Tag Archives: música

Cultura

De 16 a 20 de novembro, “Mundo Jojoba – Festival Arte para Infância” traz programação especial para crianças, inclusive as que cresceram

A Palhaça Jojoba comanda a programação que reúne diversas linguagens artísticas voltadas para a infância.

A Palhaça Jojoba é a mestra de cerimônia de diversos encontros artísticos que reúnem: música, artes circenses, dança, a arte dos contadores de histórias, oficinas e podcasts. É o Festival Mundo Jojoba , que acontece de 16 a 20 de novembro, no Canal YouTube Mundo Jojoba [https://www.youtube.com/c/MundoJojoba], com vídeos publicados sempre às 10h. 

A programação voltada para crianças, traz edições do “Encontro Brincante”, com diversos números que reúnem grupos e artistas que desenvolvem trabalhos voltados para a infância; “Toca História”, que valorizam a cultura oral da região, com contação de histórias tradicionais das cidades de Mariana, Ouro Preto, Ouro Branco, Itabirito, Barra Longa e Ponte Nova; e o “Mundo Jojoba Show”, com um grande show ao vivo.

Já para os adultos, a Rádio Jojoba traz o “Solta o Papo”, podcast com histórias e experiências de artistas e arte-educadores que trabalham com a cultura da infância, e a “Oficina Recursos para Contação de História”, destinada a educadores e agentes culturais dos municípios atendidos, indicados pelas secretarias de educação e cultura.

O Festival Mundo Jojoba é incentivado pela Lei Aldir Blanc, que propiciou a realização de festivais culturais de forma on-line em meio à pandemia da covid-19. A expectativa é que a segunda edição do Festival, em 2022, possa ser realizada presencialmente, com segurança sanitária e muitas atrações para a alegria das crianças.

Jojoba

Jojoba é uma criação da atriz e palhaça Jô Alves. Há mais de 20 anos, Jojoba brinca com a arte, a criatividade e viaja pelo universo mágico da infância. Jô Alves é fundadora da Lunática, que promove espetáculos artísticos misturando as artes do circo, do teatro, da dança e da música. O Mundo Jojoba, criado em 2017, identifica a produção artística que busca fortalecer o espaço da arte para infância, abrigando diversos projetos, um verdadeiro “Mundo” de artistas e criadores que acreditam na arte e no lúdico.

Hoje a  A  Lunática, além do Mundo Jojoba, tornou-se  um espaço de criação, concentrador de serviços criativos e técnicos especializados, com possui estúdio de gravação, ateliê de criação, Teatro-Quintal, ambientes para ensaios e modelagem de shows e espetáculos cênicos. O espaço Lunática está localizado no Distrito Criativo Passagem (Passagem de Mariana – Mariana, MG), a 9km de Mariana e 14km de Ouro Preto. 

Programação

16 de novembro – terça-feira – às 10h

Abertura do Mundo Jojoba – Festival Arte para Infância

Com Jojoba e Banda da Lua, no show “Roda Ciranda”

17 de novembro – quarta-feira – às 10h

Toca História

Marcelino Xibil: “A Moça da Janela” – Uma História de Ouro Preto

Toca História

Hayslan Rodrigues: “Procissão das almas” – Uma História de Mariana

Rádio Jojoba – “Solta o Papo”

Convidada: Nana Bernardes

18 de novembro – quinta-feira – às 10h

Toca História

Marina de Nóbile : “O Caboclo D’Água: será mesmo que é lenda?” – Uma História do São Francisco à Barra Longa.

Toca História

Marcelino Xibil: “A Banda e a festa na Tuba” – Uma História de Itabirito

Rádio Jojoba – “Solta o Papo”

Convidado: Marcelino Xibil

Encontro Brincante I

Com: Circovolante, Alquimistas da Dança, Nana Bernardes e Banda da Lua, Mágico Evan, Palhaço Furreca, Palhaço Vinagre, Winny Rocha

19 de novembro – sexta-feira – às 10h

Toca História

Marcelino Xibil: A enchente do Rio Piranga – Uma história de Ponte Nova

Toca História

Marcelino Xibil : “A viagem de Dr. Afrâncio” – Uma história de Ouro Branco

Rádio Jojoba – “Solta o Papo”

Convidada: Vivian Fernandes

Encontro Brincante II

Com: Circovolante, Alquimistas da Dança,  Nana e Banda da Lua, Mágico Evan, Palhaço Furreca, Palhaço Vinagre, Winny Rocha

