Tag Archives: poços de caldas

Turismo & Lazer

Poços de Caldas integrará Associação Europeia de Cidades Termais Históricas
01
Secult integrou comitiva que firmou a adesão do município mineiro em circuito turístico

A parceria e similaridades com a cidade de Caldas da Rainha, em Portugal, garantiu ao município mineiro de Poços de Cadas, na região Sul de Minas Gerais, a adesão à Associação Europeia de Cidades Termais Históricas (EHTTA). É a primeira vez que uma cidade brasileira integra o circuito turístico.

A assinatura do acordo foi realizada durante a visita à Caldas da Rainha de uma comitiva composta pelo vice-prefeito de Poços de Caldas, Júlio César Freitas, e o secretário de Cultura e Turismo, Ricardo Fonseca Oliveira, acompanhados da representante de Minas Gerais em Portugal pela Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), Izabela Drumond. A adesão foi oficializada com o presidente da Câmara de Caldas da Rainha, Vitor Marques, e os representantes de Minas Gerais no salão nobre do Hospital Termal Rainha D. Leonor.

A entrada de Poços de Caldas significará para o município mineiro a possibilidade de melhorar a atratividade dos seus potenciais turísticos para o público europeu, além de novas políticas públicas voltadas para o setor. 
A adesão de Poços de Caldas ao circuito europeu se justificou em função da geminação da cidade e Caldas da Rainha. A parceria com o município português, como cidade irmã de Poços de Caldas, nasceu há 20 anos, em uma sessão na cidade europeia depois de proposição pelo então deputado Jorge Mangorrinha aproveitando a ocasião dos 500 anos de colonização do Brasil e a evidente similaridade entre as localidades. Foi um mestre pedreiro português, no século XIX, que realizou em Poços de Caldas uma técnica já utilizada em Caldas da Rainha, que possibilitou o desenvolvimento termal da cidade.

Visita

WhatsApp Image 2021 11 16 at 15.43.11

Durante a visita da comitiva mineira foi oferecida aos portugueses uma jarra em cristal de Murano, fabricada em Poços de Caldas, já que a cidade abriga diferentes fábricas e estes cristais são conhecidos internacionalmente. Já aos visitantes, o presidente da Câmara Municipal, ofereceu uma coleção de sabonetes do Hospital Termal e exemplares do livro “Caldas da Rainha: Patrimônio das Águas”.

Acompanhou a visita também Luciana Dias, arquiteta, doutoranda na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (São Paulo), que se encontra em Portugal, sob orientação científica de Jorge Mangorrinha, tendo em vista a dissertação de uma tese de doutoramento sobre Poços de Caldas e Caldas da Rainha. A dissertação de Luciana tem objetivo de esclarecer as relações históricas, que ligam as duas cidades e situar o papel do seu desenvolvimento no campo disciplinar do urbanismo, comparando as estruturas termais e os elementos da forma urbana, utilizando como recorte espacial as duas cidades.

O mentor da geminação, Jorge Mangorrinha, afirma: “Esta é uma pesquisa que parte de um conceito que eu próprio desenvolvi no meu doutoramento, em 2009, e que agora é aplicada com detalhe entre duas cidades-irmãs e num período de tempo importante na história de ambas as localidades”, detalha.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/

Cultura

Exposição no IMS é mergulho na história de Poços de Caldas e sua gente
Entre 1958 e 1982, Limercy Forlin (1921-1986) comandou seu estúdio fotográfico na cidade de Poços de Caldas

A equipe da Secretaria Municipal de Cultura prestigiou, na última semana, a mostra “Retratos de Limercy Forlin”, em exposição no Instituto Moreira Salles (IMS). O que era para ser uma visita técnica se transformou em um mergulho na memória da cidade, a partir de descobertas pessoais.
Mês a mês, os rostos retratados pelo icônico fotógrafo foram sendo reconhecidos com exclamações da vívida alegria do reencontro.

