Sociedade

Projeto Social irá beneficiar crianças e adolescentes de Congonhas

O projeto, de caráter inédito na cidade, irá atender mais de 800 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

“ELPIS – Construindo Valores” é o nome do novo projeto social desenvolvido pela Casa de Convivência Dom Luciano em Congonhas. “ELPIS” vem do grego e significa esperança, e é justamente nesse sentido que o projeto irá trabalhar, levando esperança e inserção social para muitas crianças e adolescentes da cidade.

O projeto, que tem parceria com entidades dos bairros Pires, Cristo Rei, Alvorada, Matriz, Praia, Dom Silvério, Novo Rosário, Campinho, Tijucal, Cinquentenário, Consolação, Rosa Eulália, Primavera, Nova Cidade, Eldorado, Casa de Pedra, Murtinho, Profeta, Pires, e apoio do grupo “Amigos de Valor”, irá atender crianças e adolescentes de Congonhas com idades entre 4 anos e 17 anos e 11 meses, oferecendo atividades como: educação ambiental, reforço escolar, escolinha de futebol, dança, teatro, atendimento psicológico, assistência e educação social. Para participar das atividades estarão abertas as inscrições de 1º a 9 de agosto em todas as entidades (os endereços estão no final da matéria). As atividades começam em agosto e vão até março de 2020.

O principal objetivo do projeto é promover uma transformação social por meio da educação, saúde, esporte e cultura. Além disso, prestar atendimento de proteção, fortalecer vínculos familiares, dar suporte às crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e que não estejam matriculadas em escolas de período integral. O projeto também coloca em prática o ECA (Estatuto da Criança e Adolescente), que por meio de ações busca a garantia de direitos de crianças e adolescentes contribuindo com a educação, saúde dignidade deles.

A idealizadora do projeto, Daisy Oliveira, explicou um pouco do que será abordado. “Este projeto propõe um formato de distribuição das atividades, onde o conhecimento construído no espaço de ensino-aprendizagem

possibilitará aos participantes um conhecimento de forma prazerosa, que acontecerá de forma mais dinâmica, profunda e participativa. É uma forma de oferta do atendimento adequado às crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. As atividades oferecidas visam o resgate e inserção destas à sociedade.”

Casa de Convivência Dom Luciano

Há 18 anos, a Casa de Convivência Dom Luciano serve de apoio e resgate de crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade social, seja ela associada às drogas, marginalidade, prostituição, falta de apoio da família, entre outros. O projeto é de caráter filantrópico e sem fins lucrativos. A casa oferece atividades como: educação ambiental, passeios ecológicos, apoio escolar, aulas de idiomas, psicoterapia, oficinas de artesanato, rodas de conversa, dinâmicas, dança, teatro e lazer. Dom Luciano Mendes de Almeida foi um religioso jesuíta e Bispo católico brasileiro. Foi criador da Pastoral do Menor promovendo assim muitas obras sociais.

A fundadora desse projeto social é Maria José do Nascimento, a dona Neném. Nascida em Fortaleza, no Ceará, sempre teve espírito solidário e carismático e ajudou muitas pessoas de baixa renda. Após se casar, veio acompanhar seu marido em Minas Gerais e passou a morar na em Congonhas. Envolvida em atividades da Igreja, ela fazia trabalhos voluntários voltados para a pastoral da criança.

Percebendo que havia várias crianças que já não tinham idade para pastoral e nem outro local para ficarem no momento em que os pais iriam trabalhar, viu a necessidade de ter um ambiente de acolhimento para elas. Foi aí que surgiu a afetuosa iniciativa de fundar um projeto para ajudar e proteger crianças e adolescentes dos fatos do cotidiano. E foi assim que há dezoito anos a popularmente conhecida “Casa da criança da Dona Neném” foi criada.

ENTIDADES – ENDEREÇOS

ABNOVA: Av. Martinho Rossi, 202 – Nova Cidade. Congonhas.

Associação Reciclando Vidas: Joaquim Murtinho. Congonhas.

BANGU Esporte Clube: Rua Dois, S/N. Joaquim Murtinho. Congonhas.

Casa de Convivência Dom Luciano: Rua Santa Catarina, 118 – Cinquentenário. Congonhas.

CEAMEC: Rua Noemia Ferreira Lobo, 534 – Basílica. Congonhas.

Grupo Escoteiro Cidade dos Profetas: Rua Danilo José G. Ferreira, Praia. Congonhas.

Projeto Garoto Cidadão: Rua Dom Pedro I, Centro. Congonhas.

Spasso Danças Clássicas: Rua Marechal Floriano, 383 A. Centro. Congonhas.

Serviço: ElPIS – Construindo Valores

Inscrições: 1º a 9 de agosto nas entidades

Atividades: de agosto de 2019 a março de 2020

Nathália Coelho

  • Graduada em Comunicação Social – Jornalismo, pela Faculdade Presidente Antônio Carlos – UNIPAC – Conselheiro Lafaiete.
  • Pós-graduada em Administração e Marketing pela faculdade UNINTER.
  • Jornalista, assessora, colunista e freelancer.
  • Parceira e jornalista na Revista Viva Minas, de Barbacena.
  • Ex coordenadora de Comunicação no Museu de Congonhas.
  • Ex assessora de imprensa na Prefeitura de Congonhas.

Fotos: atividades realizadas na Casa de Convivência Dom Luciano.