Tag Archives: lavras novas

Turismo & Lazer

Ouro Preto: dicas imperdíveis de contato com a natureza

As atrações de Ouro Preto são tantas que, neste post, você vai conhecer uma nova Ouro Preto, com dicas de passeios ao ar livre.

Ouro Preto é um destino completo. A apenas 100 km da capital mineira, é parte da Estrada Real, maior rota turística brasileira.

As ladeiras de Ouro Preto são recheadas de pontos turísticos que remontam ao Ciclo do Ouro. A maioria das pessoas chega até ali por sua inegável riqueza cultural. E não é pra menos. O centro histórico de Ouro Preto tem o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, o que atrai olhares do mundo todo.

Mas se você está em busca de uma Ouro Preto diferente, que vai além do centro histórico, esse post é para você. Com um olhar mais atento e, claro, com essas dicas incríveis, você vai conhecer outra versão de Ouro Preto.

Foto: Vista do centro histórico de Ouro Preto.

O que fazer em Ouro Preto

Aqui a melhor forma de conhecer seus pontos turísticos é caminhando.

Ouro Preto permite a prática de muitos passeios ao ar livre, com muitas doses de natureza e até aventura em suas serras e cachoeiras. Vale trekking, tirolesa, escalada e até passeios de caiaque.

Parques naturais

Para quem está em busca de descansar a mente, respirar novos ares e colocar o corpo em movimento, não dá para deixar de visitar os parques naturais da cidade.

Parque Estadual do Itacolomi

Foto: Pico do Itacolomi. 

Pico do Itacolomi é uma marca da cidade e fica no Parque Estadual do Itacolomi, aberto a visitação. Do centro histórico mesmo é possível vê-lo. Aliás, este pico foi usado como referência aos bandeirantes que percorriam a Estrada Real para chegar à antiga Vila Rica.  

No parque é possível fazer uma trilha até o Pico do Itacolomi, que oferece uma vista de 360º de toda a cidade. Neste passeio o visitante percorre uma trilha de 12 km ida e volta, cerca de 4h no total.

Para quem não perde uma oportunidade de se refrescar, a Lagoa da Capela é uma opção de banho, que fica bem próximo à sede do parque, cerca de 200m.  

O acesso ao parque é feito pela rodovia que liga Ouro Preto à Mariana. Após a entrada de Ouro Preto, seguir pela rodovia em direção à Mariana por cerca de 7km até o trevo do Hospital Santa Casa Misericórdia e a portaria do parque.

Foto: Parque Estadual do Itacolomi

Parque Natural Municipal das Andorinhas

O Parque Natural Municipal das Andorinhas protege as nascentes mais altas do Rio das Velhas, um afluente importante do Rio São Francisco.

Com tanta água, suas piscinas naturais e cachoeiras são os atrativos mais visitados por quem busca nadar e relaxar. As trilhas variam do nível fácil ao difícil, vai ao gosto do freguês.

Não dá pra perder os mirantes paras as exuberantes paisagens naturais do local.

O acesso pode ser feito a partir da sede do município de Ouro Preto – a primeira pela Rua 15 de Agosto, passando pelos bairros Morro da Queimada, Morro Santana e Morro São João, onde se acessa a portaria/entrada 1. E a segunda forma de acesso é pela Rua Henri Gorceix, ladeira João de Paiva, passando pelo bairro São Sebastião, de onde se acessa a portaria/entrada 2.

Floresta do Uaimii

Foto: ilustração de trilhas por áreas naturais

No distrito de São Bartolomeu, em Ouro Preto, está localizada a Floresta do Uaimii, a primeira reserva estadual de Minas Gerais, com trilhas encobertas de Mata Atlântica e belíssimas cachoeiras. O acesso aos pontos turísticos naturais é por meio de trilha, em meio a mata, de aproximadamente 4km.

O local é ideal para quem busca conexão com a natureza. Possui duas entradas: a de São Bartolomeu e a de Brás Gomes.

Cachoeiras

Ouro Preto tem diversas opções pra quem não dispensa um passeio com um belo banho de cachoeiras.

