiovisual (CTAv), órgão ligado à Secretaria Especial de Cultura, vinculada ao Ministério do Turismo. O filme dirigido por Eduardo Escorel foi gravado há 40 anos, em 1981, mostra a tradição religiosa dos romeiros e a fé impressa na Sala dos Milagres, que fica na Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, bem como a rotina dos moradores e trabalhadores da época.

Na terça, outras atividades serão desenvolvidas como oficina de velas e missa em ação de graças em memória a Dom Silvério, além da mostra Passos de Dom Silvério, também de Hernando Rocha Vitor e alunos do projeto Arte na Escola que estará na matriz de Nossa Senhora da Conceição.

Na quarta, um bate-papo remoto será realizado para falar sobre a produção do filme Jubileu com a participação do diretor Eduardo Escorel. Na mesma sala, estarão André Candreva e Roberto Candreva, que participam deste momento com Eduardo e em seguida falarão um pouco sobre a vida de Dom Silvério e suas contribuições para o Jubileu de Congonhas. O link de acesso ao público será divulgado e todos poderão participar da conversa pelo chat.

Na quinta, último dia da programação, será veiculado pela internet o documentário “Tributo a Dom Silvério”, produzido em parceria com a Secretaria Municipal de Comunicação e que vai mostrar vários detalhes da vida, dos estudos, trabalho religioso e curiosidades da vida de Dom Silvério, filho ilustre de Congonhas. O curta-metragem também conta com a participação de vários alunos das escolas públicas municipais, orientados pelos professores do Grupo de Referência da Igualdade Étnico-racial (GRIER), e com músicas executadas pelo Coral Cidade dos Profetas.

Fonte: https://fatoreal.com.br/

Esporte

Abertas as inscrições para o torneio de férias de futebol de Congonhas

Estão abertas as inscrições para o torneio de férias de futebol de Congonhas. Esse ano, excepcionalmente, a competição será disputada nos meses de novembro e dezembro.

Os interessados em inscrever suas agremiações devem baixar a ficha de inscrição no site da Prefeitura Municipal ou no Instagram da Secretaria de Esporte e Lazer. A ficha deverá conter as informações da equipe, responsável e atletas, devidamente digitadas, além das assinaturas dos atletas e deverá ser entregue até o dia 3 de novembro na própria SEL. O torneio terá início no dia 8 de novembro.

Categoria Masculina:

– O que levar: Ficha de inscrição digitada e preenchida com no mínimo 8 e no máximo 14 atletas (as equipes poderão acrescentar os demais atletas até a segunda partida da equipe na competição).

– Valor da inscrição: R$200,00 (duzentos reais) em dinheiro, além do cheque caução no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) – todos os valores são convertidos em premiação para as equipes, conforme consta no regulamento.

– Não há limite para participação de equipes e atletas de outras cidades. 

 Categoria Feminina:
– O que levar: Ficha de inscrição digitada e preenchida com no mínimo 8 e no máximo 14 atletas (as equipes poderão acrescentar os demais atletas até a segunda partida da equipe na competição). 

– A inscrição na Categoria feminina é gratuita. Não há limite para participação de equipes e atletas de outras cidades. 

– A competição não ocorrerá caso não tenha o número mínimo de 4 equipes inscritas.

Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Esporte e Lazer, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h ou pelo telefone 3731-4374.

Fonte: https://fatoreal.com.br/

Entrevistas

Está no ar o Resenha Podcast!

Novo podcast de Congonhas garante um bate-papo leve e descontraído com as grandes personalidades da região

Daniel Silva e Jean Carlo, a dupla de profissionais referência em fotografia e videoarte da Cidade dos Profetas não fica parada quando o assunto é inovação. Agora, em novo projeto, levam ao ar o Resenha PodCast, com o formato de entrevista consagrado no Brasil e no mundo, mas com um diferencial: a irreverência dos anfitriões e a experiência de ambos em mais de 10 anos trabalhando nos tradicionais eventos e com os grandes nomes locais.

