Tag Archives: guimarães rosa

Cultura

Família de Barbacena faz doação de carta de Guimarães Rosa para 13ª RPM

Na manhã dessa última quarta-feira (11), o Comandante da 13ª Região de Polícia Militar (RPM), Coronel Terence Pablino Floriano Guimarães, visitou a Sra. Maria de Loreto Fortini, viúva do médico e empresário barbacenense, Oswaldo Tamm Fortini. Durante a visita, o Comandante recebeu um documento do acervo da família que será incorporada ao Museu “João Guimarães Rosa”, localizado nas dependências do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), no Complexo Santa Cecília, em Barbacena.

O documento em questão, trata-se de uma carta manuscrita do Capitão Guimarães Rosa, que atuou como médico no 9º BPM em 1933 e 1934. A carta foi endereçada ao sogro de Dona Loretinha, como é carinhosamente conhecida na cidade, o também médico Oswaldo Fortini, datada de 26 junho de 1934.

João Guimarães Rosa escreveu a carta no Fluminense Hotel situado à Praça da República, cidade do Rio de Janeiro, e solicitava ao Dr. Fortini que “segurasse” os serviços pertinentes à função de médico no 9º BPM e explicasse ao Comandante, Coronel Octávio Baptista Diniz, primeiro comandante da Unidade, que precisava permanecer fora enquanto prestava as fases seguintes à prova escrita do concurso que prestava à Escola de Diplomacia do Itamaraty. Na sequência, João Guimarães Rosa viria a ser aprovado e seguiria carreira diplomática de relevância, de escritor e poeta conhecido da nossa literatura.

O encontro foi intermediado pelo vereador municipal, Zezinho Andrada, e seu assessor de comunicação, Idinando Borges. Também estavam presentes o Comandante do 9º BPM, Tenente Coronel Ademir Siqueira de Faria, e o Subcomandante, Major Flavio Tafuri Mattoso.

Fonte: https://www.foconanoticia.com.br/

Cultura

Sertão Mundo: Espaço do Conhecimento UFMG inaugura ambiente presencial relacionado a exposição que homenageia Guimarães Rosa
3 3 2022 miniespaco

Recém inaugurado, o novo ambiente do primeiro andar do prédio do Espaço do Conhecimento permite aos visitantes uma experiência imersiva de percorrer os diversos pontos da exposição Sertão Mundo. Ao chegar no museu, os visitantes têm acesso a duas telas para navegar pelo Sertão de Guimarães Rosa através de um mapa virtual. Em um dos computadores, o som é emitido livremente. Já no outro, o visitante pode inserir seus fones de ouvido e explorar as diversas instalações de acordo com suas próprias escolhas.

A Sertão Mundo foi concebida para o ambiente virtual e tem como referência o Sertão, este lugar tão característico e presente na obra do escritor João Guimarães Rosa. Através de uma viagem por suas diferentes interpretações, seja na música, nos bordados, na dança, na culinária, nos brinquedos e brincadeiras, sonoridades, jogos digitais, artes visuais e literatura, é possível apreciar escutas e vozes de muitos Brasis. 

A exposição foi lançada gradualmente, em temporadas, que abrigam diferentes instalações: a 1ª temporada está disponível desde 1º de setembro;  a 2ª foi lançada em 16 de outubro, na Virada Cultural de BH;  a 3ª foi um presente ao aniversário de BH e está disponível desde 11 de dezembro. Já a  4ª e última temporada chegou em 15 de janeiro. A exposição completa com todas as instalações pode ser acessada em http://exposicaosertaomundo.com.br.  

Também é possível visitar o quinto andar do Espaço do Conhecimento, onde imagens do céu noturno e de objetos astronômicos irão transportar o visitante para a instalação Órion, onde será possível apreciar um céu de primavera no Sertão. 

Sertão Mundo tem o patrocínio do Instituto Unimed-BH, viabilizado pelo incentivo de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores, e o apoio da Aliança Francesa BH, do Instituto de Estudos Brasileiros da USP, da Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, do Museu Casa Guimarães Rosa e da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, com a cessão de acervo do Museu de Arte da Pampulha – MAP.

Traga sua máscara, seus fones de ouvido e viaje pelo universo da Sertão Mundo!

Serviço:
Espaço do Conhecimento UFMG inaugura novo ambiente presencial relacionado a exposição que homenageia Guimarães Rosa
Onde: Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700 – Funcionários
Entrada gratuita

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/

Cultura

CORDISBURGO É O DESTINO DO PROGRAMA ESTAÇÕES, DA REDE MINAS, NESTA TERÇA (04)

Programa segue a linha do trem para mostrar cidade que foi cenário de diversas obras de Guimarães Rosa

Cordisburgo – divulgação Rede Minas

Nos vagões que cortavam os trilhos em Cordisburgo, na região central de Minas Gerais, passavam pessoas, minério, gado e até dinheiro. A locomotiva transportava, também, sonhos e muitas histórias. Tudo isso ficou impresso nas obras de Guimarães Rosa e enraizado nas lembranças dos moradores e na cidade. O programa Estações, da Rede Minas, foi até o local e apresenta os ‘causos’ e belezas do município no episódio desta terça (04), às 20h.

A atração mostra moradores e antigos ferroviários que compartilham lembranças do local que ainda se mantêm vivas em Cordisburgo e atraem turistas. Essas recordações também foram importantes para Guimarães Rosa, que nasceu em 1908, quatro anos depois da inauguração da estação, já com a locomotiva passando a todo vapor. O menino que se tornaria um ícone da literatura acompanhava o ir e vir da estação da janela do seu quarto, onde hoje está o Museu Casa Guimarães Rosa. O trem foi retratado em diversas das suas obras. Acompanhar os trilhos dessa história apresentada no programa é viajar para o sertão com parada obrigatória na obra roseana.

Guimarães Rosa – divulgação Rede Minas

Cordisburgo vem do alemão e do latim e significa “cidade do coração”. O programa mostra, também, outros atrativos que fizeram o município merecer o nome. O Estações vai ao ar nesta terça (04), às 20h. O público confere a atração pela Rede Minas ou pela internet, nesse mesmo horário, no site da emissora: redeminas.tv.

A nova temporada do “Estações” faz parte da programação “Gerais+Minas”, da Rede Minas. O projeto da Empresa Mineira de Comunicação (EMC) contempla diversas ações de municipalização da programação das emissoras de comunicação do estado para mostrar a variedade da cultura, culinária, história, arte e natureza em Minas Gerais. A Empresa Mineira de Comunicação é vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult – MG). Mais informações no site geraismaisminas.mg.gov.br.

SERVIÇO:

Estações – 3ª temporada
Cordisburgo
Data: terça-feira (04), às 20h, pela Rede Minas e pelo site da emissora: redeminas.tv

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431