Tag Archives: feira

Educação

Faculdade Santa Marcelina Muriaé promove feira inédita de empreendedorismo

Encontro ocorre no dia 02 de julho, das 9h às 16h, no ginásio esportivo da faculdade, em Muriaé. As inscrições devem ser realizadas na página da Página da ExpoSMTech, até o dia 25/06

Faculdade Santa Marcelina Muriaé  SMTECH

Com o objetivo de fomentar a cultura do empreendedorismo e a inovação, a Faculdade Santa Marcelina de Muriaé, localizada em Minas Gerais, acaba de lançar um projeto inédito. Trata-se da feira de empreendedorismo “SMTECH – CRIATIVIDADE, INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO”. O evento, que será realizado no dia 02 de julho, das 9h às 16h, reunirá investidores, empreendedores e empresários dos mais diversos segmentos, que desejam expandir ou, até mesmo, iniciar o seu próprio negócio. Com realização no ginásio esportivo da faculdade, em Muriaé, a iniciativa contemplará palestras, oficinas e exposições, além de uma praça de alimentação e opções de entretenimento.

De acordo com a Irmã Tânia da Faculdade Santa Marcelina, a ideia do encontro é também ampliar a visibilidade do Projeto de Extensão SMTECH, que auxilia empresas parceiras no processo de disponibilização de produtos ao mercado. A diretora Acadêmica da Faculdade Santa Marcelina Muriaé explica que a feira visa ainda estimular o desenvolvimento econômico e tecnológico na região de Muriaé, ampliando a gama de projetos que já fazem parte do escopo da instituição. “Queremos oferecer mais visibilidade aos empreendedores de toda a nossa região, criar um espaço de conexão entre pessoas e empresas, para que estes possam apresentar seus serviços e produtos. Esperamos criar oportunidades de maiores interações entre o mercado e a universidade, além de apoiar encontros individuais de empreendedores de diversas áreas e incentivar o empreendedorismo entre jovens”, ressalta.

A expectativa é que a SMTECH receba cerca de 30 expositores. Além do espaço interno da faculdade, o evento se estenderá pela Rua Paulo Pacheco de Medeiros, que possui fácil acesso a todos os blocos da universidade. As empresas interessadas em apresentar seus projetos, devem realizar a inscrição na página do evento, até o dia 25/06.

Requisitos para ser um expositor na feira da Faculdade Santa Marcelina Muriaé

Para fazer parte do seleto quadro de expositores, os interessados devem seguir alguns requisitos, como constituir uma empresa – no caso de autônomos, possuir cadastro MEI (Microempreendedor individual) – e responsabilizar-se totalmente pela estrutura de barracas e disposição de produtos. Cada expositor terá acesso a uma área de 3×3 metros que poderá ser dividida por até duas empresas, dependendo da demanda da feira. Já para os visitantes, não será necessário a realização de inscrição prévia e poderão participar do evento gratuitamente.

A diretora reforça que além de conhecer diferentes projetos nos estandes da feira, o público também poderá acompanhar um cronograma de palestras e oficinas que abordarão temáticas de negócios, tecnologia e marketing digital. “O público terá a oportunidade de conhecer novas perspectivas que os ajudem a encontrar a melhor maneira de comercializar e empreender, sempre pautado na criatividade e inovação. Desta forma, por meio dos conhecimentos adquiridos com o SMTECH, os participantes terão insumos suficientes para potencializar e modernizar seus projetos e soluções, ampliando as oportunidades de sucesso no mercado”, finaliza.

Serviço SMTECH – CRIATIVIDADE, INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO
Data:
 02 de julho de 2022
Horário: das 9h às 16hLocal: Ginásio esportivo da Faculdade Santa Marcelina, em Muriaé
Site e Link para Inscrição, clique aqui.

Sobre a Santa Marcelina

O Instituto Internacional das Irmãs de Santa Marcelina foi fundado em 1838 por Monsenhor Luigi Biraghi, com o auxílio de Marina Videmari, em Milão, na Itália. Dedicada à educação, à saúde e à assistência social, a Congregação difundiu-se globalmente a partir da instituição de colégios, hospitais e obras sociais. 

Atualmente, presente em 8 países, espalhados por 3 continentes, e em 17 municípios e 9 estados brasileiros, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Tocantins, o Instituto segue com a missão de levar adiante, com empenho e entusiasmo, a educação, a formação, a cura e a construção do ser humano íntegro e da sociedade. Tudo isto alinhado à uma metodologia inovadora de aprendizagem, alinhada às principais tendências do mercado educacional.