Lançado a pouco mais de um mês, o projeto já recebeu grandes nomes como o cantor Rick Mendes, o ex-prefeito de Congonhas Zelinho de Freitas, o humorista Dalmar e o pesquisador André Candreva.

Daniel Silva, um dos anfitriões, é fotógrafo e proprietário do Estúdio Daniel Silva, que completa, em 2022, uma década em funcionamento. Já atuou como fotógrafo oficial da Prefeitura de Congonhas, realizou centenas de ensaios infantis, gestantes, casamentos, e dos mais diversos temas. Possui também o projeto Resenha Fotográfica, no qual compartilha todo conhecimento adquirido durante a carreira.

“Descobri nos últimos anos uma nova paixão, a comunicação. Isso que fez o Resenha Podcast ganhar vida. Fui influenciado pela minha curiosidade em me inteirar de diversos assuntos, gostar de aprender e principalmente por acompanhar sempre dois podcasts de sucesso nacional, o Flow Podcast e Podpah. Nosso objetivo com o Resenha é proporcionar um momento leve e descontraído, como uma conversa de amigos, seja naquele bate-papo de bar ou num cafezinho com um “dedin” de prosa, como bons mineiros que somos! (rs)”, explica Daniel.

Já Jean Carlo é o responsável pelo processo criativo, também anfitrião ao lado de Daniel Silva, atua na produção do podcast e foi quem criou a logomarca e as vinhetas do programa. Profissional na área de vídeos há mais de 8 anos, sua empresa, a DNA Films, possui experiência em diversos trabalhos institucionais, videoclipes, casamentos e eventos em geral.  Foi pioneiro na realização de lives em Congonhas e um dos primeiros de toda a região.

O Resenha Podcast vai ao ar toda a semana, sendo transmitido pelos canais no Facebook (facebook.com/podcastresenha) e Twitch (twitch.tv/podcastresenha). Possui também uma página no Instagram (instagram.com/resenhapodcastoficial), com cortes dos melhores momentos das entrevistas e a divulgação dos convidados. Com exibição ao vivo, durante os episódios o público pode participar com perguntas, comentários ou mensagens pelos canais oficiais. “Sem dúvidas estamos em uma das cidades com maior potencial cultural de Minas, com dezenas de talentos ligados a diversas áreas como a música, teatro, artes visuais, além de grandes personalidades políticas e empreendedores dos mais diversos ramos. Prova disso é que temos vários congonhenses de grande destaque regional, no estado e até nacionalmente. Por aqui, vamos trazer pessoas assim, que são referências naquilo que fazem ou no que conquistaram, seja contando a sua história ou deixando uma mensagem de inspiração para as pessoas também fazerem algo extraordinário das suas vidas. Resenha Podcast, mais um plano que sai do papel!”, conclui Daniel Silva.

Fonte: Janice Silva

Educação

Prefeitura de Congonhas faz parceria com Google para auxiliar na educação
E-book: Conheça o Google for Education | FCT - Faculdade de Ciências e  Tecnologia

A Prefeitura de Congonhas, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), implementou a plataforma Google For Education com objetivo de ampliar as possibilidades do ensino com novas ferramentas desenvolvidas para auxiliar professores e alunos. Assim, foi celebrada uma parceria entre a Prefeitura e a empresa Google, que disponibilizou os programas gratuitamente ao Município.

A nova plataforma desenvolvida pela gigante de tecnologia reúne várias ferramentas como Google Docs, Gmail, Google Classroom, Google Meet dentre outras, com objetivo de auxiliar no processo educacional em todo o mundo. Trata-se de um aprimoramento que se impôs diante da pandemia do novo coronavírus que levou grande parte da população mundial para o teletrabalho e ensino remoto.

De acordo com Ricardo Pace, Coordenador de Tecnologias Educacionais da SEMED, a plataforma Google For Education consiste em um pacote de serviços sendo que o principal deles é uma sala virtual e online onde professor e os alunos são inseridos com recursos para videochamadas e publicação de arquivos, com exercícios, por exemplo. O aluno também pode devolver estes arquivos com as tarefas resolvidas para o professor, tornando-se um ambiente virtual de aprendizagem. Ricardo salienta que o processo aumenta a segurança dos dados, pois não há perda dos documentos, além de não ocupar espaço de memória nos aparelhos utilizados, já que a plataforma utiliza arquivamento em “nuvem”*.

