Tag Archives: coca cola

Economia

Coca-Cola FEMSA Brasil contrata operador de produção e analista de qualidade para a fábrica da empresa em Itabirito (MG)

A Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas, está contratando analista de qualidade e operador de produção para atuação na fábrica da empresa em Itabirito (MG). As vagas estão disponíveis também para Pessoas com Deficiência (PCD) e os interessados podem se cadastrar no site trabalheconosco.vagas.com.br/femsa ou solicitar uma carta de encaminhamento no Sine de Itabirito (Praça Doutor Guilherme, 169 – Centro). Entre os principais benefícios oferecidos pela empresa, além de salário compatível com o mercado, estão assistência médica e odontológica, programa de remuneração variável, seguro de vida, vale-alimentação e vale-refeição ou refeitório na empresa (a depender do cargo).

Para o cargo de “Operador de Produção”, estão abertas duas vagas. Os profissionais contratados vão alimentar as linhas de produção com os insumos necessários, além de mantê-las limpas e organizadas para dar suporte aos técnicos de manufatura que operam as máquinas. A escolaridade mínima exigida é Ensino Médio completo.

Já para o cargo de “Analista de qualidade PL – Meio Ambiente”, o candidato precisa, de preferência, ter formação superior na área de engenharia ambiental e experiência na função. Entre as atividades a serem exercidas pelo profissional, estão gestão dos monitoramentos ambientais; condução de processos de licenciamento junto aos órgãos ambientais para obter ou renovar autorizações e licenças requeridas, coleta e validação dos dados do processo para geração dos indicadores ambientais; condução de campanhas internas relacionadas à conscientização e divulgação de ações ambientais.

A Coca-Cola FEMSA Brasil alerta que todas as suas vagas de emprego são divulgadas nos canais oficiais: Vagas.com e redes sociais Facebook e Instagram da empresa (perfis com sinal de verificado). A companhia orienta que, em caso de recebimento de informações relacionadas à empresa, a pessoa faça a checagem nos canais oficiais e não clique ou compartilhe links que possam redirecionar para sites falsos.

Sobre a Coca-Cola FEMSA

A Coca-Cola FEMSA, S.A.B de C.V é a maior engarrafadora de produtos Coca-Cola do mundo em volume de vendas. A empresa produz e distribui bebidas sob as marcas registradas da The Coca-Cola Company, oferecendo um amplo portfólio de 129 marcas para mais de 265 milhões de consumidores. Com mais de 80 mil funcionários, a companhia comercializa e vende por ano aproximadamente 3,3 bilhões de caixas unitárias por meio de quase 2 milhões de pontos de venda. Operando em 49 unidades fabris e 268 centros de distribuição, a Coca-Cola FEMSA está comprometida com a geração de valor econômico, social e ambiental para todos os stakeholders em sua cadeia de valor. A companhia é membro do Índice Dow Jones de Sustentabilidade MILA Pacific Alliance, do Índice FTSE4Good Emerging e do Índice S&P/BMV total México ESG, entre outros. Suas operações cobrem territórios no México, Brasil –onde atua há 18 anos– Guatemala, Colômbia e Argentina e, em nível nacional, na Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Uruguai e Venezuela, por meio do investimento na KOF Venezuela. Para mais informações, visite www.coca-colafemsa.com.

Fonte: Silvia Pires

Turismo & Lazer

Visita à Fábrica da Felicidade em Itabirito é opção de diversão em Minas Gerais

O tour é dividido em nove etapas, todas com interatividade e recursos de alta tecnologia.

A Fábrica da Felicidade da Coca-Cola FEMSA Brasil, em Itabirito (MG), está de portas abertas para aqueles que desejam descobrir como funciona a produção do refrigerante mais consumido no mundo.

Essa é uma boa oportunidade para adultos e crianças aproveitarem para conhecer, de maneira lúdica e interativa, a história da companhia e do processo de fabricação de bebidas. As inscrições estão abertas e as visitas —que podem ser individuais ou em grupos de famílias, instituições de ensino e organizações sociais.