Cultura

Mostrô chega à 8ª edição e reúne expositores especiais para o Dia dos Namorados

Feira será realizada ao ar livre, no gramado e espaço interno do Museu Mineiro, no sábado e domingo, 4 e 5 de junho

1 6 2022 minimostro

No mês de junho será realizada a edição especial “Dia dos Namorados” da Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz. Nesta edição, que será a oitava do evento, a Mostrô chega com seu formato macro, com mais de 160 expositores divididos entre os dois dias do projeto. Será a oportunidade ideal para quem quer adiantar a compra do presente de dia dos namorados!

Além de um convite ao público para conferir as exposições e os prédios do Museu Mineiro e do Arquivo Público Mineiro, a Mostrô será uma oportunidade para as pessoas aproveitarem o dia com muita música e gastronomia. Nesta edição, o evento contará com uma programação cultural. No sábado (4/6), de 12h30 às 16h30, a música ficará por conta do DJ Pedro Pizelli, que traz o seu repertório “Brasilidades”. Às 14h30 acontecerá a palestra “Dia dos Namorados – de Autoestima a Massagens Sensuais”, com a blogueira e sexcoach Luana de Casto.

Ainda no sábado, das 10h às 14h, a Mostrô receberá a Feirinha de Adoção de Cães do Grupo de Proteção aos Animais da Cidade Administrativa, GPA-CAMG, que foi criado em fevereiro de 2016 por servidores públicos estaduais sensibilizados com a causa animal. A Feirinha será um convite para todos adotarem um “cãopanheiro”.

Já no domingo (5/6), de 12h às 16h30, a Mostrô receberá Dejota Rodrigo. Com mais de duas décadas de profissão, Dejota é um dos DJ’s mais requisitados da noite de BH e tem como marca do seu estilo o Open Format.

Uma outra novidade desta edição será a parceria com a Área Verde Eventos, empresa de recreação que irá assumir o espaço kids da Mostrô. Agora as famílias podem curtir o dia tranquilas e deixar seus filhos num espaço que irá resgatar brincadeiras antigas como pular corda, elástico, amarelinha etc. O espaço kids contará, ainda, com pula-pula e piscina de bolinhas.

A Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz é realizada pela “Da Terra Gestão Cultural” e tem o apoio institucional do Museu Mineiro, do Arquivo Público Mineiro e do Museu das Minas e do Metal| Gerdau. A iniciativa evidencia diferentes linguagens artísticas, como artesanato, gastronomia, design e literatura.

A proposta da Mostrô é valorizar a economia criativa de Minas Gerais ao dar visibilidade ao trabalho de artistas, produtores e trabalhadores e trabalhadoras da cultura no estado.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/

Sociedade

Cristiano Otoni realizará a 1° Feira de Agricultura Familiar e Artesanato neste sábado

Fomentar a economia, valorizar os produtores, a arte e a cultura local são os objetivos da I Feira de Agricultura Familiar e Artesanato que será realizada em Cristiano Otoni, no próximo sábado (07/05).

Os cadastros foram feitos pela Secretaria de Agricultura e cerca de 40 famílias, entre agricultores e artesãos se inscreveram. Para a organização da feira, foram realizadas visitas e entrevistas com cada participante cadastrado, quando foram passadas as orientações e relatadas, pelos participantes, suas demandas e expectativas. 

As barracas foram adquiridas por meio de emenda parlamentar, com a intervenção do deputado estadual Gustavo Valadares (PSDB), sendo doadas pela Emater-MG ao município em regime de comodato. 

Organizadores preparam a primeira feira de Agricultura Familiar e Artesanato em Cristiano Otoni
Organizadores preparam a primeira feira de Agricultura Familiar e Artesanato em Cristiano Otoni

Segundo o prefeito Carlos Roberto de Rezende (PP), a administração municipal vem atuando no sentido de atender às demandas de toda a população em todas as áreas. Para ele criar e ampliar espaços para oferecer o suporte necessário à agricultura familiar e aos artesãos é de fundamental importância para que possam comercializar seus produtos e garantir emprego e renda. “Estamos trabalhando para que os produtores e artesãos de nossa cidade tenham sempre espaço para realizar suas vendas e sejam cada vez mais valorizados.”

Por outro lado, a população em geral também se beneficia, pois tem a oportunidade de adquirir artigos de qualidade com fácil acesso e ainda ter um espaço de lazer. Por meio da feira os consumidores terão à disposição uma variedade de mercadorias produzidas pela agricultura familiar e pelos artesãos locais. 

De acordo com o secretário de Agricultura Daniel Augusto de Oliveira, inicialmente a feira será realizada todos os meses em diversos lugares, seguindo um itinerário previamente elaborado, promovendo a aproximação das comunidades, facilitando o acesso aos produtos e beneficiando a todos de forma igualitária. “Este projeto é de interesse da comunidade por todos os ângulos que se olhe, diante dos inúmeros benefícios”, comentou.