Ricardo explicou que o processo de parceria começou no mês de abril deste ano e em maio deu-se início a implantação e treinamento dos novos usuários, sendo que a primeira unidade de ensino foi a Escola Municipal José Monteiro de Castro. Depois disso, o curso para treinamento foi aperfeiçoado e seus oito módulos foram apresentados ao restante dos professores da rede municipal de ensino no mês de junho, perfazendo mais de 700 profissionais capacitados até o mês de junho.

Antes, as aulas estavam sendo transmitidas via aplicativo WhatsApp, que não dá muitas opções para professor e aluno. Assim, ao migrar para a nova plataforma, o ganho pedagógico é ainda maior. “O WhatsApp é uma ferramenta que nos ajudou muito até o momento, mas sua base foi desenvolvida para comunicação e não para educação. A nova plataforma vai trazer um salto de qualidade, não somente para o momento de ensino remoto, mas também nos apropriando de todo avanço da tecnologia para educação, que será utilizado no momento das aulas presenciais”, analisa Ricardo.

Prefeitura de Congonhas faz parceria com Google para auxiliar na educação

Os alunos também receberam as instruções para acessar as novas ferramentas com nome de usuário, senha, e-mail e número telefônico para suporte em caso de dúvidas. Ao mesmo tempo, a plataforma pode ser acessada de qualquer computador ou celular que estiver conectado à internet. Ricardo lembra que alguns problemas podem ocorrer na transição de um sistema para o outro, mas que todos os profissionais de tecnologia da informação da Secretaria de Educação estão atentos para realizar os ajustes necessários e dar solução com rapidez.

  • O que é armazenamento em “nuvem”?

Armazenamento em nuvem é um modelo de armazenamento de dados de computador no qual os dados digitais são armazenados em pools lógicos, ditos “na nuvem”. O armazenamento físico abrange vários servidores, e o ambiente físico normalmente pertence e é gerenciado por uma empresa de hospedagem.

Esses provedores de armazenamento em nuvem são responsáveis por manter os dados disponíveis e acessíveis, e o ambiente físico protegido e funcionando. Pessoas e organizações compram ou alugam capacidade de armazenamento dos fornecedores para armazenar dados de usuários, organizações ou aplicativos.

Fonte: https://correiodeminas.com.br/

Cultura

Lá vem a Cocada – Regina Bahia lança série de vídeos com curiosidades históricas de Congonhas

Que a Cocada adora uma boa prosa cheia de conhecimento, isso todo mundo já sabe e comprovou com o lançamento do curta “Cocada visita o Patrimônio Imaterial de Congonhas”, em junho deste ano. Agora ela está de volta trazendo deliciosas curiosidades sobre a Cidade dos Profetas. Todo congonhense certamente já ouviu falar da história da Noiva da Fafic, do leitão da Santa Ceia e das famosas Madames de Rè. Esses são os temas dos vídeos que serão lançados neste mês pela Regina Bahia e sua irreverente personagem Maria das Cocadas Preta e Branca com Gosto de Quero Mais Silva. Toda esta produção, do Instituto Profarte, foi viabilizada com recursos do Fundo Estadual de Cultura por meio do Edital Arte Salva.

Os vídeos serão lançados no Canal Instituto Profarte, no Youtube. Dia 09 de setembro, às 19h, vai ao ar o “Leitão da Santa Ceia”. No dia 16, é a vez da “Noiva da Fafic” e no dia 23, será exibido o “Madames de Rè”, todos no mesmo horário. Ainda, encerrando a programação do mês, Cocada convida o contador de histórias Pedro Cordeiro para um bate-papo divertido sobre os temas dos vídeos, que será transmitido ao vivo pelo Instagram do @InstitutoProfarte, às 19h, no dia 30 de setembro.

