Tag Archives: revista de babacena

Cultura

Teatro da Pedra promove XIV Mostra do Projeto Arte por Toda Parte

 

Entre os dias 22, 23 e 25 de novembro, acontece no Centro de Pesquisa em Arte e Educação Teatro da Pedra a XIV Mostra do Projeto Arte por Toda Parte, com alunos de São João del-Rei, Tiradentes, Carrancas, Jeceaba, Coronel Xavier Chaves, Lagoa Dourada e Entre Rios de Minas.

Nessa mostra, jovens e adultos envolvidos nas oficinas do Projeto Arte por toda Parte apresentam a montagem teatral criada por eles no decorrer do ano. É um momento de grande expectativa para as turmas, pois o processo das aulas é mostrado a todos os convidados, sendo eles familiares, amigos, apoiadores e representantes de cidades parceiras. O evento é aberto a toda população com entrada franca.

PROGRAMAÇÃO:

·Dia 22 de novembro, quinta-feira, às 19h, com apresentações dos alunos das cidades de Carrancas, Jeceaba, Coronel Xavier Chaves e São João del-Rei.

·Dia 23 de novembro, sexta-feira às 19h, com apresentações dos alunos das cidades de Lagoa Dourada, Entre Rios e São João del-Rei.

·Dia 25 de novembro, domingo às 15h, com apresentações dos alunos de Tiradentes e do Uniptan.

SERVIÇO:

XIV Mostra do Projeto Arte por Toda Parte

Dias 22,23 e 25 de novembro.
Dia 22, às 19h. Dia 23 às 19h. Dia 25 às 15h

Local: Teatro da Pedra
Endereço: Av. Luiz Giarla 2564 – Colônia do Marçal – SJDR

Contato: Fernanda Nascimento – coordenadora do Projeto (32) 991377554 / Elis Ferrerira – coordenadora do Projeto (32) 988646488

Teatro da Pedra
(32) 3373-3580

São João del-Rei – MG

Gastronomia

5ª edição do Trem Bier Festival está marcada para o final de abril em Tiradentes

 

O Trem Bier Festival – um dos maiores festivais cervejeiros de Minas Gerais – será realizado este ano entre os dias 26 e 30 de abril, na cidade histórica de Tiradentes (MG). Em sua quinta edição, ele conta com a presença de grandes cervejarias, circuito gastronômico, seleção de bandas, concurso de cerveja em panelas e muitas atrações para agradar os visitantes como a corrida alcoológica, em que os participantes enfrentarão um circuito de 5 km, em belas trilhas com vista para a Serra São José, com pit stop para consumo de cerveja.

As cervejarias já confirmadas são Antuérpia, Falke Bier, Wäls, Botocudos, Timboo, Bold Brew, Évora Craft Beer, Cervejaria Geraes, Läut Beer, Cervejaria Floresta Élfica, Arcana Cervejaria, Loba, Krug Bier, Verace, Mantrap, Noi, New England, Mr. Tugas, Backer, Cervejaria Sanatorium, Barock, Cervejaria Libertastes, Fathach, Haus Bier, Bruder, Grizas Brewpub, Velho Brasa e La Grand. O evento será montado na rodoviária Largo do Cervejeiro e na Praça Largo das Forras, na área central da cidade.

 
O TremBier Festival nasceu em 2012, totalmente dedicado às cervejas artesanais e idealizado pelo empresário e chef de cozinha Luiz César Costa. Batizado em homenagem à charmosa Maria Fumaça e ao jeito mineiro de falar, o TremBier consolidou-se como um dos principais encontros cervejeiros do estado de Minas Gerais e tem expectativa de receber mais de 30 mil visitantes em seus cinco dias de duração. O festival tem entrada gratuita, com exceção das palestras, cursos e circuito gastronômico, que têm custo à parte.

TIRADENTES-MG - TremBier Festival de Cervejas Artesanais. Curso de Produ‹o de Cerveja Artesanal em Panela com Felipe Viegas. Foto Leo Lara.
TIRADENTES-MG – TremBier Festival de Cervejas Artesanais. Curso de Produ‹o de Cerveja Artesanal em Panela com Felipe Viegas. Foto Leo Lara.

