Tag Archives: circuito europeu

Turismo & Lazer

Poços de Caldas integrará Associação Europeia de Cidades Termais Históricas
01
Secult integrou comitiva que firmou a adesão do município mineiro em circuito turístico

A parceria e similaridades com a cidade de Caldas da Rainha, em Portugal, garantiu ao município mineiro de Poços de Cadas, na região Sul de Minas Gerais, a adesão à Associação Europeia de Cidades Termais Históricas (EHTTA). É a primeira vez que uma cidade brasileira integra o circuito turístico.

A assinatura do acordo foi realizada durante a visita à Caldas da Rainha de uma comitiva composta pelo vice-prefeito de Poços de Caldas, Júlio César Freitas, e o secretário de Cultura e Turismo, Ricardo Fonseca Oliveira, acompanhados da representante de Minas Gerais em Portugal pela Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), Izabela Drumond. A adesão foi oficializada com o presidente da Câmara de Caldas da Rainha, Vitor Marques, e os representantes de Minas Gerais no salão nobre do Hospital Termal Rainha D. Leonor.

A entrada de Poços de Caldas significará para o município mineiro a possibilidade de melhorar a atratividade dos seus potenciais turísticos para o público europeu, além de novas políticas públicas voltadas para o setor. 
A adesão de Poços de Caldas ao circuito europeu se justificou em função da geminação da cidade e Caldas da Rainha. A parceria com o município português, como cidade irmã de Poços de Caldas, nasceu há 20 anos, em uma sessão na cidade europeia depois de proposição pelo então deputado Jorge Mangorrinha aproveitando a ocasião dos 500 anos de colonização do Brasil e a evidente similaridade entre as localidades. Foi um mestre pedreiro português, no século XIX, que realizou em Poços de Caldas uma técnica já utilizada em Caldas da Rainha, que possibilitou o desenvolvimento termal da cidade.

Visita

WhatsApp Image 2021 11 16 at 15.43.11

Durante a visita da comitiva mineira foi oferecida aos portugueses uma jarra em cristal de Murano, fabricada em Poços de Caldas, já que a cidade abriga diferentes fábricas e estes cristais são conhecidos internacionalmente. Já aos visitantes, o presidente da Câmara Municipal, ofereceu uma coleção de sabonetes do Hospital Termal e exemplares do livro “Caldas da Rainha: Patrimônio das Águas”.

Acompanhou a visita também Luciana Dias, arquiteta, doutoranda na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (São Paulo), que se encontra em Portugal, sob orientação científica de Jorge Mangorrinha, tendo em vista a dissertação de uma tese de doutoramento sobre Poços de Caldas e Caldas da Rainha. A dissertação de Luciana tem objetivo de esclarecer as relações históricas, que ligam as duas cidades e situar o papel do seu desenvolvimento no campo disciplinar do urbanismo, comparando as estruturas termais e os elementos da forma urbana, utilizando como recorte espacial as duas cidades.

O mentor da geminação, Jorge Mangorrinha, afirma: “Esta é uma pesquisa que parte de um conceito que eu próprio desenvolvi no meu doutoramento, em 2009, e que agora é aplicada com detalhe entre duas cidades-irmãs e num período de tempo importante na história de ambas as localidades”, detalha.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/