20 de novembro – sábado – às 16h

Mundo Jojoba Show

Live de encerramento

Serviço

Mundo Jojoba – Festival de Arte para Infância

De 16 a 20 de novembro (vídeos às 10h)

Transmissão: https://www.youtube.com/c/MundoJojoba

Instagram Mundo Jojoba: https://www.instagram.com/mundojojoba/

Facebook Mundo Jojoba: https://www.facebook.com/MundoJojoba/

Assessoria de Imprensa: Converso Comunicação – Aline Monteiro: (31) 99347-2319

Cultura

A DIVERSIDADE DO BLUES NO NOTURNO, DA REDE MINAS, NESTE SÁBADO (13)

A atração exibe os shows de Bruno Marques, Doctor Ray Blues Band e Vinícius Mendes Quarteto no “Buena Vista Soul, Jazz & Blues Festival”

Repertório diverso do blues com obras de grandes artistas do gênero e a musicalidade do blues rock é apresentado no Noturno, da Rede Minas, neste sábado (13). O programa exibe os shows de Bruno Marques ao lado de Alessandra Salerno & Auder Jr. e da Doctor Ray Blues Band, além do espetáculo instrumental do grupo Vinícius Mendes Quarteto, na 24ª edição do “Buena Vista Soul, Jazz & Blues Festival”.

O guitarrista e vocalista Bruno Marques, incentivador do blues no Brasil, convida a cantora italiana Alessandra Salerno, que ganhou projeção para o mundo depois de participar do The Voice Itália,  e o músico Auder Jr., um dos principais nomes do blues mineiro, para homenagear os grandes mestres do blues. O espetáculo reúne repertório de BB King, Muddy Waters, Robert Johnson e outros artistas que influenciaram a carreira de Bruno.

Na sequência o público confere o blues rock da Doctor Ray Blues Band. O grupo mineiro, de Nova Lima, já  marcou presença em diversos festivais de Minas e na atração apresenta trabalhos autorais e de grandes artistas, como Eric Clapton, Freddie King, John Mayall, entre outros. Já a música instrumental do Vinícius Mendes Quarteto encerra a noite. A sonoridade do quarteto, calcada na música popular instrumental brasileira, caminha também pelo jazz e com muita improvisação.

Apresentador – Túlio Mourão – divulgação rede minas

Sob o comando do pianista e compositor Túlio Mourão, o Noturno vai ao ar neste sábado (13), às 23h, pela Rede Minas. O programa também pode ser visto, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Ana Luiza Ferreira – Assessoria de Comunicação Social e Imprensa
​​​​​ana.ramos@redeminas.mg.gov.br
(31)3254-3000

Cultura

Inscrições para o Prêmio da Música Popular Mineira começam na quarta-feira (10/11)

Os candidatos poderão se inscrever entre os dias 10 e 17 de novembro

9 11 2021 miniemc
Imagem: Renata Calábrio

As inscrições para o edital da segunda edição do Prêmio da Música Popular Mineira se iniciam nesta quarta-feira (10).  Os candidatos poderão se inscrever, gratuitamente, entre os dias 10 e 17 de novembro, no site da Rádio Inconfidência. Podem participar compositores, músicos e intérpretes mineiros ou artistas que residem em Minas Gerais desde 01 de janeiro de 2020. O objetivo da premiação é valorizar e reconhecer os talentos mineiros e promover a música produzida no estado. A iniciativa prevê R$ 63 mil em prêmios, divididos em cinco áreas.

Este ano a premiação também faz uma homenagem aos 75 anos de nascimento do compositor mineiro Fernando Brant. Com nove prêmios de R$ 7 mil nas categorias “Melhor música” e “Melhor álbum”, além de troféus. O encerramento será no Palácio das Artes, com show transmitido pela Rede Minas, no início de 2022. Os trabalhos contemplam cinco áreas com grande variedade de estilos, como MPB, Pop rock, Música instrumental, Música regional, indígena e afro mineira, e obras infantis.

Sobre o prêmio:
O II Prêmio da Música Popular Mineira é promovido pela Empresa Mineira de Comunicação (EMC), vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), por meio da Rádio Inconfidência. Viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, o edital tem patrocínio da Cemig. A ação faz parte do “Descentra Cultura”, plano da Secult de regionalização e democratização ao acesso aos bens e serviços da Cultura visando à descentralização de recursos, formação e atividades culturais pelos municípios mineiros.

