Tag Archives: mulheres reais

Sociedade

Evento reuniu mulheres de vários segmentos de Congonhas e destacou o empoderamento feminino

Empoderadas, decididas e fortes: essas são as mulheres reais, cujo nome deu início a um grande projeto. Idealizado pela CEO da empresa Imperial DH, Aline Cristine, o evento “Mulheres Reais” foi realizado no Hotel H2 em Congonhas, na última terça-feira, 15 de outubro, e contou com a parceria de grandes mulheres empreendedoras da cidade, com workshop, música, bons drinks e petiscos, e tudo isso com o apoio e realização de Adriana Bartolomeu da empresa Dinâmica Empresarial, e colaboração da modelo plus size, Carol Eloah.

Aline explicou como surgiu a ideia de criar o projeto. “O Mulheres Reais” foi criado através da percepção do sofrimento de muitas mulheres. Foi uma iniciativa de ajudar mulheres nos relacionamentos e negócios, com o objetivo mesmo de apoiá-las a alavancarem resultados na vida pessoal e profissional. Em várias viagens que eu fiz pelo Brasil eu percebi que tem muita mulher que precisa de força e união tanto no trabalho como na vida”.

A psicóloga Adriana Bartolomeu abriu o evento com um bate-papo e lançou a seguinte reflexão: Quem é você? Ela também debateu sobre o amor próprio e como ser mais leve diante das dificuldades que as mulheres enfrentam na vida.

Empreendedoras de Congonhas de vários segmentos como música, alimentação, beleza e saúde, semi joias, moda, sexy shop, arquitetura, jornalismo, fotografia, rádio, entre outros, marcaram presença no evento.

Ana Paula Bessa é dona de uma loja de cosméticos e contou um pouco de como começou a empreender. “Me apaixonei pelo ramo da maquiagem e faz um ano e meio que abri a minha loja. Até hoje tem dado super certo. O evento “Mulheres Reais” veio para nos unir, para conhecermos o trabalho de outras mulheres também.”

Duas grandes empresárias da cidade que são a cabelereira e maquiadora, Sandra Rejane, e sua filha Júlia Coelho também maquiadora destacaram a importância desse tipo de evento. “É um incentivo para as mulheres, que hoje são independentes. É um evento também que representa que as mulheres tem que apoiar umas as outras e desconstruir essa cultura de que temos que ser inimigas umas das outras, e de que temos que ser dependentes financeiramente de pai, marido e etc. As mulheres se sentem muito mais realizadas quando elas fazem algo gostam, que elas tem prazer, estimulando assim mais o respeito no mercado de trabalho.”

Já no ramo da alimentação, a empreendedora Lucivânia Matosinhos Soares, tem há um ano uma linda cafeteria gourmet na cidade. “Faz um ano que tenho a cafeteria. Eu cozinho desde os 9 anos de idade e sempre tive o sonho de ter o meu próprio negócio. Nós mulheres precisamos desses momentos para interagir e trocar experiências.”

A modelo plus size Carol Eloah, contou um pouco da sua história de vida, de como ela enfrentou as barreiras por estar acima do peso. Ela também tem um projeto de empoderamento e resgate da autoestima para mulheres que estão acima do peso. Carol hoje é uma mulher empoderada, que se aceita, e que é a “cara” do projeto.

“Fui convidada pela Aline para fazer parte desse evento maravilhoso a partir de uma conversa que tivemos e assim ela conheceu minha história de vida. Nós temos o nosso valor. Não podemos abaixar a cabeça para nada. Já passei por caminhos dolorosos por estar acima do peso, e depois de tanto sofrimento eu aprendi a me amar, me valorizar e me olhar de maneira diferente conseguindo assim ajudar outras mulheres a se aceitarem como elas realmente são. As pessoas olham muito para os outros e pouco para si. Queremos ser felizes e nos amar”, contou.

Fechando o evento, Aline explicou um pouco do projeto “Mulheres Reais”. Ela demonstrou como a maioria das mulheres criam uma expectativa excessiva no outro e como ela se tornou essa mulher que é hoje deixando a seguinte mensagem: “Não somos o sexo frágil, mas temos fragilidades. Você não é obrigada a nada que não esteja no seu projeto de vida.”

Texto: Nathália Coelho
Fotos: Ketynne Ogawa