Regina Bahia é uma das principais atrizes de Congonhas, grande incentivadora da cultura local e fundadora do Instituto Cultural Profetas em Arte – Instituto Profarte. Com a sua personagem Cocada tem levado bom humor e conhecimento aos moradores de Congonhas desde 1999, seja com a sua participação no Programa “Bom dia com Alegria”, que vai ao ar pela Fundação Radiodifusora de Congonhas, sob o comando de Miriam Fernandes, ou marcando presença em seminários, conferências e demais eventos da cidade.

A série de vídeos protagonizada pela Cocada conta com tradução para a Língua Brasileira de Sinais e poderá também ser utilizada, gratuitamente, como um importante material de educação patrimonial pelas escolas do município.

Ficha técnica: Atriz: Regina Bahia; Direção e Roteiro: Luísa Bahia; Fotografia e Montagem: ciber_org; Figurino: Luiz Dias; Produção Executiva: Instituto Cultural Profetas em Arte; Produção: Renan Merces / Micheline Gama; Intérprete de Libras: Dinalva Andrade; Assessoria de Imprensa: Hiper Teia Comunicação e Eventos / Janice Miranda; Designer gráfico: Hugo Gherard

Fonte: Janice Miranda

Cultura

Casa do Teatro de Lafaiete participa do Festival de Inverno de Congonhas

O Centro Cultural Casa do Teatro de Conselheiro Lafaiete irá se apresentar no 26° Festival de Inverno de Congonhas, Através do grupo CLIC será levado ao evento a peça “O menino e a árvore”.

Grupo de Lafaiete estará no festival
Grupo de Lafaiete estará no festival

Este é um texto adaptado para o teatro a partir do conto de Fernando Sabino e fala da história de um menino que nutre uma amizade sincera com uma árvore em seu quintal, porém o tempo gera mudanças nesta amizade entre os dois.

Peça mostra lições de vida diversas
Peça mostra lições de vida diversas

O espetáculo que será exibido pelo canal do Festival na internet no dia 29 às 18h, emociona crianças e adultos, para cada um, ensinando o valor de uma amizade, de maneira diferente.

Roteiro é adaptado de conto de Fernando Sabino
Roteiro é adaptado de conto de Fernando Sabino

“O Menino e a árvore” tem direção de Geraldo Lafayette e traz no elenco: Daisyluz Vieira, Lidiane Almeida no papel da árvore e Gustavo Andrade, Didi Moura e Pedro Costa no papel do menino.

Fonte: https://fatoreal.com.br/

Educação

Em novo formato, projeto “É agora!” retorna à Cidade dos Profetas

Ação neste sábado, dia 28, apoia alunos da E.E. Lamartine de Freitas na escolha profissional

Estou terminando o ensino médio. E Agora? Qual profissão eu vou seguir? Médico, engenheiro, professor? A hora de pensar sobre isso “é agora!”. O projeto que foi sucesso nas escolas de Congonhas antes da pandemia está de volta, desta vez em formato virtual.

Os alunos da Escola Estadual Lamartine de Freitas participarão da iniciativa no sábado, dia 28, a partir das 10h. Com um espetáculo teatral e a distribuição de uma cartilha informativa, o projeto acolhe e orienta os jovens na escolha profissional.

O enredo conta a história de três amigos no último ano do ensino médio que, instigados por uma misteriosa funcionária da escola, refletem sobre o futuro e suas carreiras. O espetáculo trata das pressões da sociedade e da família, e também dos desafios e descobertas desta fase.

Ao final da apresentação, os estudantes ganham o material “É agora! Cartilha das Profissões”, com informações sobre o acesso ao ensino superior, cursos e carreiras, além de opções de empreendedorismo e outros dados. A iniciativa já beneficiou mais de 2 mil alunos de escolas públicas de Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

O projeto “É Agora!” é uma realização da Bushido Produções com patrocínio da Ferro+ e da JMN Mineração, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. As apresentações contam com recursos de acessibilidade, como intérprete de Libras, e são transmitidas pelo canal da Bushido Produções no Youtube.

