Tag Archives: biblioteca estadual

Cultura

Edição de outubro da Mostrô reúne atividades gratuitas para crianças e oficina sobre a Cozinha Mineira

Feira será realizada ao ar livre, no Teatro de Arena da Biblioteca Estadual, no sábado, 23 de outubro

23 8 2021 minimostro

Para celebrar o mês das crianças e também o próprio aniversário, a Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais recebe mais uma edição da “Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz”. O evento contará com ações especiais, como um Espaço Kids dedicado aos pequenos, além de uma campanha de doação de livros infantojuvenis, histórias em quadrinhos e mangás.

A Mostrô será realizada no sábado (23/10), das 9 às 17h, ao ar livre, no Teatro de Arena da Biblioteca Estadual. A entrada é gratuita, e o acesso ao espaço se dará pela Rua da Bahia, em frente ao Instituto Izabela Hendrix. A feira é realizada pela Da Terra Gestão Cultural e tem o apoio institucional da Biblioteca Estadual de Minas Gerais, do Circuito Liberdade e da Câmara Mineira do Livro.

Na edição de outubro, serão mais de 40 expositores, fazedores de arte, cultura e gastronomia. Durante o evento, também serão lançados títulos publicados pelo Grupo Editorial Caravana, como “O sangue que rejuvenesce o Conde Drácula”, de Caio Junqueira Maciel, e “Suspiro seco, de Edgard Pereira”. As obras estarão disponíveis para venda ao longo de toda a realização da feira, e as sinopses dos livros podem ser consultadas AQUI.

Os autores também vão participar de um bate-papo com o público a respeito do processo criativo das obras, além de apresentarem um panorama da literatura mineira. A mediação do encontro, que acontece às 10h, ficará a cargo do também escritor Farrel Kautely.

Outro destaque na programação de outubro da Mostrô é o diálogo que a feira vai propor com a Cozinha Mineira. Durante o evento, o chef Danilo Simões, curador gastronômico do projeto, irá preparar na praça gastronômica pratos exclusivos inspirados em escritores mineiros. A feira irá abordar, também, um item que é essencial em qualquer cozinha mineira: o queijo. A partir das 14h, acontece a oficina “Uma viagem gastronômica através da História do queijo em Minas Gerais”.

Conduzida pela Fornaggio, a atividade irá revelar características da produção do queijo artesanal no estado, passando por diferentes regiões mineiras. Entre os temas abordados pela distribuidora, está a relação geográfica com a produção dos queijos no estado. Os participantes serão apresentados aos principais queijos mineiros e quais as melhores harmonizações para esses produtos. Para participar da atividade, é necessário realizar inscrição prévia. O link está disponível AQUI.

A programação de outubro da Mostrô reúne, ainda, aula de ioga e prática de meditação ao ar livre a partir das 9h, oferecida pela Don´Ana; oficina de técnica de decoupage, às 11h, oferecida pela Cheiros e Artes (inscrições AQUI); contação de histórias com obras publicadas pela Clássica Distribuidora e Uni Duni Editora, que será realizada entre 11h e 12h30; além de uma série de ações sobre o Outubro Rosa, movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama e a presença da DJ Fê Lins, que vai ambientar o espaço com ritmos característicos das décadas de 1960 a 1990.

A “Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz” foi idealizada para promover a diversidade cultural de nosso estado e, nos próximos meses, vai evidenciar diferentes linguagens artísticas, como artesanato, gastronomia, design e literatura. As edições ocorrerão sempre aos sábados, até o mês de dezembro. A proposta é valorizar a economia criativa de Minas Gerais ao dar visibilidade ao trabalho de artistas, produtores e trabalhadores e trabalhadoras da cultura no estado.

A Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais é um equipamento da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e integra o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte.

Serviço
Mostrô – Mostra de Arte e Cultura Urbana de Gente que Ama o que Faz
Data: 23/9 (sábado)
Horário: das 9h às 17h
Local: Teatro de Arena da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais
Endereço: Entrada pela Rua da Bahia, sem nº.
Informações e inscrições para oficinas: Instagram: @mostrobh
Entrada gratuita

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/

Gastronomia

Biblioteca Estadual recebe exposição sobre a Cozinha Mineira

Mostra gratuita conta, por meio da literatura, tradições e costumes gastronômicos em nosso estado

1 9 2021 miniexpo

A história da cozinha mineira contada em diferentes páginas da Literatura são o mote da exposição “A Cozinha de Minas reluz como ouro”, no Hall de Entrada da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais. Ao todo, são 45 livros do acervo literário do equipamento e 19 folhetos produzidos pelo jornal Estado De Minas sobre mostras de roteiros gastronômicos no território mineiro. Com entrada gratuita, a exposição pode ser visitada de 1º a 30 de setembro.

O recorte de obras que integram a exposição demonstra a diversidade gastronômica de Minas Gerais ao colocar em evidência publicações que abordam tradições, modos e costumes do povo mineiro na cozinha. Os livros que compõem o percurso expositivo têm, em comum, o diálogo com a memória gastronômica do estado e o jeito único de se cozinhar em Minas Gerais. São publicações que evidenciam a força da culinária mineira e a potência patrimonial da cozinha do estado.

Dos locais da tradicional boemia belo-horizontina e que hoje se transformaram em atrações culturais e gastronômicas a estudos e publicações dedicadas à formação da cozinha em Minas, o acervo da exposição reúne livros de receitas de cozinheiras famosas e personalidades ligadas à cozinha mineira, como Dona Lucinha e Maria Stella Libanio, mãe do escritor frei Betto; publicações sobre bares de Belo Horizonte, além de “Feijão, angu e couve”, famoso ensaio de Eduardo Freiro sobre a cozinha mineira.

A exposição também reúne obras atuais, como a que comemora os dez anos do “Festival Comida di Buteco” e o livro de receitas “Araxá põe a mesa”, e algumas raridades, como uma publicação com o cardápio oferecido a Olavo Bilac, quando o escritor visitou a capital em 1916. A obra foi impressa em português, algo raro para a época; além de um folhetim sobre um Concurso Agrícola de vinhos de 1895.

A Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais integra o Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) e que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e cultura em transversalidade com o turismo. Trabalhando em rede, as atividades dos equipamentos parceiros ao Circuito buscam desenvolvimento humano, cultural, turístico, social e econômico, com foco na economia criativa como mecanismo de geração de emprego e renda, além da democratização e ampliação do acesso da população às atividades propostas.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/