Cultura

Tradicional Carnaval de Ouro Preto relembra história centenária de Jacubas e Mocotós

Carnaval Patrimônio 2020, de Ouro Preto, divulga programação

Ouro Preto segue apostando na tradição histórica para fazer um dos melhores carnavais de rua do país. Em 2020, o carnaval homenageia os 40 anos do título de Patrimônio Mundial da cidade, relembrando a antiga e divertida disputa centenária dos moradores, com o tema “Entre Jacubas e Mocotós”.


Jacubas e os Mocotós eram chamados os habitantes de Ouro Preto de acordo com a região em que residiam. De um lado, o bairro de Antônio Dias, com sua imponente Matriz de Nossa Senhora da Conceição, e os jacubas, como eram chamados seus moradores. De outro, o bairro do Pilar, ostentando sua Matriz de Nossa Senhora do Pilar, uma das mais ricas do país, e os mocotós, apelido dado pelos jacubas aos que ali viviam.

Bloco Liga na Radio – Credito Ane Souz


A historiadora e moradora de Ouro Preto, Deolinda dos Santos, explica a origem dos nomes dos grupos. “Jacuba é um tipo de farinha misturado com um pouco de gordura ou sal que é para o sustento do garimpeiro. Do outro lado, o mocotó é o caldo e representa as pessoas ricas”, diz. 
E, no meio, a hoje Praça Tiradentes, palco de um dos mais tradicionais carnavais de rua do país, que atrai gente de todas as idades e dos quatro cantos do Brasil. Tudo organizado e mantido pelos moradores, que fazem questão de manter a tradição também no carnaval, mostrando que jacubas e mocotós, hoje em dia, não apenas se misturam, mas organizam juntos um dos melhores carnavais de rua do país.

Bloco Balanco da Cobra – Credito Ane Souza


A opção por um carnaval de rua inclusivo, gratuito e que valoriza a tradição é receita de sucesso há gerações. Tanto que o Zé Pereira dos Lacaios é o mais antigo bloco de sua modalidade no país. E segue arrastando crianças, adultos e até a terceira idade até hoje. “O bloco é uma das atividades do Clube dos Lacaios, que surgiu em Ouro Preto há 152 anos”, explica o presidente do Clube dos Lacaios, Arthur Nogueira. 

Bloco Ze Pereira Mirim – Credito Ane Souza


E não só de Zé Pereira vive o carnaval de Ouro Preto. Outros, como a Bandalheira, o Vermelho e Branco, o Balanço da Cobra e o Sanatório Geral não deixam ninguém ficar parado nos cinco dias de folia momesca. Umas das organizadoras do Bloco Balanço da Cobra, Cida Zurlo, fala das expectativas para o carnaval deste ano. “O nosso bloco já soma 45 anos de história. Neste ano iremos para as ruas com nossa camiseta temática, com desenho e arte do artista plástico Carlos Bracher. A nossa expectativa é de que o movimento na cidade seja grande já que esse ano os blocos estão tendo mais espaço pelas ruas da cidade, o que deixa o carnaval muito mais animado”, revela Cida.

Foliões 2 – Credito Ane Souza

“O carnaval de Ouro Preto é o melhor carnaval de rua do país. É uma festa bonita, alegre, da qual podem participar todos, inclusive famílias e idosos”, diz o engenheiro Geraldo Malta, que apesar de morar em Vitória (ES), frequenta o carnaval ouropretano há mais de 50 anos.

Bloco Pirata – Credito Ane Souza


Confira a programação: 
Dia 20 de fevereiro (quinta-feira)
Bloco “Os Conspirados”
Horário: 17h – Local: Praça Tiradentes (Centro)
Descrição: Bloco do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) da Prefeitura Municipal de Ouro Preto. Em 2020, o bloco comemora seus 20 anos.

Dia 20 de fevereiro (quinta-feira)
Bloco “Vermelho i Branco”
Horário: 20h \ Local: Bairro Rosário
Descrição: Bloco conhecido por sua história no bairro Rosário. Atualmente, reúne cerca de 5 mil foliões vestidos de vermelho e branco. O bloco sai pelas ruas ouro-pretanas ao som de marchinhas.

Dia 20 de fevereiro (quinta-feira)
Baile de Máscaras – Show Baianas Ozadas
Local: Largo do Cinema \ Horário: 23h
Classificação: Livre para todos os públicos \ Entrada: Gratuita.

Dias 20, 22 e 25 de fevereiro (quinta, sábado e terça)
Bloco “Zé Pereira do Club dos Lacaios”
Horário: 21h – Local: Praça Tiradentes (Centro)
Descrição: Agremiação carnavalesca em funcionamento mais antiga do país. Em 2020, o bloco completa seus 153 anos de história.

Dia 21 de fevereiro (sexta-feira)
Abertura Oficial do Carnaval 2020 – Show Banda Mikareteiros
Local: Praça Tiradentes \ Horário: 23h
Classificação: Livre para todos os públicos \ Entrada: Gratuita.

Dia 21 de fevereiro (sexta-feira)
Show do Grupo JPG – Formado pelo filho de Zé Ramalho e Amelinha.
Local: Largo da Alegria
Classificação: Livre para todos os públicos \ Entrada: Gratuita.

Dia 22 de fevereiro (sábado)
Bloco “Sanatório Geral”
Horário: 15h
Descrição: O bloco presta uma homenagem aos ilustres ouro-pretanos. Cidadãos que com suas ideias e posições marcaram a vida na cidade e passaram a fazer parte do imaginário de seus habitantes.

Dia 22 de fevereiro (sábado)
Show Banda Tianastácia e Cabrobloco
Local: Praça Tiradentes \ Horário: 18h
Classificação: Livre para todos os públicos \ Entrada: Gratuita.

Dias 23 e 24 de fevereiro (domingo e segunda)
Desfiles das Escolas De Samba
Classificação: Livre para todos os públicos \ Entrada: Gratuita.

Dia 24 de fevereiro (segunda)
Bloco “Balanço da Cobra”
Horário: 17h
Descrição: Com sátiras bem humoradas alusivas aos fatos ocorridos durante o ano, o bloco sai às ruas com muita criatividade. Os acessórios incluem cartazes, faixas e fantasias.

Dia 25 de fevereiro (terça)
Show Bartucada
Classificação: Livre para todos os públicos \ Entrada: Gratuita.

Como chegar a Ouro Preto
Há voos diários das capitais e principais cidades para Belo Horizonte (Aeroporto de Confins). De lá, pode-se optar por um serviço de transfer até Ouro Preto (táxi, uber, etc.) ou ir até o Terminal Rodoviário de Belo Horizonte e tomar um ônibus para Ouro Preto, que sai de hora em hora, a partir das 6h.
Do Rio, de São Paulo, de Brasília e de Vitória, há ônibus direto para Ouro Preto.

Onde ficar: a cidade possui excelente infraestrutura hoteleira, com opções para todos os gostos e bolsos.

www.ouropreto.org.br

Clarice Mendes
Gerente de Atendimento
(31) 3211.7520 | (31) 99111.1713

www.interfacecomunicacao.com.br