Tag Archives: dores de campos

Cidades

Conheça Minas Gerais – Dores de Campos

“terra do fazer artesanal em couro”, tendo se tornado referência nacional e internacional na “especialidade da casa” que é a fabricação de selas e acessórios de montaria, além da fabricação artesanal de bolsas, pastas, malas, carteiras, calçados, cintos e objetos decorativos ali são produzidos por mãos habilidosas que dominam essa arte. Mas, essa produção, que teve início em 1835, foi crescendo com o lugar e logo ganhou qualidade e fama. Dores de Campos tem suas origens nas fazendas dos Campos das Vertentes que abasteciam a área da mineração com gêneros alimentícios no século XVIII. Mas, foi o Arraial da Patusca, surgido no século XIX, que deu origem ao município em dezembro de 1938, foi elevado à categoria de cidade com o nome em homenagem à Padroeira, Nossa Senhora das Dores.

Hoje, a produção e o comércio de artigos de couro movimentam a economia desta acolhedora cidade. Praticamente, quase toda a população se ocupa dessa atividade. São várias as selarias que empregam boa parte da população e é comum encontrar a atividade, sendo realizada pelos moradores, no quintal da maioria das casas de Dores, produzindo selas e acessórios de todo tipo: rédeas, estribos, baixeiros, freios, cabrestos, barrigueiras, peitorais, mantas, etc. É uma verdadeira alegria para os amantes da moda country e adeptos do Turismo Rural. A Lira Nossa Senhora das Dores é um precioso patrimônio artístico da cidade. Na paisagem urbana, destaca-se a Matriz de Nossa Senhora das Dores.

ATRAÇÕES NATURAIS EM DORES DE CAMPOS

Cachoeira Borbulhão
Cachoeira Borbulhão
Cachoeira de fácil acesso e próxima ao centro da cidade.

Paróquia Nossa Senhora das Dores

Paróquia Nossa Senhora das Dores

A Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores teve sua construção iniciada em 1897, no mesmo local da primitiva capela da localidade. Embora com alguns elementos de interesse artístico-arquitetônico, é significativa por apresentar um marco da evolução da cidade. O sentimento religioso do povo e as dificuldades encontradas para a prática em comum dos atos religiosos, fizeram nascer a ideia da construção de uma capela filial à Matriz de Prados, sede da freguesia.

Memorial Figueira Encantada

Memorial Figueira Encantada

O memorial da Figueira Encantada busca preservar para gerações futuras, a importância histórica que a figueira teve para o município. O troco imortalizado pelo memorial preserva a memória da exuberante árvore com copa frondosa, que viu essa cidade nascer e se desenvolver, que vários romances nasceram e romperam sob sua sombra, e assim, compreendam o porquê cantamos a Figueira em nosso hino e porque ela estampa nosso brasão. O presente de hoje, contempla o amanhã.

Cruzeiro

Cruzeiro

O monumento construído no alto do morro de modo a se posicionar de frente para a torre da Igreja Matriz, em sinal de comunhão entre os dois símbolos religiosos, além do uso religioso, o cruzeiro também constitui local de lazer e contemplação para os dorenses. É comum famílias se reunirem e realizarem piqueniques com as crianças no morro do cruzeiro em função da bela vista que o mesmo proporciona.

Memorial do Tropeiro

Memorial do Tropeiro

Memorial do Tropeiro de Dores de Campos agradece e homenageia a todos os tropeiros, que ajudaram no desenvolvimento e crescimento da cidade, que hoje ostenta o título de “Capital Estadual das Selarias”. A história nos conta que eram muitos meses longe de casa, levando para todo o Brasil, as selas e artigos de montaria aqui fabricados. A atividade econômica predominante em nosso município há muitos anos, e difundida através dos tropeiros, alcança hoje, um grande volume de vendas, proporcionando o desenvolvimento local.

Fonte: https://www.minasgerais.com.br/

Cidades

A Arte da Selaria em Dores de Campos Minas Gerais!

