Category Archives: Cidades

Cidades

Caso ET de Varginha é tema de documentário americano

Produção de ufólogo James Fox deve ser disponibilizada em fevereiro de 2022

O ET de Varginha voltou a ser destaque na mídia. A história, que é uma das mais populares do país, acaba de ganhar um documentário americano.

A suposta aparição da criatura alienígena em 1996 será divulgada no filme: “Varginha: The Roswell of Brazil“, em livre tradução Varginha: A Roswell do Brasil, local onde também foram supostamente registradas atividades alienígenas. A produção é uma sequência do documentário “The Phenomenon (2020)” , do ufólogo James Fox.

O caso de Varginha será abordado pela perspectiva de moradores e das garotas que encontraram o ser descrito como “cabeçudo, pele oleosa e olhos vermelhos”, além do suposto Et de Varginha, serão abordados potenciais encontros extraterrestres com humanos. Em 1996, após o acontecimento, Varginha foi isolada por equipes militares e, como resposta, duas criaturas foram capturadas.

Na época, sob circunstâncias misteriosas, o policial militar local Marco Cherese faleceu, supostamente o homem teria manuseado uma das criaturas. O documentário ainda apresenta entrevistas com testemunhas, especialistas e oficiais. A expectativa é que a produção seja disponibilizada nas plataformas digitais em fevereiro de 2022.

Foto: Monumento da criatura em Varginha por Franciele Brígida Fonte: https://correiodosul.com/

Cidades

Parque da Lajinha volta a receber público neste sábado

Após quase dois meses de portas fechadas, parque está aberto a visitação seguindo normas sanitárias

Após o avanço da cidade para a faixa laranja do Programa Juiz de Fora Pela Vida, o Parque da Lajinha volta a receber visitantes neste sábado (19). O local permanecia fechado desde 25 de maio, quando o município ingressou na faixa vermelha. Após a reabertura, o horário de funcionamento será das 8h às 14h, de terça-feira a domingo, e estará permitida a permanência de 200 pessoas no local ao mesmo tempo.

No sábado também acontece a distribuição de mudas ornamentais e será inaugurado um posto para arrecadação de alimentos não perecíveis e produtos de higiene, que serão doados à campanha Juiz de Fora Solidária.

A secretária de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur), Aline Junqueira, destacou a importância de manter os protocolos de segurança durante a reabertura. “O Parque da Lajinha é uma área verde de grande importância para a nossa cidade. Temos esperança de que, agora, com uma situação sanitária mais estável, vamos poder mantê-lo aberto de forma mais contínua. Nossa intenção é ter mais ações permanentes, de solidariedade e educação ambiental.”

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, no dia 5 de junho, a Sesmaur realizou ação semelhante no Parque da Lajinha. Foram 300 mudas distribuídas, além da arrecadação de 130 quilos de alimentos e uma cesta básica também doados para a campanha Juiz de Fora Solidária.

Exigências sanitária na reabertura

Segundo a Sesmaur é necessária a colaboração de toda população para o cumprimento das regras de funcionamento do parque, sobretudo o uso de máscara durante toda a permanência no local. Outras normas que estão em vigor são a proibição de ensaios fotográficos e de eventos e piqueniques. Também está suspensa a utilização de parques infantis e aparelhos de ginástica. O uso de bebedouros é permitido somente com garrafas ou copos, sendo proibido o jato diretamente na boca.

O serviço de pedalinho será mantido seguindo cuidados como a distribuição de senhas para evitar filas, uso de álcool em gel e higienização de equipamentos e coletes. Logo na entrada haverá aferição de temperatura e deverá ser mantida a distância mínima de dois metros entre cada pessoa, de acordo com a sinalização indicativa no chão.

O controle de todos os protocolos é realizado pelos servidores do parque, juntamente com a Guarda Municipal Ambiental. Segundo a Sesmaur, a reabertura do espaço foi possível devido à parceria com o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb) e o Instituto Estadual de Florestas (IEF).

Fonte: https://tribunademinas.com.br/

Cidades

Novo empreendimento é atrativo do turismo rural em Caparaó

Inaugurado neste mês, o Restaurante Rural é a nova aposta da agente de Turismo Rural formada pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES, Dayane Silva Faria Xavier. Ela e a família querem oferecer uma experiência completa aos visitantes do Sítio Centenário e atrair mais turistas interessados em apreciar a culinária mineira, saber mais sobre a cultura do café e estar em contato com a natureza.

O restaurante funciona para almoço aos finais de semana e também serve café da tarde.  “Nosso cardápio é simples, essencialmente rural. Temos um ambiente para todo mundo se sentir em casa”, explicou Dayane. 

