Saúde

Programa “Saúde na Escola” leva conscientização para escolas municipais
Em 2017, oito escolas de Itabirito já participaram das ações
Em 2017, oito escolas de Itabirito já participaram das ações

 

Com o objetivo de desenvolver ações de prevenção, promoção e atenção à saúde dos estudantes, a Secretaria de Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação, aderiu, neste ano, ao Programa Saúde na Escola (PSE). As atividades são realizadas mensalmente em oito escolas e pré-escolas da rede municipal pela equipe da Saúde da Família, beneficiando cerca de 2500 alunos.

Teatro aborda os cuidados necessários para eliminação do mosquito Aedes Aegypti (2)Entre as ações desenvolvidas, estão a conscientização e combate ao mosquito Aedes aegypti, promoção das práticas de atividade física, prevenção ao uso de álcool e outras drogas, identificação de possíveis sinais de agravos de doenças, promoção e avaliação de saúde bucal, atualização da situação vacinal, promoção da alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil, entre outros, em um total de 12 frentes de trabalho.

A diretora da atenção primária em saúde, Carla Vitor, destacou os benefícios da iniciativa. “É sempre importante proporcionar a aproximação das crianças e adolescentes com assuntos de relevância para os cuidados com a saúde. Além de adquirirem conhecimento, eles replicam essas informações para seus familiares, amigos e vizinhos”, explica.

Em 2017, oito escolas de Itabirito já participaram das ações
Em 2017, oito escolas de Itabirito já participaram das ações

Para a diretora escolar Gláucia dos Santos, a recepção dos alunos e professores tem sido positiva. “As ações desenvolvidas fazem com que os alunos se apropriem mais de cuidados com o corpo e saúde. O desenvolvimento e aprendizagem dos alunos com o projeto estão sendo uma surpresa para nós. Alunos e professoras estão gostando muito e cada etapa está sendo uma novidade. As informações não só envolvem os alunos, mas a comunidade escolar e seus responsáveis”, enfatiza. “Oferecer informações referentes à saúde privilegia as escolas como espaços públicos para a articulação das políticas voltadas para as crianças, adolescentes e jovens, por meio da participação eficaz dos profissionais da saúde e educação, bem como dos estudantes e famílias”, finaliza a coordenadora do Conselho Municipal de Educação e do Fundeb, Denise Couto.

Em 2017, as escolas participantes são Guilherme Hallais França, Laura Queiroz, Manoel Salvador de Oliveira, Professora Olímpia Maria Malheiros, Pequeno Cidadão, Peterpan, Pingo de Gente e Ana Amélia Queiroz.

Bruna Fontes
Secretaria de Comunicação
Prefeitura de Itabirito
(31) 3561-4061