Cerca de 150 anos atrás, os tropeiros que viviam em Minas Gerais em busca de maior conforto em suas viagens pelo estado, começaram a fazer arreios, selas, para montar o animal antes de seguir para longas viagens.

O ofício foi se profissionalizando com o passar dos anos e hoje é a maior fonte de renda do município mineiro, que leva sempre um toque de arte tornando cada peça única. Cerca de 85% da população de Dores de Campos vive da confecção de artigos de montaria e trabalho do couro.

No município há aproximadamente 80 selarias, algumas formais com CNPJ, outras em casa, que em sua maioria contam com a mão de obra de toda a família, que desde cedo aprende logo a arte que envolve a selaria.

Por vários anos, é pólo de produção de artigos em couros como: roupas, calçados e principalmente selas, conhecida oficialmente desde 12/12/2017  como “Capital Mineira da Sela”. A cidade ganhou esse título oficial através da Assembléia Legislativa de Minas no ano de 2017, por meio do PL 2.951/2015 de autoria do Ex- Deputado Estadual João Alberto, que concede o título à cidade.

Após reforçar ainda mais sua arte e vocação nos artigos em couro, Dores de Campos é uma cidade que recebe visitantes durante o ano todo, tendo a arte da selaria como seu principal atrativo turístico. Com a criação da Feira do Artesanato e Indústria de Dores de Campos – FAIDEC, os produtos artesanais em couro da cidade passaram a ter maior divulgação, impulsionando a economia local, fortalecendo a exportação dos artigos em couro.

Se você busca qualidade, uma sela bem bonita, roupas ou calçados, precisa conhecer Dores de Campos, a Capital Mineira da Sela, que também é referencia nacional e até mundial na produção artesanal de couro de alta qualidade. Nosso estado é extremamente diverso e não faltam opções para se conhecer, desse modo fortalecemos nossa economia regional e promovemos as belezas de Minas para o mundo!

Praça José Justino, em Dores de Campos – MG
Fonte: http://www.minasgerais.com.br/pt/apoio/dores-de-campos/praca-jose-justino

Outros

Temos o prazer de entregar a você a edição 15!

“A verdadeira coragem é ir atrás de seus sonhos mesmo quando todos dizem que eles são impossíveis.”
Cora Coralina

O lançamento de cada número da revista é sempre algo a ser saudado com entusiasmo. E, desta vez, decidimos ousar e fazer uma edição diferente — com duas capas.

Vale ressaltar que, com circulação em 16 cidades mineiras, sempre trazemos novas parcerias. Trata-se de contribuições positivas para a construção de novos conhecimentos e, também, para a divulgação do resultado de um esforço que, muitas vezes, fica restrito a poucos.

Por isso, nesta 15ª edição, mais parceiros são os protagonistas. A British and American School, que está na capa, já se faz presente no mercado há quase 23 anos. Tem um leque de cursos que abrange todas as faixas etárias, tratando seu aluno como um verdadeiro melhor amigo. Também na capa, a CJR Contabilidade traz tudo sobre os serviços prestados pelo contador Carlos e seus colaboradores, de forma eficiente e com qualidade.

E as novidades não param por aí. A revista está repleta de informações valiosas e boas práticas, como a moda sustentável, mostrando que é possível renovar o visual sem se entregar ao consumismo desenfreado.

Também conversamos com a blogueira e influencer Lili Veloso, que assina o Correio Fashion, sempre atenta às questões humanitárias, sociais e ambientais, buscando encorajar e empoderar suas seguidoras.

Achou que estávamos nos esquecendo do turismo mineiro? Nunca! Você também vai encontrar várias dicas de passeios e hospedagens em Monte Verde, Carrancas e São Lourenço.

Entre tantos outros temas importantes como saúde, esporte e tecnologia, você, leitor, certamente terá ótimos momentos de leitura e vai se surpreender com tudo o que preparamos com tanto carinho e dedicação. Não é à toa que, agora, até o Mercado Central de Belo Horizonte é um dos nossos pontos de distribuição de exemplares!

Desejo a todos uma ótima leitura!