O Sítio é parte do Roteiro Centenário, idealizado por Dayane e sua turma do Programa de Agentes de Turismo Rural há dois anos. O passeio valoriza a história e as belezas naturais do município de Caparaó. O antigo casarão do sítio e o pôr do sol visto da Pedra da Contemplação são atrativos que já receberam turistas da região, do Espírito Santo e do Rio de Janeiro. O passeio completo custa R$ 240 por pessoa e inclui café da manhã e da tarde e almoço.

O próximo passo da família será a construção de chalés na propriedade, prevista para 2022. “O projeto completo é ter o restaurante e a pousada. A formação do SENAR me fez acreditar e confiar no potencial turístico do sítio. Fico muito feliz quando vejo as pessoas indo lá e conhecendo a história da nossa família”.

Fonte: https://www.portalcaparao.com.br/

Cidades

CONHEÇA ABRE CAMPO – MG

A CIDADE DA PRODUÇÃO DE CAFÉ E CACHAÇAS ARTESANAIS.

Abre Campo é um município situado na Zona da Mata Mineira, estando a 216 KM da capital Belo Horizonte, e pertencente a Região Turística do Circuito Turístico Montanhas e Fé. Sua economia está baseada na cafeicultura e pecuária de corte e leite e crescendo na área da suinocultura.

Abre Campo destaca-se pela produção de cachaças artesanais, que são produzidas em alambiques tradicionais na região, alguns com mais de 80 anos de tradição. As cachaças artesanais produzidas nestes alambiques são reconhecidas em âmbito nacional, sendo sua produção exportada para diferentes estados brasileiros.

O primeiro conquistador e povoador dos Sertões de Abre Campo foi José do Vale Vieira que ali recebeu sesmaria em 1755. Outros exploradores aí se fixaram e, por provisão de 15 de outubro de 1741, o bispo, Dom Frei João da Cruz criou a freguesia com o título de Santa Ana e Senhora do Rosário da Casa da Casca.

Para a adoção do topônimo Abre Campo existem duas versões. Uma delas conta que, na época da penetração dos bandeirantes, esteve naquela região um português de nome Marco, que com seus companheiros brandiam contra os troncos das árvores exclamando em altas vozes. “Abre-Campo! Abre-Campo!”. Noutra versão, a origem do nome é devida a tribo indígena denominada Cataxós ou Catoxés, que em língua indígena significa Abre Campo.

Desde 1734, a mando do conde das Galveias, Matias Barbosa da Silva, um dos abridores da picada de Goiás, passou ali numa bandeira com 70 homens e mais 50 escravos para atacar os botocudos. Passou pelas Escadinhas da Natividade e fundou o Presídio efêmero de Abre Campo. Em 1770 houve um litígio com o vigário de São José da Barra Longa, mas o arraial se reconstituiu.

Algumas atrações turísticas

Paróquia Sant'Ana: 165 anos de história e fé « Arquidiocese de Mariana
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA
Cachoeira do Memorial Cotochés

Um dos principais atrativos, a Cachoeira do Memorial Cotochés chama a atenção pela beleza e paisagismo com suas quedas e área verde ao seu redor.

A cachoeira é mais um belo projeto do paisagista e artista plástico Alexandre Magno, que foi convidado pelos gestores do memorial para melhorar o visual do antigo córrego que passava pelo terreno.O resultado é surpreendente, e a cachoeira construída com pedras artificias feitas de materiais reciclados, rodeada por um lindo jardim e de animais feitos de madeira que representam um pouco da história da Cotochés, é um chamativo para belas fotos.

Memorial Cotochés em Abre Campo - MG
Memorial Cotochés em Abre Campo – MG – Parada Obrigatória na BR-262 para quem vai de Minas Gerais para o Espírito Santo

O Memorial Cotochés está nas margens da BR 262 e oferece aos visitantes serviços de restaurante, lanchonete, hotel e loja de produtos mineiros, além da tradicional Passarela do Queijo com degustação de produtos nacionais e internacionais.

CAPELA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA QUE FICA EM UMA FAZENDA NOS ARREDORES DA CIDADE
Imagem 01
Represa do Emboque
Imagem 01
Praça Tiradentes
Café especial: BSCA abre inscrições para o Cup of Excellence – 2020 –  Portal Campo e Negócios
Café Patrício
CACHAÇA BARREIRINHA
FESTA DO CAFÉ COM LEITE
Governo moderniza Leitão Vida e fomenta produção sustentável na suinocultura  de MS – SEMAGRO
Suinocultura – Granja de Suínos Conquista. Suinocultura Vista Alegre

A tradicional Festa do Café com Leite foi criada com o intuito de promover e valorizar os principais produtos que movem a economia municipal, sendo eles o café e o leite. Durante o evento são realizadas palestras para os cafeicultores e pecuaristas, torneio leiteiro a nível municipal, concurso da Garota Café com Leite, barraquinhas típicas com produtos derivados do café e do leite e shows artísticos e culturais.

