Educação

O Encontro Marcado.
viva_minas_sjdr

aci_bordo

A cidade de São João del-Rei tem uma entidade que reflete bem a importância do comércio para a região do Campo das Vertentes: a ACI del-Rei.

Duas aniversariantes comemoram bem próximo as suas históricas trajetórias. São João del-Rei, em dezembro, completou seus 301 anos de elevação à cidade, e dentro desse tricentenário de emancipação está a história de uma das entidades mais antigas e consolidadas de Minas Gerais, a ACI del-Rei (Associação Comercial e Industrial de São João del-Rei). A ACI del-Rei completa seus 112 anos em janeiro e entra neste encontro marcado, meramente formalizado, pois o comércio sempre foi ativo na cidade, bem como a força do que deles sobreviviam.

Quem pensa que o motivo primário da fundação da cidade foi a exploração do ouro está enganado. Na época, o então arraial foi criado com o objetivo de ser um entreposto entre Parati, no Rio de Janeiro, e as cidades da região central de Minas Gerais: Ouro Preto, Mariana, Conselheiro Lafaiete, entre outras. Mais tardiamente é que se encontrou grande quantidade de ouro na cidade. O ouro, a pecuária e a agricultura permitiram o desenvolvimento e progresso da vila, elevada à categoria de cidade a 8 de dezembro de 1838.

Apesar de ser formalizada há quase duzentos anos após a cidade se emancipar, a história retrata algumas passagens em que comerciantes locais tentaram se reunir em associativismo. Então, conhecer a trajetória da Associação Comercial é aprofundar na história da cidade e na do Brasil.

Na entrada do Século XIX, o Rio das Mortes, como era conhecida, abastecia o Rio de Janeiro com todos os gêneros alimentícios. Casarões, lojas comerciais e praças surgiram, revelando que o comércio era próspero. A estrada de ferro chegou e as atividades econômicas ficaram mais movimentadas. O século se findou, mas deixou a prosperidade para a cidade, que vivenciou a era da industrialização no Século XX.

Com o desenvolvimento do comércio, com as fábricas de tecido, a inauguração do primeiro trecho da Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM) (1881) e a Proclamação da República (1889), os comerciantes locais sentiram o desejo de se reunir para defender seus interesses. Surge a “Associação dos Empregados no Comércio de São João del-Rei”, em primeiro de janeiro de 1903. Organizaram-se como associação beneficente, instrutiva e comercial. Na época, a maioria dos proprietários eram os próprios funcionários dos estabelecimentos, por isso a nomenclatura “Empregados do Comércio”.

112 anos se passaram, e a Associação Comercial e Industrial de São João del-Rei está em pleno vigor. Hoje, a ACI del-Rei participa ativamente na vida social, cultural, e administrativa da cidade, porque ela entende que sua missão é fomentar a atividade econômica do município. Seus gestores acreditam na potencialidade do comércio local, mas sem se esquecer que o legado histórico da cidade deixou uma preciosidade, a arquitetura e a própria história, que atrai milhares de turistas todos os anos.

A ACI del-Rei traça sempre um novo caminho, buscando incentivar a economia através do turismo. Esta é a oportunidade que a cidade busca em recuperar os tempos áureos, quando São João del-Rei era uma das quatro maiores e mais importantes cidades de Minas Gerais.