Tag Archives: nutricionista

Saúde

A importância da mudança de hábitos alimentares

A obesidade é uma doença crônica cujo avanço tem ocorrido de forma acelerado em todo o mundo nos últimos anos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma ser um dos problemas mais graves de saúde enfrentados atualmente, apresentando uma estimativa mundial para 2025 mundial de 2,3 bilhões de adultos que estejam acima do peso, sendo 700 milhões de indivíduos com obesidade, ou seja, com um índice de massa corporal (IMC) acima de 30.

As Diretrizes Brasileiras de Obesidade (2016) associam essa realidade com o aumento nas últimas décadas do consumo de alimentos de alta densidade calórica, alta palatabilidade, baixo poder de saciedade e de fácil absorção e digestão, e, portanto, favorecendo o desequilíbrio energético. Esses hábitos sociocomportamentais da população são decorrentes da diminuição de refeições feitas em casa e de práticas alimentares compostas de fast food que influenciam no aparecimento de obesidade.

Além disso, outros aspectos são relacionados com essa manifestação, como a associação de fatores psicológicos e práticas alimentares que reforçam a necessidade de levar em consideração as emoções/vivências dos pacientes com raízes em diferentes contextos socioculturais e assim recomendar mudanças de hábitos.

As mudanças de novos hábitos alimentares mudam a nossa disposição no dia a dia, consequentemente temos uma melhora da nossa saúde física e mental.

Vamos começar a ter novos hábitos? Montei uma lista com 8 passos para vocês.

  • Beber mais água

A água é importante para a hidratação e o bom funcionamento do nosso corpo.
Beba água frequentemente (pelo menos 2 litros por dia), especialmente nos intervalos das refeições para manter seu organismo hidratado.

  • Exercício Físico

A prática de exercícios físicos diariamente é muito importante, pois isso auxilia na manutenção da saúde e na prevenção de doenças. É recomendado no mínimo 30 minutos por dia, nem que seja uma caminhada leve até uma corridinha.

  • Alimentos in Natura

Dê preferência aos alimentos naturais e frescos, evitando os industrializados (sucos artificiais, embutidos, maionese, enlatados e outros).
Tente colorir o máximo o seu prato com alimentos naturalmente coloridos. Estes alimentos são ricos em vitaminas e minerais diversificados.

  • Comer em ambiente calmo

Encontre oportunidades para que a família se reúna na hora da refeição e evite comer em frente à televisão, computador ou usando o celular, você perde a noção de quantidade de alimento que está consumindo.

  • Mastigação correta

Coma devagar e mastigue bem os alimentos. Este é o segredo para saborear melhor os alimentos, para sentir-se satisfeito e ter uma boa digestão.

  • Planejamento alimentar

Crie uma rotina alimentar! Faça pelo menos 3 grandes refeições (café da manhã, almoço e jantar) e pelo menos 2 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições! Se necessário, prepare pequenas refeições ou lanches para levar ao trabalho, escola, faculdade, isto te ajuda a escolher alimentos saudáveis para ingerir.

  • Evitar beliscar entre as refeições

Isto atrapalha o apetite e a rotina alimentar.
Evite balas, refrigerantes (inclusive diet, zero e light), sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas e outras guloseimas.

  • Desenvolva suas habilidades culinárias.

Coloque a mão na massa, aprenda e compartilhe receitas. Fazer parte da produção de seu alimento é muito gratificante e te ajuda a ter mais consciência do que está consumindo.

E aí, gostaram das dicas?

Leila Vilela Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário Presidente Antônio Carlos – UNIPAC
Contato: (32)9.9982-728 
Instagram: @nutrileilavilela

Referências Bibliográficas:

  • Lima JAO, Oliveira FM, Pinheiro WB. A dietoterapia e a importância da reeducação alimentar como promoção da saúde para indivíduos obesos: uma revisão de literatura. 2020.
  • BRASIL, Ministério da Saúde. Diretrizes Brasileiras de Obesidade. 2016.
  • Waitzberg DL. Nutrição Oral, Enteral e Parenteral na Prática Clínica.5 ª Ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2017.
  • Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed., Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

Saúde

A importância do Café da manhã

06981271100

Pediatra nutrólogo, Mauro Fisberg, explica a importância da primeira refeição do dia e seus benefícios para a saúde do corpo.

Mais comum entre adultos e com menor frequência entre as crianças, o café da manhã está entre as três principais refeições do dia e possui grande importância na manutenção da saúde do corpo.

Segundo a Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição, pessoas que não tomam café da manhã tendem a consumir menos vitaminas, ácido fólico, cálcio, ferro e outros nutrientes necessários para o corpo, no caso das crianças e adolescentes, podendo até prejudicar o crescimento e desenvolvimento.

O pediatra e nutrólogo, Mauro Fisberg, coordenador do Centro de Nutrologia e Dificuldades Alimentares do Instituto Pensi – Hospital Infantil Sabará e do departamento de Nutrologia da Sociedade Brasielira de Pediatria, o café da manhã é uma oportunidade de inclusão de nutrientes que são importantes para o bom funcionamento do corpo e proporciona mais disposição para executar atividades ao longo do dia.

O nutrólogo também reforça que “nenhum alimento é capaz de fornecer todos os nutrientes necessários. Por isso, a variedade é uma importante dica para manter uma alimentação equilibrada e nutritiva. Fique de olho nas dicas dele e não pule o café da manhã! ”

Mauro indica a troca de carboidratos refinados como pão branco e biscoitos por carboidratos complexos como os produtos integrais, isso fará com que você se sinta saciado por mais tempo, já que a digestão deste tipo de alimento é mais lenta.

