Moda & Beleza

Moda no Circuito Liberdade

No Ano da Mineiridade, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo promove programação especial com série de ações que evidenciam a Moda como expressão cultural do estado

14 4 2022 minimoda

Entre os dias 18 e 22 de abril, semana em que acontece em Belo Horizonte o Minas Trend, importante evento do calendário de Moda, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) por meio do Circuito Liberdade, promove uma programação especial dedicada à Moda Mineira. As atividades serão realizadas em diferentes equipamentos que integram o Circuito Liberdade, com debates, exposições, e lançamentos de livros em torno da temática Moda e Mineiridade.

Durante toda a semana, o Museu dos Brinquedos, em parceria com a Frau Bondan e o CCBB-BH, realiza uma exposição de bonecas Barbie raras e customizadas pelo estilista e colecionador Marcelu Ferraz. A exposição “Barbie e a Moda”, acontece no espaço Frau Bondan, com abertura no dia 18, às 11h.

No Museu Mineiro, a Exposição “Quando” do Coletivo Maria Maria segue em cartaz e traz diferentes trabalhos artísticos em que o têxtil e a moda são plataformas de expressão. E acontecerá também a pré-estreia da exposição do estilista e artista Vicente Fernandez, que faz obras de arte a partir de pedacinho de jeans.

O Memorial Minas Gerais Vale realiza nos dias 19 e 20, das 19h30 e 21h, o painel “Criadores Mineiros – Moda e Mineiridade”. A jornalista de moda Heloisa Aline recebe grandes nomes da Moda Mineira como Tereza Santos, Luiz Cláudio, Renato Loureiro, Mary Arantes, Liliane Rebehy, Graça Ottoni, Virginia Barros e Victor Dzenk. Haverá também uma mini exposição com looks dos criadores retratando a força da mineiridade em sua linguagem criativa.

Um paralelo das Minas e do Metal com a criação de joias e bijuterias. Esse será o tema de uma live que acontece no dia o dia 19, às 15h, no Youtube do Museu das Minas e dos Metais (MM Gerdau).  A atividade será mediada por Manuel Bernardes e tem como convidados Paulo Armando, Sandra Motta.

O Museu dos Militares Mineiros também promove uma live com a consultora de moda, Silvia Fernandes, para falar do Militarismo na Moda: armadura de vestir como expressão. A atividade acontece no dia 20, a partir das 15h.

No dia 20, no SESI Museu de Artes e Ofícios, os alunos do SENAI Modatec participam de uma visita mediada com o tema “Fios e tecidos: ofícios que contam histórias”, além de uma Oficina de Mandala (manual com linhas de algodão). Também no SESI Museu de Artes e Ofício, no sábado (23/4), entre 10h e 13h, acontece a exposição “Além do que Brilha” da artista Ana Clara Ligeiro. Durante a atividade, as crianças poderão participar de uma oficina de desenho ao ar livre. 

A Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais também participa da programação. Com o tema Moda & Literatura, Literatura & Moda: Processos criativos, na quarta-feira (20/4), às 10h, será realizada uma palestra com a professora Geanneti Tavares Salomon no Teatro da Biblioteca.

No Centro de Arte Popular será realizada uma Roda de Conversa com o tema Afromineiridade na Moda, coordenada com o consultor e ativista Aldo Clésius. A ação acontece na quarta-feira (20/4), às 16h e será presencial. Todas as regras determinas pelas autoridades de saúde para o combate à Covid-19 serão cumpridas.

Também dentro do tema Moda e Mineiridade, o BDMG Cultural convida a todos a revisitar a edição Nº 5 da Revista BDMG Cultural, que traz o tema Costurando Mundos. Em diferentes abordagens, na tentativa de contemplar algumas dimensões de uma prática cultural tão cheia de tradição e tão presente em nossos cotidianos, a publicação fala de costura – costura de tecidos, de linhas e também de saberes.

A programação completa pode ser conferida no site do Circuito Liberdade: www.circuitoliberdade.mg.gov.br e pelo Instagram @circuitoliberdade

Circuito Liberdade
O Circuito Liberdade foi criado em 2010, após a inauguração da Cidade Administrativa e a transferência oficial da sede do governo da Praça da Liberdade para a região Norte de Belo Horizonte. A sua criação visava transformar os prédios históricos esvaziados em espaços com vocação para a arte, a cultura e a preservação do patrimônio, reunidos como complexo cultural referência para moradores da capital mineira e visitantes. Hoje o Circuito Liberdade é composto por 33 instituições, que permeiam por diferentes aspectos do universo cultural e artístico.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/