Tag Archives: cinematógrafo

Cultura

CINEMATÓGRAFO ESTREIA NOVA TEMPORADA, NA REDE MINAS, NESTA SEXTA (10)

Emissora pública mineira também traz uma página especial no Instagram com conteúdos das atrações voltadas para a sétima arte que prometem agradar os amantes do cinema

O universo cinematográfico tem lugar garantido na Rede Minas e a reestreia dos programas Cinematógrafo e Faixa de Cinema celebram a mineiridade no mundo da sétima arte. As atrações também trazem novidades para o público. Além do espaço na grade de programação da emissora, os conteúdos dos programas, informações, curiosidades e bastidores ganham espaço nas redes sociais, com o perfil Rede Minas Cinema no Instagram (@redeminascinema).

Minas Gerais é a terra de nomes como Humberto Mauro, Helvécio Ratton e Neville Almeida respira e inspira cinema. O Cinematógrafo estreia temporada e mostra ao público as produtoras, polos audiovisuais, personalidades e eventos do estado que fazem parte da história da sétima arte no Brasil. As produções que são realizadas no estado, a identidade mineira presente nos filmes e os pioneiros do cinema mineiro marcam a atração, que vai ao ar em 13 episódios.

Coraci Ruiz e Julio Matos – divulgação Rede Minas

Para abrir a nova temporada nesta sexta (10), o Cinematógrafo recebe o jornalista e crítico de cinema Paulo Henrique Silva e o pesquisador e produtor Ataídes Braga. Além de trazer críticas de cinema e conversas com diretores. A atração também traz entrevista com os diretores Coraci Ruiz e Julio Matos, que falam sobre “Germino pétalas no asfalto”, documentário que mostra um adolescente que inicia sua transição de gênero sob a câmera da diretora, cujo filho também é um rapaz transexual. Sob o comando de Fernando Tibúrcio, o programa vai ao ar às 20h.

Fim de semana também tem filmes na Rede Minas. A Faixa de Cinema começou o mês em novo formato. Apresentado por Samuel Guimarães, o programa exibe produções nacionais e entrevistas com quem faz cinema. Em junho, o público confere os documentários do projeto “Moradores – a humanidade do patrimônio”, da Nitro Histórias Visuais e Alicate Conteúdo Audiovisual. Nesta sexta (10), às 23h, a atração exibe “Moradores – Bocaiúva” e “Moradores – Montes Claros” e traz entrevista com um dos diretores Gustavo Nolasco.

SERVIÇO – SEXTA 10/06:

Cinematógrafo – apresentação Fernando Tibúrcio
Reestreia – Cinema mineiro
Às 20h, pela Rede Minas e redeminas.tv

Faixa de Cinema – apresentação Samuel Guimarães
Documentários “Moradores – Bocaiúva” e “Moradores – Montes Claros”
Às 23h, pela Rede Minas e redeminas.tv

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3081

Cultura

CINEMA ESPANHOL É TEMA DO PROGRAMA CINEMATÓGRAFO, DA REDE MINAS, NESTA SEXTA (04)
Ana Lúcia Andrade – acervo Rede Minas

O cinema espanhol lançou nomes que se tornaram referência na sétima arte. São diretores que romperam paradigmas. Muitas obras expuseram assuntos que ficavam, antes, atrás das câmeras, como artes plásticas, política, os movimentos LGBTQI+ e feministas. Os trabalhos serviram de inspiração para o cinema atual. Esse é tema do programa Cinematógrafo, da Rede Minas, desta sexta (04). Na atração, a professora de Cinema da UFMG, Ana Lúcia Andrade, fala sobre o assunto e recorda grandes cineastas, como Pedro Almodóvar. O perfil desse diretor também é apresentado no quadro “Drops”. O programa ainda dedica espaço para tratar sobre “O enigma do outro mundo”, de John Carpenter, lançado há 40 anos, e a trilha sonora “Vida de solteiro” (1992), de Cameron Crowe, que levou o movimento grunge para a telona.

Essas são algumas das novidades do Cinematógrafo, que vai ao ar nesta sexta (04), às 20h, pela Rede Minas. O público ainda confere a atração, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543 

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3093

Cultura

CINEMA ITALIANO É TEMA DO PROGRAMA CINEMATÓGRAFO, DA REDE MINAS, NESTA SEXTA (28)
La dolce vitta – credito Cinecitta studio

O império romano conquistou, também, o cinema. Foram nos estúdios da cidade italiana onde nasceram obras-primas da sétima arte. O país viveu a era de ouro ainda no cinema mudo e avançou lançando nomes que hoje são referências mundiais, como Luchino Visconti, Federico Fellini e Pier Paolo Pasolini. O professor de cinema da UFMG, Luiz Nazario, fala sobre o trabalho desses mestres no programa Cinematógrafo, da Rede Minas. Na atração desta sexta (28), ele conta sobre momentos históricos importantes nesse país, como o neorrealismo e o fascismo, que deixaram suas marcas nas produções cinematográficas.