O passeio inclui diversos ambientes especialmente criados para tornar a experiência única: o bar antigo, onde a bebida era vendida no século 19, o laboratório em que foi fabricada a primeira Coca-Cola, além de uma sessão de cinema 3D. No fim do passeio, que dura cerca de 2 horas, o participante “descobre” a fórmula secreta da Coca-Cola e pode degustar produtos da marca. O tour é dividido em nove etapas, todas com interatividade e recursos de alta tecnologia.

De acordo com a gerente de Comunicação Externa e Sustentabilidade da Coca-Cola FEMSA Brasil, Wanessa Scabora, a Fábrica da Felicidade em Itabirito é a segunda implantada pela empresa no Brasil. “Buscamos apresentar ao público todo o procedimento realizado dentro da Coca-Cola FEMSA Brasil e os conceitos de sustentabilidade. É uma boa oportunidade para crianças e adultos participarem dessa experiência única”, declara.

A iniciativa busca estreitar ainda mais o relacionamento com a comunidade e apresentar as iniciativas ambientais da fábrica. O projeto é mundial e foi criado para tornar as visitas às unidades ainda mais interativas e divertidas para aqueles que querem conhecer o processo produtivo.

Texto: Amanda Lira Fotos: Eric Slama

Educação

Escolas de Brumadinho, Itabirito e Nova Lima concorrem a título de melhor projeto ambiental do programa Minha Galera Faz Eco 2018

 

Coca-Cola FEMSA Brasil promove evento, no dia 28 de novembro, para definir o melhor projeto de sustentabilidade desenvolvido por alunos de escolas das cidades mineiras.”

No dia 28 de novembro, a Coca-Cola FEMSA Brasil vai revelar a equipe campeã do programa Minha Galera Faz Eco 2018. O evento de encerramento do programa será realizado a partir das 10h no Espaço Norma Brandão (Alameda das Amendoeiras, 651 – Estoril, Nova Lima) e inclui a apresentação dos projetos finalistas elaborados pelas escolas participantes. Como prêmio, a escola vencedora receberá R$ 5 mil destinados à implementação do projeto e os estudantes vão ganhar um passeio para comemorar o título.

O programa Minha Galera Faz Eco consiste em um concurso entre escolas municipais, estaduais e particulares das cidades de Brumadinho, Itabirito e Nova Lima. A iniciativa tem como objetivo disseminar a importância da preservação ambiental entre os jovens estudantes, além de fomentar a educação sustentável em toda a comunidade. Neste ano, participaram do concurso 14 instituições e o tema foi “Como a minha escola pode ser mais sustentável?”.

Entre os participantes, foram selecionados cinco projetos ambientais como finalistas. Representante do município de Itabirito, a Escola Municipal Manoel Salvador de Oliveira propõe a construção de uma praça sustentável em uma área subutilizada do colégio.

Na Escola Municipal Leon Renault, de Brumadinho, os estudantes propõem que seja realizada uma reforma na biblioteca da escola. Na mesma cidade, os alunos da Escola Municipal Carmela Caruso Aluotto apresentam a sugestão do uso de energia renovável (solar) e da continuidade do projeto de conscientização e de destinação correta dos resíduos sólidos gerados pela escola.

Em Nova Lima, os participantes da Escola Liceu Santa Maria Imaculada sugerem a produção e implementação de coletores de resíduos recicláveis e reutilizáveis na instituição. Já o Colégio Santo Agostinho (unidade Nova Lima) leva à competição a proposta de criação de um Grupo de Trabalho de Envolvimento e Iniciativa Ambiental.

Todos os alunos elaboraram cases com o objetivo de gerar benefícios diretos ao meio ambiente com impactos positivos na comunidade, município ou Estado. Eles contaram com o suporte de uma apostila preparada exclusivamente para o programa com conteúdo pedagógico que aborda a temática da conservação ambiental e sustentabilidade. No decorrer do programa, realizaram tarefas, como “quis” e desafios para promover a sustentabilidade em sua comunidade, que serviram de base para o desenvolvimento de um projeto final. Contaram, ainda, com um suporte dedicado para responder dúvidas sobre o programa.

