Moda & Beleza

Empoderamento, moda e autoestima são temas de evento pioneiro em Congonhas

Uma noite para quebrar padrões, empoderar mulheres e claro, falar sobre moda e tendências. Assim foi a edição festiva do projeto “Meu Corpo Na Moda”, que aconteceu na última quinta-feira, 26, em Congonhas. Idealizado pela personal stylist congonhense Erica Antunes, o evento contou com a presença da coach de mulheres e vizagista Nayara Magalhães e da bloqueira Patrícia Monteiro. O projeto “Meu Corpo Na Moda” propôs uma quebra de padrões nos conceitos de moda e beleza para mostrar a mulheres e homens que todo corpo é belo e merece ser respeitado e amado.

Em sua palestra, Nayara Magalhães falou sobre os conceitos de beleza e visagismo, além de tratar sobre empoderamento feminino, autoestima e o poder da imagem nos relacionamentos e na vida. “Fiquei lisonjeada em participar deste projeto. Eu trouxe para o evento um conteúdo que mostra como a imagem é importante e como ela sempre transmite uma mensagem, uma sensação. Para vocês terem uma ideia dessa importância, para se corrigir um má impressão a pessoa precisa de 18 novos encontros, e na vida não temos a oportunidade de ir 18 vezes numa mesma entrevista de emprego, ou num mesmo encontro amoroso. Manter uma boa imagem é fundamental”, explicou a coach. Nayara também falou sobre a dificuldade das pessoas em manterem uma imagem agradável e atribuiu esse problema ao fato de que só si consegue sustentar uma determinada imagem se isso refletir o interior.

Meu Corpo na Moda (3)

A bloqueira Patrícia Monteiro do site “Hoje eu tô Pati”, mostrou um pouco das principais tendências para o verão 2019, falou sobre o uso de estampas xadrez, floral, folhagens, dentre outras que em breve vão chegar ao mercado. Patrícia também deu dicas para se reconhecer os tipos de corpos e como adequar as tendências para cada um deles. “Não é a moda que nos veste, somos nós que vestimos a moda”, afirmou a bloqueira.

Meu Corpo na Moda (5)

Além do sorteio de diversos brindes, a grande surpresa do evento foi a escolha de uma das participantes para uma transformação no visual, conduzida pela visagista Nayara Magalhães. A sortuda foi a engenheira civil Cleidiane Ferreira, que em poucos minutos ganhou um visual mais alegre e descolado. “Eu achei maravilhoso essa transformação, a minha autoestima aumentou, eu estou amando esse novo visual. Muito importante esse tipo de iniciativa para mostrar para as pessoas que elas precisam se aceitar do jeito que elas são, independente de qualquer coisa, se amar e se cuidar”, disse.

Meu Corpo na Moda (2)

 

O evento também contou com apoio de profissionais da área da beleza, saúde e bem estar e de diversos lojistas. “Evento top! Congonhas precisa disto, de falar sobre a questão de empoderamento para as mulheres. Eu trabalho com estética, então também estou envolvida nessa questão e apoio o projeto. Espero que cada vez mais as pessoas prestigiem esse tipo iniciativa”, afirmou a Roberta Epifania, empresária do ramo da estética.

A jornalista Nathália Coelho, que escreve sobre moda em portais da região, também prestigiou o evento. “Aqui em Congonhas não vemos acontecer esse tipo de encontro, achei muito interessante essa iniciativa. Podemos constatar que na cidade temos sim profissionais capacitados na área que podem trazer um pouco mais desse universo da moda para a nossa realidade. Valeu muito a pena participar”, afirmou. A administradora Laila Mendes Souza também registrou a sua satisfação com o evento. “Foi muito gostoso participar. O conteúdo foi algo diferente, algo que a gente não vê por aqui. Eu acho que a iniciativa vem para valorizar a imagem da mulher, uma oportunidade para que a gente se conheça mais. Espero que muito em breve aconteça uma nova edição”, disse.

A personal stylist e idealizadora do evento Erica Antunes adiantou que este foi somente o início de uma série de atividades que aconteceram em Congonhas e na região dentro do projeto “Meu Corpo Na Moda”. Palestras, desfiles, debates e rodas de conversas em breve serão divulgadas pela equipe do projeto. “Esta foi uma grande oportunidade de reunir parceiros e trazer uma experiência diferenciada para Congonhas. Além de possibilitar para as pessoas a vivência da moda, que às vezes é um conceito muito distante delas. Fiquei muito feliz em ver a felicidade das pessoas participando, a interação entre elas. Estou muito satisfeita”, concluiu Erica.

Meu Corpo na Moda (4)

 

Janice Miranda – Jornalista
Hiper Teia Comunicação Integrada e
Hiper Teia Notícias
www.hiperteia.com.br
(31)9.9821-0976 – (31)3731-1173