Foto: Cachoeira do Castelinho – Chapada
Foto: Cachoeira Três Pingos

Essas são apenas algumas, no próprio Parque Estadual do Itacolomi é possível aproveitar pra se refrescar com menos de 1,5 km de trilha, além do Parque Natural Municipal das Andorinhas e da reserva Floresta Uaimii.

Um pouco de adrenalina

Foto: ilustração da prática do esporte stand up paddle

A Fazenda Nascer (RPPN) localizada dentro da reserva Uaimii oferece opções de entretenimento como caminhadas ecológicas, caiaque, stand up paddle, camping, e, ainda, experimentar uma boa comida caseira mineira.

Turismo rural e romance

Os distritos de Lavras Novas, Cachoeira do Campo e Amarantina são procurados por quem está em busca de vivências em ambientes rurais e, porque não, romance.

A paisagem, as pousadas aconchegantes e bares são um charme e criam um clima. Aos casais aventureiros também oferecem atrações turísticas de natureza em estações ecológicas, fazendas, passeio à cavalo, quadriciclo e bike.

Foto: passeio de quadriciclo pelo distrito de Lavras Novas, Ouro Preto

 Mirantes

Também é possível meditar, refletir e admirar os cenários nos mirantes localizados em diversos pontos da cidade, são eles:

  • Mirante na Rua Getúlio Vargas, conhecido como “muro dos namorados” tem uma bela vista para o bairro Pilar, com destaque para a Basílica de Nossa Senhora do Pilar.
  • Mirante de Santa Efigênia quase passa desapercebido por quem visita apenas a igreja. Vale a pena se debruçar diante do visual visto para tentar identificar as diferentes atrações do Centro Histórico.
  • A caminho da cidade de Mariana, seguindo pela Rua Conselheiro Quintiliano, encontra-se a mureta do Mirante das Lajes. A vista contempla paisagens da Praça Tiradentes, emolduradas pelos morros de Ouro Preto.
  • Mirante do Morro São Sebastião, que fica bem ao alto, se tem a vista mais completa do Centro Histórico de Ouro Preto. A graça está justamente em tentar identificar tantos diferentes pontos de interesse, como as igrejas, os museus e o Pico do Itacolomi. A visão é tão ampla que até mesmo parte do campus Morro do Cruzeiro, da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) pode ser observado.
  • E o Mirante da Igreja Mercês e Misericórdia, que no muro de seu adro, desfrutamos de um lindo pôr do sol!

Natureza e cultura

Ecomuseu

No alto da Serra de Ouro Preto, no bairro São João, até a cumeada onde se encontram as ruínas do moinho de vento, um território que abriga o Ecomuseu, que guarda a memória do primeiro grande assentamento urbano, destruído pelo incêndio ordenado pelo Conde de Assumar, na Sedição de 1720.

Ecomuseu possui um conceito diferenciado de museu: cultura, patrimônio e vivências comunitárias numa lógica de território que envolve os morros da Queimada, Santana, São João e São Sebastião.

Museu do Chá

Para conhecimento e experiência, no Parque do Itacolomi acolhe o Museu do Chá, a edificação da antiga Fábrica de Chá Edelweiss, da Fazenda de São José do Manso, e que conserva a memória dessa atividade da primeira metade do século 20, ao cultivo do chá iniciado no século 19.

Casarão do Manso

E no casarão do Manso, há uma exposição, em sensível contexto museográfico, sobre os naturalistas que visitaram Minas Gerais desde a abertura dos portos do Brasil (1808) até o final do Império.

Construções minimalistas

Para os minimalistas, na rodovia de acesso a Ouro Preto, no distrito de Cachoeira do Campo, é possível desfrutar de um maravilhoso conjunto de reduções de edifícios históricos de todo o Brasil, do Farol da Barra na Bahia ao Palácio da Alvorada, da Câmara de Mariana à Igrejinha da Pampulha.

Sabores e saberes  

Seguindo uma outra rota, descobrimos a expressividade ouro-pretana em seus sabores e saberes da região.

Cozinha mineira

No cardápio encontramos delícias típicas mineiras como: frango com quiabo, carne de porco com ora-pro-nóbis, angu, feijão tropeiro, tutu com torresmo, carne de panela, produção artesanal da goiabada cascão, doce de leite nas quitandas distribuídas nos distritos de São Bartolomeu, Santo Antônio do Salto e Santa Rita.