Roteiro Gastronômico

Tiradentes é uma cidade conhecida também internacionalmente pela sua rica gastronomia. Por isso, o Festival realizará novamente o roteiro gastronômico que contará com restaurantes renomados da cidade. Cada estabelecimento fará um cardápio dedicado para o evento em três tempos, harmonizando os pratos com as cervejas Trembier (feitas em parceria com as cervejarias participantes do evento).

Concurso e seleção

Em 2018, será realizado o 3º Concurso de Cerveja em Panela, em parceria com o Beer Judge Certification Program (BJCP), entidade internacional de referência em estilos de cerveja. Seu objetivo é valorizar a produção caseira da bebida e incentivar os paneleiros a ampliar suas marcas, produções e ajudar no reconhecimento de seus produtos. As três melhores cervejas ganharão medalhas e poderão usá-las em seus rótulos. Inscrições e mais informações no site do Trem Bier: http://www.trembier.com.br/

“O Trem Bier além de ser um sonho, é também uma forma de valorizar os pequenos produtores de cerveja artesanal. A intenção do evento é fomentar, divulgar e confraternizar com os amigos. No TremBier Festival, além de aprender mais sobre a arte de fazer e degustar cervejas especiais, buscamos apresentar nossa amada Tiradentes com suas lendas, história, arquitetura e gastronomia”, comenta Elizabeth Cristina Cruz, organizadora e idealizadora do evento.

Cursos de especialização

Uma das principais atrações do Trem Bier é a realização de cursos sobre cerveja e produção para os interessados em conhecer e aprender mais sobre este universo tão rico e vasto, com grandes nomes do mercado em Minas Gerais. Outras informações no site: http://www.trembier.com.br/cursos

Carbonatação forçada, Receita e Produção Cervejeira – Kelvin Azevedo

O mestre cervejeiro Kelvin Azevedo de Figueiredo falará sobre processos de produção de cerveja e suas especificidades. Ele é produtor de cerveja artesanal, ex-presidente da Acerva Mineira e co-fundador do Instituto Mineiro da Cerveja (IMC). Kelvin conquistou 15 prêmios em concursos, entre eles, Best of Show e 1° lugar estilo livre no Concurso Nacional das Acervas em 2013, foi finalista no Concurso Nacional da Bierland em 2014, 2° lugar no Concurso Nacional da Eisenbahn em 2013, e ainda 1° lugar no Concurso Nacional da Aprazível 2014 (cerveja produzida e comercializada). A palestra tem 25 vagas e o investimento é de R$ 75. Inscrições podem ser feitas pelo link: https://www.sympla.com.br/carbonatacao-forcada-e-receita-e-producao-cervejeira—com-kelvin-azevedo-de-figueiredo__246863

TIRADENTES-MG - TremBier Festival de Cervejas Artesanais. Foto Leo Lara. Show com a Banda 4 Errantes
TIRADENTES-MG – TremBier Festival de Cervejas Artesanais. Foto Leo Lara.
Show com a Banda 4 Errantes

Minicurso de Flavor (on e off flavors) – Rafael Reis

O curso vai mostrar como identificar os aromas e sabores das cervejas que bebemos, abordar os elementos de análise sensorial, explorar alguns “flavors” da cerveja (tanto positivos quanto negativos) e inclui uma degustação conduzida pelo especialista Rafael Reis, para que os participantes entendam melhor como deve ser feita uma boa análise sensorial. Rafael estuda cerveja desde 2007 e fabrica suas próprias cervejas desde 2011. É gestor sensorial e especialista em Tecnologia Cervejeira pela UNIBH, onde leciona Análise Sensorial de Cerveja no curso de Pós-Graduação e utiliza o kit de “flavors” desenvolvido por ele mesmo. Além disso, é sommelier de cerveja, juiz certificado BJCP, sócio da Cerveja Dos Reis, coordenador da Escola Experimente e atual presidente da ACervA Mineira. São 35 vagas disponíveis e o investimento é de R$ 50. Inscrições: https://www.sympla.com.br/minicurso-de-flavors-on-e-off-flavors—com-rafael-reis__246842