O Cinematógrafo traz mais cinema italiano para a tela da TV aberta. O compositor Ennio Morricone é destaque do quadro Soundtrack. Ele tornou a trilha sonora de “Três homens em conflito” (1966), de Sergio Leone, sinônimo de faroeste.  O compositor, escritor e diretor João Batista Melo revela um trabalho pouco conhecido desse célebre musicista em “A lenda do pianista do mar” (1998), de  Giuseppe Tornatore. O jornalista Fernando Tibúrcio, que apresenta a atração, ainda traz o perfil do produtor , diretor e roteirista Luca Guadagnino, que navega em todo o universo audiovisual, de videoclipes a filmes, e assinou importantes trabalhos, como o longa “Me chame pelo seu nome” (2017).

Essas são algumas das novidades do Cinematógrafo, que vai ao ar nesta sexta (28), às 20h, pela Rede Minas. O público ainda confere o programa, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543 

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431

Cultura

CINEMA FRANCÊS É TEMA DO PROGRAMA CINEMATÓGRAFO, DA REDE MINAS, NESTA SEXTA (21)
Rodrigo James, crítico de Cinema – divulgação Cinematógrafo – Rede Minas

A França é considerada o berço da sétima arte. O Cinematógrafo, da Rede Minas, dedica um episódio para tratar do cinema desse país. O crítico Rodrigo James é o convidado do programa. Ele vai falar sobre “nouvelle vague” e a herança que esse movimento deixou para as produções contemporâneas. Características como a apresentação, na telona, da diversidade sem preconceitos também estão na pauta do dia. O cinema autoral de Céline Sciamma e sucessos comerciais como “Intocáveis”, de Olivier Nakache e Éric Toledano, são lembrados na atração, que ainda traz o perfil da diretora Claire Denis. Os diretores Rafael Conde, Lorann Dias e Petrus Cariry também marcam presença para falar da memória e o cinema.

Essas são algumas das novidades do Cinematógrafo. Apresentado por Fernando Tibúrcio, o programa vai ao ar nesta sexta (21), às 20h, pela Rede Minas e também pela internet, no site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431

Cultura

CINEMA INDIANO E SUAS CURIOSIDADES SÃO TEMA DO PROGRAMA CINEMATÓGRAFO, DA REDE MINAS, NESTA SEXTA (14)

A maior indústria cinematográfica está na Índia. Bollywood e outros polos de cinema do país tornaram o local um celeiro de produções que atraiu a atenção do mundo. Por trás da telona, o que não faltam são curiosidades sobre as obras indianas. Quem fala sobre o tema é a pesquisadora Juily Manghirmalani no Cinematógrafo, da Rede Minas, que vai tratar sobre o cinema indiano contemporâneo nesta sexta (14), às 20h.

Juily Manghirmalani – acervo pessoal

Música, dança e cores. Essas são algumas das características do cinema que surgiu na Índia, lota as salas de cinema desse país e tem conquistado fãs em todo o planeta. A sétima arte produzida ali tem a cultura hinduísta estampada nas obras. A política e a economia também estão por trás das lentes. O cinema indiano emergiu com o movimento pela independência, mas ganhou outras esferas. Hoje, a indústria fonográfica financia as produções que, em contrapartida, são recheadas de clipes. A pobreza ou a sexualidade estão fora de cena no país que ainda tem tabus e censura. Discussões políticas ficam por conta dos cineastas estrangeiros que desembarcam por lá. Esse grande cenário audiovisual é esmiuçado pela especialista em cinema indiano Juily Manghirmalani no Cinematógrafo.

O programa ainda traz mais novidades do cinema. A atração apresenta o perfil da diretora indiana Kalpana Lajmi, a crítica do filme “Duna”, do diretor canadense Denis Villeneuve, e a trilha sonora Alta Fidelidade (2000), de Stephen Frear, comentada pelo jornalista Thiago Pereira.