Produção artesanal

Foto: Produção artesanal em pedra sabão.

E não dá para deixar de visitar a produção artesanal em pedra sabão em Santa Rita de Ouro Preto, lá, encontramos a essência do artesanato em pedra sabão, arranjo produtivo local da cidade, onde ocorre a fabricação de panelas do material.


Deu pra ver que você ainda tem muito o que conhecer em Ouro Preto, não é?

Ah, para a visita aos pontos turísticos recomenda-se a contratação de um guia para melhor interpretação e aproveitamento da riqueza das atrações. 

Sinta os caminhos de Ouro Preto, cidade que conta a história de Minas, e siga as trilhas das belezas históricas e naturais!

Fonte: https://www.minasgerais.com.br/

Turismo & Lazer

Vai viajar no inverno? Busque destinos seguros!

Que Minas Gerais é uma ótima opção para viajar durante o ano inteiro não podemos negar, por isso quando a temperatura cai, logo buscamos as melhores opções no interior do estado para curtir o friozinho. Não faltam destinos de montanha, ou aqueles mais aconchegantes, pequenas vilas, para uma viagem romântica que renda boas memórias. É possível viajar de maneira segura mesmo em meio à pandemia, por isso listamos algumas opções que se encontram estabilizadas no momento, mas é essencial que o turista siga os cuidados necessários.

Lavras Novas – O pequeno distrito de Ouro Preto encanta cada vez mais turistas, por sua tranquilidade, rodeado por montanhas e cachoeiras, sendo um refúgio para relaxar. As noites por lá pedem um bom vinho e uma boa companhia para conhecer seus bares e restaurantes!

Santana dos Montes – Com um grande número de fazendas tombadas pelo IEPHA, o destino é uma ótima opção de turismo rural com várias trilhas, cachoeiras, e uma produção de bebidas artesanais como cerveja, cachaça e vinho, sendo uma opção para relaxar!

Tiradentes – Por lá se encontram inclusive várias casas de chocolate deliciosos, além de belas atrações culturais, e gastronomia variada ao som de uma boa música ao vivo, as noites na cidade são propícias para um bom vinho.

Monte Verde – Conhecida como a Suíça Brasileira, o distrito de Camanducaia é um charme só. Seja nas trilhas, mirantes, ou montanhas, outra opção é curtir a noite tranquila e apreciar a gastronomia local em um passeio romântico.  

Villa do Tanque Hotel Fazenda – Santana dos Montes
Fonte
https://www.hotelvilladotanque.com.br/

Visite Minas Gerais!

Foto principal: https://muitaviagem.com.br/

Turismo & Lazer

Lavras Novas – um destino romântico e perfeito para amantes da natureza!

O pequeno distrito possui cerca de 1500 habitantes, está cerca de 17km de Ouro Preto e coleciona várias histórias, lendas, tradições que encantam os visitantes que passam por lá. O local foi muito importante durante a exploração do ouro no período colonial e hoje vem desenvolvendo o turismo local, sendo um dos destinos mais procurados de Minas. Pelo caminho é impossível não se admirar com a grande quantidade de pedras na região, além das riquezas existentes em sua fauna e flora. Lavras Novas atrai quem busca atividades radicais em seus atrativos naturais, e também aqueles que buscam simplesmente descanso. O destino possui muitas opções quanto à alimentação e hospedagem com vários bares, restaurantes, casas noturnas, além de belas pousadas com estrutura moderna, muitos chalés na montanha perfeitos para uma viagem a dois.

Quando Ir?

Durante o ano todo, mas em especial entre março e setembro, fica ainda melhor com o friozinho de montanha acompanhado de um bom vinho.

Alguns atrativos:

Sem dúvida fazer uma caminhada por Lavras Novas numa tarde de domingo é algo que ficará em sua memória, há várias opções de bares, restaurantes, lojas de artesanato, que vão te fazer querer voltar. E o local possui belíssimas montanhas ao redor que ao cair da noite vão te fazer se sentir mais perto do céu principalmente se for uma noite cheia de estrelas!

Além disso, existem também:

Mirantes – uma dica é o Mirante Rua da Fonte, ao lado da Pousada da Pedra, na Rua da Fonte. Local perfeito para ver o pôr do sol, e contemplar a bela vista sem andar muito!