Clarisse Alves
Editora Viva Minas
(32)9.8864-5127 / (31)9.9968-3073
clarisse@vivaminas.com.br

Para ler a 15ª edição online clique https://vivaminas.com.br/15a-edicao/


Notice: Undefined variable: categoria in /home/vivaminas/www/wp-content/themes/vivaminas/content.php on line 26

Revista Viva Minas – edição 14

Enfim, pronta!

Já são 14 edições, 8 anos de trabalho, muito aprendizado, aperfeiçoamento, amadurecimento e GRATIDÃO!

A cada nova edição encaro novos desafios, conheço pessoas, lugares, e me encanto. Leitores, anunciantes, colaboradores… Todos os que, de alguma forma, continuam me incentivando e emanando boas energias, como a nova colunista e colaboradora Aline Cristina — um ser iluminado — de Conselheiro Lafaiete, com o conhecimento do coach Fábio Cruz (fabiocruz.me) e a força e carinho dos amigos, familiares e do André.

A edição 14 está recheada de conteúdo que corresponde à toda essa positividade. Para começar, traz um especial sobre turismo, para que você conheça um pouco mais sobre os municípios em que circulamos, além de Catas Altas e a Rota do Café, em São Lourenço.

Também demos um pulinho ali na capital mineira, Belo Horizonte. E os nossos jornalistas se empenharam para trazer ótimas experiências e entrevistas com profissionais excelentes na área de saúde e, ainda, para lhe fazer degustar o sabor do 3º melhor mercado do mundo, o Mercado Central.

Na capa, nossa querida coach Aline, junto aos seus parceiros Anne e Rafael, fala sobre o desejo de se tornar um líder funcional, vendo no empreendedorismo a possibilidade de se trabalhar com aquilo que realmente se gosta. Nas demais páginas, é possível navegar também por outros assuntos, como esporte, música, direito e muito mais.

Enfim, muito conteúdo de qualidade e jornalismo responsável — é isto que a equipe Viva Minas traz para você, leitor. O compromisso com cada um de vocês é a nossa fórmula de sucesso! Termino ainda dizendo uma frase de Frank Clark, que faz todo o sentido para nossa caminhada em todas essas edições:

“Se você encontrar um caminho sem obstáculos, ele provavelmente não o levara a lugar nenhum.”

Aventure-se e boa leitura!

 

Clarisse Alves

Editora Viva Minas

clarisse@vivaminas.com.br

(32)9.8864-5127 / (31)9. 9968-3073

 

 

 

Cultura

Conheça o trabalho dos Cavaleiros da Cultura. Eles estão passando pela região!

01

 

Um milhão de livros doados ao longo de dez mil quilômetros percorridos. Os números, estratosféricos, que serão atingidos até o final deste ano, fazem parte da filosofia de vida de um grupo de homens e mulheres, que, a cavalo, já percorreram 150 cidades mineiras. Na bagagem, o sonho de transformar as vidas de crianças encontradas pelo caminho por meio da leitura. Conhecidos como Cavaleiros da Cultura, há dez anos, cumprem essa nobre missão, cuja edição 2018 teve início nesta sexta-feira (29/06). Desta vez, a tropa irá percorrer os 260 quilômetros, que separam o município de Santa Cruz de Minas, na região do Campo das Vertentes, até Rio Novo, na Zona da Mata, berço da iniciativa.

Tiradentes, Dores de Campos, Alfredo Vasconcelos, Senhora das Dores, Desterro do Melo, Mercês e Rio Pomba são alguns dos lugares por onde a caravana, composta por cinco cavaleiros, irá passar, visitando escolas da rede municipal para a distribuição de mais 15 mil livros. “O objetivo principal do nosso trabalho é levar uma perspectiva de um futuro melhor às crianças. Conhecimento ninguém tira. E nós atuamos para proporcionar isso”, destaca Carlos Oscar Niemeyer, presidente da Associação Cavaleiros da Cultura e idealizador do projeto.

