Gastronomia

300 anos de fusão gastronômica por Luiz César Costa

Em homenagem a Tiradentes, durante o 21º Festival de Gastronomia, o Chefe Luiz César Costa do Luth Bistrô, criou um prato para homenagear a cidade, com uma fusão gastronômica onde foram colhidos insumos locais como: Mel produzido pelo Thiago no povoado da Caixa D’agua, o ora-pro-nobis colhido ao pé da serra de São Jose pela dona Zélia e o queijo Vertentes curado feito pela Lucia em seu sitio. Todos esses ingredientes foram colhidos e usados durante o “cozinha ao vivo”, realizado pelo chef no primeiro final de semana (25/08) do Festival Fartura Tiradentes.

“A ideia do menu é o resgate e valorização de pratos tradicionais mineiros feitos com insumos locais em fusão com gastronomias europeias”

– 300 anos de fusão gastronômica

(Filé de frango flambado com cachaça, caramelizada mel com e risoto ao fundo de galinha caipira, finalizado com queijo vertentes curado e manteiga da roça, ora-pro-nóbis e raspas de limão capeta)

1 kg de File de peito de Frango
300ml de Cachaça
20g de alho
Sal e pimenta do reino (QB)

tempere o frango com o sal, alho e pimenta do reino, coloque em uma frigideira ante aderente e deixe o frango selar. Em seguida coloque a cachaça e deixe todo álcool evaporar, após coloque o mel ate cristalizar o file de frango. Reserve.

Risoto

500 g de arroz arbóreo
200 g de cebola picadas em pequenos cubos (Brunoise)
500 g de manteiga
1 mole de ora-pro-nóbis
300 g de queijo Minas curado

Mirepoix para saborizar o risoto (Pra fazer 4 litros de “Mirepoix” você vai precisar de um salsão grande (ou dois médios), três cebolas grandes, um alho-poró grande (ou dois médios), duas cenouras grandes (eu não gosto muito de cenoura e, na maioria das vezes, não coloco) e água filtrada). Deixe ferver até que você note que a agua tenho uma coloração turva e os legumes sem sabor. Coe e reserve.

Coloque a cebola e duas colheres de manteiga na panela até dourar a cebola, em seguida o arroz até estralar logo após 100ml de cachaça. Quando a bebida evaporar acrescente pequenas partes do mirepoix e mexa sem parar, até o arroz ficar ao dente.
Após desligue o fogo, coloque duas colheres de manteiga 300g de queijo ralado, o queijo dará elasticidade e a manteiga o brilho. Para finalizar acrescente o frango caramelizado, o ora-pro-nóbis rasgado a mão e misture.

Lançamento

Durante a aula foi lançado um blog chamado Chefe no pedal, Onde a intenção é procurar, valorizar e entrevistar as pessoas que produzem insumos que os chefes da cidade de Tiradentes usam em seus restaurantes.

www.trembier.com.br/chefnopedal

Instagram @luizcesarcosta

LuTh Bistrô

Luiz César Costa é ex aluno do curso de cozinheiro do Senac – Tiradentes e sócio da sua esposa Elizabeth Cruz no LuTh bistrô que é referência na cidade. O Bistrô é uma fusão das cozinhas clássicas e modernas, tendo a gastronomia mineira como base, garimpando e valorizando insumos locais que aguçam seus clientes com surpresas gastronômicas e uma explosão de sabores.

 

 

 

Foto: Paulo Filho

www.paulofilho.art.br
@paulofilhofotografo