Cachoeiras – sendo uma delas a Cachoeira dos namorados cerca de 5km de Lavras Novas, com uma bela piscina natural com profundidade media ideal para um banho e é cercada por mata nativa proporcionando um momento de relaxamento.

Serras – Na Serra do Trovão é possível uma visão de 360º, perfeito para ver o pôr do sol, lá é possível ver também as Serras do Caparaó, da Chapada, do Caraça, de Ouro Branco, Pico Itacolomi e muitos outros lugares. 

Além disso é possível visitar o Parque Itacolomi, fazer passei de trem no Trem da Vale que faz o trajeto Ouro Preto Mariana, além de outras opções de atrativos. Bem pertinho está Ouro Preto, vale a pena fazer um passeio por lá!

Onde se hospedar?

Há excelentes pousadas recomendadas pelo Tripadvisor, mas fica a dica da Pousada Villa de Lavras, com vários chalés muito bonitos e confortáveis, além de um excelente atendimento, perfeitos para casais.

Saiba mais em : http://www.lavrasnovas.com.br/

Turismo & Lazer

Os charmes escondidos de Lavras Novas

Lavras Novas, situada a 120km de Belo Horizonte e a 17 Km de Ouro Preto, com população de pouco mais de 1.500 habitantes de maioria negra e cultura rica em estória, folclores e lendas de domínio popular, apresenta há cerca de 15 anos condições favoráveis para seu desenvolvimento turístico e econômico, aprimorando sua infraestrutura para melhor atender seus visitantes. Um lugarejo encantador que faz parte do parque Nacional do Itacolomi. Está a 1.510m de altitude, o que proporciona um clima bem ameno.

Seu aspecto interiorano e ruas tranquilas oferecem sossego e tranquilidade. Já quem gosta de aventura encontra muita emoção nos arredores, com trilhas e banhos de cachoeira! Lavras Novas também reserva bons restaurantes e bares e há sempre uma vista ao ar livre.


Foi pensando nisso que o casal de empreendedores Luciana Pautilla e Júnior Musselli criaram o Restaurante Curdiá e a Loja Mãe do Ouro — que advém da Cervejaria Mãe do Ouro, a cerveja artesanal local, também criada pelo casal. São dois empreendimentos em um espaço verde e, como convite, uma casinha torta típica da cidade. O restaurante e a loja são um convite à paz e tranquilidade que a comunidade proporciona.


Mesas na árvore, música, cerveja artesanal, lembranças da comunidade, um espaço envolto pela natureza e um cardápio de tirar o fôlego fazem deste lugar um charme escondido em meio ao alto movimento instalado na comunidade aos finais de semana.

O chefe e proprietário do espaço, Júnior Musselli, formado em gastronomia em Buenos Aires explica um pouco sobre este lugar que nos remete a uma Lavras Novas dos anos 90:

“Cheguei a Lavras Novas há 6 anos através da minha esposa que é natural daqui. Sou de Jundiaí e me formei na Argentina, nunca morei em cidade tão pequena e acolhedora como esta. A ideia do restaurante e da loja surgiu da necessidade de termos um ponto fixo para vendermos a nossa cerveja artesanal e acessórios advindos dela. A partir daí, elaboramos um projeto junto com a minha sogra para que o restaurante e a loja fossem adaptados ao espaço, preservando, assim, a mata virgem presente. “


Ao visitarem Lavras Novas, não deixem de conhecer este cantinho super especial.

Siga também as redes sociais
Instagram : @lavrasnovasmg @maedoouro e
@casinhatortalavrasnovas
Experimente a Cerveja Artesanal
Local: Mãe do Ouro
Rua Principal, nº 110
Tel: (31)98784-7907

Outros

Temos o prazer de entregar a você a edição 15!

“A verdadeira coragem é ir atrás de seus sonhos mesmo quando todos dizem que eles são impossíveis.”
Cora Coralina

O lançamento de cada número da revista é sempre algo a ser saudado com entusiasmo. E, desta vez, decidimos ousar e fazer uma edição diferente — com duas capas.

Vale ressaltar que, com circulação em 16 cidades mineiras, sempre trazemos novas parcerias. Trata-se de contribuições positivas para a construção de novos conhecimentos e, também, para a divulgação do resultado de um esforço que, muitas vezes, fica restrito a poucos.

