Tag Archives: balé

Cultura

Ouro Preto recebe o espetáculo “Ópera Aleijadinho”

A apresentação irá retratar, com coro, orquestra e balé do Palácio das Artes, a trajetória do escultor brasileiro em Vila Rica

Ópera Aleijadinho
Foto por: Paulo Lacerda LCS

O espetáculo “Ópera Aleijadinho”, que acontecerá em Ouro Preto nesta sexta-feira, 29 de abril, às 20h, é uma realização do Ministério do Turismo, Governo de Minas Gerais, Fundação Clóvis Salgado, Instituto Unimed-BH e Instituto Cultural Vale, com o apoio da Prefeitura de Ouro Preto, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

A “Ópera Aleijadinho”, de Ernani Aguiar, sobre libreto de André Cardoso, terá sua estreia em Ouro Preto, cidade onde nasceu e viveu este grande escultor brasileiro do período colonial, Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. O espetáculo será apresentado em um palco especial: em frente à Igreja de São Francisco de Assis, uma das obras-primas desse artista. A apresentação contará com coro, orquestra e balé do Palácio das Artes, além de projeções na igreja São Francisco de Assis. A regência será do maestro Silvio Viegas, que conta com o barítono Jonny França como Aleijadinho e a soprano Luanda Siqueira no papel de Joana. Assim, o público poderá assistir ao drama da vida desse artista, que, entre sofrimentos físicos, e outras perdas, criou obras primorosas.

No enredo, além do protagonista, estarão em cena outros personagens reais da história de Minas Gerais, como os poetas, Tomás Antônio Gonzaga e Alvarenga Peixoto, e o compositor, José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita.

Depois da estreia em Ouro Preto, a Ópera Aleijadinho seguirá para uma temporada no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, com récitas entre os dias 14 e 20 de maio.

Sobre o espetáculo, a secretária Municipal de Cultura e Turismo, Margareth Monteiro declarou que é de extrema importância para Ouro Preto, considerando que o Mestre Aleijadinho nasceu e morreu nesta cidade, na Vila Rica do século XVIII. “Ele era contratado por muitas irmandades e associações leigas para os trabalhos de ornamentação dos altares das igrejas, além de ser filho do arquiteto Manoel Francisco Lisboa. Dessa forma, a Ópera Aleijadinho vem de encontro com a preservação da memória da cidade, do povo ouro-pretano. É um trabalho belíssimo que a Fundação Clóvis Salgado organizou com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e com importantes músicos e cantores de ópera com reconhecimento nacional”, afirmou a secretária.

A secretária destacou ainda que esses grandes eventos culturais encantam os moradores e também atraem os turistas. “Ouro Preto será palco de um grande evento que dialoga com a da cidade, porque Ouro Preto respira arte, respira cultura e tudo isso fomenta o nosso turismo cultural. Espetáculos dessa natureza, com excelência na sua organização e no seu conteúdo, são muito importantes para a cidade considerando que Ouro Preto é a primeira cidade patrimônio mundial registrada nos livros da UNESCO. Portanto, esses eventos valorizam a cidade enquanto patrimônio e difundem o nome de Ouro Preto em todo o mundo, como uma cidade que acolhe a arte, que acolhe a cultura e que é viva, ativa e dinâmica dentro dos padrões de uma cidade patrimônio mundial”, concluiu a secretária.

Fonte: https://www.turismo.ouropreto.mg.gov.br/

Cultura

Aluno do Centro Cultural SESIMINAS vence maior prêmio de balé do mundo

Arthur Wille é campeão na disputa com outros 103 bailarinos de vários países, nos Estados Unidos

Aluno do Centro Cultural SESIMINAS vence maior prêmio de balé do mundo

O bailarino Arthur Wille, aluno do ATM – Centro Cultural de Danças, sediado no Centro Cultural SESIMINAS, em Belo Horizonte, conquistou nesta semana o primeiro lugar no Youth America Grand Prix (YAGP), maior competição de balé e mais importante programa de bolsas de estudos sem fins lucrativos do mundo – aberto a alunos de dança de todas as nacionalidades, com 9 a 20 anos de idade -, disputado em Tampa, na Flórida, Estados Unidos.

O belo-horizontino venceu na categoria sênior masculina, concorrendo com outros 103 bailarinos homens do mundo inteiro selecionados para a final. Com isso, foi o único brasileiro convidado a Dançar na Gala, junto com grandes nomes internacionais, apresentando seu solo livre. Em 2021, Arthur Wille há havia conquistado o prêmio principal do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina, apontada como a mais relevante competição da categoria no país.

Dedicação

“Estamos muito felizes! O Arthur tem uma trajetória muito especial. É um menino humilde, disciplinado, de poucas palavras, mas de muita atitude em cena. Isso faz o bailarino ter um progresso maior. É aquele que escuta muito e faz muito. Ele começou novo e veio, a cada ano, se dedicando mais e mais. Construindo sua trajetória”, elogia Renata Mara de Araújo, diretora, professora, ensaiadora e coreógrafa do ATM Centro Cultural de Danças.

“Queremos agradecer à FIEMG por toda a ajuda nesta trajetória do Arthur. Desde o início, apostaram muito no nosso trabalho. Temos 12 bailarinos atuando fora do Brasil. E, agora, deve aparecer um contrato muito bom para o Arthur. E que ele realmente vá trabalhar fora, na área à qual se dedica. No Brasil há poucas oportunidades, poucas companhias de dança clássica. O maior objetivo do ATM é fazer a formação profissional e encaminhar esses bailarinos”, pontua ainda.

Cinco bailarinos do Grupo de Formação do ATM foram classificados para a final do YAGP. Fundado em 1999, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, por Larissa e Gennadi Saveliev, o concurso começa com uma seleção no Brasil, aberta a estudantes de dança de todas as nacionalidades, com idades entre 9 e 20 anos.

Curta aqui o Instagram de Arthur Willie.


Conteúdo – Jornalismo 
FIEMG – Federação das Indústrias de Minas Gerais 
55 (31) 3263-4444 I 7753 I 4555 I 4512 I 4449 
jornalismo@fiemg.com.br

A FIEMG não se responsabiliza por quaisquer falhas, inclusive omissões, existentes na mensagem ou que decorram de sua transmissão, bem como prejuízos provenientes de qualquer alteração do conteúdo. Tais ocorrências são da responsabilidade de seu autor e não refletem a opinião da empresa.
 FIEMG is not responsible for any failure, including omission, contained in the message or resulting from its transmission, as well as losses arising from any change in content. Such occurrences are of the author’s liability and do not reflect the opinion of the company.

Cultura

Balé barbacenense participa de seletiva da Escola Bolshoi

 

12439355_565636660262917_628824453467822097_n

Bailarinas e alunas do Espaço Dançar em Barbacena participaram no último domingo, dia 1º de maio, da Pré-Seletiva da Escola Bolshoi, que no país é a única extensão da escola Russa.

As alunas, coordenadas pela professora Ana Luíza Stefani, também estiveram com a grande Maitré do Balé Clássico Mineiro, Cristina Helena.

A professora e bailarina Ana Luíza ainda ressaltou que as bailarinas Eduarda Siqueira, Giovanna Bergamaschi, Isabella Elias, Mariana Saldanha e Rafaella Mendesa já foram premiadas em festivais competitivos à nível nacional.

A Escola Bolshoi no Brasil completou 16 anos desenvolvendo arte e cultura com um sentido libertador de consistência de valores e tradição, formando artistas cidadãos, promovendo e difundindo arte-educação.

 

Texto: Flávia Siqueira