Sociedade

Estilista mineiro vence a 3ª edição do Prêmio ECOERA

“Premiação é a única no Brasil a avaliar indicadores de sustentabilidade nos setores da moda, beleza e design”

Ronaldo Silvestre, estilista de moda nascido em Itabira, interior de Minas Gerais, é o vencedor da 3ª edição do Prêmio ECOERA, criado pela especialista em sustentabilidade e consumo consciente Chiara Gadaleta. A premiação tem como objetivo analisar práticas sustentáveis nas indústrias da moda, beleza e do design.

A marca homônima de Ronaldo venceu na categoria Gêneros, que avalia esforços das empresas para avançar em igualdade de gênero e empoderamento das mulheres. Depois de uma temporada morando fora, foi justamente na volta às origens, em Itabira, que Ronaldo enxergou a possibilidade de dar propósito à sua profissão.

Vendo uma enorme população de mulheres carentes e sem nenhuma fonte de renda, criou o Instituto Tecendo Itabira, em 2009. Além do trabalho com intervenções artesanais e tecidos feitos de matérias-primas recicladas, que é a marca registrada do estilista, ele ainda promove o protagonismo cultural das comunidades, valorizando os recursos naturais e a biodiversidade.

A grande inspiração para a criação do projeto foi a mãe do estilista, que sustentou a família e criou os filhos com o ofício de costureira. “A grande missão da moda é fazer o consumidor final enxergar a roupa que veste, mas principalmente quem a produziu. Cada peça de roupa tem um significado, uma identidade e um pertencimento impregnado em todo o trabalho de quem fez”, disse o estilista no momento da premiação.

Informações – portalecoera.com.br