Como participar:
As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas de forma online, por meio do site www.inconfidencia.com.br. Antes, o candidato deve ler atentamente o edital do II Prêmio da Música Popular Mineira, que também está disponível no site da Rádio Inconfidência. O período de inscrições acontece entre os dias 10 e 17 de novembro.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/

Cultura

Centro Cultural Casa de Candongas abre inscrições para oficinas gratuitas

Violão, teatro, dança de rua, canto e artesanato estão entre os cursos que serão realizados virtualmente pelos professores da Casa de Candongas

Nas oficinas, haverá aulas destinadas a adultos, crianças e adolescentes – Foto: Aline Teixeira/Divulgação

Centro Cultural Casa de Candongas, da Cia Candongas, abre inscrições para a nova edição do Oficinas Artísticas 2021. Com a flexibilização das atividades, as aulas voltam a ser realizadas em formato presencial com os professores da Casa de Candongas. Seguindo os protocolos, apenas as aulas de canto seguem em modelo on-line. As mensalidades são gratuitas, com duração de quatro meses, e custo apenas para as inscrições (R$ 40 em taxa única).

Artesanato, dança para infância, canto e técnica vocal, teatro para infância, teatro juvenil e adulto, dança de rua e violão são os cursos ofertados nas Oficinas Artísticas. Em abril, no fim do curso, as pessoas envolvidas nas oficinas vão apresentar os trabalhos desenvolvidos durante as aulas em uma Mostra Virtual Artística.

As oficinas têm início no próximo dia 8 de novembro (segunda-feira), com um pequeno recesso para as festas de fim de ano a partir do dia 20 de dezembro. No ano que vem, o retorno das aulas será no dia 17 de janeiro, com término em abril de 2022.

As pessoas interessadas podem se inscrever no site oficial da Cia Candongas ou presencialmente no local das oficinas para que as comunidades locais, prejudicadas com ações online, possam participar. As inscrições podem ser feitas até a data de início das aulas (08/11). Após o término das matrículas, as pessoas selecionadas recebem por e-mail a programação das aulas.

As oficinas serão realizadas no âmbito do Termo de Fomento 892268/2019 celebrado entre a Companhia Candongas e Outras Firulas e a União, por intermédio do Ministério da Cidadania, Secretaria Especial da Cultura e Secretaria da Economia Criativa.

Contato para imprensa:

(31) 99296-2099 (Jéssica Mayara – telefone e WhatsApp) ou via e-mail.

Cultura

REDE MINAS E RÁDIO INCONFIDÊNCIA TRANSMITEM, AO VIVO, SHOW DE DIOGO NOGUEIRA NO EVENTO “VIA LIBERDADE”, NESTA SEXTA (29)

Espetáculo acontece no Palácio das Artes em cerimônia de lançamento da rota turística que envolve os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás e o Distrito Federal

Um espetáculo celebra a criação de uma rota turística ao longo da BR-040. O caminho atravessa 70% do patrimônio nacional tombado. O projeto, batizado de “Via Liberdade”, envolve os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás e o Distrito Federal. O palco da comemoração dessa grande parceria será o Palácio das Artes, em Belo Horizonte, nesta sexta (29), com show do cantor e compositor Diogo Nogueira para brindar, também, o projeto “O Rio Continua Lindo. E Perto!”, do estado fluminense. No evento, será assinado acordo de cooperação técnica para dar o passo definitivo rumo à construção da “Via Liberdade”. O show é fechado, mas a Rede Minas e a Rádio Inconfidência levam o palco para a casa do público com transmissão do evento, ao vivo, às 20h30.

“VIA LIBERDADE”

Os governos de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e do Distrito Federal se uniram para a construção da rota turística “Via Liberdade”. A parceria propõe estruturar uma nova rota turística e cultural, interligando as belezas históricas, culturais e artísticas entre os quatro estados no percurso de 1.179 quilômetros da BR-040. O projeto busca as oportunidades turísticas dos lugares que cortam a rodovia por meio de ações e programas estratégicos, que incluem patrimônios da humanidade, paisagens entre montanhas e mar, cidades imperiais, natureza exuberante, horizontes, capitais, metrópoles, comidas típicas, tradições, sertão, arte e contemporaneidade.