Conheça também:

  • Represa do Emboque a 24,8 km de Abre Campo, em Raul Soares, MG.
  • Minas Beach Parque aquático a 31,4 km de Abre Campo, em Raul Soares, MG.
  • Castelo do Café a 48,5 km de Abre Campo, em Manhuaçu, MG

Centro de Informações Turísticas – CIT:

Informações: Prefeitura Municipal de Abre Campo
Endereço: Rua Santo Antônio, 228 – Centro/ CEP: 35.365-000
Telefone: (31) 3872-1254

Fontes: Secretaria Municipal de Cultura e Juventude de Abre Campo, www.minasgerais.com.br , www.viagemturismoaventura.blogspot.com , www.pelasestradasdeminas.com.br

Cidades

Selo Evento Seguro já pode ser solicitado por estabelecimento e espaços para eventos em Minas Gerais
Selo Evento Seguro já pode ser solicitado por estabelecimento e espaços para eventos em Minas Gerais

O Governo de Minas, através da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), já está disponibilizando o Selo Evento Seguro. A iniciativa faz parte do Programa Reviva, lançado no último dia 10 de maio, com o objetivo de impulsionar a retomada gradual e segura das atividades turísticas em Minas Gerais.

O Selo Evento Seguro é uma garantia que os espaços estão cumprindo todas as ações e protocolos de saúde e segurança previstos no Plano Minas Consciente. Entre as orientações estão medidas gerais e específicas como cuidados com o espaço físico, sinalização, controle do acesso, permanência e circulação de pessoas, orientações para centro de convenções, eventos ao ar livre, entre outros. Além do uso obrigatório de máscara, álcool 70% e o distanciamento social.

Os estabelecimentos que podem solicitar o selo são teatros, cinemas, bibliotecas, galerias e outros espaços que realizam eventos. A solicitação pode ser feita por empresas e realizadores independentes através do link Secult – Selo Evento Seguro. O site da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo contém todas as informações necessárias para a obtenção do selo.

A Secretaria Municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo e Lazer de Mariana acompanhou o lançamento do Programa Reviva de forma online. Os materiais e informações disponibilizados pela Secult estão sendo analisados para conduzir as ações estratégicas voltadas para o turismo após a pandemia no município.

Fonte: https://maisminas.org/

Cidades

E-book sobre o Caparaó será lançado em evento virtual

Com artigos produzidos a partir de encontros virtuais realizados para a reflexão do papel de arquivos, bibliotecas e museus, o e-book “Coletânea Diálogos no Caparaó”, dos organizadores Herbert Soares e Marcello França Furtado, será lançado nesta segunda-feira, dia 31 de maio, de forma virtual.

O evento será transmitido ao vivo, às 15h, no canal do YouTube “Diálogos no Caparaó”. Na oportunidade, os autores vão apresentar o conteúdo da obra e dialogar com o público acerca do potencial cultural e turístico da região. Ainda na transmissão, será divulgado o site em que o livro poderá ser baixado gratuitamente.

De museus a arquivos históricos, passando pela educação patrimonial, bibliotecas e ditadura militar, a publicação conta com artigos de Gabriela Lucio (Historiadora e Mestre em Artes), Gabriela Gobbi (Bibliotecária e Especialista em Educação), Herbert Soares (Historiador e Mestre em História), Jessica Dalcolmo (Museóloga e Mestre em Artes) e Marcello Furtado (Arquivista e Mestre em História).  

O e-book é o produto final do projeto “Diálogos sobre o Patrimônio Cultural no Caparaó”, selecionado no Edital de Artes Integradas, da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo e que contou com recursos oriundos da Lei nº 14 017 (Lei Aldir Blanc).

O canal “Diálogos no Caparaó” está disponível no link: https://www.youtube.com/channel/UC5clvzL90iStpm8BX1C9xpQ

Fonte: https://www.portalcaparao.com.br/

Cidades

Rota cervejeira de Poços de Caldas será incluída em ofertas da CVC

A representante da agência de viagem CVC, Marcela Soares, esteve na cidade conhecendo de perto a rota cervejeira de Poços de Caldas.

