Cidades

Conheça Carangola – MG

A região de Carangola foi habitada pelos índios Coroados e Puris, expulsos do litoral pelos colonizadores. Durante o século XVIII, a Zona da Mata, onde está situada Carangola, era interditada à exploração econômica e constituía a chamada “Zona Proibida” para evitar o contrabando do ouro produzido no centro da capitania. Seu nome se deve ao rio que a banha, além da referência à existência de grande quantidade de cará, que por estarem misturados ao capim eram chamados de cará-angola.

Hoje, a cidade possui significativos atrativos históricos e culturais, como o Museu Municipal, a Estação Ferroviária, o Morro do Cruzeiro e as Igrejas de São Manoel do Boi, de Santa Luzia do Rosário, de Nossa Senhora Aparecida e da Santa Emília. Algumas festas fazem parte do calendário oficial da cidade, como a Feira Regional Agropecuária e Industrial, em julho, a Festa da Padroeira Santa Luzia, em dezembro, a Festa de Nossa Senhora Aparecida e a do Rosário, em outubro.

Dicas de Viagem: Algumas festas fazem parte do calendário oficial da cidade, como a Feira Regional Agropecuária e Industrial, em julho, a Festa da Padroeira Santa Luzia, em dezembro, a Festa de Nossa Senhora Aparecida e a do Rosário, em outubro.

Capela São Manoel do Boi

Capela São Manoel do Boi

A Capela de São Manoel do Boi é a mais antiga do município e apresenta estilo arquitetônico original que remonta o período colonial. Um fato interessante da época diz respeito ao uso do espaço da capela pela comunidade. Os homens assistiam às missas pelas laterais da capela, deixando para as mulheres o espaço da nave principal.

Orquidário

Orquidário

São 05 estufas numa área em formação de um parque florestal. Possui 1 km de trilha na mata, para caminhadas leves e interpretação ambiental. No total, são 9 mil metros quadrados, bem arborizado e preservado. O orquidário dispõe de duas casas, sendo uma a moradia de seu proprietário e a outra recepção para turistas e visitantes. O orquidário tem mais de 45 mil mudas de orquídeas e bromélias, sendo 2 mil espécies diferentes. É considerado um dos maiores orquidários de Minas Gerais. Recebe visitantes de todas as partes de Minas Gerais e do Brasil. O orquidário tem participado de grandes feiras e exposições de flores no Brasil e no exterior

Coreto da praça do distrito de alvorada, Carangola | Mapio.net

Coreto de Alvorada

O Coreto destaca na paisagem urbana do distrito os elementos construtivos de ferro e a sua composição estética eclética, com a presença de citações do repertório Art Noveau.

Praça da Matriz

Praça da Matriz

A praça conta com um chafariz como marco do eixo central em estilo eclético apresentando a forma circular, um coreto com 12 colunas e pintura marmorizada, base quadradas. E também um monumento construído em comemoração ao primeiro centenário da cidade de Carangola, 1982. São cinco figuras humanas estilizadas, geometricamente representando os cidadãos e sua comunhão em prol da sua cidade.

Pontilhão de Ferro

Pontilhão de Ferro

Foi construída por iniciativa do ingleses que administravam a estrada de ferro. Todo o material e ornamentação (estrutura metálica com desenhos diversos e com travamento em zig zag do conjunto) foram trazidos da Leopoldina Railway Limite.

 Matriz de Santa Luzia

Matriz de Santa Luzia

A Paróquia de Santa Luzia data de 02 de outubro de 1866. Hoje é Santuário que integra a rota de peregrinação do Caminho da Luz. Seu altar e as pinturas que ornam o teto são de grande beleza. As 14 estações da Paixão de Cristo estão reproduzidas em grandes quadros nas paredes laterais internas, e na Semana Santa há grande celebração com milhares de fiéis.

UEMG - Unidade Carangola

UEMG – Unidade Carangola

Este monumental edifício marca decisivamente a paisagem urbana. Tombado como Patrimônio Histórico, a composição arquitetônica da sua fachada está inteiramente preservada e é uma construção que abriga muitas histórias. Tradicionalmente dedicado ao ensino, é sede da Universidade Estadual do Estado de Minas Gerais.

Edificio da Sociedade Beneficente 21 de abril

Edifício da Sociedade Beneficente 21 de abril

Este lindo sobrado da Sociedade Beneficente 21 de Abril foi inaugurado na mesma data, no ano de 1936. Tem sua arquitetura preservada em todas as suas características, onde se destaca sua cobertura em quatro águas com telhas cerâmicas do tipo francesas. Sua fachada trabalhada em relevos e arabescos que contornam as portas e janelas na fachada chamam a atenção pela beleza e harmonia da construção.

Para conhecer mais pontos turísticos, acesse o site www.minasgerais.com.br

Foto: Acervo Setur-MG / Sérgio Mourão

Fonte: https://www.minasgerais.com.br/