Educação

Livro detalha vida do conselheiro Lafayette e sua contribuição para o país

Será lançado no Espaço Cultural do Fórum Lafayette, nesta quarta-feira (15/12), o livro Lafayette Rodrigues Pereira: jornada pelo Brasil. Por meio do relato histórico e biográfico desse importante jurista mineiro, a obra pretende ampliar a compreensão da organização política, social e econômica do Brasil, perpassada e influenciada pela trajetória de vida do personagem que, entre meados do século XIX e início do século XX, participou ativamente das principais mudanças rumo à modernização do Brasil.

Organizada pelo professor e escritor Osmir Camilo Gomes, obra contou com a participação de dezenas de colaboradores, entre redatores, pesquisadores e historiadores (Crédito: Divulgação TJMG)
(Crédito: Divulgação TJMG)

Organizada pelo professor e escritor Osmir Camilo Gomes, a publicação contou com a participação de dezenas de colaboradores, entre redatores, pesquisadores e historiadores. O texto é embasado em dezenas de fontes e referências, como arquivos públicos, museus, bibliotecas, biografias, arquivos históricos da imprensa, estudos acadêmicos, entre outros. O livro permite que o leitor conheça o conselheiro Lafayette e o Brasil, por meio das várias nuances captadas por diferentes mentes que se interessaram em estudar a história do país e a vida desse importante jurista e político mineiro, bem como sua influência na organização política do Brasil Império e a passagem para o regime republicano — período em que Lafayette foi figura central de nossa historiografia.

No âmbito cultural, o jurista coroou sua caminhada intelectual como membro da Academia Brasileira de Letras, na cadeira de Machado de Assis. Em homenagem póstuma ao filho ilustre, em 1934, o antigo município de Queluz recebeu o nome de Conselheiro Lafayette, sendo atualmente um dos principais centros de desenvolvimento econômico e cultural de Minas Gerais. Sobre o livro Editado pela Lesma Editores, o livro foi produzido em parceria coma Secretaria Estadual de Cultura, com recursos do Fundo Estadual de Cultura (FEC). Tem 192 páginas em papel couché, formato 21cm x 30 cm, capa dura e impressão em policromia.

Diretoria de Comunicação Institucional – Dircom
TJMG – Unidade Fórum Lafayette
(31) 3330-2800

Fonte: https://fatoreal.com.br/