Tag Archives: LGBTQI+

Cultura

Em abril, Gruta terá performance de Marina Viana e shows de Juliana Perdigão e Coral

Programação presencial de abril começa nesta sexta-feira, 1/4, com DJ Kingdom; espaço foi reaberto no mês passado, após dois anos 

Coral – Foto Lina Mintz

Espaço icônico do underground de Belo Horizonte, a Gruta dá sequência às atividades presenciais em abril, com atrações da música e das artes cênicas. A programação do mês começa nesta sexta-feira, dia 1/4, com festa que traz discotecagem da DJ Kingdom. A casa, que reabriu suas portas no mês passado, recebe também o projeto musical Céu de Criola (Milena Torres e Ray di Yacy), no dia 8/4; a cantora e multiartista Coral, no dia 15/4; a artista cênica Marina Viana, com a performance “MPB: Peça Bagunçada Sem Estrofe Nem Refrão”, no dia 22/4; e a cantora, compositora e instrumentista Juliana Perdigão, no dia 29/4. Todas as atrações têm custo de entrada popular, no valor de R$20, e listas de gratuidade para pessoas transgênero.

Marina Viana – Foto Luiz Matoso

Realizada com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, a programação dá continuidade ao projeto de fomento do espaço, que viabilizou atividades virtuais ao longo de 2021, possibilitando com que o espaço conseguisse se manter vivo durante a pandemia. “A Gruta é uma prova de que as pessoas podem se reunir em torno do objetivo de manter um espaço cultural de pé”, reflete o cantor e ator Marcelo Veronez, um dos atuais gestores do espaço, na ativa há 20 anos, que também divide a gestão com Ju Abreu e Akner Gustavson integrantes do coletivo cênico Toda Deseo. Além dos pocket-shows, festas e ações cênicas, a programação contará com edições semanais do “Boteco da Wanira”, quando a casa se abre para um bate-papo descontraído com a artista, que também integra o coletivo que gere a Gruta.

A princípio, a Gruta funcionará com horário e lotação reduzidos, o que pode mudar de acordo com a evolução da situação sanitária de Belo Horizonte. “A partir das melhoras nos índices da pandemia vamos retomar as atividades com a frequência e duração que costumávamos praticar, mas por enquanto funcionaremos entre 20h e 0h, com a capacidade reduzida para 30 ou 40 pessoas por noite”, afirma Veronez, lembrando que a divulgação das atrações deste e dos próximos meses acontece no Instagram da Gruta, que conta com novidades. “A Gruta está de telhado novo e com mais abertura de passagem de ar, além de um pé direito mais alto que garante um ambiente mais confortável e mais fresco. Também estamos preparando novas intervenções nas paredes e uma grande surpresa para 2022 e 2023”, revela.

Sobre a Gruta

Localizada na Rua Pitangui, ao lado do Galpão Cine Horto, Zona Leste da capital mineira, a Gruta é um espaço cultural independente que funciona, desde 2001, como ponto de convergência entre artistas de diferentes linguagens da cidade. O lugar surgiu como local de ensaios de grupos teatrais e, ao longo dos anos, se reconfigurou por diversas vezes, assumindo também o caráter de casa para pequenos shows e espetáculos, e espaço de festas. Autogestionado, se mantém como uma referência fundamental para a promoção da experimentação artística e de um espaço livre e diverso, que acolhe criações e debates que incluem as pautas feminista, LGBTQI+ e antirracista, entre outras. Foi administrado de forma aguerrida durante muitos anos por Joyce Malta e Admar Fernandes e, atualmente, é gerido por Marcelo Veronez, Wanira (Wagner Alves), Juliana Abreu e Akner Gustavson (Toda Deseo).

Em 2021, a fim de manter o espaço vivo diante das dificuldades impostas pela pandemia, a atual gestão realizou uma bem-sucedida campanha de financiamento coletivo e aprovou um primeiro projeto na Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Com o aporte, foram realizadas atrações virtuais entre os meses de abril e agosto, e entre dezembro e fevereiro deste ano, além do pagamento dos custos fixos do espaço e da reforma do telhado.

Programação de reabertura da Gruta – Abril

Endereço. Rua Pitangui, 3.613, Horto

Funcionamento. das 20h às 0h; lotação máxima de 40 pessoas

Entrada. R$20 (listas de gratuidade para pessoas transgênero)

Nas redes. Instagram | Facebook | YouTube
Abril. 1/4 (sexta), festa com DJ Kingdom;
4/4 (segunda), Boteco da Wanira;
8/4 (sexta), Céu de Criola; 
11/4 (segunda), Boteco da Wanira;
15/4 (sexta), Coral;
18/4 (segunda), Boteco da Wanira;
22/4 (sexta), Marina Viana apresenta “MPB: Peça Bagunçada Sem Estrofe Nem Refrão”;
25/4 (segunda), Boteco da Wanira Vampira;
29/4 (sexta), Juliana Perdigão.