Economia

Itaminas vence 24º Prêmio de Excelência da Revista Minérios

Projeto vencedor apresenta sistema de filtragem da ANDRITZ, utilizado como solução sustentável e econômica, que traz ganhos consideráveis à produtividade. Itaminas recebe prêmio na próxima semana em Workshop

Foto: Itaminas/Divulgação

Nesta terça-feira (21), a Itaminas, empresa de extração de minério de ferro localizada em Minas Gerais (MG), recebe o 24º Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica, da Revista Minérios & Minerales, criado com o objetivo de reconhecer os projetos com significativo resultado em aumento de produtividade, redução de custos e inovação, desenvolvidos pelas equipes de diversos setores em uma mineradora. A empresa venceu com o projeto “Empilhável, seguro e sustentável: abordagem inteligente para rejeitos”.

O trabalho apresenta o sistema de filtragem inovador da ANDRITZ como uma solução sustentável e econômica que traz ganhos consideráveis à produtividade.

Todos os projetos foram avaliados por um júri independente de profissionais da área nas seguintes categorias: Gestão, Manutenção Industrial, Frota Móvel, Automação de Planta, Barragem e tratamento de rejeitos, Energia de fontes renováveis, Tecnologias Digitais, Britagem e moagem, Engenharia e Geotecnia. Os autores premiados receberão troféu e diploma como reconhecimento em solenidade realizada no 13° Workshop Redução de Custos da Mina e na Planta, nos dias 21 e 22 de junho, na Fundação Dom Cabral, em Nova Lima (MG).

“A partir do momento em que priorizamos a sustentabilidade em nossa operação, encontramos na ANDRITZ uma parceria de excelência comprovada pela qualidade de seus equipamentos e pela postura adotada pela empresa de andarmos lado a lado. A ANDRITZ é uma parceria estratégica para o setor de mineração, uma vez que viabiliza o método mais seguro de filtragem de rejeitos”, comentou a diretora superintendente da Itaminas, Clacione de Oliveira.
 

Tecnologia ANDRITZ a favor do meio ambiente
Os filtros prensa especiais da ANDRITZ, equipados com um sistema de controle Metris addIQ, permitiram que a Itaminas se tornasse uma das primeiras mineradoras do Brasil a implementar uma estratégia singular de estocagem de rejeitos a seco. Os rejeitos da indústria de mineração, normalmente na forma de lodo líquido, são coletados na maioria das vezes em grandes reservatórios, o que traz um risco de rompimento de barragens. Com os filtros prensa ANDRITZ, mais de 80% da umidade da lama é removida, o que permite descartá-la por meios ambientalmente compatíveis, operando com 100% da disposição a seco e reaproveitando um grande volume de água para seu processo.

Segundo o gerente de projeto da ANDRITZ, William Milani Leonardi, atualmente a mineradora conta com quatro filtros fabricados no Brasil, em um projeto total de seis filtros (a serem instalados em 2022, com a possibilidade de ampliação para oito filtros). “O projeto, até o momento, permite a recuperação de um volume diário de 8.800 m³ por dia de água, que retorna para o processo da Itaminas, algo que não era recuperado antes da instalação do processo e filtragem. Com a instalação concluída, a meta é que seja atingido um volume de 12.000m³ por dia”, explica.

Com tecnologia da indústria 4.0, os equipamentos da ANDRITZ permitem que a mineradora saiba, em tempo real, os dados de operação, capacidade produzida em cada ciclo e produção do dia. Há também a possibilidade de acesso remoto, de forma que técnicos da ANDRITZ consigam solucionar problemas e compras via catálogo de peças de reposição on-line pelo portal da ANDRITZ, o Metris – ANDRITZ Digital Solutions e o Service Level Agreements (SLA).

Além disso, devido ao grande controle e inspeção do processo de filtragem, a Itaminas consegue atingir índices de excelência em disponibilidade mecânica e uma expressiva redução de custo operacional. Essas vantagens, somadas à garantia do processo, ao sistema de manutenção preventiva, limpeza e organização na planta de filtragem da Itaminas, permitem que sejam alcançados excelentes resultados de performance da operação. Os equipamentos operam com disponibilidade mecânica entre 95% a 98%, trabalhando 22 horas por dia.

GRUPO ANDRITZ
O grupo internacional de tecnologia ANDRITZ oferece um amplo portfólio de plantas, equipamentos, sistemas e serviços inovadores para a indústria de papel e celulose, setor hidrelétrico, indústria de processamento e conformação de metais, bombas, separação sólido/líquido nos setores municipal e industrial, como também ração animal e peletização de biomassa. Plantas para geração de energia, limpeza de gases de combustão, reciclagem e produção de não tecidos e painéis completam o portfólio global de produtos e serviços. Produtos e serviços inovadores no setor de digitalização industrial são oferecidos sob a marca Metris e ajudam os clientes a tornar suas fábricas mais eficientes e lucrativas. O grupo tem cerca de 26.800 colaboradores e mais de 280 localidades em mais de 40 países.

ANDRITZ SEPARATION
A ANDRITZ Separation oferece tecnologias mecânicas e térmicas, bem como serviços e soluções de automação para separação sólido / líquido, atendendo às indústrias química, ambiental, alimentícia, mineração e minerais. As soluções customizadas e inovadoras se concentram em minimizar o uso de recursos e alcançar a mais alta eficiência do processo, contribuindo substancialmente para a proteção ambiental sustentável. Além disso, a área de negócios oferece.