A primeira edição da feira acontecerá no sábado, dia 7 de maio, de 08:00 às 16:00, na rua Nossa Senhora da Guia, no centro da cidade, em frente à Capelinha. Durante todo o dia, serão oferecidas diversas atividades culturais, shows musicais e atrações para o público infantil.

Fonte: https://fatoreal.com.br/

Turismo & Lazer

Minas Gerais tem participação confirmada na WTM Latin América 2022

Feira de turismo retorna de forma presencial em momento de aumento nas viagens nacionais e internacionais

1 4 2022 miniwtm
Imagem: Xará

O Estado de Minas Gerais marca presença em um dos maiores eventos mundiais de turismo, a WTM Latin America 2022. A equipe da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) vai apresentar os potenciais turísticos dos inúmeros destinos mineiros, entre 5 e 7 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo. Nesta edição, Minas ocupa um estande de 75m² na área premium do Pavilhão Azul, além de ter à disposição uma sala para treinamento de agentes e operadores com 20 lugares.

Investimento e apoio da atual gestão em um dos setores que mais sofreu nos últimos dois anos. Cerca de 500 empresas de 33 países já confirmaram participação e o número de inscritos supera a última edição presencial, realizada em 2019.

Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leonidas Oliveira, esta edição da WTM é o retrato da retomada do setor. “O Turismo está em livre recuperação e eventos como este geram oportunidades de negócios e revelam tendências do setor. Minas é o estado que mais cresce no Turismo e não poderia ficar de fora. A participação na WTM será uma grande oportunidade para mostrarmos porque a nossa Mineiridade tem sido o diferencial do estado”, resume o secretário.

A Secretária de Estado Adjunta de Cultura e Turismo, Milena Pedrosa, ressalta, a importância de divulgar, em um evento internacional, as principais características do turismo em Minas Gerais. “Temos como pontos fortes o turismo de aventura e de natureza, com inúmeras paisagens, trilhas, cachoeiras, complexos de águas e estâncias hidrominerais; o turismo rural e de experiências, com maior interação dos turistas com as comunidades locais, principalmente no interior do estado; o turismo cultural, já que Minas Gerais abriga quatro Patrimônios Culturais da Humanidade e os mais diferentes estilos de arquitetura, além das experiências possibilitadas pela cozinha mineira, que é a imagem mais marcante do estado para 30% dos turistas que visitam Minas Gerais”, concluiu.

Destino Minas Gerais
Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Minas tem crescido o dobro da média nacional. Pesquisa do Instituto Datafolha também apontou Minas Gerais como melhor destino histórico no Brasil e melhor destino de natureza em 2019. No mesmo ano, Belo Horizonte ganhou o título de Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco, inserindo o estado nesse seleto grupo internacional composto por 250 cidades espalhadas por todos os continentes.

O fluxo turístico em Minas também teve expressivos números em 2021, como a movimentação de mais de 6 milhões de pessoas, garantindo números maiores inclusive que o período anterior à pandemia.

A tradição, a cultura, a cozinha e o jeito único de seu povo fazem de Minas um dos dez destinos mais acolhedores do mundo, segundo o ranking global da premiação Travellers Review Awards 2021, da plataforma de reservas on-line Booking.com. É a primeira vez que uma localidade brasileira está presente na lista das Regiões Mais Acolhedoras no Mundo.

De acordo com a mesma premiação da Booking.com, Minas Gerais também abriga três das 10 regiões mais acolhedoras do Brasil. Pela lista divulgada neste ano pela plataforma, Monte Verde, no Sul de Minas, aparece em segundo lugar. Já Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, na região central, está na sétima posição. Quem fecha o rol dos locais mais acolhedores do país, no 10º lugar, é a Serra do Cipó, compreendida pelo município de Santana do Riacho, também na região central de Minas Gerais.

Leonidas Oliveira ressalta que todos esses resultados vêm de muito esforço e trabalho, realizado em parceria do estado e municípios. “Lançamos no ano passado o programa Reviva Turismo, uma iniciativa que elenca uma série de ações baseadas na recuperação gradual do setor. Todos os resultados positivos que temos obtido nos últimos meses são reflexos desse programa, que estruturou as políticas públicas e ações feitas nos municípios que têm gerado emprego, renda e desenvolvimento para as nossas comunidades”, afirma.

Em 2022 a Secult lançou, durante um encontro com mais de 600 gestores municipais, o Ano da Mineiridade. Com o intuito de criar um sentimento de pertencimento ao território, exaltar a conjunção de características comuns, como a cozinha mineira, os dialetos, a cultura e forma de receber o turista, que é o que Minas tem de melhor.