O Cinematógrafo é apresentado por Fernando Tibúrcio e vai ao ar nesta sexta-feira (14), às 20h, pela Rede Minas. O público também pode conferir a atração, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431

Cultura

CINEMA INGLÊS CONTEMPORÂNEO É TEMA DO CINEMATÓGRAFO, DA REDE MINAS, NESTA SEXTA (07)
Apresentador Fernando Tibúrcio – divulgação Cinematógrafo – Rede Minas

A monarquia e a aristocracia reinam no cinema inglês. Personagens reais e fictícios imperam nas produções britânicas. O mundo contemporâneo da sétima arte ainda segue essa receita e explora as intrigas que nascem nos palácios mas, que agora, ganharam novos olhares que aproximam o enredo da modernidade. O fascinante universo da telona inglesa é tema do programa Cinematógrafo, da Rede Minas, nesta sexta (07).

O crítico Rodrigo James é o convidado da atração. No programa, ele faz uma análise do cinema britânico e lembra filmes baseados na obra de Jane Austen, escritora inglesa do século XVIII que continua inspirando diretores. James ainda fala sobre vertentes das produções inglesas que alcançaram sucesso no mundo: o humor, o cinema de representatividade e as franquias como Harry Potter os filmes do 007. Os fãs das obras desse país ainda conferem a dica do jornalista Fernando Tïbúrcio, que apresenta o programa. Na atração, ele fala sobre a premiada série “Downton Abbeye”, de Julian Fellowes, que ganhou versão para a telona, em 2019.

As trilhas sonoras também estão na programação. Na atração desta semana, o  compositor, escritor e diretor João Batista Melo revela curiosidades sobre um dos clássicos do cinema: “2001 –  Uma odisséia no espaço”, que teve a trilha rejeitada e só revelada ao público décadas depois do lançamento. Ainda tem novidades com a crítica do filme “Homem-Aranha: sem volta para casa” (2021) e dicas de títulos para quem quer aproveitar o fim de semana para ver um bom filme.

O Cinematógrafo é apresentado pelo jornalista Fernando Tibúrcio e vai ao ar nesta sexta-feira (07), às 20h, pela Rede Minas. O público também pode conferir a atração, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3431

Cultura

CINEMA COREANO É DESTAQUE DO PROGRAMA CINEMATÓGRAFO, DA REDE MINAS, NESTA SEXTA (31)

Atração ainda traz entrevista com o ator Chico Díaz e apresenta outras novidades para os fãs da telona

Apresentador Fernando Tibúrcio – divulgação Cinematógrafo – Rede Minas (10)

Hollywood já não é mais o império do cinema. O mercado americano divide bilheteria em diversos países. Nas últimas décadas, o continente asiático mostrou sua força com as produções coreanas. Os títulos agradaram os fãs da sétima arte, entraram para as salas de cinema e plataformas de streamings e alcançaram prêmios mundiais. O sucesso invadiu, também, o Cinematógrafo, da Rede Minas. A atração dedica um episódio especial para falar sobre o cinema contemporâneo coreano, encerrando a programação do ano em grande estilo. O programa vai ao ar nesta sexta (31), às 20h.

O cinema sul-coreano contemporâneo é heterogêneo e tem, em sua raiz, um passado político. O programa convida quem entende do assunto para falar sobre esse fascinante universo asiático. No estúdio, o jornalista Renato Silveira. Já conhecido pelo programa Cinefonia, da Rádio Inconfidência, Silveira faz parte da direção da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), é mestre em Cinema e contribuiu como júri em mostras e publicou textos da cena audiovisual do país.

filme O ano da morte de Ricardo Reis 6 – crédito Ar de Filmes

Em um bate-papo descontraído, Renato Silveira e o apresentador do Cinematógrafo Fernando Tibúrcio resgatam a história do cinema coreano, a importante participação do governo para fomentar as produções e lembram títulos emblemáticos, como “Parasita”, de Bong Joon-ho, que foi a primeira obra não falada em língua inglesa a vencer o Oscar, em 2020, na categoria “melhor filme”.

O Cinematógrafo ainda traz entrevista com o ator Chico Díaz. Conhecido pelo sucesso em filmes e telenovelas, como “Velho Chico”, Díaz fala sobre um de seus últimos trabalhos. O ator foi protagonista do título português “O ano da morte de Ricardo Reis”, de João Botelho. O filme traz para a tela Fernando Pessoa. Um dos maiores escritores da língua portuguesa, ele criou o heterônimo Ricardo Reis. A genialidade agradou outro mestre das letras, José Saramago. Ganhador do prêmio Nobel de Literatura, Saramago deu continuidade à vida de Ricardo Reis no livro “O ano da morte de Ricardo Reis”. Inspirado no livro, João Botelho dirigiu o filme que leva o mesmo nome e mostra a história desse heterônimo que volta a Portugal após um exílio de 16 anos no Brasil. A data é 1936, ano em que o mundo assiste a diversos perigos, como o fascismo e o nazismo. O filme mostra o encontro de Fernando Pessoa e Ricardo Reis.