O show com Diogo Nogueira é transmitido, ao vivo, nesta sexta (29), às 20h30, pela Rede Minas. O público também pode acompanhar o espetáculo, nesse mesmo horário, pelo site da emissora redeminas.tv ou pela Rádio Inconfidência – FM 100,9.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
(31)3254-3431

Cultura

CONCERTOS VIRTUAIS DA ORQUESTRA OURO PRETO É TEMA DO PROGRAMA HARMONIA, DA REDE MINAS, NESTE DOMINGO (24)

Atração traz entrevistas e apresentação em homenagem aos Beatles

Foto: Íris Zanetti

Em tempos de pandemia, as lives invadiram a tela. O popular abriu as portas e o erudito seguiu os passos. As orquestras também se renderam ao espetáculo virtual. Se existia alguma dúvida sobre essas exibições, elas caíram por terra com a repercussão. Os concertos ganharam uma plateia de milhares de pessoas que, em muitos casos, selaram esse primeiro encontro com as sinfonias pelo monitor. Esse é o tema do programa Harmonia, da Rede Minas, neste domingo (24). A atração traz entrevista com o maestro da Orquestra Ouro Preto, Rodrigo Toffolo, para falar sobre as apresentações virtuais e como essa orquestra se reinventou para entrar no universo digital e abraçou a ideia. Também participam do programa o gerente de Comunicação e Branding do grupo,  Luiz Abreu, e a analista em marketing digital, Ana Clara Souza. O Harmonia ainda traz o concerto virtual da Orquestra Ouro Preto em homenagem aos Beatles.

A Orquestra Ouro Preto nasceu em 2000 com a proposta de apresentar o erudito e o popular sob o comando de uma batuta. O resultado desse trabalho rendeu ao grupo, composto por 20 músicos, 11 CDs e sete DVDs gravados, o Prêmio da Música Brasileira e a indicação ao Grammy Latino. Durante a pandemia, a Orquestra Ouro Preto se apresentou no ambiente virtual e, só na primeira live, foi acompanhada por 140 mil pessoas no Brasil e no mundo. No programa, os convidados revelam os bastidores, falam sobre as dificuldades em se adaptar ao digital, as diferenças na preparação de um concerto presencial e virtual e as experiências que vivenciaram com esse formato.

A atração ainda traz o concerto, em formato de live, da Orquestra Ouro Preto em homenagem aos Beatles. A apresentação, ao vivo, foi exibida virtualmente direto do Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte. A live celebrou o lançamento do novo álbum “Orquestra Ouro Preto – The Beatles Vol.2”. O disco é composto por uma combinação inusitada que une uma orquestra de cordas a uma banda de rock e estabelece um diálogo entre os universos da música clássica e popular.

Apresentado pelo jornalista Clóvis Ribeiro, o programa Harmonia vai ao ar neste domingo (24), às 14h, pela Rede Minas. O público ainda pode acompanhar a apresentação, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

Como sintonizar:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

Acesse as redes sociais:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

Atendimento ao público:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
(31)3254-3431

Cultura

“FEIRA DA MÚSICA DE MINAS” CHEGA EM DUAS EDIÇÕES ESPECIAIS DO HYPERSHOW, DA REDE MINAS, A PARTIR DESTE SÁBADO (23)

Maísa Moura e Gustavo Souza abrem o especial no programa

O Hypershow, da Rede Minas, traz para a TV aberta a primeira edição da “Feira da Música de Minas”. O evento faz um belo recorte da riqueza e da diversidade musical de Minas Gerais. Agora, chega ao programa em duas edições especiais, aos sábados. Com o intuito de movimentar a cena musical e pensar em perspectivas para o mundo pós-pandemia, o evento tem como propósito a internacionalização de carreiras de artistas mineiros ou ligados à música produzida no estado. Em formato on-line, os shows aconteceram em novembro e têm como cenário as montanhas de Minas e esculturas dos artistas plásticos Franz Weissmann, Amílcar de Castro e Nunos Ramos, que se tornam uma atração à parte. A cantora Maísa Moura e o músico Gustavo Souza são as atrações que abrem o festival no Hypershow, neste sábado (23).

Maísa Moura – divulgação Feira da Música de Minas

Maísa Moura iniciou sua trajetória como intérprete em 2001. Lançou o seu primeiro álbum “Danaide”, em parceria com Makely Ka, em 2006, e o seu disco solo “Moira”, em 2019. Com uma sonoridade densa e delicada, no show ela apresenta o repertório do seu novo trabalho “O azul daqui”. A apresentação foi a primeira divulgação do álbum e conta com canções de nomes como Caetano Veloso, Kiko Klaus e Rodrigo Torino. Já o violonista Gustavo Souza apresenta músicas dos compositores Guinga, Ernesto Nazareth e Ralph Towner.