Mais que imagens que compõem uma mostra artística, as fotos se ligam ao passado e à formação simbólica do povo poços-caldense. São mães e pais, tios e tias, professoras e professores, pessoas que construíram e constroem a cidade.

Entre 1958 e 1982, Limercy Forlin (1921-1986) comandou seu estúdio fotográfico em Poços de Caldas. Pelo local, passaram desde políticos e figuras conhecidas da região até profissionais liberais, operários e imigrantes.

Também foi em seu estabelecimento que muitas mulheres tiraram suas primeiras fotografias para as carteiras de trabalho. A mostra é um recorte desse vasto acervo, testemunho da história dos habitantes da cidade.

A exposição foi inaugurada no sábado, 15, e marca a reabertura do IMS ao público. Para visitar a mostra, é obrigatório o uso de máscaras, entre outras medidas adotadas para garantir a segurança de todos.

Com curadoria de Teodoro Stein Carvalho Dias, a seleção ocupa dois andares do centro cultural. No pavimento superior, estão reunidos aproximadamente 7.500 retratos em preto e branco, impressos em tamanho 9 x 12 cm.

As imagens, feitas por Forlin entre 1958 e 1982, provêm do acervo do fotógrafo, sob a guarda do IMS desde 2016. A maior parte dos retratos foi tirada para ilustrar documentos da população, como RG e carteira de trabalho.

Para conceber a mostra, o curador mergulhou no arquivo do fotógrafo e selecionou de 10 a 15 aniversariantes para cada dia do ano, em um período que vai de 1958 a 1982. Os retratos foram distribuídos nas paredes do IMS Poços, seguindo a lógica do calendário. Para cada dia do ano, há uma coluna com as imagens dos aniversariantes.

“Talvez esta seja a exposição mais representativa e popular sobre a história de Poços de Caldas. É literalmente a cara da cidade em toda a sua diversidade. A curadoria foi tremendamente feliz ao conduzir a mostra pelas datas de aniversário, o que nos faz construir uma relação de afeto e reconhecimento”, destaca o secretário municipal de Cultura, Gustavo Dutra, que encontrou uma fotografia da mãe ainda criança entre as mais de 7.000 fotos expostas.

Em 2016, quando o Estúdio Fotográfico Limercy encerrou suas atividades em Poços de Caldas, os herdeiros do fotógrafo doaram seu acervo de negativos ao IMS. A coleção é composta por cerca de 400 mil negativos, em preto e branco e cromos, que foram arquivados no estúdio entre 1958 e 2002.

QUEM É QUEM
Nascido em 1921, numa família de imigrantes italianos, Limercy Forlin vivia na cidade vizinha de Vargem Grande do Sul (SP). Com 24 anos, partiu para o novo destino, em busca de oportunidades econômicas. Em Poços de Caldas, consolidou-se no ramo da fotografia, comandando o negócio junto com sua esposa, Zizi Forlin.

A exposição reproduz o método que Limercy e Zizi Forlin adotaram para arquivar seus negativos no estúdio. Com fins comerciais, o acervo era organizado a partir da data de aniversário dos clientes. Cada foto era colocada em um envelope, com o nome e o dia do nascimento do retratado.

Os envelopes eram guardados em gavetas, subdivididas pelos meses e dias do ano, em ordem alfabética. Quando um cliente retornava para fazer um novo retrato, seu envelope era localizado pela data de aniversário, e o novo negativo era arquivado juntamente com os de fotografias anteriores.

Assim, há no acervo imagens de pessoas que Forlin retratou em momentos distintos da vida, da juventude à velhice.

Em cartaz até 9 de janeiro, a exposição é também um convite aos habitantes de Poços de Caldas para relembrarem a história da cidade a partir dos rostos de quem a construiu e constrói diariamente.

