Cultura

Casa Fiat de Cultura reforça o poder dos museus com ações virtuais e presenciais

Programação dedicada à 20ª Semana Nacional dos Museus inclui mostra, visitas mediadas, ação de acessibilidade, formação de professores e projeto de experiência ampliada às exposições

12 5 2022 minicasafiat
Imagem: Léo Lara

A Casa Fiat de Cultura participa, entre os dias 16 e 22 de maio, da 20ª Semana Nacional de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM). Durante esta semana, a instituição cultural convida o público para uma programação especial que traz o tema “O Poder dos Museus”, evidenciando a capacidade dos museus de auxiliar as sociedades a se reconhecerem e transformarem as suas realidades. “Os museus são espaços de descoberta, onde as mentes e os sentidos se abrem para novas perspectivas de reflexão e aprendizagem. A Casa Fiat de Cultura é esse lugar onde o público encontra novas proposições, por meio de uma programação ampla, inclusiva e com temáticas diversificadas. Com o formato híbrido, expandimos o acesso à arte e à cultura, reforçando nosso papel de aceleradora de novas experiências e formas de pensar para todos os públicos”, pontua Ana Vilela, gestora cultural da Casa Fiat de Cultura.

No dia 16 de maio, o Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura realiza o bate-papo virtual “Experiência ampliada em exposições de arte: um espaço para todo mundo”, sobre as possibilidades de fazer do passeio a exposições artísticas uma experiência ainda mais rica. Neste encontro, que será realizado online, serão apresentadas formas simples de explorar a visita a uma mostra de arte, entendendo que ela pode ter vários ângulos e trazer muitas interpretações e sensações. O objetivo é sensibilizar o público e mostrar que todos têm em si a capacidade de compreender, se relacionar e ser afetado pela arte. O encontro tem vagas limitadas, com inscrições gratuitas pela Sympla.

Na Formação de Professores online “Conexão arte e educação: a importância das atividades em museus”, nos dias 17 e 18 de maio, será abordado o potencial que museus e centros culturais oferecem para a educação. Em dois episódios disponibilizados no canal da Casa Fiat de Cultura no YouTube serão apresentadas diversas possibilidades de uso das ferramentas museológicas e sua importância no processo pedagógico escolar. O conteúdo conta com tradução simultânea em Libras.

A exposição “Serrapilheira”, do artista Raul Leal, também integra a programação da 20ª Semana Nacional de Museus. A mostra inverte a imagética tradicional construída pelos artistas viajantes de um Brasil eternamente verde. Em uma coleção de 27 fotos – em madeira e papel, o artista mescla dois tipos de registro. Na série Ventania, as fotografias apresentam árvores, secas e solitárias, que se mantêm resilientes na natureza sofrida dos arredores de Miracema, no Rio de Janeiro, em imagens sobrepostas. Na série Rebento, Raul faz a catalogação de mudas de espécimes sobreviventes, que ainda podem reflorestar o deserto naquela região fluminense. A exposição pode ser apreciada presencialmente, na Piccola Galleria, ou online, no tour virtual disponível no site da Casa Fiat de Cultura. No dia 19 de maio, ainda será possível participar de uma visita virtual com mediação do Programa Educativo e tradução simultânea em Libras. Inscrições gratuitas pela Sympla.

Para encerrar a programação na Semana Nacional de Museus, a Casa Fiat de Cultura destaca suas iniciativas de valorização, expansão e inclusão do conhecimento proporcionado a todos os públicos. No dia 20 de maio, às 11h, a convite da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, a instituição participa de um bate-papo sobre acessibilidade em equipamentos culturais em uma live pelo Instagram. Enquanto a Biblioteca falará de sua atuação de mais de 50 anos no setor Braille, a Casa Fiat de Cultura apresentará as ações desenvolvidas pelo Núcleo de Acessibilidade e Inclusão do seu Programa Educativo, que contribuem para transformar o imaginário dos visitantes em suas exposições e ações educativas.

Nos dias 21 e 22 de maio, das 10h às 14h, em uma ação especial, em parceria com a Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, a Casa Fiat de Cultura participa da Estação Leitura Inclusiva na Bienal Mineira do Livro – a maior iniciativa literária em Minas Gerais, que será realizada no BH Shopping. A “Leitura de imagem” estará em destaque como um dos vários tipos de leitura existentes. Em se tratando da arte, a leitura das imagens é essencial para compreender uma obra e suas possibilidades de fruição. Para exemplificar, o Núcleo de Acessibilidade e Inclusão do Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura apresenta aos visitantes da Bienal as peças multissensoriais baseadas no painel “Civilização Mineira”, de Candido Portinari – em exposição permanente no hall de entrada da instituição; peças em 3D reproduzindo obras da exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos”, que esteve em cartaz na Casa Fiat de Cultura em 2018; entre outros.

A programação completa está disponível AQUI.

Fonte: https://www.secult.mg.gov.br/