Turismo & Lazer

Cipotânea – a cidade do artesanato em palha!

Cipotânea situa-se na região da Zona da Mata e na Microrregião de Viçosa. O município vive da agropecuária e é conhecido pela produção artesanal em palha de milho. Suas principais atrações são as festas do milho (Julho) e o jubileu de São Caetano (Agosto), que são comemoradas todos os anos.

A origem da cidade de Cipotânea remonta ao ano de 1711, quando naquelas terras chegaram os portugueses Francisco Soares Maciel, Manoel de Medeiros Duarte, Tomaz José da Cunha, Fernando Soares Maciel e Narciso Soares Maciel. Dessa maneira, aquele lugar foi batizado com o nome de São Caetano do Xopotó, tendo celebrado a primeira missa o capelão da comitiva, Padre João Martins Cabrita.

Curiosidades:

Cipotânea é a cidade com maior concentração de Caetanos no Brasil, de acordo com a prefeitura local cerca de 50% de sua população leva o nome Caetano ou Caetana no documento de identidade. E praticamente um Caetano em cada esquina, com inúmeros xarás, fica fácil confundir as correspondências.

O Artesanato em Palha
A cidade conta com um artesanato extremamente qualificado e incomum, feito com a palha dos milhos colhidos pelos agricultores da região e tecido por suas esposas. Desse modo a atividade econômica principal está ligada a agropecuária e ao artesanato.

A indústria manufatureira tem seu principal destaque no artesanato. Como grande produtora de milho, aproveita a palha para diversos produtos artesanais como bonecas, tapetes, cestas e outros artigos que são exportados para Europa e Canadá. Hoje a cidade conta com mais de 30 famílias de artesãos cadastrados na Associação dos Agricultores e Familiares de Cipotânea. Mas ao todo, estima-se que o município conta com mais de 1500 famílias de artesãos, sendo também uma importante atividade cultural.

A maior festa da cidade, sem dúvida é a Festa do Milho, criada na gestão do Sr. Jonathas Pedrosa em 1983, sendo realizada todos os anos na Praça Nair Bernardes Barbosa. Uma curiosidade é a roupa da rainha da festa, toda confeccionada com palha de milho.

Religiosidade

A primeira construção de que se tem notícia por lá, foi a da capela dedicada a São Caetano do Xopotó, construída 1755, que na década de 1950, deu lugar a um novo templo. A cidade conta também com o Grupo de Congado Nossa Senhora do Rosário, que se apresenta anualmente na Festa do Rosário em Cipotânea. Grande parte das manifestações culturais locais é vinculada às festas religiosas, sendo a maior delas o Jubileu de São Caetano, celebrado em agosto há quase cinquenta anos.