Sociedade

Confira o que é e quais os sintomas da nomofobia

nomofobia
A nomofobia é caracterizada pelo medo ou angústia de ficar incapacitado de se comunicar por meio de aparelhos celulares ou computadores.

Ao mesmo tempo em que trouxe muitas facilidades para o dia a dia das pessoas, a internet trouxe uma gama de desafios e consequências prejudiciais à sociedade. A nomofobia é uma doença caracterizada pelo medo e pânico de ficar desconectado e incapacitado de se comunicar por meio de aparelhos celulares e computadores. A doença não está relacionada ao tempo que a pessoa passa utilizando os aparelhos, mas aos prejuízos que o uso acarreta em sua vida.

Em geral, pessoas que sofrem de nomofobia deixam seu celular ligado 24 horas por dia, costumam se sentir rejeitadas quando ninguém telefona e enfrentam síndrome de abstinência quando estão sem o aparelho. Então fique atento: o problema pode estar ligado a outros transtornos, como ansiedade e depressão.

Nomofobia: causas e sintomas

Causas da nomofobia

Os principais fatores de risco que podem acarretar em nomofobia são:

Baixa autoestima;
Dificuldade nos relacionamentos sociais;
Vícios no sistema de recompensa de redes sociais, como likes do facebook, retuítes, views em vídeo do youtube e corações no Instagram.
Incapacidade de desligar o telefone;
Verificar obsessivamente chamadas, e-mails e mensagens de aplicativos;
Preocupação contínua com a duração da bateria;
Incômodos quando a rede não funciona direito;
Preocupação excessiva com a internet;
Tendência a passar cada vez mais tempo online;
Tentativas fracassadas de reduzir o tempo na rede;
Irritabilidade, depressão ou instabilidade de humor quando o uso da internet está limitado;
Usar a internet para escapar de problemas.
Sintomas da Nomofobia

Incapacidade de desligar o telefone;
Verificar obsessivamente chamadas, e-mails e mensagens de aplicativos;
Preocupação contínua com a duração da bateria;
Incômodos quando a rede não funciona direito;
Preocupação excessiva com a internet;
Tendência a passar cada vez mais tempo online;
Tentativas fracassadas de reduzir o tempo na rede;
Irritabilidade, depressão ou instabilidade de humor quando o uso da internet está limitado;
Usar a internet para escapar de problemas.
Como evitar a nomofobia

Não é preciso abandonar o uso de celular para evitar desenvolver a nomofobia, mas é necessário usar esta tecnologia com cautela e equilíbrio. Saia com seus amigos, fique com seus familiares, frequente festas, saia para fazer uma caminhada, programe uma bela viagem e faça coisas prazerosas que te deixem longe do celular por algumas horas.
Assessoria de Imprensa

Por José Roberto Marques

Karin Dalle – karin@cnxpress.com.br

Mayra Ribeiro – mayra@cnxpress.com.br

(11) 4318-0890