A campeã será selecionada a partir da avaliação das propostas por um júri técnico e os critérios a serem considerados são criatividade, impacto e potencial de alcance do projeto, engajamento dos alunos e replicabilidade. De acordo com a gerente de Comunicação Externa e Sustentabilidade da Coca-Cola FEMSA Brasil, Wanessa Scabora, a meta do Minha Galera Faz Eco é levar o debate sobre sustentabilidade para além das paredes das escolas. “O programa tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do consumo consciente e a destinação correta dos resíduos, além de promover a educação ambiental nas escolas. Assim, reforçamos o compromisso da Coca-Cola FEMSA Brasil com a questão socioambiental”, afirma.

Sobre a Coca-Cola FEMSA

Coca-Cola FEMSA, SAB de C.V é a maior engarrafadora do mundo em volume de vendas. A empresa produz e distribui bebidas das marcas registradas da The Coca-Cola Company, oferecendo um amplo portfólio de 169 marcas para mais de 396 milhões de consumidores a cada dia. Com mais de 100 mil funcionários, a empresa vende cerca de 4 bilhões de caixas unitárias por meio de 2,8 milhões de pontos de venda por ano. Operando 67 fábricas e 344 centros de distribuição, a Coca-Cola FEMSA está comprometida com a criação de valor econômico, social e ambiental para todos os seus grupos de interesse em toda a cadeia de valor.

A companhia é membro do Índice de Sustentabilidade de Mercados Emergentes da Dow Jones, Índice de Sustentabilidade MILA Pacific Alliance da Dow Jones, FTSE4Good Emerging Index, dos índices IPC e de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da Bolsa Mexicana de Valores, entre outros índices. Tem operações em determinados territórios no México, Brasil, Colômbia, Argentina e Guatemala, e a nível nacional na Nicarágua, Costa Rica, Panamá, Uruguai, Venezuela e Filipinas. Para mais informações, visite www.coca-colafemsa.com.

No Brasil, a empresa está presente como Coca-Cola FEMSA Brasil em 48% do território nacional, empregando cerca de 20 mil funcionários e atendendo mais de 88 milhões de consumidores, distribuídos nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e em parte do estado de Goiás. No Brasil, são nove fábricas, 44 centros de distribuição, 24 Cross Dockings e 21 Cross Trucks, sendo a unidade de Jundiaí (SP) a maior no mundo em volume de vendas em produtos Coca-Cola.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – INTERFACE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

Délio Campos – (31) 3211-7521 / 99238-4206

Taiane Rocha – (31) 3211-7506 / 98954-4683

Amanda Lira – (31) 3211-7500

Gastronomia

Coca-Cola Brasil lança sabor Coca-Cola Plus Café Espresso em Minas Gerais

“Refrigerante misto faz parte do portfólio fixo da marca; novo sabor chega às gôndolas dos pontos de vendas mineiros no início de agosto.”

 

CC Plus Cafe Sleek 220mlA combinação perfeita de duas paixões nacionais –café e Coca-Cola– acaba de ser lançada em todo o país. Coca-Cola Plus Café Espresso, que entra para o portfólio fixo da Coca-Cola Brasil, apresenta a um mercado cada vez mais exigente em relação a qualidade e sabor uma nova experiência -com a chancela de sua marca mais antiga e icônica, mas sempre ligada nas tendências e necessidades de consumo. O novo sabor será produzido, distribuído e comercializado pela Coca-Cola FEMSA Brasil e chega às gôndolas de Minas Gerais no início de agosto.

Coca-Cola Plus Café Espresso tem a proposta de levar mais entusiasmo e sabor às diferentes atividades do dia a dia intenso em que as pessoas, em especial, os jovens, estão envolvidos hoje. “Queremos oferecer um aliado para quem vive em movimento e precisa de um gás, uma inspiração, para continuar seguindo em frente”, diz Selman Careaga, vice-presidente de Marketing da Coca-Cola Brasil. “Pesquisamos muito para chegar a um gosto bem equilibrado, inspirado no café espresso, característico de uma das mais tradicionais e favoritas formas de preparo de café no mundo”.

Com 40% a mais de cafeína em relação a Coca-Cola original, e 50% menos açúcar, a bebida reafirma o compromisso da Coca-Cola Brasil de oferecer mais opções com menos calorias. Em latinha de 220 ml, a novidade também contempla outro objetivo da empresa, que é ter embalagens menores, mais adaptáveis ao estilo de vida e à ocasião de consumo de cada pessoa.

