Cidades

O Meu Prazer – Cafés Especiais

Santa Margarida, cidade interiorana, localizada na região sudoeste de Minas Gerais, tem como fonte principal de renda a economia cafeeira. O Brasil possui uma demanda muito grande de produção, batendo recorde a cada ano. Hoje o país exporta mais de 30 milhões de sacas anuais. Em nível nacional, a demanda também bate recorde, com o consumo de mais de 20 milhões de sacas por ano.

A cidade mineira acompanha a crescente de produção em nível internacional, com mais de 2 mil propriedades, a agricultura familiar segue com seus sucessores produzindo com amor e prazer. Como consequência dessa união e amor ao café, Celestino José Lima, residente margaridense, teve a brilhante ideia de criar o projeto de parceiros “O Meu Prazer- Cafés Especiais”.

O nascimento dessa visão empreendedora veio com muito esforço, dedicação e vários “nãos” de empresas exportadoras. No entanto esses entraves não foram o suficiente para causar desânimo ao Celestino, que tinha o desejo de impulsionar e valorizar a vida do produtor. Ele conta que foi um processo bem raiz, de primeira instância aconteceu a seleção de grãos, moagem, torragem e por último, mas não menos importante, o processo degustativo, para ter a tranquilidade de que o produto teria uma boa visibilidade comercial. Com os processos devidamente bem-sucedidos e organizados, as portas se abriram e começou a procurar parceiros, visitando de porta em porta, apresentando a proposta e intencionando a criação de uma nova fonte de renda.

No primeiro ano, em 2018, o alcance foi de 4 parceiros. No ano seguinte, 12 participantes aderiram ao projeto e 2020 finalizou com 22 afiliados. Com a crescente expansão e a chegada da pandemia de Covid-19, alguns projetos foram prejudicados, mas a esperança de uma nova realidade, prevaleceu. O projeto não só tem como finalidade a venda de cafés de qualidade especial, mas também de oferecer suporte e tecnologia ao produtor, como exemplo, a oferta de mini-cursos, dias de campo, cursos de degustação, torra, análise sensorial etc. Com o objetivo de expandir e compartilhar ideias e conhecimento, visando profissionais bens instruídos, preparados para o universo empreendedor.

À medida que a empresa cria vínculos comerciais, aumenta a lucratividade dos produtores, logo, linhas de café foram criadas, com a constante expansão, a diversão se materializa em formatos gourmets, blends e cápsulas. “O café especial tem que ter a sua história para depois ter a sua qualidade”, assim aborda Celestino sobre a comercialização do produto. Para o grupo, a ferramenta principal é a história e origem do café, é saber que por trás da embalagem existe uma vida, uma pessoa que se dispôs a fazer. O consumo não se trata somente em agradar o paladar e sim sobre a valorização de uma família. As barreiras sempre vão estar presentes, mas quem define o valor delas é você.

Texto: Mariana Rocha Soares Dutra Cursando ciências biológicas, formação de mestrado em terapia reikiana alternativa Instagram: @marianarocha_226
Contato: (31)9.8338-0188

Fotos: Arquivo pessoal de Celestino Lima
Instagram: @omeuprazercafesespeciais
Contato: (31)9.8478-0645