Curso de Produção de Cerveja Artesanal em Panela – Felipe Viegas

Felipe Viegas é professor e mestre cervejeiro e fará uma brassagem completa em panela de homebrewer. O minicurso inclui teorias em torno da produção, matéria-prima, insumos, equipamentos e processos. São 20 vagas ao todo com investimento de R$ 200, que inclui almoço e degustação em um dia inteiro de aula. Mais detalhes em: https://www.sympla.com.br/curso-de-producao-de-cerveja-artesanal-em-panela-com-felipe-viegas__246851

Curso de Cervejas Especiais e Cultura, com Degustações e Harmonizações – Marco Falcone

Marco Falcone é cervejeiro e sócio da Falke Bier, vice-presidente do Sindbebidas/FIEMG, presidente do Conselho Deliberativo da Acerva Mineira, sommelier de Cerveja pela Doemens Akademie de Munique e SENAC/SP, membro da Associação dos Sommeliers de Cerveja da Alemanha, Sócio-fundador e professor da Academia Sommelier de Cerveja, professor do curso de Sommelier de Cerveja do Science of Beer Institute em todo o Brasil, membro e fundador do NEC – Núcleo de Estudo da Cerveja, criador e Desenvolvedor do Curso Introdução ao Estudo da Cerveja – SENAC/MG, professor do mesmo curso para docentes do SENAC/MG, professor da Escola Superior de Cerveja e Malte de Blumenau/SC, professor da Doemens Akademie no curso de Sommelier de Cerveja e ainda juiz de concursos nacionais e internacionais que envolvam a bebida. São 35 vagas com investimento de R$ 50. Mais detalhes em https://www.sympla.com.br/curso-cervejas-especiais-e-cultura-degustacoes-e-harmonizacoes—com-marco-falcone__246856

 

TIRADENTES-MG - TremBier Festival de Cervejas Artesanais. Foto Leo Lara.
TIRADENTES-MG – TremBier Festival de Cervejas Artesanais. Foto Leo Lara.

 

Fonte: barrosemdia.com.br

Cultura

Exposição fotográfica mostra as semelhanças entre as culturas mineira e asiática

“Tão longe, tão perto – Um encontro entre Minas e Ásia”, projeto que surgiu da experiência de fotógrafo mineiro durante ano sabático, terá exibição a partir de 8 de janeiro.

 

Capa 1x1_bold

 

A exposição fotográfica “Tão longe, tão perto – Um encontro entre Minas e Ásia” será exibida a partir do dia oito de janeiro no shopping Pátio Savassi. O projeto surgiu com o objetivo de divulgar a cultura e os países do Sudeste Asiático e Oriente Médio, resgatar as raízes e cultura mineiras e quebrar preconceitos, ao mostrar que apesar de estarmos tão longe, somos tão semelhantes.

Motivado por um ano sabático que aconteceu em 2016, o fotógrafo mineiro Rodolfo Lage teve contato com culturas milenares desenvolvidas do outro lado do mundo em contextos completamente diferentes dos encontrados em Minas Gerais. No entanto, apesar de particularidades tão distintas, ele surpreendeu-se ao encontrar similaridades mais próximas entre as culturas mineira e asiática, como paisagens e costumes, do que as semelhanças identificadas entre a cultura mineira e a amazônica, por exemplo.

Para Rodolfo, o principal objetivo da exposição é relembrar e manter as raízes culturais: ” ‘Tão longe, tão perto’, surge em um contexto contraditório: de um lado os sentimentos nacionalistas extremistas e de aversão ao estrangeiro que se espalham pelos países ocidentais, principalmente em relação ao oriente, e de outro um cenário de globalização e miscigenação da cultura brasileira (e mineira) com a cultura americana, o que leva ao esquecimento e abandono da nossa cultura”, afirma o fotógrafo.