Segundo lugar no ranking de países que mais consomem café no mundo, de acordo com a Embrapa, o Brasil será um dos primeiros países a lançar Coca-Cola Plus Café Espresso, logo depois de mercados como Japão, Austrália e Vietnã. Mas, aqui, traz uma combinação desenvolvida especialmente para o paladar brasileiro.

Coca-Cola Plus Café Espresso será comercializada em lojas de conveniência, padarias, mercearias, bancas de jornal, supermercados, hipermercados e atacados de todo o Brasil. Preço sugerido: R$2,00/R$2,50.

Lançamento já disponível no e-commerce da marca:
https://loja.cocacola.com.br/lata-coca-cola-plus-cafe-espresso-220ml/p?utm_source=RP&utm_medium=PressRelease&utm_campaign=2018-CC-Uplift&utm_content=Press-release-CC-Uplift-24-07
Sobre a Coca-Cola Brasil
O Sistema Coca-Cola Brasil é o maior produtor de bebidas não alcoólicas do país e atua em nove segmentos — água, café, chás, refrigerantes, néctares, sucos, lácteos, bebidas esportivas e bebidas vegetais — com uma linha de 213 produtos, entre sabores regulares e versões zero ou de baixa caloria. Composto por nove grupos de fabricantes franqueados, mais a parceria com Leão Alimentos e Bebidas, o Sistema emprega diretamente 53,7 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos. Em 2018, o Sistema Coca-Cola Brasil mantém o nível de investimentos do ano passado, de aproximadamente R$ 3 bilhões, e continua apostando em inovar para ampliar seu portfólio, oferecer cada vez mais opções com menos açúcar adicionado e em incentivar iniciativas que melhorem o desenvolvimento econômico e social das comunidades onde atua. A empresa trabalha para gerar impacto social e ambiental positivos. Em 2017, passou a contribuir com o acesso à água potável em comunidades rurais e de baixa renda, por meio da aliança Água+ Acesso. Em reciclagem, a empresa tem o objetivo de ajudar a coletar e reciclar o equivalente a 100% de suas embalagens até 2030.

Sobre a Coca-Cola FEMSA

Coca-Cola FEMSA, SAB de C.V é a maior engarrafadora do mundo em volume de vendas. A empresa produz e distribui bebidas das marcas registradas da The Coca-Cola Company, oferecendo um amplo portfólio de 169 marcas para mais de 396 milhões de consumidores a cada dia. Com mais de 100 mil funcionários, a empresa vende cerca de 4 bilhões de caixas unitárias por meio de 2,8 milhões de pontos de venda por ano. Operando 67 fábricas e 344 centros de distribuição, a Coca-Cola FEMSA está comprometida com a criação de valor econômico, social e ambiental para todos os seus grupos de interesse em toda a cadeia de valor. A companhia é membro do Índice de Sustentabilidade de Mercados Emergentes da Dow Jones, Índice de Sustentabilidade MILA Pacific Alliance da Dow Jones, FTSE4Good Emerging Index, dos índices IPC e de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da Bolsa Mexicana de Valores, entre outros índices. Tem operações em determinados territórios no México, Brasil, Colômbia, Argentina e Guatemala, e a nível nacional na Nicarágua, Costa Rica, Panamá, Uruguai, Venezuela e Filipinas. Para mais informações, visite www.coca-colafemsa.com

No Brasil, a empresa está presente como Coca-Cola FEMSA Brasil em 48% do território nacional, empregando cerca de 20 mil funcionários e atendendo mais de 88 milhões de consumidores, distribuídos nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e em parte do estado de Goiás. No Brasil, são nove fábricas, 44 centros de distribuição, 24 Cross Dockings e 21 Cross Trucks, sendo a unidade de Jundiaí (SP) a maior no mundo em volume de vendas em produtos Coca-Cola.
ASSESSORIA DE IMPRENSA – INTERFACE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL
Taiane Rocha – (31) 3211-7506 / 98954-4683
Délio Campos – (31) 3211-7521

Sociedade

Coca-Cola anuncia terceira edição do edital “Ideias para um Mundo Melhor”

 

“Inciativa patrocina projetos de sustentabilidade com R$ 300 mil; além de parcerias e cursos de capacitação.”