Fonte: Janice Miranda

Cultura

Banda Meridian se apresenta pelo segundo ano no Festival de Inverno de Congonhas

Pop, Eletro, Acústico, uma mistura que dá liga e coloca todo mundo pra viajar no universo da boa música! Essa é a promessa da Banda Meridian para a apresentação deste ano na 26ª edição do Festival de Inverno de Congonhas, que acontece neste sábado, dia 21, às 19h, e será transmitida ao vivo pelo Facebook da Prefeitura de Congonhas e pelo Canal Congonhas no Youtube.

O projeto, que nasceu em 2018, faz uma mistura fina de diferentes instrumentos e estilos: violão, teclado, violino, banjo, baixo, bateria, guitarra para agradar pessoas de todas as idades, com um repertório que mescla canções nacionais e internacionais. Recentemente o grupo ganhou novos integrantes e agora, mais completo, é formado pelos músicos Filipe Miranda (vocalista/guitarrista/violonista), Vinicius Rezende (baterista/percussão), Renato Soares (pianista/violino/voz) e Gabriel Maciel (baixista/banjo).

Inspirados pelo nome Meridian, que vem de meridianos, os músicos buscaram num som diferenciado proporcionar uma verdadeira viagem para o público, sejam nos encontros de gerações, de estilos ou ritmos. “Para este ano preparamos um repertório que contempla as músicas mais aclamadas nas nossas apresentações. Vamos fazer o show com o objetivo de provocar diferentes sensações no público e nos internautas. Ano passado nossa apresentação foi especial porque marcou a nossa primeira vez nesse Festival tão tradicional. A deste ano, marca nossa estreia nesta formação que considero completar nosso propósito enquanto banda. Estamos muito animados!”, explica o vocalista Filipe Miranda.

Mais informações e a agenda da Banda Meridian estão disponível no  instagram.com/meridian_oficial. A 26ª edição do Festival de Inverno de Congonhas acontece até dia 29 de Agosto. O tradicional evento do calendário de Congonhas é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura com patrocínio do Instituto Cultural Vale e conta com mais de 60 atrações artístico-culturais. 

Fonte: Janice Miranda

Cultura

Em comemoração ao Mestre

Museu de Congonhas prepara programação especial no projeto virtual #MCoEmCasa para celebrar o aniversário de Aleijadinho

Já é tradição o Museu de Congonhas homenagear, em agosto, o grande mestre do Barroco brasileiro, Antônio Francisco Lisboa: o Aleijadinho. O artista deixou um legado único em Congonhas que inspirou, inclusive, a criação deste que foi o primeiro Museu de Sítio Histórico do País. De acordo com o mais importante biógrafo do escultor, Rodrigo Ferreira Bretas, Aleijadinho nasceu em 29 de agosto de 1730, por isso este mês sempre é celebrado pela instituição.

Desde o início da pandemia, o Museu de Congonhas tem desenvolvido uma programação histórica e cultural sob a chancela da hastag #MCoEmCasa, para este mês, além dos quadros fixos #LeiaNoMuseu e #RepostDoMuseu, outros quadros ganharão espaço como #ConhecendoOMestre, #AleijadinhoExportado e #OArtistaQueInspiraArte.

As segundas-feiras serão dedicadas a trazer ao conhecimento os lugares no mundo pelos quais as obras de Aleijadinho já foram representadas, como o profeta Daniel nos USA, Habacuc na Bélgica e Joel no Uruguay, compondo o quadro #AleijadinhoExportado. Às terças, os internautas conhecerão mais a fundo a vida e obra de Aleijadinho, sua biografia, as doenças que o acometeram, sua arte e a desvalorização do Barroco, a importância dos modernistas na reconquista de Congonhas e o legado deixado pelo artista na cidade.

