Turismo & Lazer

Novo roteiro turístico valoriza criação de cavalos e jumentos da região

Depois do Caminhos de São Tiago, Rota das Estações e Rota do Queijo Terroir, a Instância de Governança Regional Trilhas dos Inconfidentes, lançou o roteiro turístico Raízes da Marcha, projeto pensado para valorizar a história, a cultura e os produtos relacionados à criação de cavalos e jumentos da região. A cerimônia de lançamento aconteceu no dia 24 de junho.

Monumento em Dores do Campo
Monumento em Dores do Campo

O projeto vai destacar, principalmente, as origens do cavalo Campolina e do jumento Pêga, raças que têm como berço, respectivamente, as cidades de Entre Rios de Minas e Lagoa Dourada. O roteiro vai ressaltar também a criação e a história da raça Mangalarga Marchador, também muito representativa para a região. Assim, revisando a história de raças de cavalo regionais, o roteiro vai resgatar, também, todo o contexto da cultura ancorada no tropeirismo e na produção de artigos produzidos à base de couro, que tem como expoente as cidades de Prados e Dores de Campos.

Municípios

O projeto Raízes da Marcha vai passar pelos seguintes municípios do Campo das Vertentes: Entre Rios de Minas, Lagoa Dourada, Prados, Dores de Campos, Tiradentes, Santa Cruz de Minas, São João del-Rei, Madre de Deus de Minas e Carrancas.

Ao passar por estas cidades, o turista terá a oportunidade de experimentar diversas características do interior de Minas Gerais, como a calmaria do campo, o convívio com a natureza e com os animais e, claro, a típica hospitalidade do povo mineiro.

Através do embasamento histórico, o roteiro turístico Raízes da Marcha tem como objetivo levar o turista à uma imersão no universo da ruralidade mineira, perpassando por toda região em contato direto com fazendas e ranchos, lojas de produtos de couro e fabricantes de artefatos.

Fonte: https://fatoreal.com.br/