O drama batizado de “Doramas” que surgiu no Japão e ganhou versões coreanas e chinesas e a continuação da saga de Matrix também são algumas das novidades que estão na programação. O Cinematógrafo vai ao ar nesta sexta-feira (31), às 20h, pela Rede Minas. O público também pode conferir a atração, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
+55 31-3254-3431

Cultura

O CINEMA ARGENTINO E SUAS TRANSFORMAÇÕES É TEMA DO CINEMATÓGRAFO, NA REDE MINAS, NESTA SEXTA (24)

A atração também destaca as semelhanças do cinema do país vizinho com o brasileiro

Mais que dividir a fronteira, Argentina e Brasil também se encontram na produção audiovisual. Ambos viveram fases semelhantes na década de 90. No período, a falta de investimentos freou as produções. Os cineastas saíram do set e se mobilizaram. A iniciativa gerou os movimentos chamados de “Retomada”, no Brasil, e “Nuevo Cine”, na Argentina. Antes disso, o país vizinho já tinha marcado seu território na sétima arte. Na década anterior, o país viveu o período de euforia na redemocratização, apresentando um cinema importante para discutir eventos traumáticos e promover a reconciliação da sociedade. Essas são algumas das transformações do cinema argentino que são analisadas pela pesquisadora especializada em cinema latino-americano Natalia Christofoletti Barrenha no Cinematógrafo, da Rede Minas, nesta sexta (24).

Natalia Chrisofoletti Barrenha – Divulgação Rede Minas

Na atração inédita, a pesquisadora pontua os eventos marcantes que consolidaram o cinema contemporâneo argentino. O programa também fala sobre os diretores pioneiros do “Nuevo Cine”, da Argentina, como Pablo Trapero e Daniel Burman, que usaram a câmera como forma de protesto. O Cinematógrafo ainda vai tratar sobre o boom do cinema nesse país, quando começa a participar de festivais internacionais e circular pelo mundo, impulsionado pelas produções de Martin Rejman, Raúl Perrone, Lucrecia Martel, Lisandro Alonso, Ana Katz e Albertina Carri.

A atração ainda traz mais novidades e festeja os 20 anos do primeiro filme da trilogia “O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel”. O apresentador Fernando Tibúrcio e o pesquisador e doutor em Comunicação pela UFMG Fábio Araújo falam sobre a importância do filme e explica como a série se tornou um clássico do cinema contemporâneo no quadro “Ponto de vista”. Já o crítico de cinema Rodrigo James faz a análise e traz curiosidades da trilha sonora vencedora do Oscar de 2002, produzida por Howard Shore para o filme “A Sociedade do Anel”, no quadro “Sound track”.

O Cinematógrafo é apresentado pelo jornalista Fernando Tibúrcio e vai ao ar nesta sexta-feira (24), às 20h, pela Rede Minas. O público também pode conferir a atração, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
+55 31-3254-3431

Cultura

CINEMA NACIONAL É TEMA DO CINEMATÓGRAFO, NA REDE MINAS, NESTA SEXTA (17)

Luiza Lusvarghi é a convidada do programa e fala sobre a sétima arte no Brasil

Luiza Lusvarghi – Crédito Aline Arruda

Nas últimas décadas o cinema brasileiro ascendeu. O número de produções cresceu e, como consequência, o público e os prêmios também. A reviravolta teve como marco “Carlota Joaquina, princesa do Brasil”, dirigido por Carla Camurati. Desde então, títulos como “Central do Brasil” e “O que é isso companheiro?” foram sucesso nas bilheterias. A retomada das produções brasileiras é analisada por Luiza Lusvarghi no Cinematógrafo, da Rede Minas, nesta sexta (17). Na atração, ela fala sobre o cinema brasileiro contemporâneo, avalia o mercado de produção e distribuição e ainda comenta sobre as mulheres que conquistaram o setor audiovisual no país.

Paulista, Lusvarghi ganhou prestígio no mercado e no universo acadêmico. Jornalista, pesquisadora e crítica de cinema, é coorganizadora e autora do livro “Mulheres atrás das câmeras, cronologia sobre as cineastas brasileiras de 1930 a 2018”, finalista do prêmio Jabuti 2020, e “O crime como gênero na ficção audiovisual da América Latina”. É membro da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e do GP de Cinema da Intercom.

