Cultura

Museu Mineiro inaugura exposição que celebra legado da Semana de Arte Moderna

‘22 em 22 – O modernismo e suas influências no acervo do Museu Mineiro’ tem entrada gratuita e pode ser visitada até 27 de março

23 2 2022 minimuseumineiro

Composta por obras de acervo do Museu Mineiro, a exposição “22 em 22 – O modernismo e suas influências no acervo do Museu Mineiro” celebra o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. A mostra gratuita, que foi inaugurada nesta terça-feira (22/2), reúne 22 obras de artistas como Tarsila do Amaral, Volpi, Yara Tupinambá, Inimá de Paula, Guignard, Carlos Scliar, Fernando Pierucetti, entre outros, e pode ser visitada até 27 de março.

A mostra exibe as relações, influências e diferenças entre os 22 trabalhos dos artistas selecionados e algumas das principais vanguardas europeias, como expressionismo, fauvismo, cubismo, surrealismo e abstracionismo. De acordo com Alexandre Milagres, diretor de Museus da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), a exposição é convite ao público para descobrir o vasto repertório criativo que surgiu a partir dos conceitos modernistas.

“O que nós estamos propondo com essa exposição é uma reflexão estética da arte moderna. O público vai perceber as diversas influências estéticas na arte modernista ao longo do século XX, as novas formas de pensar, a relação da imagem e da criação e, principalmente, as pessoas vão ter uma visão mais aprofundada de uma arte que fala da brasilidade com uma produção artística genuinamente nossa”, pontuou.

Alexandre Milagres destacou, ainda, a importância de comemorar esse centenário e a riqueza do acervo próprio. “A mostra reúne, exclusivamente, peças do acervo do Museu, um riquíssimo conjunto de obras modernistas, algumas nunca antes exibidas, permitindo ao visitante conhecer parte relevante da trajetória cultural de Minas Gerais contada através da produção imagética desses artistas”, disse.

Outras linguagens

A “22 em 22 – O modernismo e suas influências no acervo do Museu Mineiro” também garante a democratização da cultura com a proposta de acessibilidade para o público surdo. Todo o conteúdo da exposição tem vídeos explicativos em Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). Os vídeos podem ser acessados via celular por meio de QR Codes que estarão espalhados pelo ambiente da exposição.

A iniciativa é fruto de uma parceria da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais com o Programa de Aceleração de Startups de Minas Gerais (SEED) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE), dentro do Programa Reviva Turismo. A SignumWeb foi a startup responsável pela criação do projeto de acessibilidade em Libras no Museu Mineiro.

Desde novembro de 2021 o público visitante da exposição de longa duração do Museu Mineiro “Minas das Artes, Histórias Gerais” já pode acessar os conteúdos da mostra em Libras. Basta escanear os QR Codes das salas expositivas para ter acesso a todos os vídeos. Com isso, a linguagem de sinais é levada para a Cultura e o Turismo, trazendo mais autonomia para o público surdo.

Serviço:
Exposição temporária “22 em 22 – O modernismo e suas influências no acervo do Museu Mineiro”

Local: Museu Mineiro – Sala das Sessões
Período expositivo: até 27 de março de 2022
Horário: terça a sexta das 12h às 19h, sábado e domingo das 11h às 17h
Endereço: Av. João Pinheiro, 342 – Funcionários

E-mail: museumineiro@secult.mg.gov.br
Facebook: https://www.facebook.com/museumineiro.mg/
Instagram: https://www.instagram.com/museumineiro/
Site: http://www.museumineiro.mg.gov.br/

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/