Segundo Carlos Oscar, esse sonho nasceu do contato que ele tinha com o avô, o arquiteto Oscar Niemeyer, tido como uma das figuras-chave no desenvolvimento da arquitetura moderna brasileira. Ele pontua que, além das cavalgadas culturais, o grupo tem uma casa de leitura, em Rio Novo, que desenvolve trabalhos, como oficinas de leitura, para crianças e adultos durante o ano inteiro. “Vamos lançar para o segundo semestre deste ano uma oficina de escritores para trabalhar com crianças e lançar, no final do ano, uma publicação com seus escritos”, adianta o idealizador.

Dores de Campos

Os Cavaleiros da Cultura chegaram no Parque de Exposição de Dores de Campos nesse domingo (01/07) e na segunda-feira (02/07) terão um encontro com os alunos da Escola Municipal Randolfo Teixeira onde os livros serão distribuídos gratuitamente. “É um trabalho muito bonito e importante que os Cavaleiros da Cultura fazem. Além de apoiar esta iniciativa, a nossa administração abriu as portas de Dores de Campos para que eles possam entregar os livros para os nossos estudantes”, destacou o prefeito Marcílio Cotta (MDB).

 

 
Fonte: barrosoemdia.com.br

Carros & Motos

Encontro de Carros Antigos acontece neste fim de semana em Dores de Campos

hqdefaultNeste domingo(24) Dores de Campos recebe, a partir das 8h, na Praça Figueira, o 5° Encontro de Carros Antigos da cidade, realizado pela Antigomobilistas de Dores de Campos (ADC).

O evento contará com exposição de veículos dos mais variados estilos e épocas, fora outras atrações como o show da Banda Soul Seek e o sorteio de brindes para os participantes, incluindo baterias, aparelho de som com USB, capa para veículos, tapete de borracha, produtos de estética automotiva e muito mais.

Para os expositores, a taxa de inscrição é de R$ 25, com café da manhã e troféu inclusos. Lembrando que os troféus serão apenas para os 100 primeiros inscritos. Além disso, serão aceitos somente veículos antigos com 25 anos ou mais de fabricação e que estejam em condições de serem expostos. O dinheiro arrecadado será destinado a Apae do município.

Para mais informações: (32)99904-2631/(32)99966-5777

 

Fonte: barrosoemdia.com.br

Turismo & Lazer

Festa do Tropeiro de Dores de Campos – confira a programação

Tropeiro-768x403-1-696x365

 

Com o apoio da Prefeitura Municipal, os organizadores da Festa do Tropeiro de Dores de Campos confirmaram a programação oficial do evento, que será realizado no dia 12 de agosto, no Espaço Cultural da Figueira Encantada. Neste ano, muitas novidades serão apresentadas ao público, como o café da manhã e a Retreta da Sociedade Musical São Sebastião.

Os homenageados deste ano serão:

Antônio Rodrigues Pereira, o popular Bestage: Representando o Tropeiro dorense.

Landir Belchior (em memória): representado por Giordania Raquel Belchior e Lília Betânia Cardinali Belchior.

Carlos Magno Malta, o popular Carlinhos: Representando os comerciantes e empreendedores dorenses (seu pai e tios).

Programação completa:

6h: Abertura do Evento, com aquele cafezinho para os que se aventurarem a acordar bem cedo.

10h: Abertura oficial do evento, com o hasteamento das bandeiras pelas autoridades do município.

11h: Horas: Será servido tira-gosto (enquanto se prepara o Feijão Tropeiro).

12h: Horas: Show com a sanfoneira Letícia Coimbra.

13:30 h:  Será servido o Feijão Tropeiro e chegada da tropa e comitiva de Prados (Nivaldo e família) e os animais do Rancho Tropeiro (Camaleão) e de sua comitiva de Dores de Campos.

14h: Horas: Show com a Banda Fax.

15:30 h: Show com a banda Convicção Sertaneja.

17h : Show com Yago Viana.

18:30 h: Encerramento do evento, em respeito ao início da Santa Missa e, em seguida a Retreta em homenagem ao Dia dos Pais com a Sociedade Musical São Sebastião.

Informações Portal Dores de Campos