Gustavo Souza – divulgação Feira da Música de Minas

Sob o comando do jornalista Luiz Flávio Lima, o Hypershow com Maísa Moura e Gustavo Souza na Feira da Música de Minas vai ao ar neste sábado (23), às 17h, pela Rede Minas. O público também pode acompanhar o programa, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
(31)3254-3431

Cultura

Grupo Trampulim apresenta 3º ÍMPETO, com duas semanas de lives, oficinas e espetáculos

Entre os dias 23 e 31 de outubro, evento vai oferecer 16 atividades gratuitas de palhaçaria, improvisação e música, linguagens que norteiam pesquisa do grupo; inscrições para oficinas já estão abertas e vagas são limitadas

A milenar arte da palhaçaria envolve a maquiagem com o tradicional nariz vermelho, o manejo atento do riso frouxo, a presença de palco e a conexão com o público. Mas, sobretudo, ser palhaço exige um ingrediente indispensável não necessariamente ao corpo, mas ao coração: o desejo pulsante de despertar, dentro de si, o palhaço que arranca gargalhadas afetivas do improviso, atento a reflexões e críticas, sociais e políticas, em conexão com outras linguagens artísticas. É a partir dessa tônica que o Grupo Trampulim, com quase três décadas de caminhada na palhaçaria, apresenta a terceira edição do Festival ÍMPETO – Invasão Mundial de Palhaços e Todos os Outros, entre os dias 23 e 31 de outubro. Realizado pela primeira vez de forma online, devido à pandemia da Covid-19, a programação é gratuita e oferece 16 atividades, com convidados do Brasil, Argentina, México e Peru, que incluem lives, espetáculos e oficinas artísticas.

Formado atualmente por Adriana Morales (Benedita Jacarandá), Tiago Mafra (Sabonete), Poliana Tuchia (Socorro), Chaya Vasquez (Conselhos) e Rafael Protzner (Alfinete) – e seus respectivos arquétipos saltimbancos –, há 26 anos o Grupo Trampulim mistura influências do teatro, da música, da improvisação, do circo e dos jogos lúdicos, inspirados por múltiplas essências artísticas. As referências vão da Commedia dell’Arte italiana ao improviso do maracatu, passando pelo Sistema Impro (de improvisação), criado pelo inglês Keith Johnson, sempre com foco em ampliar as possibilidades dos significados do que é ser palhaço –, um ofício que exige constante fluidez e adaptação na formação artística e pessoal. 

De um lado, o casal Morales e Mafra, bem como Tuchia, se dedicam à pesquisa da linguagem corporal e dos arquétipos do palhaço, enquanto Protzner carrega uma robusta bagagem dos jogos de improvisação cênica e Vasquez, conhecida por conduzir nas ruas belo-horizontinas dezenas de blocos carnavalescos – incluindo o tradicional Bloco da Praia da Estação –, imbui ao universo circense os tambores graves do maracatu, em diálogo estreito com as práticas de improviso.

O improviso, aliás, é o estímulo principal desta edição do IMPETO. Após dois eventos realizados em 2007 e 2010, com sucesso de público nas ruas, agora as atividades têm o desafio de afrouxar as risadas à distância, sem deixar de explorar as potências das surpresas criativas. Através da essência do palhaço e de sua capacidade de improvisar diante às adversidades da vida corriqueira, o festival reflete as mudanças impostas pela pandemia, incluindo as alterações sobre as relações com o outro, as restrições de espaços físicos e os impactos sobre as perspectivas da nossa real felicidade, frente a tantas adaptações direcionadas à vida virtual.

“A possibilidade de troca de experiências, o amadurecimento do que tem sido feito e produzido para o formato virtual, o que se ganha e o que se perde enquanto artista e público: é tudo riquíssimo. Estamos num período de transição para o presencial e encaramos esta edição como o fechamento de uma etapa dura, que deixará marcas e que está sendo vencida. Será uma celebração da nossa sobrevivência, do nosso poder de adaptação, da força e da importância da arte para a humanidade”, explica Adriana Morales. 

A ideia principal do ÍMPETO é que todas as pessoas, com ou sem experiência artística, possam participar ativamente da descoberta do que é ser palhaço – e como essa figura lírica, inocente e cômica, diz sobre as agruras, sonhos e contratempos da vida cotidiana. Por isso, as oficinas são abertas a todos os públicos, sem restrições. “A linguagem da palhaçaria é, em seu cerne, acessível e inclusiva. Não é à toa que muitos cursos de palhaço, talvez a maioria, não têm pré-requisito, apresentação de currículo ou comprovação de experiência. A palhaçaria é um jogo aberto para quem quer e se dispõe a jogá-lo. Por isso, não é raro vermos donas de casa, pedreiros, médicos, contadores, programadores revelando-se palhaços incríveis em oficinas e cursos de palhaçaria”, afirma Morales.