Se o tema é cinema brasileiro, as trilhas sonoras não ficam de fora do programa. O Cinematógrafo traz entrevista com o diretor, escritor e músico João Batista Melo. Ele fala sobre as melodias e composições que ganharam espaço na telona em produções nacionais. Melo comenta sobre trabalhos importantes e curiosos, como em “Anchieta José do Brasil”, com trilha de Sérgio Saraceni, e outras produções sonoras dos brasileiros.

O programa ainda promete mais novidades. No quadro “Drops”, tem curiosidades de Marina Person. Além de VJ e apresentadora de televisão, Person fez carreira como atriz e diretora de cinema, com três filmes já produzidos. O programa ainda traz um bate-papo que promete agradar os fãs da sétima arte e dos Beatles. Terence Machado, que apresenta o Alto-Falante, também da Rede Minas, e Fernando Tibúrcio, que está à frente do Cinematógrafo, falam sobre “The Beatles: Get Back”. A série documental que trata do grupo de rock britânico foi lançada em novembro e já ganhou os holofotes. A atração ainda traz dicas de filmes e séries dos apaixonados por cinema que acompanham a atração.

O Cinematógrafo é apresentado pelo jornalista Fernando Tibúrcio e vai ao ar nesta sexta-feira (17), às 20h, pela Rede Minas. O público também pode conferir a atração, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Ana Luiza Ferreira
Assessoria de Comunicação Social e Imprensa
​​​​​ana.ramos@redeminas.mg.gov.br
+55 31-3254-3000

Cultura

DIVERSIDADE DO CINEMA MUNDIAL CONTEMPORÂNEO EM CARTAZ NA NOVA TEMPORADA DO PROGRAMA CINEMATÓGRAFO, DA REDE MINAS, NESTA SEXTA (10)

A cultura e os costumes apresentadas nas produções cinematográficas universais são destaques da atração

O cinema surgiu em 1895 e, rapidamente, se tornou um fenômeno cultural. A sétima arte é produzida em quase todos os cantos do mundo. O programa Cinematógrafo, da Rede Minas, estreia nova temporada e apresenta as cinematografias espalhadas pelo planeta. A atração passeia por continentes para apresentar, semanalmente, o cinema brasileiro, argentino, coreano, inglês, indiano, francês, italiano, espanhol, alemão, chinês, japonês e as produções independentes americanas. No primeiro episódio, o apresentador Fernando Tibúrcio revela o que é o cinema contemporâneo no mundo, nesta sexta (10).

A diversidade cultural de cada povo reflete na criação de narrativas plurais que são apresentadas na telona. Os estilos, a capacidade de identificar o cinema de um país através de temas e visualidades próprias dizem muito sobre a cultura local. No Brasil, o contraste entre as produções cinematográficas do sul do país e do nordeste é evidenciado devido à grande cultura regional de cada local e o cinema se tornou um passaporte para vivenciar a experiência de cada lugar. Na nova temporada, o programa Cinematógrafo leva o público em uma viagem por meio das produções cinematográficas. A atração permite conhecer um pouco mais sobre os costumes e cultura de cada país, com a apresentação de títulos e convidados especiais.

Fernando Tibúrcio

Nesta sexta (10), o cinema contemporâneo mundial e sua diversidade é tema de discussão. Para falar sobre o assunto, estão no programa os críticos de cinema e jornalistas Renato Silveira e Luiza Lusvarghi, além de Rodrigo James. A edição também traz novidades. No quadro “Drops”, curiosidades do filme “Dogville”, drama que conta a história de Grace, interpretada por Nicole Kidman, e que é abrigada em uma pequena cidade situada no interior dos Estados Unidos. A obra explora as qualidades morais dos seres humanos, investiga os limites da maldade e da bondade humana por meio de personagens complexos. Já o “Almanaque” traz entrevista com o grande cineasta mineiro Neville D’Almeida, que conta sobre sua trajetória no cinema e seus atravessamentos em Minas Gerais. Além de mostrar como o cinema mineiro o ajudou em seus processos de se tornar um realizador. As críticas e análises estão no quadro “Ponto de Vista”. Na edição desta semana, o filme “A lenda do cavaleiro verde”, inspirado em um texto do século XIV com uma pegada cristã. O filme é uma jornada épica e contemplativa por um mundo fantástico.

A sétima temporada do programa “Cinematógrafo” estreia na sexta-feira (10), às 20h,. O público confere a atração pela Rede Minas ou, nesse mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessora de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
tatianacoutinho.tc@gmail.com
(31)3254-3431