Tag Archives: estações

Cidades

CORINTO E JOAQUIM FELÍCIO, NA REGIÃO CENTRAL DE MINAS GERAIS, SÃO DESTAQUES DO PROGRAMA ESTAÇÕES, DA REDE MINAS, NESTA TERÇA (18)
Corinto – divulgação Rede Minas

Quem segue, hoje, de Corinto a Joaquim Felício, na região central de Minas Gerais, percorre cerca de 85 quilômetros pelas estradas que cortam o estado. Décadas atrás, esse o trecho era feito, também, pela linha do trem. A travessia facilitava a mobilidade e alimentava a economia. Essa realidade hoje é apenas cenário nesses municípios, onde os casarões que abrigavam as estações continuam erguidos – alguns em bom estado. A equipe da Rede Minas visitou esses municípios e vai mostrar as histórias que nasceram com os trilhos no programa Estações, nesta terça (18).

O apito da locomotiva chegou em Corinto em 1906. A Estação Central alimentava vários ramais, como Diamantina, do Trem do Sertão, e Pirapora. O terminal servia para o embarque e desembarque e, também, abrigava uma escola técnica profissional. A carga continua a passar pelos trilhos, mas a estação foi desativada na década de 90. A situação freou o desenvolvimento econômico na época, que procurou outra via e encontrou no garimpo uma opção. Essa atividade rendeu à cidade o título de “terra dos cristais”. Ainda no município, a equipe visitou a estação “ Osório de Almeida”. Diferente da plataforma central, o que restou da estrutura foram escombros, mas as histórias continuam fortes e são lembradas pelos moradores e antigos ferroviários na atração.

Joaquim Felício – divulgação Rede Minas

Seguindo os trilhos do antigo trem do sertão, que tinha como destino final a cidade de Monte Azul, a equipe mostra a estação de Joaquim Felício, inaugurada em 1921. Construída muitos anos antes, o local continua bonito e bem conservado. O grande pátio hoje abriga feiras e várias festas. A cidade está rodeada pela Serra do Cabral, uma beleza natural muito imponente e importante para o turismo local.

O Estações vai ao ar nesta terça (18), às 20h, pela Rede Minas. O público também confere a atração no site da emissora: redeminas.tv.

A nova temporada do “Estações” faz parte da programação “Gerais+Minas”, da Rede Minas. O projeto da Empresa Mineira de Comunicação (EMC) contempla diversas ações de municipalização da programação das emissoras de comunicação do estado para mostrar a variedade da cultura, culinária, história, arte e natureza em Minas Gerais. A Empresa Mineira de Comunicação é vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult – MG). Mais informações no site geraismaisminas.mg.gov.br.

Serviço:
Estações – 3ª temporada
Corinto e Joaquim Felício
Data: terça-feira (18), às 20h, pela Rede Minas e pelo site da emissora: redeminas.tv

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431

Cidades

CURVELO É O PRÓXIMO DESTINO DO PROGRAMA ESTAÇÕES, DA REDE MINAS, NESTA TERÇA (11)

As antigas estações de trem são apresentadas na atração

Curvelo 12 – divulgação Rede Minas

Trem para mineiro tem um significado especial. Para a população de Curvelo, ele é tão importante que a estação ferroviária, de 1905, foi construída antes dos trilhos passarem. Considerado “portal do sertão”, o município foi chamado por Guimarães Rosa como “capital de minha literatura”. O Estações, da Rede Minas, foi até o local e mostra o complexo ferroviário que se transformou em um centro cultural, além de outros atrativos. O programa vai ao ar nesta terça (11), às 20h.

Curvelo, na região central de Minas Gerais, foi fundada em 1875, mas a história do município começa bem antes. A terra habitada por indígenas se tornou ponto de passagem de portugueses que por ali ficaram. A chegada do trem abriu as portas da cidade para modernização e a tornou conhecida como “terra do ouro branco”, devido à produção de algodão. O programa Estações visitou o Museu Municipal da cidade e mostra um pouco dessa rica história na atração. O local, que faz parte do antigo complexo ferroviário, também mantém um acervo com objetos dos tempos áureos da estrada de ferro.