Com o compromisso de contribuir para construção de um mundo melhor, a Coca-Cola FEMSA Brasil anuncia a terceira edição do edital “Ideias para um Mundo Melhor”, que traz novidades neste ano. Na primeira fase, para incentivar o pensamento estratégico e o fazer colaborativo, a Coca-Cola promove, em parceria com o Instituto Ekloos, a Fundação Dom Cabral e a ONG Parceiros Voluntários, o “Criar, Captar e Transformar”, projeto que prevê cursos regionais de capacitação voltados a Organizações Não-Governamentais (ONGs) para o compartilhamento e discussão acerca de metodologia, captação de recursos e prestação de contas.

“A sustentabilidade nada mais é do que a soma de soluções sociais, criatividade e foco em pilares com alto poder transformador, como esporte e meio ambiente. Nesse sentido, o edital ganha nova proporção e seguimos com nosso compromisso de fomentar o potencial de entidades que buscam uma sociedade cada vez melhor“, diz Wanessa Scabora, gerente de Comunicação Externa e Sustentabilidade da Coca-Cola FEMSA Brasil.

Oferecidos gratuitamente, os cursos do “Criar, Captar e Transformar” serão ministrados, durante dois dias, em Minas Gerais (Itabirito), São Paulo (Sumaré, Marília e Jundiaí), Paraná (Maringá), e Rio Grande do Sul (Porto Alegre) em datas distintas, a partir deste mês.

“Ideias para um Mundo Melhor”

Lançado há dois anos, o edital, em 2018, é voltado a organizações legalmente constituídas sem fins lucrativos e os projetos devem beneficiar as comunidades nos territórios de atuação da Coca-Cola FEMSA Brasil.

Serão avaliadas iniciativas que estejam alinhadas aos pilares de sustentabilidade da empresa, como Meio Ambiente, Estilo de Vida Saudável e Desenvolvimento Comunitário. Os projetos que visam a educação como base transversal, para o desenvolvimento pessoal e social da comunidade, cidadania, direitos e deveres, serão considerados como diferenciais. Aos aprovados, de acordo com os requisitos do edital, está previsto o aporte de até R$ 50 mil por cidade, para desenvolver a iniciativa no prazo de 12 meses. Mais detalhes sobre a edição 2018 da chamada pública serão divulgados em julho de 2018.
Fonte: sounoticia.com.br

Sociedade

Programa que estimula atividade física nas escolas conquista prêmio das Nações Unidas

unnamed161024_145743Geração Movimento, programa de formação de professores do Ensino Fundamental, promove a Cultura Corporal de forma interdisciplinar e utiliza a tecnologia para criar uma rede colaborativa de aprendizagem, combinando atividades presenciais e online.

Promovido pelo PNUD, Prêmio Mais Movimento seleciona iniciativas inovadoras que incentivam a prática regular de atividade física.

O programa Geração Movimento é um dos vencedores do Prêmio Mais Movimento, realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil. A premiação chancela iniciativas inovadoras que promovam a prática regular da atividade física, em todas as faixas etárias. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira, dia 2, em cerimônia no MAR – Museu de Arte do Rio. Os projetos são avaliados em relação a sua inovação e originalidade, ao impacto social e trabalho em rede, com potencial de aplicabilidade em novos contextos e de transformação social em escala. Foram premiados também o Erê Lab, com o projeto Brincar Ativo, e o programa de atividade física das Unidades Básicas de Saúde em Minas Gerais e São Paulo.

O Geração Movimento aborda a Cultura Corporal e a atividade física como ferramentas de educação, saúde, bem-estar, convivência e inclusão. O programa promove a formação de professores das redes públicas municipais do Ensino Fundamental (do 1º ao 5º e/ou do 6o ao 9o ano), com o objetivo de adotar a Cultura Corporal e a atividade física como conceitos capazes de qualificar o espaço da Educação Física na escola, a partir de uma abordagem interdisciplinar.