Serviço
• Mostra “Retratos de Limercy Forlin: um recorte na história de Poços de Caldas”
• Até 9 de janeiro de 2022
• IMS Poços: Rua Teresópolis, 90, Jardim dos Estados / (35) 3722-2776
• Horário de funcionamento: terça a domingo e feriados (exceto segundas), das 14h às 19h
• Entrada gratuita.

Fonte: https://www.jornaldacidade1.com.br/

Cidades

Rota cervejeira de Poços de Caldas será incluída em ofertas da CVC

A representante da agência de viagem CVC, Marcela Soares, esteve na cidade conhecendo de perto a rota cervejeira de Poços de Caldas.

Todas as cervejarias da Liga das Cervejarias Vulcânicas irão fazer parte do roteiro, mas inicialmente serão apenas três

O objetivo é colocar mais este produto, de uma forma detalhada e atrativa, na grade de ofertas da empresa aos turistas que procuram Poços de Caldas como destino de passeio ou férias. A aproximação com a iniciativa privada vem sendo trabalhada desde março.

“Estivemos em Belo Horizonte com o secretário estadual de Cultura e Turismo (Secult), Leônidas Oliveira, que colocou Poços em visibilidade com outros parceiros. Em seguida, fizemos uma reunião virtual com a CVC e a própria empresa se mostrou muito interessada em cada vez mais divulgar Poços. Na oportunidade eles indicaram que Poços de Caldas é o segundo destino de lazer mais vendido em Minas Gerais e o sexto mais vendido para eventos cor-porativos no Estado”, disse o secretário municipal de Turismo, Ricardo Oliveira.

VISITA
A CVC visitou algumas cervejarias que já estão estruturadas para compor o roteiro. De início, serão três, mas em breve, o turista vai ter mais opções. Integrarão o roteiro todas as cervejarias associadas à Liga das Cervejarias Vulcânicas.

São sete em Poços de Caldas (Cervejaria Gonçalves, Cervejaria Bones, Cervejaria Hill Beer, Cervejaria Passopreto, Cervejaria Tricontinental, Cervejaria Bricks e Cervejaria Borderbrew); e três na região (Cervejaria Virtus, em Paraguaçu, Cervejaria Hops Nock de Botelhos e a cervejaria General Beer em Andradas).

Para o presidente da Liga, Marcelo Campos de Oliveira Gonçalves, essa parceria vem fortalecer a divulgação de Poços no cenário estadual e nacional.

“Com essa parceria a gente crava a bandeira de ser um polo produtor de cerveja e ganha reconhecimento. No Brasil temos vários circuitos de cerveja e agora Poços e região também vão fazer parte dessas rotas cervejeiras”, explicou o presidente da Liga, Marcelo Gonçalves.

Fonte: https://www.jornaldacidade1.com.br/

Cultura

Conheça MINAS 360°

Quem não gosta de viajar sem sair de casa?

Conhecer um destino antes mesmo de viajar, é fundamental para escolher aquela viagem dos sonhos, e mais ainda planejar cada detalhe desse momento!

Criado pela Secretaria de Cultura e Turismo do Estado de Minas Gerais – SECULT, a ferramenta online possibilita o acesso em mais de cem pontos turísticos e destinos do estado de Minas Gerais.

As imagens aéreas dos atrativos foram captadas por drones e também por meio de fotos panorâmicas. O turista virtual pode iniciar seu passeio escolhendo por cidade ou por atrativo, e assim conhecer as maravilhosas cidades históricas de Minas, museus, praças, teatros, e muito mais!

Matriz de Santo Antônio – Tiradentes, MG
Igreja São Francisco de Assis – São João del-Rei, MG
Igreja Nossa Senhora do Carmo – Ouro Preto, MG
Praça Pedro Sanches – Poços de Caldas, MG

Aproveite roteiros incríveis e visite Minas sem sair de Casa!

Link para acesso ao Minas 360  http://www.minasgerais.com.br/pt/minas360

Clarisse Resende
-Turismóloga
-Agenciamento
-Projetos Turísticos
-Educação Patrimonial
-Gestão Pública do Turismo