Por isso, nesta 15ª edição, mais parceiros são os protagonistas. A British and American School, que está na capa, já se faz presente no mercado há quase 23 anos. Tem um leque de cursos que abrange todas as faixas etárias, tratando seu aluno como um verdadeiro melhor amigo. Também na capa, a CJR Contabilidade traz tudo sobre os serviços prestados pelo contador Carlos e seus colaboradores, de forma eficiente e com qualidade.

E as novidades não param por aí. A revista está repleta de informações valiosas e boas práticas, como a moda sustentável, mostrando que é possível renovar o visual sem se entregar ao consumismo desenfreado.

Também conversamos com a blogueira e influencer Lili Veloso, que assina o Correio Fashion, sempre atenta às questões humanitárias, sociais e ambientais, buscando encorajar e empoderar suas seguidoras.

Achou que estávamos nos esquecendo do turismo mineiro? Nunca! Você também vai encontrar várias dicas de passeios e hospedagens em Monte Verde, Carrancas e São Lourenço.

Entre tantos outros temas importantes como saúde, esporte e tecnologia, você, leitor, certamente terá ótimos momentos de leitura e vai se surpreender com tudo o que preparamos com tanto carinho e dedicação. Não é à toa que, agora, até o Mercado Central de Belo Horizonte é um dos nossos pontos de distribuição de exemplares!

Desejo a todos uma ótima leitura!

Clarisse Alves
Editora Viva Minas
(32)9.8864-5127 / (31)9.9968-3073
clarisse@vivaminas.com.br

Para ler a 15ª edição online clique https://vivaminas.com.br/15a-edicao/


Notice: Undefined variable: categoria in /home/vivaminas/www/wp-content/themes/vivaminas/content.php on line 26

Revista Viva Minas – edição 14

Enfim, pronta!

Já são 14 edições, 8 anos de trabalho, muito aprendizado, aperfeiçoamento, amadurecimento e GRATIDÃO!

A cada nova edição encaro novos desafios, conheço pessoas, lugares, e me encanto. Leitores, anunciantes, colaboradores… Todos os que, de alguma forma, continuam me incentivando e emanando boas energias, como a nova colunista e colaboradora Aline Cristina — um ser iluminado — de Conselheiro Lafaiete, com o conhecimento do coach Fábio Cruz (fabiocruz.me) e a força e carinho dos amigos, familiares e do André.

A edição 14 está recheada de conteúdo que corresponde à toda essa positividade. Para começar, traz um especial sobre turismo, para que você conheça um pouco mais sobre os municípios em que circulamos, além de Catas Altas e a Rota do Café, em São Lourenço.

Também demos um pulinho ali na capital mineira, Belo Horizonte. E os nossos jornalistas se empenharam para trazer ótimas experiências e entrevistas com profissionais excelentes na área de saúde e, ainda, para lhe fazer degustar o sabor do 3º melhor mercado do mundo, o Mercado Central.

Na capa, nossa querida coach Aline, junto aos seus parceiros Anne e Rafael, fala sobre o desejo de se tornar um líder funcional, vendo no empreendedorismo a possibilidade de se trabalhar com aquilo que realmente se gosta. Nas demais páginas, é possível navegar também por outros assuntos, como esporte, música, direito e muito mais.

Enfim, muito conteúdo de qualidade e jornalismo responsável — é isto que a equipe Viva Minas traz para você, leitor. O compromisso com cada um de vocês é a nossa fórmula de sucesso! Termino ainda dizendo uma frase de Frank Clark, que faz todo o sentido para nossa caminhada em todas essas edições:

“Se você encontrar um caminho sem obstáculos, ele provavelmente não o levara a lugar nenhum.”

Aventure-se e boa leitura!

 

Clarisse Alves

Editora Viva Minas

clarisse@vivaminas.com.br

(32)9.8864-5127 / (31)9. 9968-3073

 

 

 


Notice: Undefined variable: categoria in /home/vivaminas/www/wp-content/themes/vivaminas/content.php on line 26

Revista Viva Minas edição 14

Sociedade

Confira a 13ª edição Viva Minas

Esta edição levou a Viva Minas ainda mais longe, e como é gratificante vê-la pronta! Agora, circulamos por 13 municípios mineiros, com novos parceiros e muito conteúdo interessante sendo abordado. Acredito estarmos sempre nos reinventando e a evolução de toda essa mudança podemos sentir nas páginas que vêm a seguir.