O embarque e desembarque de passageiros e cargas acabou, mas o movimento continua no lugar, que agora é patrimônio e se tornou referência cultural e turística. O conjunto da estação ferroviária também conta com outros dois prédios e um casarão. O local é palco de diversas festividades, como o tradicional Forró de Curvelo. Por trás dessa estrutura conservada, o programa ainda relembra a presença da ferrovia na cidade e o impacto que os trilhos trouxeram para o município.

artesã Maria Teresinha de sales – divulgação Rede Minas

A equipe da Rede Minas também esteve na comunidade rural Mascarenhas. Ali está outra antiga estação que ligava o homem do campo à modernidade. A preservação é o objetivo dos moradores e da prefeitura, que negociam a cessão do prédio junto ao Dnit. Enquanto isso não ocorre, o sonho de ver a antiga estação restaurada está parado no tempo. Entretanto, as paredes se mantêm erguidas e as portas vigiadas pelos próprios moradores, que nutrem uma relação afetiva com o lugar. São eles que, emocionados, contam essa história no programa.

O Estações vai ao ar nesta terça (11), às 20h, pela Rede Minas. O público também confere a atração no site da emissora: redeminas.tv.

Curvelo – Basílica de São Geraldo – divulgação Rede Minas

A nova temporada do “Estações” faz parte da programação “Gerais+Minas”, da Rede Minas. O projeto da Empresa Mineira de Comunicação (EMC) contempla diversas ações de municipalização da programação das emissoras de comunicação do estado para mostrar a variedade da cultura, culinária, história, arte e natureza em Minas Gerais. A Empresa Mineira de Comunicação é vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult – MG). Mais informações no site geraismaisminas.mg.gov.br.

Serviço:
Estações – 3ª temporada
Curvelo
Data: terça-feira (11), às 20h, pela Rede Minas e pelo site da emissora: redeminas.tv

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431

Cultura

CORDISBURGO É O DESTINO DO PROGRAMA ESTAÇÕES, DA REDE MINAS, NESTA TERÇA (04)

Programa segue a linha do trem para mostrar cidade que foi cenário de diversas obras de Guimarães Rosa

Cordisburgo – divulgação Rede Minas

Nos vagões que cortavam os trilhos em Cordisburgo, na região central de Minas Gerais, passavam pessoas, minério, gado e até dinheiro. A locomotiva transportava, também, sonhos e muitas histórias. Tudo isso ficou impresso nas obras de Guimarães Rosa e enraizado nas lembranças dos moradores e na cidade. O programa Estações, da Rede Minas, foi até o local e apresenta os ‘causos’ e belezas do município no episódio desta terça (04), às 20h.

A atração mostra moradores e antigos ferroviários que compartilham lembranças do local que ainda se mantêm vivas em Cordisburgo e atraem turistas. Essas recordações também foram importantes para Guimarães Rosa, que nasceu em 1908, quatro anos depois da inauguração da estação, já com a locomotiva passando a todo vapor. O menino que se tornaria um ícone da literatura acompanhava o ir e vir da estação da janela do seu quarto, onde hoje está o Museu Casa Guimarães Rosa. O trem foi retratado em diversas das suas obras. Acompanhar os trilhos dessa história apresentada no programa é viajar para o sertão com parada obrigatória na obra roseana.

Guimarães Rosa – divulgação Rede Minas

Cordisburgo vem do alemão e do latim e significa “cidade do coração”. O programa mostra, também, outros atrativos que fizeram o município merecer o nome. O Estações vai ao ar nesta terça (04), às 20h. O público confere a atração pela Rede Minas ou pela internet, nesse mesmo horário, no site da emissora: redeminas.tv.

A nova temporada do “Estações” faz parte da programação “Gerais+Minas”, da Rede Minas. O projeto da Empresa Mineira de Comunicação (EMC) contempla diversas ações de municipalização da programação das emissoras de comunicação do estado para mostrar a variedade da cultura, culinária, história, arte e natureza em Minas Gerais. A Empresa Mineira de Comunicação é vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult – MG). Mais informações no site geraismaisminas.mg.gov.br.

SERVIÇO:

Estações – 3ª temporada
Cordisburgo
Data: terça-feira (04), às 20h, pela Rede Minas e pelo site da emissora: redeminas.tv

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431

Cidades

A HISTÓRIA DE ARAÇAÍ (MG) É REVELADA SEGUINDO OS TRILHOS DO TREM NO PROGRAMA ESTAÇÕES, DA REDE MINAS, NESTA TERÇA (28)
Araçaí – Divulgação Rede Minas

Araçaí, na região central de Minas Gerais, foi o último destino de João Guimarães Rosa na viagem pelo sertão mineiro que inspirou o romance “Grande Sertão: Veredas”. A travessia aconteceu 80 anos depois do início do povoado. O local, que serviu de inspiração para o célebre escritor, teve sua história marcada pela linha do trem e esse é o ponto de partida do programa Estações, da Rede Minas. Em 1903, cerca de 30 anos depois da chegada dos primeiros habitantes, a maria-fumaça, da “Estação de Ferro Central do Brasil”, apitava no lugarejo, trazendo gente, cartas, mercadorias e o progresso. A atração presenteia o público com uma viagem no tempo nesta terça (28), às 20h.

