Tag Archives: empretec

Educação

Sebrae ajuda a extrair oportunidades da crise no mercado

A equipe da Revista Viva Minas conversou com o consultor regional do Sebrae Minas, João Roberto Marques Lobo, que respondeu perguntas relacionadas aos pequenos e microempresários, e como o Sebrae os auxilia nesse momento tão delicado. João abordou também como eles podem alavancar o seu negócio durante a pandemia do coronavírus.

De que maneira a pandemia mais afetou os pequenos empresários?

Os pequenos negócios foram bastante afetados, em menor ou maior escala, dependendo do segmento em que atuam. Isso não significa que houve uma “quebradeira” geral. Muitos se adaptaram a esse momento e, em algumas situações, obtiveram grandes melhorias. Como exemplo, temos as pequenas empresas do setor de alimentação que ainda não tinham trabalhado com delivery e foram “forçadas” a fazê-lo. Muitas obtiveram bastante sucesso, pois acabaram se preparando e conquistaram mercado nesse período crítico.  Outras, menos preparadas, pioraram a situação anterior à pandemia. Em resumo, houve impacto nas pequenas empresas, mas o contexto atingiu de forma distinta cada uma, de acordo com a forma como elas reagiram e absorveram os novos conhecimentos.

O que fazer para minimizar o impacto financeiro que as empresas vêm sofrendo devido à pandemia?

A melhor forma de as empresas vencerem esse desafio é obterem novos conhecimentos que, em alguns momentos, transformam-se em inovação. O momento exige novos olhares para o ambiente de negócios, para compreender como as empresas precisam se adaptar. Como cada setor sofreu impactos de forma distinta, é importante entender as particularidades e não pegar situações genéricas, que envolvem outros segmentos que se comportaram de maneira diferente.

As vendas online têm sido uma boa saída para micro e pequenos empresários?

As vendas online já estão no radar das pequenas empresas há muito tempo. É visível o crescimento mesmo antes da pandemia. O que ocorreu a partir do início do ano passado foi uma aceleração das empresas em busca desse canal de vendas. O problema é que muitas entram despreparadas não só nas vendas virtuais, mas também na forma como usam as mídias sociais para divulgarem seu produto. E isso tem provocado um efeito negativo na experiência do cliente, a ponto de as empresas perderem mercado.

Como o Sebrae ajuda e incentiva os empreendedores de Minas Gerais?

Trabalhamos com diversas frentes junto ao empresário. Claro que, no momento da pandemia, usamos algumas estratégias mais direcionadas, como a implantação de protocolos de segurança pelas empresas. Outro trabalho forte foi a parceria com algumas instituições financeiras para o uso do FAMPE, que é um fundo de aval do Sebrae para que as pequenas empresas possam pegar empréstimos com maior facilidade e, em alguns casos, com menores taxas. Temos uma unidade instalada em Barbacena, onde funcionamos de segunda a sexta, e ainda contamos com o atendimento remoto pelo nosso site (www.sebremg.com.br) ou pelo 0800-570-0800.

Muitos empresários tiveram queda no faturamento. Como o Sebrae minimiza isso?

Em várias situações, a redução do faturamento é consequência de uma gestão empresarial deficiente. O faturamento indica que a empresa tem problemas e que é necessária uma análise maior por um especialista para entender qual a causa dessa queda. Por isso, sempre fazemos diagnósticos no intuito de personalizar o atendimento e buscar as correções devidas. Temos um programa chamado “Sebrae na Sua Empresa”, em que deslocamos um profissional para fazer uma leitura de algumas temáticas ligadas à pequena empresa e, assim, propor soluções adequadas.

Texto: Nathália Coelho