No Quadro #LeiaNoMuseu serão indicados importantes obras que tratam dos vários aspectos do trabalho de Antônio Francisco Lisboa. Às quintas, grandes artistas que se inspiraram na obra de Aleijadinho para compor o trabalho ganharão espaço. Ilustradores, cineastas, fotógrafos e escritores serão representados na sessão #OArtistaQueInspiraArte. Em um desdobramento deste quadro, os artistas de Congonhas que também se inspiram no Mestre serão representados às sextas-feiras. O tema ainda será levando na Roda de Conversa do mês que acontece no sábado, dia 7, às 15h, e será transmitida ao vivo no Facebook do Museu de Congonhas.

Para além desta programação, cada um dos 12 Profetas talhados por Aleijadinho serão detalhados, quando a vida, características esculturais do Mestre e importância bíblica, aos sábados e domingos deste mês. Toda a programação pode ser acessada nas páginas do Facebook (@museudecongonhas), Instagram (@museusdecongonhas) e site da instituição (www.museudecongonhas.com.br). Para todas essas ações, o Museu de Congonhas conta com o patrocínio da Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

O Mestre em Congonhas

Antônio Francisco Lisboa viveu em Congonhas no período de 1796 a 1805. Seu acervo na cidade é composto pelas 64 imagens esculpidas em cedro expostas nas capelas dos Passos da Paixão e os 12 profetas talhados em pedra sabão, no adro da basílica, acredita-se que a contribuição do mestre está também na elaboração dos bustos relicários e na caixa do órgão, peça que não se encontra mais na basílica. Esse legado proporcionou a Congonhas o título de Patrimônio Mundial, reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em 1985. É também atribuído ao artista a criação da portada da Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

Fonte: Janice Miranda

Cultura

Pela primeira vez o tradicional Festival de Inverno de Congonhas trará uma oficina de Teatro Lambe – Lambe

A técnica genuinamente brasileira atrai pelo minimalismo e produção artesanal dos elementos

Estão abertas até o dia 10 de agosto as inscrições para as Oficinas Online do 26º Festival de Inverno de Congonhas. Serão 13 oficinas gratuitas transmitidas pela plataforma digital Google Meet, com vagas limitadas. Uma dessas atividades será inédita, a Oficina de Teatro Lambe-Lambe | A Noiva da FAFIC, ministrada pela historiadora e educadora Nathália Rezende, com apoio da jornalista Janice Miranda e do videoartista José Paulo Osório, que será realizada no dia 26 de agosto, às 17h.

O Teatro Lambe-Lambe foi criado por duas mulheres nordestinas brasileiras, as pedagogas Denise di Santos e Ismine Lima, que usaram a técnica para ensinar, entreter e educar por meio da cultura teatral transportando a ação cênica, que antes apresentavam por intermédios de bonecos, para dento de uma caixa, com o mesmo aspecto estético da ferramenta de trabalho dos fotógrafos lambe-lambe.

“Como educadora sei da importância da aprendizagem a partir da observação do cotidiano para que os educandos tenham melhor apreensão da comunidade que estão inseridos. A nossa intenção e explorar a prática artística-pedagógica do Teatro Lambe-Lambe por meio uma encenação de um breve espetáculo que terá como eixo temático uma lenda amplamente conhecida em Congonhas, a lenda da noiva da FAFIC, além disso vamos trabalhar o conceito de lenda e ensinar a prática artesanal de confecção deste tipo de teatro”, explica Nathália.  

Como traço comum da oralidade ocidental, a Lenda da Noiva da FAFIC foi assumindo várias versões ao longo dos anos, mas todas elas acabavam em tragédia. Assim a história fez parte do imaginário e causou medo em gerações, principalmente em estudantes da instituição que está abrigada no antigo prédio da FAFIC. Esta lenda é uma das mais conhecidas e tradicionais de Congonhas.

A 26ª edição do Festival de Inverno de Congonhas acontece entre os dias 15 e 29 de Agosto. O tradicional evento do calendário de Congonhas é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura com patrocínio do Instituto Cultural Vale e conta com mais de 60 atrações artístico-culturais. 

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdoLfWoy_R3PSQkYVv6vEcPKk2dBHLPnkyeZz6lL6APZ5528A/viewform

Fonte: Janice Miranda