Outra dica é em relação às proteínas, que ajudam no controle do peso corporal, estimulam a liberação dos hormônios responsáveis pelo aumento da saciedade e também na construção do tecido muscular, que favorece o gasto de energia. No café da manhã também devem ser consumidos alimentos que contenham cálcio, como lácteos, queijos, iogurtes ou bebidas à base de soja.

E por último, é fundamental completar a refeição com uma fruta, que vai contribuir com vitaminas e minerais, além de ajudar a aumentar a quantidade de fibras consumidas.

 

img1471989698271

Flávia Siqueira, publicitária e jornalista

(32) 8479.2772

Saúde

CHURRASCO SAUDÁVEL, TEM COMO?

Muita gente acha que é saudável comer churrasco, até porque, fica comendo apenas carne (principalmente vermelha). Mas isso não é verdade. Quando você expõe a carne a altas temperaturas, acaba favorecendo a formação de compostos nocivos com uns nomes bem feios: AMINAS HETEROCÍCLICAS E HIDROCARBONETOS POLICÍCLICOS AROMÁTICOS. Essas moléculas estão envolvidas no surgimento de tumores (siim, comer carne de churrasco não é tão seguro quanto parece).

Então, vamos a algumas dicas para PREVENIR a formação desses compostos.

1. Faça uma marinada com vinho ou cerveja, alho e ervas. Assim a carne vai cozinhar mais rápido. As carnes devem ficar, no mínimo, meia hora na marinada. Você pode colocar vinagre, limão, usar bastante a criatividade.

2. Prefira cortes em bife do que peças grandes, facilitando o cozimento.

3. Vire a carne mais vezes. Assim você evita que ela fique tostada. Quanto mais tostada, pior para a saúde.

4. Tire o excesso de gordura: quando a carne escorre gordura, deixa gerar mais fumaça e com isso, os TERRÍVEIS compostos cancerígenos.

5. Quando possível, faça um pré-cozimento.

6. Deixe a brasa mais longe da grelha;

7. Limpe sempre a grelha;

8. Use frutas e legumes: tomate, abobrinha, berinjela ficam excelentes quando grelhados; entre as frutas, o abacaxi com canela é o grande campeão!

Ainda:

Evite excesso da carne vermelha. No total das proteínas, você deve consumir o tamanho equivalente a uma mão inteira.

Capriche também nas carnes brancas : peixe e frango (sem pele)

Opte por apenas um carboidrato: arroz ou farofa. A porção equivale a uma mão fechada.

Vinagrete (molho campanha) está liberado! Comece por ele e uma boa porção de salada crua.

Nunca chegue ao evento com fome!
LUDMILA NOVA FOTO2Ludmila Riani
Nutricionista pela Universidade Federal de Viçosa – UFV
Especialista em Nutrição Esportiva
Coach

Locais de Atendimento (2ª feira a 6ª feira):
Acquavip Academia, Av: Itamar Franco, 2600. Tel: 3232-2100.
AME – Assistência Médica Especializada. Tel: 2101-5600.

Clínica Lopes e Peternelli – Av. Rio Branco, 2721 (Golden Center), Sala 704. Tel: 3084-5267 ou 98873-9777.

 

facebook: /ludmilarianinutricionista
instagram: @ludriani.nutricionista

LOGO LR FINAL

Saúde

O Poder da Reeducação

Muitas vezes eu sou questionada no consultório qual minha metodologia: se faço “protocolo” ou “dieta”. Sendo sincera eu respondo que nem um, nem outro. Porque pra mim, a definição de protocolo é algo com início e fim. Alguma ação temporária. Dieta é como protocolo. É lista. É começar e parar. É ver-se com inúmeras proibições.

A reeducação não. Ela anda com você o tempo todo e por toda a vida. Você aprende a se alimentar, combinar alimentos, consegue observar combinações que te favorecem de acordo com seus objetivos.

Reeducar-se não é proibir. É saber quais são os alimentos “todo dia” e quais são os “eventuais”. É perceber que na prática, se o “eventual” vira “todo dia” você ganha peso, perde energia, se sente cansado e falta disposição.

Por que se REEDUCAR? Porque existia um conceito prévio na sua cabeça do que era alimentação saudável. Seja porque você leu, alguém te falou, sua família te ensinou. Então reeducar-se é aparar as arestas. Perceber seus acertos, mante-los e melhorar o restante.

A ciência da Nutrição é uma constante evolução. Alguns alimentos são reafirmados como bons, outros passam de bons para ruins e outros ainda de ruins para bons. A vida segue e o profissional passa para você as informações acerca da alimentação que mais acredita ser benéfica. Muitas vezes, a alimentação que ele mesmo pratica.

E sabe de uma coisa? Ser profissional Nutricionista é fantástico. Saber o poder que os alimentos têm é fascinante!

Usar a alimentação correta e preventiva, evitando pilhas de remédio em casa, é motivador.

Sai mais barato SEMPRE atuar na prevenção do que na cura.

Tenha alimentação saudável como meio de vida!

LUDMILA NOVA FOTO2

 

Ludmila Riani
Nutricionista pela Universidade Federal de Viçosa – UFV
Especialista em Nutrição Esportiva
Coach

 

 

 

Locais de Atendimento (2ª feira a Sábado):

Acquavip Academia, Av: Itamar Franco, 2600. Tel: 3232-2100.

AME – Assistência Médica Especializada. Tel: 2101-5600.

Clínica Lopes e Peternelli – Av. Rio Branco, 2721 (Golden Center), Sala 704. Tel: 3084-5267 ou 8873-9777.

Vidativa Consultoria Esportiva, R: Morais e Castro, 724. Tel: 3236-2759

facebook: /ludmilarianinutricionista
instagram: @ludmilariani.nut

LOGO LR FINAL