O termo mineiridade, segundo o Leônidas Oliveira, também une, de forma transversal, a cultura e a forma de vida. “Fazer disso um sinal de autoestima e atrativo para o turismo, visando principalmente o desenvolvimento econômico e social, é o objetivo de instituir o ano da mineiridade”, salienta.

Outro grande projeto da Secult para 2022 é a Rota Via Liberdade, em comemoração ao bicentenário da Independência do Brasil. Essa será a maior nova rota turística do país. São cerca de 1.179 km atravessando os Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás, além do Distrito Federal, e reunindo 24 parques, nove patrimônios da humanidade, centenas de cachoeiras e mais de cem cidades tombadas. O lançamento oficial será no dia 12 de abril, durante evento com governadores e secretários dos três estados e do DF, além de outras autoridades.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/

Cultura

Edição de outubro da Mostrô reúne atividades gratuitas para crianças e oficina sobre a Cozinha Mineira

Feira será realizada ao ar livre, no Teatro de Arena da Biblioteca Estadual, no sábado, 23 de outubro

23 8 2021 minimostro

Para celebrar o mês das crianças e também o próprio aniversário, a Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais recebe mais uma edição da “Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz”. O evento contará com ações especiais, como um Espaço Kids dedicado aos pequenos, além de uma campanha de doação de livros infantojuvenis, histórias em quadrinhos e mangás.

A Mostrô será realizada no sábado (23/10), das 9 às 17h, ao ar livre, no Teatro de Arena da Biblioteca Estadual. A entrada é gratuita, e o acesso ao espaço se dará pela Rua da Bahia, em frente ao Instituto Izabela Hendrix. A feira é realizada pela Da Terra Gestão Cultural e tem o apoio institucional da Biblioteca Estadual de Minas Gerais, do Circuito Liberdade e da Câmara Mineira do Livro.

Na edição de outubro, serão mais de 40 expositores, fazedores de arte, cultura e gastronomia. Durante o evento, também serão lançados títulos publicados pelo Grupo Editorial Caravana, como “O sangue que rejuvenesce o Conde Drácula”, de Caio Junqueira Maciel, e “Suspiro seco, de Edgard Pereira”. As obras estarão disponíveis para venda ao longo de toda a realização da feira, e as sinopses dos livros podem ser consultadas AQUI.

Os autores também vão participar de um bate-papo com o público a respeito do processo criativo das obras, além de apresentarem um panorama da literatura mineira. A mediação do encontro, que acontece às 10h, ficará a cargo do também escritor Farrel Kautely.

Outro destaque na programação de outubro da Mostrô é o diálogo que a feira vai propor com a Cozinha Mineira. Durante o evento, o chef Danilo Simões, curador gastronômico do projeto, irá preparar na praça gastronômica pratos exclusivos inspirados em escritores mineiros. A feira irá abordar, também, um item que é essencial em qualquer cozinha mineira: o queijo. A partir das 14h, acontece a oficina “Uma viagem gastronômica através da História do queijo em Minas Gerais”.

Conduzida pela Fornaggio, a atividade irá revelar características da produção do queijo artesanal no estado, passando por diferentes regiões mineiras. Entre os temas abordados pela distribuidora, está a relação geográfica com a produção dos queijos no estado. Os participantes serão apresentados aos principais queijos mineiros e quais as melhores harmonizações para esses produtos. Para participar da atividade, é necessário realizar inscrição prévia. O link está disponível AQUI.

A programação de outubro da Mostrô reúne, ainda, aula de ioga e prática de meditação ao ar livre a partir das 9h, oferecida pela Don´Ana; oficina de técnica de decoupage, às 11h, oferecida pela Cheiros e Artes (inscrições AQUI); contação de histórias com obras publicadas pela Clássica Distribuidora e Uni Duni Editora, que será realizada entre 11h e 12h30; além de uma série de ações sobre o Outubro Rosa, movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama e a presença da DJ Fê Lins, que vai ambientar o espaço com ritmos característicos das décadas de 1960 a 1990.

A “Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz” foi idealizada para promover a diversidade cultural de nosso estado e, nos próximos meses, vai evidenciar diferentes linguagens artísticas, como artesanato, gastronomia, design e literatura. As edições ocorrerão sempre aos sábados, até o mês de dezembro. A proposta é valorizar a economia criativa de Minas Gerais ao dar visibilidade ao trabalho de artistas, produtores e trabalhadores e trabalhadoras da cultura no estado.

A Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais é um equipamento da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e integra o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte.

Serviço
Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz
Data: 23/9 (sábado)
Horário: das 9h às 17h
Local: Teatro de Arena da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais
Endereço: Entrada pela Rua da Bahia, sem nº.
Informações e inscrições para oficinas: Instagram: @mostrobh
Entrada gratuita

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/