A escritora Marília Pereira Soares Rocha, coautora do livro “Araçaí – Pedacinho do Paraíso”, é uma das entrevistadas do programa. É na Estação de Ferro de Araçaí, patrimônio municipal, que ela revela a história e as curiosidades que tornam o local ainda mais fascinante. O programa ainda traz depoimentos de ferroviários que participaram desse enredo e ainda mostra a Estação Carvalho de Almeida, que abrigou, no seu entorno, os primeiros trabalhadores que serviram às locomotivas.

Marília Pereira Soares Rocha – divulgação Rede Minas

O “Estações” vai ao ar nesta terça-feira (28), às 20h, e mostra Araçaí, município localizado na região central de Minas Gerais e que faz parte do circuito turístico Guimarães Rosa. O público confere a atração pela Rede Minas e pela internet, nesse mesmo horário, no site da emissora: redeminas.tv

A nova temporada do programa faz parte do “Gerais+Minas”, da Rede Minas. O projeto da Empresa Mineira de Comunicação (EMC) contempla diversas ações de municipalização da programação das emissoras de comunicação do estado para mostrar a variedade da cultura, culinária, história, arte e natureza em Minas Gerais. A Empresa Mineira de Comunicação é vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult – MG). Para mais informações, acesse o site geraismaisminas.mg.gov.br.

SERVIÇO:
Estações – 3ª temporada
4º Episódio – Araçaí
Data: terça-feira (28), às 20h, pela Rede Minas e pelo site da emissora: redeminas.tv

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
+55 31-3254-3431

Cidades

POÇOS DE CALDAS SOB OS TRILHOS NO “ESTAÇÕES”, DA REDE MINAS, NESTA TERÇA (14)

Programa desembarca no sul de Minas para resgatar as memórias da linha do trem

Estações – Poços de Caldas 20 – divulgação Rede Minas

Seguindo os caminhos das antigas locomotivas de Minas Gerais, o programa Estações, da Rede Minas, segue pelo sul do estado. A equipe da emissora pública mineira desembarca na estação Poços de Caldas e mostra algumas das belezas da cidade para o público, nesta terça (14). A cidade, que já foi distrito de Caldas, hoje ultrapassa mais de 160 mil habitantes. Muitos chegaram ali pelo trem, na estação inaugurada em 1886. O ramal, administrado pela Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, proporcionou o desenvolvimento da região com o deslocamento de pessoas, escoamento de produtos e minério.

O Estações apresenta, também, atrativos do município. As famosas águas medicinais de Poços de Caldas são um convite para os turistas da região. As termas são antigas e receberam a visita de Pedro II, que partia de Petrópolis, no Rio de Janeiro, para a cidade mineira em busca das águas curativas. O imperador foi presença ilustre na inauguração da ferrovia do município. No programa, o professor Hugo Pontes conta essa e algumas das histórias da estação ferroviária. O programa ainda traz entrevistas com moradores e antigos funcionários da linha férrea, que resgatam memórias da época das locomotivas, falam sobre o funcionamento e revelam curiosidades.

O “Estações” vai ao ar nesta terça-feira (14), às 20h. O público confere a atração pela Rede Minas ou, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv. A nova temporada do programa faz parte do “Gerais+Minas”, da Rede Minas. O projeto da Empresa Mineira de Comunicação (EMC) contempla diversas ações de municipalização da programação das emissoras de comunicação do estado para mostrar a variedade da cultura, culinária, história, arte e natureza em Minas Gerais. A Empresa Mineira de Comunicação é vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult – MG). Para mais informações, acesse o site geraismaisminas.mg.gov.br.

SERVIÇO:
Estações – 3ª temporada
2º Episódio – Poços de Caldas
Data: terça-feira (14), às 20h, pela Rede Minas ou pelo site da emissora: redeminas.tv

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
(31)3254-3431