Através de fotografias divididas em 10 temas (Água, Cidades, Horizontes, Infância, Mercados, Religião, Retratos, Trabalho, Transporte e Vestígios), além de buscar as raízes e criar um sentimento de pertencimento e identidade mineira, ao trazer para o público valores culturais de países tão distantes e identificá-los com os nossos, o projeto pretende aproximar povos tão longínquos, mas que guardam inúmeras semelhanças, e assim, contribuir para a quebra de preconceitos em relação ao “outro”, que muitas vezes é apenas um desconhecido.

A exposição vai até o dia oito de fevereiro no piso L2, na entrada do shopping pela Avenida Nossa Senhora do Carmo, e ficará aberta ao público durante o horário de funcionamento – das 10h às 22h – durante todos os dias da semana. Depois de Belo Horizonte, as imagens devem seguir para exposições em Betim, Itaúna e Pará de Minas.

SERVIÇO:

Exposição fotográfica: Tão longe, tão perto – Um encontro entre Minas e Ásia

Data: 8 de janeiro a 8 de fevereiro de 2018 – das 10h às 22h

Local: Shopping Pátio Savassi – Av. do Contorno, 6061, bairro São Pedro, Belo Horizonte – Piso L2, na entrada do shopping pela Avenida Nossa Senhora do Carmo.
Mais informações:

http://rodolfolagefotografia.com/galeria/tao-longe-tao-perto-um-encontro-entre-minas-e-asia/

 
Rodolfo Lage
(31) 97148-6343
www.rodolfolagefotografia.com
@rodolfolagefotografia

Sociedade

Dores de Campos é oficializada como Capital Mineira da Selaria

A cidade de Dores de Campos encontrou sua vocação econômica na fabricação de selas, arreios para montaria e artigos em couro. As peças são produzidas artesanalmente, um oficio que é realizado há mais de 150 anos. Como forma de reconhecimento, no dia 13, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou o projeto de lei 2.951/2015, que oficializa a cidade como Capital Mineira da Selaria.

O projeto foi enviado para votação através da solicitação do deputado estadual Cristiano Silveira, atendendo aos pedidos feitos pelos moradores e autoridades do município. “Esse projeto é essencial e relevante para o desenvolvimento econômico e para identidade de Dores de Campos” defende Cristiano Silveira.

Valorização

A cidade já é reconhecida pela produção em suas mais de 170 selarias, mas o título é fundamental para fortalecer a identidade do município, como explica Aderbal Maurício, presidente da Câmara Municipal de Dores de Campos. “A regularização desse título vai fomentar ainda mais a economia e a publicidade em torno (das selarias), além de incentivar os fabricantes locais” explica Adalberto.

Para o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de Dores de Campos (Acidec) Ronaldo Adriano Montes, esse novo título ao município vai estimular a divulgação do comércio local: “a ideia agora é colocarmos placas e sinalizações para atrair os turistas. Além disso, vamos aumentar as publicações na internet, direcionando os internautas para a nossa cidade quando o assunto for selaria”.

O título é o primeiro passo para uma série de investimentos na divulgação do município. “Vão ser colocado dois portais de entrada para a cidade, queremos também fazer um memorial em homenagem ao tropeiro e ampliar a feira de Dores”, aponta o prefeito Marcílio Cotta.

Capital Nacional

Atento à demanda, o deputado federal Reginaldo Lopes irá encaminhar para o Congresso Nacional o projeto de lei que institui a cidade também como Capital Nacional das Selarias. Essa foi uma das propostas levantadas pelos moradores da cidade durante a passagem da Caravana “Novas Ideias” por Dores de Campos.

Próximos Projetos

Na busca por fortalecer outras atividades econômicas das cidades do Campo das Vertentes, o deputado Cristiano Silveira apresentou mais três projetos de lei à ALMG: 4.871/2017 que nomeia Lagoa Dourada como Capital Mineira do Rocambole, 4.869/2017 confere a cidade de São Tiago como Capital Mineira do Café com Biscoito e 4.868/2017 apresenta o município de Resende Costa como Capital Mineira do Tear. “Esses projetos buscam reconhecer as vocações econômicas dos nossos municípios, impulsionando a geração de emprego e renda” aponta Cristiano.

Fonte: barrosoemdia.com.br

Foto: Portal Dores de Campos