Mistura de linguagens

Ao todo, a 3ª edição do ÍMPETO vai ofertar 16 atividades, todas gratuitas, incluindo quatro oficinas concentradas em trabalhar a improvisação cênica e a dramaturgia do palhaço, todas ministradas pela plataforma Zoom. Entre elas, a “Oficina de Improvisação de Teatro para Iniciantes”, voltada para quem nunca teve contato com os palcos, e comandada pelo mexicano José Luis Saldaña, integrante do Grupo Complot/Escena, referência na improvisação teatral no México. Outro destaque é a oficina “O Improviso na Palhaçaria”, voltada aos primeiros passos e truques na descoberta do palhaço interior de cada um, e ministrada pela experiente atriz-improvisadora, palhaça e diretora teatral Rhena de Faria, que trabalhou como treinadora da Cia. Barbixas de Humor.

Além das oficinas temáticas, haverá apresentação, pelo YouTube, de oito espetáculos circense-teatrais, incluindo quatro peças do Grupo Trampulim. Entre os destaques, está “Pratubatê na Cozinha” (2021), uma adaptação para o universo virtual do clássico “Pratubatê”, espetáculo no qual os palhaços do Trampulim usam diversos tambores e convidam o público para batucar de casa, no improviso, como forma de readaptar o espetáculo original, em que cada pessoa da plateia recebe um tambor para participar do show. Também inspirados pela música, “Manotas Musicais” (2008) explora as múltiplas possibilidades de ser, com uma banda de palhaços que sonha em formar uma orquestra na qual os músicos são o próprio público.

Além de oficinas e peças, há um caráter essencialmente formativo dentro da 3ª edição do Festival. Por isso, o Trampulim convidou quatro mestres nacionais e internacionais da arte da palhaçaria, improviso e da música para participar de lives, a partir de um ambiente educacional, criativo e calcado na liberdade de improvisação, como é da essência do grupo. Haverá bate-papo com a diretora teatral Mariana Muniz, professora do curso de Teatro da UFMG e pesquisadora da Escola de Belas Artes; com o ator e educador Cláudio Thebas, pós-graduado em Pedagogia da Cooperação e palhaço com mais de duas décadas de bagagem artística e formativa; com o percussionista argentino Alejandro Oliva, integrante “La Bomba de Tiempo” e referência na improvisação por senhas; além de uma conversa com a renomada palhaça canadense Sue Morrison, que desde a década de 1980 forma palhaços no mundo inteiro. Uma das grandes referências do Trampulim, Morrison é responsável por desenvolver uma técnica de palhaçaria inspirada na filosofia dos índios norte-americanos, que acreditam em um ensinamento de rir do próprio ridículo, ao nos depararmos com as múltiplas possibilidades do nosso ser.

Grupo Trampulim

Criado em 1994 e direcionado à pesquisa sobre o ofício da palhaçaria a partir do improviso, o Grupo Trampulim acumula apresentações no Brasil e exterior, com passagens por Portugal e Canadá, somando atualmente 12 espetáculos no currículo. Nas ruas da capital mineira, a trupe é bastante conhecida, entre outros feitos, por praticar, desde 2006, a apresentação itinerante “Invasão de Palhaços”. Sem avisos prévios, de repente um grupo animado de palhaços desembarca em lugares comuns, como praças, mercados públicos, pontos de ônibus ou estações de metrô, e convida o público para um cortejo livre com o intuito de ressignificar esses lugares, munidos de brincadeiras, músicas, jogos e muitas risadas à base do improviso.

Este projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo de Belo Horizonte.

Trampulim apresenta 3º ÍMPETO – Invasão Mundial de Palhaços e Todos os Outros
Quando. 23 a 31 de outubro
Onde. Zoom, YouTube e Instagram
Quanto. Programação gratuita
Inscrições para oficinas. Site do Trampulim
Nas redes. YouTube | Instagram | Facebook 

> Programação 3º ÍMPETO – Oficinas

“O Improviso na Palhaçaria” – Rhena de Faria (SP)
Quando: 25, 26 e 27 de outubro, das 9h30 às 12h30
Onde: Zoom | Inscrições no site do Trampulim