Todas as cervejarias da Liga das Cervejarias Vulcânicas irão fazer parte do roteiro, mas inicialmente serão apenas três

O objetivo é colocar mais este produto, de uma forma detalhada e atrativa, na grade de ofertas da empresa aos turistas que procuram Poços de Caldas como destino de passeio ou férias. A aproximação com a iniciativa privada vem sendo trabalhada desde março.

“Estivemos em Belo Horizonte com o secretário estadual de Cultura e Turismo (Secult), Leônidas Oliveira, que colocou Poços em visibilidade com outros parceiros. Em seguida, fizemos uma reunião virtual com a CVC e a própria empresa se mostrou muito interessada em cada vez mais divulgar Poços. Na oportunidade eles indicaram que Poços de Caldas é o segundo destino de lazer mais vendido em Minas Gerais e o sexto mais vendido para eventos cor-porativos no Estado”, disse o secretário municipal de Turismo, Ricardo Oliveira.

VISITA
A CVC visitou algumas cervejarias que já estão estruturadas para compor o roteiro. De início, serão três, mas em breve, o turista vai ter mais opções. Integrarão o roteiro todas as cervejarias associadas à Liga das Cervejarias Vulcânicas.

São sete em Poços de Caldas (Cervejaria Gonçalves, Cervejaria Bones, Cervejaria Hill Beer, Cervejaria Passopreto, Cervejaria Tricontinental, Cervejaria Bricks e Cervejaria Borderbrew); e três na região (Cervejaria Virtus, em Paraguaçu, Cervejaria Hops Nock de Botelhos e a cervejaria General Beer em Andradas).

Para o presidente da Liga, Marcelo Campos de Oliveira Gonçalves, essa parceria vem fortalecer a divulgação de Poços no cenário estadual e nacional.

“Com essa parceria a gente crava a bandeira de ser um polo produtor de cerveja e ganha reconhecimento. No Brasil temos vários circuitos de cerveja e agora Poços e região também vão fazer parte dessas rotas cervejeiras”, explicou o presidente da Liga, Marcelo Gonçalves.

Fonte: https://www.jornaldacidade1.com.br/

Cidades

Secretaria de Agricultura organiza concurso de qualidade de café em Simonésia

Foi realizada na AREFAMA – Associação Regional Escola Família Agrícola Margarida Alves, na Comunidade do Sossego, a primeira reunião preparatória para o 1º Concurso Municipal de Qualidade dos Cafés de Simonésia. Estiveram presentes moradores e produtores da comunidade e de comunidades vizinhas, Geraldo Lula, Secretário de Agricultura, Maxwell Pacelli, Assessor da Secretaria de Agricultura, Valdeci Gomes, Técnico da Emater de Simonésia, e os representantes das empresas patrocinadoras do concurso, Agropecuária Flor do Campo, Central Campo, e da Agrofert Freitas.

Maxwell Pacelli destacou na abertura da reunião que o concurso tem o objetivo de buscar melhorias contínuas em relação a qualidade de café e agregar valor ao produto que é o propulsor da economia de Simonésia, e também da importância da parceria da Emater – MG na organização e das empresas do setor na realização do evento.

O Secretário Geraldo Lula disse que a realização desse concurso já era um objetivo dele desde a primeira vez em que ele foi secretario da Agricultura e Meio Ambiente, e que espera que a partir de agora o mesmo seja realizado todos os anos, pois o concurso é uma das ferramentas dentro de um projeto maior de assistência técnica aos produtores de Simonésia.

Valdeci Gomes por sua vez contou sobre suas experiências em outros municípios onde, inclusive ele implantou concursos municipais através da EMATER – MG, e depois ele ministrou uma palestra para orientar os produtores sobre o manejo adequado do café na colheita e pós colheita, visando a produção de cafés especiais, e também orientou sobre o regulamento do concurso.

Várias reuniões estão sendo realizadas ao longo desse mês de maio para apresentar o concurso, padrões e regulamentos aos cafeicultores.

Produtores de Simonésia interessados no concurso podem procurar o Maxwell na Secretaria de Agricultura ou pelo wathsapp (33)9.9940-3848, ou o Valdeci no escritório da Emater ou pelo Wathsapp (32)9.8433-8639, que têm todas as informações sobre o concurso e estão à disposição para orientar.

Fonte: https://www.portalcaparao.com.br/

Cidades

Água Doce de Varginha leva sua famosa Tilápia Crocante para Festival Brasil Sabor

Com preço especial de R$ 69, o prato pode ser consumido na unidade ou pedido por delivery

A Água Doce Sabores do Brasil de Varginha participa da 15ª edição do Festival Brasil Sabor, realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). O estabelecimento oferece para os participantes do evento, a Tilápia Crocante, prato famoso em toda a rede que leva o filé do peixe empanado, molho branco, batata palha e acompanha arroz e um molho picante de azeitona. O prato foi escolhido para representar a região do Sul de Minas Gerais onde se encontra o Lago de Furnas, o ‘Mar de Minas’. Com preço especial de R$69 até o final de maio, a receita serve duas pessoas.

