Cidades

A capital mineira do abacaxi
Matriz de Nossa Senhora do Carmo
Foto: Giselle Oliveira

A cidade é grande produtora de abacaxi, cana, grãos, além de ser um dos polos em educação do estado. A produção de abacaxi em Frutal faz da cidade a maior produtora da fruta em Minas. A produção de abacaxi está concentrada em seu mais importante distrito, Aparecida de Minas, que segundo o Sebrae, é responsável pela produção de 80% da fruta no estado. Somando com Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro, Berilo no Vale do Jequitinhonha e Itamarandiba, no Norte de Minas, também grande produtoras de abacaxi, fazem do Estado de Minas Gerais, o terceiro maior produtor de abacaxi do Brasil.

O nome Frutal é derivado de sua história devido ao tempo de sua fundação, ter riachos cheios de jabuticabas (frutas). Daí a origem de seu nome “Frutal”. Sua população, segundo a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2019, é de 59.496 habitantes. Considerada uma cidade média pequena. Foi fundada em 4 de outubro de 1887. (foto acima e abaixo da Matriz de Nossa Senhora do Carmo, de Giselle Oliveira)

Aparecida de Minas
Frutal tem cerca de 200 produtores de abacaxi, sendo 160 desses produtores, residentes em Aparecida de Minas, distrito de Frutal, situada a 13 km da Rodovia BR-153 no acesso A-900, entre as cidades de Frutal e Fronteira, no estado de Minas Gerais. A atividade econômica do distrito é rural, destacando a produção de abacaxi e cana de açúcar. O distrito é tão importante, que a Feira Regional do Agronegócio do Abacaxi, acontece no distrito, geralmente no mês de novembro.

Um local de povo hospitaleiro, solidário e trabalhador, sendo maioria católicos, buscam preservar as festas e tradições religiosas cristãs como as danças folclóricas, festas tradicionais como a Festa de “Santos Reis” (Folia de Reis), Congada, Catira e a tradicional Festa de São João. As festas religiosas são em torno da Igreja de Nossa Senhora Aparecida, que dá nome ao distrito.

Tem também outras festas tradicionais no distrito como a Festa do Peão Boiadeiro e a famosa Festa Junina, realizada pela escola local e pela Igreja Católica, com direito a casamento caipira, quadrilha, pipoca, quentão, etc.
Em todos os eventos do distrito, religiosos ou não, a culinária mineira está presente e é uma das atrações das festas onde os moradores locais e visitantes podem saborear o que temos de melhor em Minas como tutu-de-feijão, canjica de milho, pé-de-moleque, quentão, pamonha de mandioca, pamonha de milho verde, entre outras que sempre estão presentes nas festas e danças.

O artesanato também é muito valorizado pela comunidade que incentiva a preservação da tradição do artesanato local. Artesanato de crochê, balaio ou jacá (feito de taboca), peneira (de cambaúva), tapetes e colchas de retalhos. Colchas de lã de carneiro e outras variedades de obras de grande beleza e qualidade.

É uma das poucas localidades em Minas Gerais que podemos encontrar benzedeiras praticando esse tradicional ofício. As benzedeiras locais são valorizadas e respeitada. Benzem adultos e crianças contra todo tipo de mal.
Uma das características do povo de Aparecida de Minas, por serem muito supersticiosos, é preservar as simpatias. Conhecem todas, desde as que curam doenças, que afastam coisas ruins, ou que ajudam a emagrecer, etc. Tradicional também e muito praticada por seus moradores é a Medicina Popular. Seus moradores gostam de cultivar ervas medicinais em seus quintais, que ajudam na cura de doenças. Uma tradição muito valorizada por todos.

Aparecida de Minas é um distrito bastante desenvolvido, oferece uma boa qualidade de vida a seus moradores com ruas asfaltadas, escolas, postos de saúde, telefonia digital, supermercados, farmácias, padarias, lanchonetes, água de qualidade e belezas naturais em volta, já que Aparecida de Minas é banhada pelo Rio Grande, com vários cursos d´água que fazem das terras do distrito, que já são muito férteis e de ótima qualidade, super valorizadas.

Uma das características do povo de Aparecida de Minas é que são formados por famílias e que gostam do lugar em que vivem e cuidam bem da charmosa vila, que está sempre limpa, arborizada, com seu povo sempre acolhedor e amigo que recebem todos bem. Por ser um local pequeno, a amizade entre famílias vem de longa data e a confiança também.

Conheça Minas

Texto: Arnaldo Silva

Fonte: www.conhecaminas.com