Iniciativa do Instituto Coca-Cola Brasil em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o programa foi implementado, em 2015 e 2016, em Joinville (Santa Catarina) e Sumaré (São Paulo), em conjunto com as secretarias municipais de Educação. Ele utiliza a tecnologia para criar uma rede colaborativa de aprendizagem e combina atividades presenciais e online na formação dos professores, de forma a aumentar o alcance das atividades.

“O Geração Movimento tem um imenso potencial de sustentabilidade por seu caráter reflexivo e por incentivar a autonomia e colaboração entre os participantes. Estamos muito orgulhosos pelo reconhecimento e principalmente pelos resultados alcançados, que só foram possíveis pela contribuição e trabalho conjunto de vários atores como as secretarias de Educação, a Fundação Roberto Marinho, educadores, gestores escolares, equipe de monitoramento…. E vamos disponibilizar via internet uma versão reduzida do material, também produzida pela FRM, para viabilizar que instituições de terceiro setor possam acessá-la”, explica Pedro Massa, diretor executivo do Instituto Coca-Cola Brasil e diretor de Valor Compartilhado da Coca-Cola Brasil.

“O programa amplia a responsabilidade na promoção da vida ativa para além do professor de Educação Física, ao propor atividades para educadores de todas as formações e disciplinas. Assim, ao mesmo tempo em que adota uma abordagem interdisciplinar, faz com que diversos professores reconheçam e contribuam para a valorização da Educação Física na escola”, analisa a gerente geral de Educação Profissional da Fundação Roberto Marinho, Aparecida Lacerda.

Troca de experiência online e presencial

A metodologia Multicurso, adotada no programa, combina três vivências: as atividades dos professores em grupo nas escolas; a troca de experiências dos educadores em uma rede social exclusiva; e um ambiente virtual no qual eles acessam atividades e interagem com os orientadores.

No programa, são trabalhados temas como inclusão e gênero, sempre mantendo o protagonismo das práticas corporais – compreendida não só como a prática de esportes, mas também como brincadeiras e jogos, danças, lutas, atividades de aventura e as de ginástica. As práticas corporais são abordadas em três dimensões: “saber sobre”, “saber fazer” e “saber apreciar”. “É uma abordagem inovadora porque pensa a promoção do movimento em uma perspectiva ampla, para além da oferta de modalidades esportivas no contraturno escolar. Não é um programa feito para ou na escola, mas com a escola”, define Aparecida.

Prêmio seleciona iniciativas de impacto

O prêmio Mais Movimento, promovido pela agência da ONU, seleciona iniciativas criativas, criadas por pessoas físicas ou organizações de todos os setores, que apresentem características de inovação e originalidade, impacto qualitativo, acesso universal e trabalho em rede, com potencial de replicabilidade em novos contextos. Os projetos devem demonstrar sua capacidade de introduzir, com baixo custo, estratégias simples, criativas e comprovadas, com potencial para seguirem no médio e no longo prazos.

As iniciativas devem gerar experiências positivas para crianças desde cedo e/ou integrar a atividade física no dia a dia das pessoas, de forma altamente qualificada em relação ao método (periodicidade e duração adequadas, por exemplo), ao público-foco (crianças, adultos ou idosos, pessoas com deficiência etc.) e à regionalidade (contexto cultural local, áreas urbanas e rurais etc.).

Os projetos também são avaliados em relação ao seu potencial de transformação social em escala ampliada e articulada. Além disso, as iniciativas devem engajar a comunidade, promover a colaboração entre múltiplos setores e ter potencial para ser compartilhadas, replicadas e introduzidas em outros contextos. Também é considerada a capacidade para influenciar políticas públicas e atingir o maior número de pessoas, seja em áreas urbanas ou rurais.

 

Assessoria de Comunicação – Fundação Roberto Marinho / Geração Movimento

Luciana Gondim – luciana.gondim@frm.org.br / (21) 32328921 / (21) 992644494

Adriana Martins – adriana@frm.org.br / (21) 32328864

Flávia Dratovsky – flavia.approach@frm.org.br / (21) 32328901

Assessoria de Comunicação – Coca-Cola Brasil

Liane Thedim – lianethedim@textual.com.br – (21) 3206-6224 /(21) 97163-4731

Paulo Ferreira – pauloferreira@textual.com.br – (21) 3206-6220