Tag Archives: MPB

Cultura

Gerdau apresenta temporada inédita de concertos da Orquestra Ouro Preto e João Bosco por cidades mineiras

Turnê integra as comemorações dos 120 anos da Gerdau e passa por seis cidades de Minas com concertos presenciais.

Pela primeira vez juntos, a Orquestra Ouro Preto e o cantor e compositor João Bosco mostram o jeito mineiro de fazer música na estreia da nova temporada de concertos presenciais por cidades de Minas Gerais. Com um repertório que celebra a obra do artista e sua grande contribuição para a música brasileira, os concertos tiveram início no dia 27 de setembro e acontecerão até o dia 3 de outubro e passam por seis cidades mineiras: Divinópolis (27/09), Belo Horizonte (28/09), Três Marias (29/09), Ouro Branco (1º/10), Barão de Cocais (2/10) e Ouro Preto (3/10).

Sob a regência Maestro Rodrigo Toffolo e arranjos assinados por Nelson Ayres, a parceria inédita une a excelência e a versatilidade no mesmo concerto e traz releituras orquestradas de pérolas como “O bêbado e o equilibrista”, “Mestre-sala dos mares”, “Corsário” e muito mais.

Como resultado desse encontro, será gravado o CD e o DVD em Belo Horizonte, para registrar essa parceria.

Um dos maiores nomes da MPB, Bosco carrega uma linguagem musical única em sua vasta produção artística. “Será um grande desafio para a Orquestra, pois além de um exímio compositor e mestre na arte de musicar palavras, João Bosco é a orquestra de um homem só. Como violonista, faz flutuar melodias com espantosa destreza, produzindo agudos e graves em notas que se multiplicam, numa rítmica muito particular. Em outras palavras, a arte de João Bosco é perfeita. E isso exige que qualquer interferência na música dele seja extremamente cuidadosa, sem nada a mais ou a menos. Foi por essa razão que convidamos Nelson Ayres para criar os arranjos desse repertório. Tinha de ser alguém que entendesse perfeitamente com quem nós vamos tocar”, completa o maestro.

A arte mineira estará presente também no cenário. O renomado artista ouro-pretano Jorge dos Anjos assina a cenografia do concerto. As figuras geométricas, que remetem à ancestralidade africana e fizeram com que a arte de Jorge percorresse o mundo, estarão no palco emoldurando a música sem fronteiras e de beleza singular da obra de João Bosco.

Patrocinada pela Gerdau, a turnê percorre as cidades onde a empresa atua e comemora os 120 anos de fundação da maior empresa brasileira produtora de aço “Neste ano especial para a nossa empresa, estamos muito entusiasmados por proporcionar à sociedade mineira a oportunidade de apreciar música de altíssima qualidade por meio dessa parceria inédita repleta de mineiridade, da Orquestra Ouro Preto e o cantor e compositor mineiro João Bosco, que, juntos, com certeza irão emocionar muito as pessoas”, celebra Wendel Gomes, diretor executivo da Gerdau. “Há mais de três décadas no estado, podemos afirmar que a Gerdau é mineira de coração”, completa Gomes.

Os concertos nas cidades de Divinópolis, Três Marias, Ouro Branco, Barão de Cocais e Ouro Preto serão gratuitos e os ingressos deverão ser retirados no site/aplicativo do Sympla. Para o concerto em Belo Horizonte, no dia 28 de setembro, às 20h30, no Grande Teatro do Sesc Palladium, os ingressos custam R$80 inteira (Plateia I) e R$50 (Plateia II e III) e estão à venda no site/aplicativo do Sympla. O público presencial máximo em cada exibição é de 600 pessoas. Os concertos seguem rígidos protocolos de saúde e segurança contra a Covid para o público, músicos e equipe de produção, com obrigatoriedade do uso de máscaras, distanciamento e aferição de temperatura.

MAIS SOBRE JOÃO BOSCO

Mineiro de Ponte Nova-MG, João Bosco é cantor, compositor e violonista e sempre teve sua história de vida ligada à música. Formou-se em Engenharia na Universidade Federal de Ouro Preto no início da década de 1970 e naquele tempo já tinha o violão como companheiro. Foi nessa época também, que ele conheceu dois grandes parceiros de composição, o “poetinha” Vinícius de Morais e Aldir Blanc. Ao lado de Blanc, ele compôs grande parte das músicas mais famosas da MPB e muitas delas foram imortalizadas nas vozes de outras intérpretes de primeira grandeza como Elis Regina, Ângela Maria, Cauby Peixoto, dentre outros.

SOBRE A ORQUESTRA OURO PRETO

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto completa 21 anos de atividades e se reafirma como uma orquestra de vanguarda. Sob a regência e direção artística do Maestro Rodrigo Toffolo, o grupo se dedica à formação de diferentes públicos, com extensa programação nas principais salas de concerto no Brasil e no mundo, além de se destacar no número de visualizações e ouvintes das plataformas de streaming e redes sociais. Sob os signos da excelência e versatilidade atua também em projetos sociais e educacionais que vão muito além da música, como o Núcleo de Apoio a Bandas e a Academia Orquestra Ouro Preto. Premiado nacionalmente, o grupo tem 12 trabalhos registrados em CD, 7 DVDs. Foi vencedora do Prêmio da Música Brasileira em 2015, na categoria “Melhor Álbum de MPB”, e indicada ao Grammy Latino 2007, como “Melhor Disco Instrumental”, por Latinidade. Os discos “Latinidade – Música para as Américas”, “Antônio Vivaldi – Concerto para Cordas”, “The Little Prince” e “Orquestra Ouro Preto e Desvio – Ritmos Brasileiros” têm distribuição mundial pela gravadora Naxos, a mais importante do mundo dedicada à música de concerto.

SOBRE A GERDAU, UMA EMPRESA DE 120 ANOS

A Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Em janeiro deste ano, completou 120 anos de uma história de solidez, contribuição para o desenvolvimento e legado para uma sociedade em evolução constante. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 10 países e conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, são 11 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

Fotos: @marcoshermes-5

SERVIÇO

Orquestra Ouro Preto e João Bosco

Divinópolis
Dia 27 de setembro, segunda-feira, às 20h
Parque de Exposições – (Av. Paraná, 3531, São José)

Belo Horizonte
Dia 28 de setembro, terça-feira, às 20h
Grande Teatro do Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro). Ingressos: R$80 (Plateia I) e R$50 (Plateias II e III) – À venda no site/aplicativo do Sympla
https://bileto.sympla.com.br/event/69053/d/109492

Três Marias
Dia 29 de setembro, quarta-feira, às 20h
Três Marias Tênis Clube (Rua Carlos Chagas, 4)

Ouro Branco
Dia 1º de outubro, sexta-feira, às 20h
Praça de Eventos (Av. Firmina Silva, s/n)

Barão de Cocais
Dia 2 de outubro, sábado, às 20h
Espaço de Eventos José Furtado, Centro, Barão de Cocais.

Ouro Preto – LIVE
Dia 3 de outubro, domingo, às 20h
Campo da Barra (Rua Washington Dias, 100, Barra)
Transmissão ao vivo pelo YouTube: www.youtube.com.br/orquestraouropreto

Classificação: Livre para todas as idades.

Informações: www.orquestraouropreto.com.br

Fonte: https://www.foconanoticia.com.br/