Tag Archives: cineasta mineiro

Cultura

Cine Humberto Mauro realiza pré-estreia dos filmes “Torta Americana de Maçã” e “JFBrittes – Em Óleo & Carvão”, do diretor Ernane Alves

Lançamentos marcam celebração dos 20 anos de carreira do cineasta mineiro

chm

A Fundação Clóvis Salgado, por meio do Cine Humberto Mauro, realiza pré-estreia dupla nesta segunda-feira (20/12), às 19h. Trata-se das exibições do curta-metragem Torta Americana de Maçã e do média-metragem JFBrittes – Em Óleo & Carvão, ambos dirigidos por Ernane Alves. A exibição será finalizada com um bate-papo entre o diretor dos filmes e o público. Com entrada gratuita e classificação indicativa de 16 anos, os filmes serão exibidos apenas em formato presencial, e os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do cinema uma hora antes do início da sessão. O cinema possui lotação máxima de 133 lugares e conta com quatro espaços reservados para cadeirantes.

20 anos de uma carreira múltipla
Os dois filmes são parte da comemoração dos 20 anos de carreira do diretor, que deve se estender até 2022, quando mais projetos serão lançados. A intenção por trás de lançar duas produções ao mesmo tempo, segundo o diretor, é mostrar para o público as multiplicidades do trabalho que ele exerce. “Eu acabo apresentando para o público duas facetas minhas. Me apresento enquanto diretor e enquanto ator-diretor”, explica Ernane.

Essa “faceta” ator-diretor que Ernane desempenha é expressa ao público em “Torta Americana de Maçã”, média-metragem que ele roteirizou, dirigiu e atuou no papel principal. O filme é baseado em um poema homônimo do diretor, escrito em 1996, e retrata um momento turbulento na vida do casal formado por Ulisses (interpretado por Ernane Alves) e Juliano (interpretado por Victor Gorlach).

A ficção conta com dois aspectos inspirados na vida de Ernane. O primeiro deles se trata do título do filme que remete a um doce tradicional norte-americano que o diretor aprendeu com a ex-namorada norte-americana, quando morou por uns anos nos Estados Unidos. A torta, inclusive, é preparada pelo personagem Ulisses e determina o tempo fílmico. O segundo aspecto é o nome do personagem Juliano, que é uma homenagem a um ex-namorado do diretor.

O média foi gravado há cinco anos, tendo como cenários o antigo apartamento e a vizinhança do ator, quando vivia no bairro Buritis. As filmagens duraram dois dias e a equipe foi composta por Ernane, o ator Victor Gorlach e um fotógrafo que operou a câmera e dirigiu a fotografia da produção.

Singularidade documentada – “JFBrittes – Em Óleo & Carvão” é um documentário que expõe os momentos de criação até a estreia da primeira exposição solo do artista plástico JFBrittes, conhecido pela técnica de pintura que mescla tinta a óleo e carvão bruto. A mostra intitulada “Enquanto o Mundo Cai”, ficou exposta de setembro a novembro de 2021 em um shopping de Belo Horizonte. Ernane, que fez a curadoria da exposição, conta que decidiu documentar o trabalho do artista devido a singularidade da arte de Brittes. “É um artista muito talentoso. Ele pinta usando tinta a óleo e carvão bruto. O trabalho dele foge da curva, é algo único e precisa ser documentado”, defende Ernane.

A Fundação Clóvis Salgado é integrante do Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e de cultura em transversalidade com o turismo. Trabalhando em rede, as atividades dos equipamentos parceiros ao Circuito buscam desenvolvimento humano, cultural, turístico, social e econômico, com foco na economia criativa como mecanismo de geração de emprego e renda, além da democratização e ampliação do acesso da população às atividades propostas.

O Governo de Minas Gerais e a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, por meio da Fundação Clóvis Salgado, apresentam a pré-estreia dos curtas Torta Americana de Maçã e do média-metragem JFBrittes – Em Óleo & Carvão. O programa tem a correalização da APPA – Arte e Cultura, patrocínio master da Cemig, AngloGold Ashanti, ArcellorMittal e Unimed-BH / Instituto Unimed-BH, por meio das Leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura, e patrocínio ouro da Codemge – Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais. A sessão tem o apoio da Escola Brasileira de Psicanálise – Sessão Minas.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/