Tag Archives: confraternização

Outros

Etiqueta para confraternização corporativa em tempos de pandemia

Na confraternização presencial da sua empresa, atente-se aos princípios da etiqueta corporativa a fim de adequar o seu comportamento ao contexto, mantendo o equilíbrio entre a descontração, a formalidade e o respeito às normas sanitárias.

Dicas de etiqueta: Como se comportar na confraternização da empresa

Etiqueta para confraternização? Como falar deste assunto em meio a uma pandemia, justamente no momento em que estamos presenciando uma segunda onda de novos casos? Sim, parece um pouco desconexo. Talvez, a etiqueta mais conveniente e consciente neste caso seria realmente evitar encontros e comemorações.

Entretanto, sabemos que esta é a época do ano em que mais nos reunimos. Sejam encontros entre amigos, familiares ou entre colegas de trabalho para a tradicional “festa da empresa”. Fechar um ciclo anual com uma festividade com a equipe de colaboradores é uma forma de agradecer ao empenho de todos. É um momento de descontração que influencia positivamente e suaviza a formalidade das relações diárias.

Tais encontros festivos são uma oportunidade para estreitar relacionamentos pessoais e profissionais, exercitando o networking com os colegas e também com os superiores hierárquicos. Não há dúvidas de que essa é uma comemoração importante para as boas relações no ambiente empresarial. Mas, talvez nesse ano, a celebração seja um pouco diferente.

Confraternização virtual? Sim, é uma opção

Os encontros mediados pelos recursos digitais têm sido uma realidade em todos os aspectos, temos consultas médicas virtuais, reuniões online, teleperícia. Assim, é bem provável que nossa confraternização empresarial também seja virtual.

Essa opção é uma medida cautelosa louvável, afinal estamos em um cenário em que se exigem cuidados. Se a sua empresa aderir a esse formato, a presença no encontro comemorativo é primordial. Vista-se adequadamente e deixe sua câmera ligada. Participe de todas as dinâmicas proposta no decorrer do evento. Certamente, haverá discurso da diretoria da empresa, neste momento preste atenção ao que é dito e mantenha seu microfone desligado. Prepare-se para este encontro, evitando interrupções e atropelos. Reencontrar colegas de trabalho em um clima de confraternização, mesmo à distância, traz uma energia positiva que fortalece e estreita laços.

A empresa decidiu por uma confraternização presencial

Diante do cenário pandêmico, as empresas que optarem por realizar a festa de fim de ano deve atentar-se ao cumprimento rigoroso das recomendações sanitárias; algumas das quais até já se tornaram habituais, mas não custa nada relembrar:

  • realizar a confraternização em espaços abertos e ventilados;
  • manter o distanciamento social;
  • exigir o uso de máscaras;
  • respeitar o espaçamento entre mesas;
  • disponibilizar álcool 70% na entrada do evento e nas mesas;
  • intensificar limpeza e desinfecção das superfícies mais tocadas, como corrimãos;
  • dedicar atenção e cuidado extras com a higienização dos banheiros e áreas comuns.

A fim de se evitar aglomerações, um ponto muito importante a se destacar é que tais festividades são recomendadas para empresas que possuem um pequeno (bem pequeno mesmo!) número de colaboradores. Para corporações com um quadro funcional representativo, o ideal é substituir a confraternização por outro tipo de comemoração. Seja um encontro virtual ou o envio de algo simbólico para os colaboradores em agradecimento pelo esforço e dedicação à empresa.

Em caso de evento presencial, posso não me fazer presente?

Caso a empresa opte pelo evento presencial, cabe ao colaborador decidir quanto à sua presença. Em uma situação normal, a participação do funcionário na confraternização corporativa é fundamental, para não dizer essencial. Certamente, essa seria a minha recomendação. Entretanto, para esse ano de 2020, essa regra não vale. Diante do atual cenário, é perfeitamente aceitável declinar o convite. Caso você tenha algum problema de saúde, ou resida com alguém que tenha, ou simplesmente não se sinta seguro em participar do encontro, explique seus motivos ao seu superior hierárquico. Não se sinta constrangido, pois a etiqueta atual requer a compreensão e o respeito a esta postura.

Vou participar da confraternização presencial, devo atentar-me a quê?

Agora, se o colaborador decidir ser um partícipe da comemoração, saiba que deve observar e cumprir todos os protocolos de segurança indicados, prezando assim pela sua saúde e também dos demais. Fazendo-se presente à festa, lembre-se de atentar-se ao seu comportamento, mantendo o equilíbrio entre a descontração, a formalidade e o respeito às normas sanitárias. Sua postura profissional é observada e avaliada, independentemente do local em que ocorra a comemoração. 

Atentar-se a alguns pormenores aparentemente triviais é fundamental para construir e, sobretudo, preservar a boa imagem de um profissional. A forma de se vestir e de se dirigir aos colegas, os assuntos abordados, o volume de voz e o comportamento adotado são alguns detalhes que devem ser observados e cuidados.

Acessórios de proteção individual

Lembre-se de levar sua máscara e se possível um álcool. Cumprimente todos com um sorriso nos olhos. Evite contato físico. Respeite a distância necessária.

O vestuário

A dica aqui é simples: vista-se conforme a ocasião nem para mais nem para menos. Se o evento for mais formal, opte por um traje clássico com cores neutras. Agora, caso a ocasião seja mais despojada, invista em roupas leves e confortáveis. Evite cores chamativas e muito estampadas. Excesso de acessórios e roupas decotadas ou sensuais também estão descartadas e, quanto aos homens, nada de camisas de futebol.

O horário para chegar e para sair

Pontualidade é uma forma de demonstrar respeito ao tempo do outro. Portanto, nada de chegar antes nem exageradamente depois do horário. Também não é recomendado ser o último a sair da festa.

A conversa

Cumprimente todos e demonstre interesse pelo assunto de seu interlocutor. Evite os “grupinhos” ou “panelinhas”, procure interagir com todos. Evite temas polêmicos como: política, religião e sua preferência de futebol. Falar sobre assuntos do trabalho também não é recomendado, afinal é momento de descontração. Prefira assuntos neutros e leves, tais como: música, cinema, leitura, comida, animais e hobbies.

A bebida

Evite o excesso de bebida e seja comedido e discreto na hora de beber. Consuma bebidas mais leves e em pouca quantidade. Lembre-se de que misturar o álcool com assuntos informais pode ser arriscado em um meio de trabalho.

Naturalidade

Seja espontâneo, a etiqueta empresarial serve como uma baliza para agir com prudência  e equilíbrio, entretanto não precisa ficar engessado. Aproveite esse momento de confraternização, divertindo-se e interagindo com os seus colegas, pois essas atitudes aproximam e fortalecem as relações de trabalho.

Utilize a etiqueta a seu favor e deixe uma boa impressão entre seus pares e superiores. Tal atitude contribuirá positivamente para o seu sucesso profissional.

Terezinha Ribeiro