Na capa, trazemos o Consultório de Odontologia Integrada – COI, que há 13 anos conta com uma equipe sólida e multidisciplinar, oferecendo os melhores e mais modernos tratamentos em cada uma de suas áreas de atuação.

Você, leitor, ainda vai se encantar com o especial sobre São João del-Rei que, neste ano, comemora 304 anos. Palco de muitas passagens históricas de Minas Gerais e do país, a cidade é reconhecida também pela sua diversidade cultural, ingrediente fundamental para as matérias dedicadas à terra em que os sinos falam.

Além disso, como o fim do ano se aproxima, resolvemos oferecer esta edição como uma pausa para curtir o descanso, a família, festejar, transformar bons momentos em novas energias, com esperança de que nossos sonhos vão se realizar.

A todos que colaboraram com cada etapa desta edição, vendedores, anunciantes, parceiros, amigos e leitores, em especial meu grande amigo André, meu muito obrigada!

Que venha um ano de união com força total e que nossas ideias continuem fluindo e acrescentando algo na vida de todos aqueles que nos leem e nos acompanham.

A revista é toda sua. Mergulhe!

 


Notice: Undefined variable: categoria in /home/vivaminas/www/wp-content/themes/vivaminas/content.php on line 26

Revista Viva Minas edição 13

Turismo & Lazer

CONHECENDO LAVRAS NOVAS por Explore Minas

1

Sempre tivemos muita vontade de conhecer Lavras Novas! E no último final de semana pudemos ir explorar o lugarejo que é um distrito de Ouro Preto e fica a apenas 113km de Belo Horizonte.

Pra chegar lá, você ainda irá percorrer um trecho de mais ou menos 7km de estrada de terra. Mais é bem tranquilo, porém em algumas partes é em mão única, então tenha bastante cuidado.

Lavras Novas é um lugar perfeito pra descansar, se desligar de tudo e entrar em contato com a natureza.

2

3

As ruas de pedra, as casinhas antigas, o artesanato, são um convite á parar no tempo.

4

5

6

 

O lugarejo também oferece várias opções para a prática de esportes radicais, perfeito pra quem adora aventura! Você pode passear de quadriciclo, fazer trilhas, tomar um delicioso banho nas cachoeiras, passear de caiaque, fazer stand up paddle, ciclismo e mais.

Fizemos um roteiro de quadriciclo que passa pelo Mirante da Estrada Real e Cachoeira dos Namorados e em breve entraremos em detalhes, foi incrível!

7
A Igreja Matriz de Nossa Senhora Dos Prazeres é uma das atrações mais clicadas pelos turistas. Foi construída por mineradores e escravos por volta de 1740.

8

9
Os moradores do povoado preservam costumes antigos. Não é permitido som alto nas ruas, jogar lixo no chão, principalmente nas trilhas, o que amamos e apoiamos. Realmente Lavras Novas é bastante organizada.

Todas as lixeiras foram personalizadas em forma de vaquinhas.

10

 

Elas estão espalhadas por toda cidade.

12
É comum ver bares com música ao vivo e crianças brincando. Adoramos a calmaria do lugar! Que continue sempre assim.

Os lavranovenses são super simpáticos e bastante solícitos com todos.

13

Importante: Lá você não vai encontrar bancos, caixas eletrônicos, posto de gasolina, táxi e posto de saúde não funciona aos fins de semana.

Alguns estabelecimentos não aceitam cartão, portanto vá preparado (a). O lugar mais próximo pra encontrar tudo isso é Ouro Preto.

Ficamos com um gostinho de quero mais. Vamos voltar e nos hospedar pra aproveitar mais esse cantinho abençoado por Deus.

Com certeza vale a visita!

Distâncias:
Belo Horizonte: 113km
Ouro Preto: 24km
São Paulo: 626km
Rio de Janeiro: 395km

 

ExploreMinas-Logo1

 

Jéssica e Felipe
exploremg.com.br