“Dramaturgia e Improvisação” – Assis Benevenuto (BH)
Data: 25, 27 e 29 de outubro, das 18h às 21h
Onde: Zoom | Inscrições no site do Trampulim

“Oficina de Improvisação de Teatro para Iniciantes” – José Luis Saldaña (MEX)
Data: 26, 27 e 28 de outubro, das 19h às 21h
Onde: Zoom | Inscrições no site do Trampulim

“Qual é a Senha” – Chaya Vazquez (BH/SC/ARG)
Data: 27, 28 e 29 de outubro, das 18h às 21h
Onde: Zoom | Inscrições no site do Trampulim

> Programação 3º ÍMPETO – Lives

Mariana Muniz
Quando: 23 de outubro, às 17h30
Onde: YouTube Trampulim

Cláudio Thebas
Quando: 24 de outubro, às 17h30
Onde: YouTube Trampulim

Sue Morrison (Canadá)
Quando: 30 de outubro, às 17h30
Onde: YouTube Trampulim

Alejandro Oliva (Argentina)
Quando: 31 de outubro, às 17h30
Onde: YouTube Trampulim

> Programação 3º ÍMPETO – Espetáculos


“InvaZOOM Especial” – Trampulim
Quando: 23 de outubro, às 11h
Onde: YouTube Trampulim

Documentário “Lacuna” – Rafael Protzner
Quando: 23 de outubro, às 19h
Onde: YouTube Trampulim

“Manotas Musicais” – Trampulim
Quando: 24 de outubro, às 11h
Onde: YouTube Trampulim

“Quintal e Improviso” – Cia do Quintal
Quando: 24 de outubro, às 19h
Onde: Ao vivo no YouTube do Trampulim

“Uma Surpresa para Benedita” – Trampulim
Quando: 30 de outubro), às 11h
Onde: Ao vivo no YouTube do Trampulim

“Essas Calças Não São Minhas Calças” – Tomás Carreño
Quando: 30 de outubro, às 19h
Onde: YouTube Trampulim

“Pratubatê na Cozinha” – Trampulim
Quando: 31 de outubro, às 11h
Onde: YouTube Trampulim

Transpassante” – Frito na Hora
Quando: 31 de outubro, às 19h
Onde: YouTube Trampulim

Cultura

Orquestra Ouro Preto e Alceu Valença apresentam Valencianas em Paracatu

Patrocinado pela Kinross Paracatu, concerto recebe público presencial em 20 de outubro, nas comemorações do aniversário de 223 anos da cidade mineira

A cidade Paracatu (MG) será palco do reencontro da musicalidade mineira da Orquestra Ouro Preto com a poesia e a arte pernambucana de Alceu Valença. Para comemorar o aniversário de 223 anos da cidade, será apresentado o concerto “Valencianas” dia 20 de outubro, quarta-feira, às 19h30, no Jóquei Clube. Com patrocínio da Kinross Paracatu, o concerto recebe o público presencial, seguindo todos os protocolos de saúde e segurança sanitária. Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados no site/aplicativo Sympla.

Sob a regência e direção musical do Maestro Rodrigo Toffolo, direção de cena de Paulo Rogério Lage e arranjos de Mateus Freire, o repertório revive clássicos do cancioneiro de Alceu emoldurados pela música de concerto. Entre os destaques estão “Anunciação”, “Tomara”, “La Belle de Jour” e muitos outros sucessos que integram os dois volumes do projeto aclamado pelo público e pela crítica, “Valencianas”.

Gravado em CD e DVD, “Valencianas” apresenta um recorte na biografia musical de Alceu Valença, que em 2012, teve, pela primeira vez, suas canções adaptadas para a música de concerto pela Orquestra Ouro Preto. Em 2015, o espetáculo foi consagrado com o Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. Em 2020, o projeto ganhou um segundo volume, gravado em Portugal. A partir de Valencianas, a música de Alceu Valença estabeleceu um diálogo definitivo com a música de concerto e expandiu ainda mais seu alcance e suas possibilidades.

O Maestro Rodrigo Toffolo comemora o retorno aos palcos acompanhado de Alceu Valença. “Estamos muito felizes de poder voltar aos palcos, com toda a segurança para o público, músicos e equipe, neste reencontro mais que especial com o talento gigantesco de Alceu Valença. “Valencianas” é um projeto lindo, no qual tenho muito carinho e será uma alegria comemorar o aniversário da cidade de Paracatu ao lado da voz inconfundível desse ícone da música brasileira que é Alceu”, afirma Toffolo.

