Cultura

Museu Mineiro ganha acessibilidade para surdos
01
Parceria da Secult, Sede, Seed e startups levam tecnologia e acessibilidade para o turismo mineiro

O Museu Mineiro e o site institucional da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (www.secult.mg.gov.br) ganharam acessibilidade para pessoas surdas. No Museu Mineiro, as obras expostas agora contam com QR Codes para vídeos explicativos em Libras. A iniciativa é um dos frutos de uma parceria da Secult com o Programa de Aceleração de Startups de Minas Gerais (SEED) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE), que lançaram, nesta sexta-feira (26/11), quatro projetos de inovação em Turismo, dentro do Programa Reviva Turismo.

Os projetos tiveram como eixos centrais dois desafios. O primeiro, de tornar o turismo mais acessível, resultou na implantação dos vídeos contendo tradução em libras no site e no museu e também na virtualização de conteúdo do Parque Nacional da Canastra, gerando milhares de interações no meio digital desde sua disponibilização em julho de 2021. O segundo, para coletar e disponibilizar dados de qualidade sobre a oferta e a demanda do turismo, foi desenvolvido em parceria com o Observatório do Turismo de Minas Gerais (OTMG) e já geram insights poderosos para a gestão.

Os projetos vão desde o georreferenciamento de destinos turísticos até o mapeamento de buscas no Google e outras plataformas para garantir informação acessível e de qualidade a todos. A parceria terá o prazo de duração de seis meses, sem custo para a SECULT.

Segundo a subsecretária de Turismo da Secult, Milena Pedrosa, a tecnologia é fundamental como ponte para o turismo acontecer. “Por isso estamos com a SEDE, justamente, para ter meios, para fazemos um turismo mais sustentável, consciente e também inteligente. Estamos lançando quatro projetos com startups nessa parceria, discutindo tanto sobre dados para os diagnósticos do turismo, quanto também a acessibilidade, seja em sites ou projetos. É o que chamamos de Minas Plural, pois queremos que nosso estado seja cada vez mais diverso”, afirmou.

O CEO da SignumWeb, Felipe Barros, startup que desenvolveu a acessibilidade no Museu Mineiro e no site da Secult, afirmou que a iniciativa nasceu da criação de um dicionário online em Libras. Com a parceria com o Seed, a linguagem de sinais agora é levada para o turismo e cultura, trazendo autonomia para outros públicos.Além da SignumWeb, que apresentou o projeto SW – Turismo e Cultura em Libras, as startups Sentimonitor, Guiia eXPR ProdutoFinal também lançaram os projetos inteligência artificial para insights a partir de conversas online, análise de mercado – turismo MG e Minas Conecta, respectivamente.Foi apresentado, ainda, oo painel Novo Caged 2021, elaborado pelo OTMG.

Parceria vai fomentar inovação no turismo

Os objetivos da parceria são criar um espaço de produção de conhecimento, fomento à inovação e articulação entre os profissionais do turismo e da área de inovação; fomentar a produção de projetos de maior assertividade e redução de custos; e incentivar o apoio do governo e da iniciativa privada para aumentar os estudos e investimentos na área de inovação em turismo.

O superintendente de Inovação Tecnológica da Sede, Pedro Emboava, falou da importância da parceria com a Secult. “Vários setores da economia estão passando por transformações, ainda mais durante a pandemia. Ciência, tecnologia e inovação serão uma tônica em todos eles, para que continuem junto à população, uma vez que estamos cada vez mais conectados pela internet e smartphones. Logo, para o turismo, que sofreu tanto, fica muito claro que a tecnologia é um ponto importante para a retomada, seja para tornar os destinos mais acessíveis ou mais visíveis”, explicou.

O subsecretario de Ciência, Tecnologia e Inovação da SEED, Felipe Attiê, ressaltou que as startups são a força motora das inovações e de solução de problemas. “Colaboramos com as Secretarias para dinamizar essas inovações para um caminho de sucesso, procurando um novo caminho para os mineiros”, pontuou.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/