Com início em 13 de maio, o principal objetivo do evento é valorizar a gastronomia brasileira e estimular os restaurantes com a criação de receitas com técnicas de preparos com ingredientes locais. Pela primeira vez, o festival será realizado em formato híbrido, ou seja, os pratos podem ser servidos nos espaços físicos dos estabelecimentos participantes ou entregues pelo delivery. O Festival Brasil Sabor, que será promovido até o final do mês, já contou com a participação de mais de 10 mil restaurantes. Só em Minas Gerais, 60 estabelecimentos participam desta edição.

A Água Doce é uma rede fundada nos anos 90 e conhecida pela sua gastronomia brasileira, com pratos tradicionais da nossa cultura, como escondidinho de carne de sol, parmegiana de carne e receitas que levam peixes como o Filé de Pintado ao molho. Além disso, a marca é famosa pelo seu serviço de coquetelaria com drinques elaborados com whisky, gin e cachaças.

“O Festival Brasil Sabor tem a intenção de valorizar os ingredientes locais e a nossa gastronomia. A participação dos restaurantes é fundamental para disseminar a cultura gastronômica do Brasil, que vai além do famoso feijão com arroz. A Água Doce de Varginha é a única da cidade no evento, por isso escolhemos um prato que leva as características da região”, finaliza André Yuki, chef e proprietário do estabelecimento varginhense da rede.

Serviço – Festival Brasil Sabor – Água Doce Sabores do Brasil Varginha

Site: http://www.brasilsabor.com.br

Data: de 13 a 30 de maio

Endereço: Av. Salum Assad David, 6 – Santa Luiza (Segunda a Quinta das 18h00 às 22h30 / Sexta e Sábado das 18h00 à 00h)

Sobre a Água Doce:

Os restaurantes da Água Doce são destino para famílias e grupos de amigos que buscam fazer de almoços, jantares, happy hours e confraternizações variadas um momento especial de entretenimento. O cardápio é extenso, repleto de delícias da culinária brasileira servidas em fartas porções e pratos. Além do extenso menu de cachaças e drinques, a casa é reconhecida pelo melhor Escondidinho do País, presente nas versões tradicional (carne de sol), camarão, frango e bacalhau, além das versões vegetarianas de palmito e alho-poró. Explorando o conceito rústico, os restaurantes proporcionam espaço aconchegante aos clientes, com música ao vivo e espaço kids, mais conhecido como Doce Cantinho. Atualmente, são 80 unidades em oito estados. Além do conceito de restaurante completo, a rede lançou um modelo mais enxuto, a Água Doce Express, com menor investimento, cardápio mais enxuto e foco em almoço e happy hour, além do tradicional jantar. Para evitar a disseminação da covid-19, as unidades da franquia estão seguindo todas as normas de higiene e sanitárias decretadas pelos municípios e estados, como o uso obrigatório de máscaras, distanciamento entre as mesas, sinalização e álcool em gel nas mesas e lugares comuns com o objetivo de garantir um ambiente seguro para seus consumidores.

DFREIRE Comunicação e Negócios
Tel.: (11) 5105-7171
Rafael Machado – rafael@dfreire.com.br
Marcela Baptista – marcela@dfreire.com.br Caroline Souza – caroline@dfreire.com.br

Cidades

Epcar comemora 72 anos com homenagens a militares em Barbacena
Concursos EPCAR - Escola Preparatória de Cadetes do Ar

A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar) comemora nesta sexta-feira (21) 72 anos de atuação em Barbacena. A data será marcada com uma solenidade de entrega de medalhas para militares que completam 10, 20 ou 30 anos de serviços prestados.

De acordo com a assessoria da instituição, a cerimônia será presidida pelo comandante da Epcar, brigadeiro do ar Paulo Ricardo da Silva Mendes, e contará apenas com a presença dos agraciados, devido à pandemia da Covid-19, e vai respeitar protocolos de prevenção.

Diante disso, um vídeo comemorativo do aniversário será divulgado nas redes sociais da Epcar e NascenTV. A cerimônia está prevista para começar às 11h no pátio de formaturas da Epcar.

A escola de formação do futuro cadete aviador da Força Aérea Brasileira (FAB) já formou mais de 17 mil alunos ao longo das mais de sete décadas de atuação.

Fonte: https://barrosoemdia.com.br/