Para Ana Cunha, Diretora de Relações Governamentais e Responsabilidade Social da Kinross Paracatu, “é uma grande alegria poder retomar os shows com público presente, ainda mais com esse espetáculo tão esperado por nós. Elaboramos todo um protocolo pra garantir a segurança de todos e estamos com o coração bobo de tanta expectativa.”

SOBRE A ORQUESTRA OURO PRETO

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto completa 21 anos de atividades e se reafirma como uma orquestra de vanguarda. Sob a regência e direção artística do Maestro Rodrigo Toffolo, o grupo se dedica à formação de diferentes públicos, com extensa programação nas principais salas de concerto no Brasil e no mundo, além de se destacar no número de visualizações e ouvintes das plataformas de streaming e redes sociais. Sob os signos da excelência e versatilidade atua também em projetos sociais e educacionais que vão muito além da música, como o Núcleo de Apoio a Bandas e a Academia Orquestra Ouro Preto. Premiado nacionalmente, o grupo tem 12 trabalhos registrados em CD, 7 DVDs. Foi vencedora do Prêmio da Música Brasileira em 2015, na categoria “Melhor Álbum de MPB”, e indicada ao Grammy Latino 2007, como “Melhor Disco Instrumental”, por Latinidade. Os discos “Latinidade – Música para as Américas”, “Antônio Vivaldi – Concerto para Cordas”, “The Little Prince” e “Orquestra Ouro Preto e Desvio – Ritmos Brasileiros” têm distribuição mundial pela gravadora Naxos, a mais importante do mundo dedicada à música de concerto.

SOBRE A KINROSS PARACATU

A Kinross atua nas atividades de pesquisa e desenvolvimento mineral, mineração, beneficiamento e comercialização de ouro. É uma das maiores produtoras de ouro do Brasil, responsável por 22% da produção nacional. Com operação na mina Morro do Ouro, em Paracatu, noroeste de Minas Gerais, e escritório em Belo Horizonte, a empresa integra a Kinross Gold Corporation, grupo canadense com presença nas Américas do Sul e do Norte, África e Eurásia. A Kinross responde por cerca de 22% dos postos de trabalho formais do município. São cerca de 4.700 empregados entre próprios, contratados, estagiários e aprendizes. Além de ser a principal geradora de impostos e grande fomentadora de outros negócios em Paracatu, a Kinross investe em iniciativas que contribuem para o desenvolvimento do território e é certificada por normas nacionais e internacionais ligadas à saúde, segurança, gestão ambiental e responsabilidade social.

SERVIÇO
Orquestra Ouro Preto e Alceu Valença – Valencianas
Dia: 20 de outubro de 2021, quarta-feira, 19h30
Local: Jóquei Clube (Rua Almir Alaor Porto Adjuto, s/n, Paracatu/MG)
Ingressos gratuitos: Devem ser retirados no Sympla (www.sympla.com.br)
Informações: https://www.orquestraouropreto.com.br

Cultura

CONCERTO DA ORQUESTRA FILARMÔNICA É APRESENTADO, AO VIVO, NO PROGRAMA HARMONIA, DA REDE MINAS, NESTE SÁBADO (16)
José Soares – regente assistente da Filarmônica MG – foto: Bruna Brandão

O programa de música clássica Harmonia, da Rede Minas, exibe o “Fora de Série – Orquestra moderna”, com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. O espetáculo chega ao público pela TV aberta, ao vivo, em uma edição especial da atração. Transmitido direto da Sala Minas Gerais, os musicistas executam obras de Heitor Villa-Lobos, Claude Debussy, Charles Ives, Erik Satie e Igor Stravinsky. A regência é do jovem José Soares. Maestro assistente da Filarmônica, Soares ganhou destaque no mundo, neste mês, depois de ter sido premiado, em primeiro lugar, no Concurso Internacional de Regência de Tóquio, no Japão.

O programa especial Harmonia com o “Fora de Série”, da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, vai ao ar, ao vivo, neste sábado (16), às 18h, pela Rede Minas. O público ainda pode acompanhar a apresentação, nesse mesmo horário, pelo do canal do programa no YouTube (youtube.com/harmoniatv). No domingo (17), às 14h, tem mais Harmonia, pela Rede Minas, com reportagens sobre a estreia da ópera “Pitágoras de Samos”, de Andersen Viana e produzido pela Cia Mineira de Ópera, e o documentário “Coral Cidade dos Profetas e a música colonial mineira”. Na atração, o público ainda confere um concerto com obras de Mozart executadas pelo Coro Madrigale.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
(31)3254-3431