Cultura

FESTIVAL VILLA-LOBOS COM O VIOLONISTA CELSO FARIA É DESTAQUE DO PROGRAMA HARMONIA, DA REDE MINAS, NESTE DOMINGO (20)

Série traz curiosidades sobre a influência de Minas Gerais na obra de Villa-Lobos e apresenta compositores que tiveram obras inspiradas no grande maestro

Celso Faria – crédito Gui Machala

Heitor Villa-Lobos e Minas Gerais têm mais em comum do que as pessoas sabem. O grande maestro brasileiro viveu no estado. Ainda criança, Villa-Lobos morou em Bicas, Santana de Cataguases e Mar de Espanha, cidades da Zona da Mata onde conheceu as modas caipiras e os tocadores de violas. Essas são algumas das curiosidades que o violonista Celso Faria revela no Festival Villa-Lobos, que o programa Harmonia, da Rede Minas, exibe com exclusividade neste domingo (20). Na atração, Celso Faria também fala sobre a influência de Villa-Lobos no trabalho do regente e compositor belga Arthur Bosmans, do maestro mineiro Carlos Alberto Pinto Fonseca e do compositor e violonista paulista Aníbal Augusto Sardinha, o “Garoto”, e executa obras desses compositores.

Garoto foi considerado um dos precursores da bossa-nova e seu trabalho era admirado por ninguém menos que Villa-Lobos. Para lembrar o artista, Faria fala sobre o pot pourri com músicas populares do mineiro Ary Barros, que é apresentado ao público com execução de Celso. Tem, também, o compositor belga Arthur Bosmans, que desembarcou no Brasil em 1940 e logo assumiu a batuta. O europeu, amigo de Villa-Lobos, se mudou para Belo Horizonte a convite de Juscelino Kubitschek para assumir a orquestra municipal. Entre os seus trabalhos, destaque para suíte Brasileiras. A obra dialoga fortemente com uma das mais representativas de Villa-Lobos para o violão: a Suíte Popular Brasileira. Na programação, Faria fala sobre o assunto e o público ainda confere “Ponteio”, o primeiro dos cinco movimentos de suíte Brasileiras. Para encerrar mais uma edição do Festival Villa-Lobos no programa Harmonia, o mineiro Carlos Alberto Pinto Fonseca. Regente do coral Ars Nova por 41 anos, ele compôs para violão “Sete estudos brasileiros”, que fazem alusão aos “12 estudos para violão”, de Villa-Lobos. O “Estudo nº 3”, de Carlos Alberto, é apresentado por Faria, que também fala sobre o trabalho do maestro e sua importância para a cena musical brasileira.

O Festival Villa-Lobos é uma produção da Karmim Promoções e está sendo exibido, com exclusividade, no programa Harmonia, da Rede Minas. Até abril, o público confere, a cada domingo, edições especiais da série que traz recortes da vida e o legado do maestro que, este ano, completaria 135 anos.

Essas e outras novidades o público confere no programa Harmonia, no próximo domingo (20), às 22h. Apresentado pelo jornalista Luciano Correia, o programa vai ao ar pela Rede Minas e no site da emissora: redeminas.tv. Após a exibição, a série especial “Festival Villa-Lobos” é disponibilizada no canal da Karmim Promoções no YouTube: www.youtube.com/SeloKarmim.

COMO SINTONIZAR:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina.

ACESSE AS REDES SOCIAIS:
www.redeminas.tv
facebook.com/redeminastv
instagram.com/redeminastv
twitter.com/redeminas
youtube.com/redeminas

ATENDIMENTO AO PÚBLICO:
Tel: (31) 3254-3000
Whatsapp: (31) 98272-6543

Tatiana Coutinho
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social – Rede Minas
tatianacoutinho.tc@gmail.com
tatiana.oliveira@redeminas.mg.gov.br
+55 31 3254-3081